Aproveite milhões de e-books, audiolivros, revistas e muito mais, com uma avaliação gratuita

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

A Abertura Da Terceire Visão
A Abertura Da Terceire Visão
A Abertura Da Terceire Visão
E-book191 páginas2 horas

A Abertura Da Terceire Visão

Nota: 0 de 5 estrelas

()

Ler a amostra

Sobre este e-book

A ABERTURA DA TERCEIRA ViSÃO

Par Dr. Douglas M. Baker

O cérebro humano é um computador de valor incalculável que trabalha

com perfeição, quase em silêncio! Nenhum de nós utiliza todo

o potencial desse instrumento extraordinário, mas todos nós possuímos

um "gatilho" secreto para ativar o seu mecanismo.

Chamado de "Terceira Visão" na linguagem do ocultismo, esse "gatilho"

pode liberar uma carga de energia psíquica capaz de estender a

compreensão a novas dimensões, de acelerar ou retardar o tempo como

o conhecemos em nosso planeta e atingir cem por cento de

integração da personalidade.

O Dr. Baker revela como o poder da Terceira Visão deriva das glândulas pineal, pituitária e carótida, aliadas a "turbilhões" de energia conhecidos

como chakras ou centros de força. Há sete destes centros no corpo

humano, localizados na base da espinha dorsal, no plexo solar, no baço,

no coração, na garganta, na testa e no alto da cabeça.

Cinco técnicas seguras de excitar a Terceira Visão são explicadas neste livro: Elas têm sido praticadas pelo autor "sem problemas e com muitos benefícios por mais de 20 anos". Em nossa condição atual só conseguimos observar a superfície externa do planeta, manifestada em forma gasosa, líquida e sólida. Somos completamente ignorantes a respeito de estados mais sutis da matéria existentes por baixo dessas aparências exteriores. Mas a Terceira Visão revela todas as estruturas ocultas à visão comum. "Isto significa que qualquer um poderá acompanhar o cupim em ação dentro de um móvel aparentemente sólido; ou, mais construtivamente, os órgãos internos do homem poderão ser observados e todos os tipos de doença que os aflijam imediatamente reconhecidos, com os conseqüentes benefícios de grande monta para o progresso médico."

IdiomaPortuguês
Data de lançamento16 de abr. de 2022
ISBN9781625691224
A Abertura Da Terceire Visão
Ler a amostra
Autor

Douglas M. Baker

DOUGLAS M. BAKER Le Docteur Douglas Baker est bien connu du public de langue anglaise. Poète, écrivain et scientifique, il est l'une des plus éminentes personnalités dans le domaine des sciences ésotériques. Diplômé en médecine à l'Université de Sheffield en 1964, il a, dès lors, porté à l'attention du public les aspects de l'art médical se trouvant aux confins de la connaissance scientifique. Il se sert d'exemples tirés de la vie de tous les jours et d'explications scientifiques, pour rendre compréhensibles à la mentalité occidentale les enseignements les plus complexes et abstraits. Le but des écrits du Docteur Baker est de rendre présente la Sagesse Antique, avec le langage actuel. Auteur prolifique, il est reconnu en Angleterre comme la principale autorité dans le domaine astrologique. Son œuvre, composée de plus de quatre-vingts livres, couvre quasiment tous les aspects des sciences ésotériques.

Relacionado a A Abertura Da Terceire Visão

Ebooks relacionados

Avaliações de A Abertura Da Terceire Visão

Nota: 0 de 5 estrelas
0 notas

0 avaliação0 avaliação

O que você achou?

Toque para dar uma nota

A avaliação deve ter pelo menos 10 palavras

    Pré-visualização do livro

    A Abertura Da Terceire Visão - Douglas M. Baker

    SUMÁRIO

    A ABERTURA DA TERCEIRA VISÃO

    Parte I - A VERDADEIRA NATUREZA DA MATÉRIA

    1. O Mistério da Mente do Homem

    Fragmentos da Realidade

    O Vazio do Ãtomo

    A Destruidora do Real

    A Visão Onírica de J. B. Priestley

    2. Novos Estados de Percepção

    Os Três Hindus Cegos

    A Partícula Final da Matéria

    UMA BORBOLETA

    DESCRIÇÃO DO ANU

    Nitrogênio

    Os Sete Planos

    3. Consciência Cósmica

    O que é Maia?

    Maia e Ilusão

    Um Tema Comum

    A Caverna de Platão

    Sumário

    Parte II - OS MECANISMOS FÍSICOS DO TERCEIRO OLHO

    4. Visão Etérica

    O Símbolo do Unicórnio

    A Analogia da Lanterna Elétrica

    O Átomo de Hidrogênio

    Matéria Etérica

    5. O Corpo Etérico

    Os Chakras

    Um Exercício de Visualização

    Primeiro Estado da Matéria Etérica

    Segundo e Terceiro Estados Etéricos

    Á Glândula Pineal

    Órgão Vestigial

    Desenvolvimento Sexual

    6. O Terceiro Olho

    O Antakarana

    As Funções Criativas

    Um Nível Mais Alto

    Personalidade e Alma

    Parte III - TÉCNICAS PARA ABERTURA DO TERCEIRO OLHO

    7. Os Métodos dos Mestres

    As Técnicas

    A Personalidade do Homem

    Os Chakras

    Sumário

    8. Qualidades da Alma

    Manas Superior

    Buddhi

    Atma

    O Terceiro Olho Precisa de uma Lente

    Implicações Astrológicas

    Focalização da Luz Astral

    Os Nervos Ópticos

    Um experimento

    9. Programa de Exercícios

    Exercício para os Olhos

    Exercícios para os Dedos

    Velas

    O Cubo Colorido

    Olhar para o Sol ou para a Lua

    Novas Dimensões

    A Procura do Terceiro Olho em Outras Pessoas

    Fixação dos Olhos no Cristal

    Reorientação da Energia dos Chakras

    O Chakra do Plexo Solar

    Parte IV - A TERRA EM CHAMAS

    10. As Dores do Renascimento

    Tudo Terá Significado

    Tentação

    Os Guardiães da Raça Humana

    Cary Grant

    11. A História do Lama

    A Denúncia da Imprensa

    A Resposta de Lobsang Rampa

    Depoimento de Mama San-Ra Ab Rampa

    12. A Glândula Pineal

    A Chave para o Poder Mental

    Receptora de Raios Cósmicos

    A ABERTURA DA TERCEIRA VISÃO

    por

    Dr. Douglas M. Baker

    B.A., M.R.C.S., L.R.C.P., F.Z.S.

    Título original inglês

    THE OPENING OF THE THIRD EYE

    © Copyright Dr. Douglas M. Baker 1977

    ISBN 9780850301403

    Este eBook ISBN 9781625691224

    © Copyrights Dr. Douglas M. Baker 2012

    Por Baker eBooks Publishing

    Muitas leituras áudio e algumas das imagens e gráficos aqui usados poderão ser descarregados de graça e em mais alta definição do nosso site https://www.douglasbaker.org/.

    Parte I - A VERDADEIRA NATUREZA DA MATÉRIA

    1. O Mistério da Mente do Homem

    São imensas as provações e lutas do homem na senda. São muitas as alusões a elas na história e na mitologia. Jasão e o Velocino de Ouro, Os Cavaleiros do Santo Graal, Os Doze Trabalhos de Hércules, a separação dos Cabritos das Ovelhas são apenas alguns exemplos que temos com origem em culturas ocidentais. No Oriente, a melhor alusão conhecida à luta pela Iniciação é a de Arjuna no Campo de Batalha, na forma descrita na Canção Celestial, oBhagavad Gita.

    Logo que começamos a aceitar as proposições básicas da Sabedoria Antiga a respeito da realidade interior da Alma do Homem, somos imediatamente confrontados por novos e vastos conceitos, a compreensão dos quais impõe fardos cada vez mais pesados à mente e requer disciplinas ocultas ainda mais profundas.

    Vejamos alguns dos conceitos prodigiosos que, forçosamente, teremos que enfrentar:

    Que o mundo material é uma ILUSÃO.

    Que o TEMPO pode ser manipulado, retardado, de modo que podemos viver no AGORA ETERNO.

    Que possuímos um SER divino... uma natureza superior... a entidade interna real, ou alma, DA QUAL NÃO PODEMOS NEM MESMO NOS LEMBRAR e que ignora os problemas pequeninos de nossa personalidade.

    Que nós, em nosso ser inferior, estamos adormecidos ou, na melhor das hipóteses, apenas parcialmente conscientes.

    Que temos poderes LATENTES DENTRO DE NÓS.

    Que o final para nós é a imortalidade e a eternidade.

    E muitos e muitos outros conceitos igualmente complexos.

    É difícil chegar mesmo a uma compreensão vaga do que esses conceitos implicam. Essas dificuldades constituem as provações na SENDA, porque temos que vencê-las e lutar enquanto continuamos ainda a viver no mundo da personalidade. Poucas personalidades podem enfrentar com êxito as exigências e tensões da vida comum, quanto mais as dos SEIS OUTROS MUNDOS INTERIORES.

    É árduo obter conhecimento e compreensão dos mundos superiores. Os três caminhos tradicionais para o auto-aperfeiçoamento são:

    Serviço à Humanidade

    Focalização da Mente

    Meditação

    Existem outros caminhos, mas não são seguros e oferecem recompensas tão ilusórias como a própria matéria.

    Não compreendemos facilmente os Mundos Interiores, ou a vida nesses mundos, porque eles existem, por assim dizer, em dimensões diferentes daquelas para as quais possuímos faculdades cognitivas, que chamamos de os cinco sentidos.

    Em outro contexto, tratei extensamente de alguns dos poderes latentes no homem. Neste livro, preocupam-me mais os conceitos de MAIA e de NOVAS DIMENSÕES, como elementos explicativos do mistério da mente do homem. Se estudarmos com cuidado a Sabedoria Antiga, em toda parte encontraremos referência à natureza ilusória do mundo material, e delas não podemos nos desviar. Somos informados que nossas cidades, nossas casas, nossos móveis e mesmo pessoas queridas, como irmãos e irmãs, pais ou filhos, são, sem exceção, formas de ilusão.

    Fragmentos da Realidade

    Até mesmo nossos corpos físicos são sombras mutáveis e impermanentes da verdade.

    A proposição oculta vai ainda mais longe. O próprio corpo astral é uma casca, uma ilusão que precisa desaparecer, útil para experimentarmos o mundo astral e nele nos movermos, mas ainda uma ILUSÃO! O corpo mental é igualmente ilusório. Interpenetra no mundo da substância mental e nele vive. Os mundos da personalidade — o FÍSICO, o ASTRAL e o MENTAL — são ilusões, ou Maia.

    É isto o que afirma Platão; é o que diz a Sra. Blavatsky; é o que ensinam as tradições hindu e chinesa; é o que proclamam Ouspensky, Gurdjieff, Besant, Leadbeater e Bailey.

    O próprio Einstein, à sua maneira, diz a mesma coisa.

    E a CIÊNCIA em nada nos ajuda quando nega isso. Durante longo tempo, apegou-se ela ao conceito de uma matéria constituída de minúsculas partículas... os átomos. Mais tarde, aceitou-se que os próprios átomos eram compostos de partículas fundamentais, tais como prótons e eléctrons. Mas eles eram tudo, menos fundamentais!

    A teoria dos quanta, da década de 1920, demonstrou que os átomos configuravam um modelo matemático coerente, mas que as partículas fundamentais não podiam ser mais tratadas como objetos separados, individuais, mas apenas como EFEITOS ESTATÍSTICOS.

    Tudo o que se pode dizer sobre um eléctroné que há possibilidades definidas de que ele esteja num determinado lugar, num determinado tempo. Foi transformado de coisa numa espécie de MANCHA, que se comporta como uma partícula num momento, quando observada de certa maneira, e como uma onda quando observada de outra. *

    (*) John Davy, The Observer, fevereiro de 1970: Do We or Don't We Understand the Secret of Life? (Conhecemos ou não o Segredo da Vida?).

    Mas isto é exatamente o que os teosofistas e outros estudiosos vêm dizendo há 50 anos.

    Os eléctrons formam cascas no átomo apenas no sentido de que essas partículas não-existentes se encontram em rápido movimento em torno de seus núcleos, que podem ser prótons ou nêutrons, mas, mesmo nos casos destes últimos, pouca esperança se tem de que sejam mais do que aglomerações de formas de energia.

    O Vazio do Ãtomo

    Temos também o caso do vazio extraordinário do átomo. Logo que começamos a procurar-lhe a parte tangível, descobrimos que nele praticamente coisa alguma existe!

    Se ampliássemos um átomo de hidrogênio até o tamanho de uma catedral, seu eléctron seria talvez do tamanho de uma moedinha! O núcleo talvez fosse um único sacerdote na catedral. O resto do átomo seria vazio. Haveria espaço de sobra, digamos, para partículas do tamanho de um grão de areia (astral) ou ainda menor (mental). No caso

    Está gostando da amostra?
    Página 1 de 1