Aproveite milhões de eBooks, audiolivros, revistas e muito mais

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

AUDITORIA E PERICIA EM ODONTOLOGIA: DEFINIÇÃO DE CAMPO E APLICABILIDADE

AUDITORIA E PERICIA EM ODONTOLOGIA: DEFINIÇÃO DE CAMPO E APLICABILIDADE

Ler a amostra

AUDITORIA E PERICIA EM ODONTOLOGIA: DEFINIÇÃO DE CAMPO E APLICABILIDADE

Duração:
91 páginas
56 minutos
Editora:
Lançados:
20 de dez. de 2021
ISBN:
9788595133273
Formato:
Livro

Descrição

Persiste na atualidade um equívoco relevante no emprego das terminologias Perícia e Auditoria no campo da Odontologia. A moderna configuração social e profissional, as novas relações de trabalho manifestas no contexto da sistematização e normatização de especialidades odontológicas requerem a correta definição dos objetivos, meios e ferramentas inerentes a cada especialidade (campo). No intuito de contribuir com o esclarecimento e uso da terminologia correta este estudo discute Perícia e a Auditoria na prática odontológica e paralelamente situa duas especialidades reconhecidas pelo Conselho Federal de Odontologia, Odontologia Legal e Odontologia do Trabalho como campo de aplicabilidade para as referidas ferramentas.
Editora:
Lançados:
20 de dez. de 2021
ISBN:
9788595133273
Formato:
Livro


Relacionado a AUDITORIA E PERICIA EM ODONTOLOGIA

Amostra do livro

AUDITORIA E PERICIA EM ODONTOLOGIA - Jose Airton Freitas do Calmo

Auditoria e Perícia em Odontologia

Persiste na atualidade um equívoco relevante no emprego das terminologias Perícia e Auditoria no campo da Odontologia. A moderna configuração social e profissional, as novas relações de trabalho manifestas no contexto da sistematização e normatização de especialidades odontológicas, requer a correta definição dos objetivos, meios e ferramentas inerentes a cada especialidade (campo). No intuito de contribuir com o esclarecimento e uso da terminologia correta, este estudo discute Perícia e a Auditoria na prática odontológica e paralelamente situa duas especialidades reconhecidas pelo Conselho Federal de Odontologia, Odontologia Legal e Odontologia do Trabalho como campo de aplicabilidade para as referidas ferramentas. A proposta da revisão bibliográfica incorpora conceitos das Ciências Sociais aplicadas e, através de uma abordagem que tangencia conhecimentos de Sociologia e Antropologia; do Direito, Legislação e Administração, e buscará demonstrar a necessidade da percepção de fronteiras nem sempre claras, entre os campos de aplicação e intervenção de cada especialidade dentro da própria Ciência, profissão ou especialidade.

A interação homem e trabalho constitui uma das relações de maior importância na sociedade. Tanto é assim que, muitas vezes, as pessoas identificam-se através do oficio que exercem ou da profissão que possuem. Paralelamente tem-se a noção, já antiga, que o trabalho acarreta consequências significativas sobre a saúde dos indivíduos. Essa percepção é possível ser encontrada no clássico filme, Tempos Modernos, de Charlie Chaplin – onde, de maneira cômica, o artista descreve às degradações, física e mental, determinadas pela consolidação do modelo taylorista/fordista de relações de trabalho, sobre a saúde dos trabalhadores (fig.1).

Neste livro veremos uma aproximação teórica entre os conceitos de Trabalho, Perícia e Auditoria, bem como a sua aplicabilidade nas especialidades odontológicas. Buscaremos contemplar a visão sociológica do Trabalho como fato social na perspectiva de Durkheim (1999) fazendo-se também necessário a compreensão de campo como um conceito dentro das teorias sociais segundo a proposta de Bourdieu (1996).

Cattani (2006, p.7) aponta a prática universal do trabalho; como atividade vital que assegura a satisfação das necessidades de produção e reprodução de qualquer agrupamento humano, e uma realização social que define múltiplos condicionamentos e possibilidades.

Este estudo optou pela abordagem no âmbito da Odontologia do Trabalho, no entanto é necessário ressaltar a existência da Odontologia Legal como especialidade odontológica precursora, plenamente atuante na atualidade, e que, desde antes da institucionalização da Odontologia do Trabalho, atende também às questões relacionadas com pericia e auditoria.

Figura 1 - Cena do filme Tempos Modernos de 1936 com Charlie Chaplin

Onde o artista satiriza as relações de trabalho. Fonte: http://www.charliechaplin.com/en/films/6-modern-times/pictures, Acesso em: 24/04/2013

Modernamente, com o exercício profissional odontológico plenamente normatizado e regulamentado em inúmeras especialidades, dentre as quais destacaremos neste texto a Odontologia Legal e a Odontologia do Trabalho, observa-se uma clara definição de campos de atuação das especialidades.

Ainda que as expressões Auditoria e Pericia sejam eventualmente, de forma equivocada, utilizadas como sinônimo, nesta abordagem será proposto e posicionado o correto entendimento dos termos, enquadrando-os dentro da especialidade (Legal ou do Trabalho) a que se propõe servir como ferramenta.

Buscando ampliar a analise, sem, contudo, abstrair demasiadamente do contexto da odontologia, faz-se necessário uma breve abordagem histórica do desenvolvimento do Trabalho como atividade humana e mais particularmente as etapas de evolução da Odontologia como profissão. Ainda, o termo Trabalho deve, no âmbito deste texto, ser compreendido como relação de trabalho, ou melhor, atividade laboral remunerada e devidamente regulamentada, distintamente marcada em seu contexto histórico e social, e que passa constantemente por mutações quanto a sua organização, estatutos legais e bases tecnológicas.

Os objetivos da revisão que resultaram na elaboração deste texto, em resumo, são.

Durkheim (1999) afirma que está presente em toda sociedade um grupo de fenômenos que se distingue por apresentar caracteres definidos. Entre eles, tipos de conduta ou de pensamento, exteriores ao indivíduo e dotados de uma força imperativa e coercitiva e que, em virtude da qual, se impõem ao próprio individuo. O autor denomina esse fenômeno de fato social e acrescenta que os fatos sociais não existem para um indivíduo específico, mas para toda a coletividade. Desta forma, podemos compreender o fato social como coisa – e esta é literalmente a proposta de Durkheim. Então, para o autor, fatos sociais, são maneiras de agir, sentir e pensar que são exteriores ao indivíduo, dotadas de um poder coercitivo e que atuam de forma generalizada sobre os individuos em sociedade.

São, portanto, fatos sociais na visão Durkheimniana: regras jurídicas, dogmas religiosos e morais, sistemas financeiros, maneiras de agir, comportamentos e costumes, e o que nos interessa ao pormenor; o trabalho ou mais especificamente, as relações de trabalho.

O trabalho é referido como uma atividade específica do homem e segundo

Você chegou ao final dessa amostra. para ler mais!
Página 1 de 1

Análises

O que as pessoas acham de AUDITORIA E PERICIA EM ODONTOLOGIA

0
0 notas / 0 Análises
O que você achou?
Nota: 0 de 5 estrelas

Avaliações do leitor