Aproveite milhões de e-books, audiolivros, revistas e muito mais, com uma avaliação gratuita

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

O Valor Da Prova Testemunhal No Processo Penal E No Inquérito Policial
O Valor Da Prova Testemunhal No Processo Penal E No Inquérito Policial
O Valor Da Prova Testemunhal No Processo Penal E No Inquérito Policial
E-book128 páginas1 hora

O Valor Da Prova Testemunhal No Processo Penal E No Inquérito Policial

Nota: 0 de 5 estrelas

()

Ler a amostra

Sobre este e-book

A presente obra visa abordar a importância da prova testemunhal no processo penal como meio eficaz de se chegar à elucidação do thema probandum, com o objetivo de que se dê solução justa e exata ao pedido constante do libelo acusatório, possibilitando ao juiz a reconstrução da situação concreta que deve ser objeto de seu pronunciamento jurisdicional.
IdiomaPortuguês
Data de lançamento19 de mai. de 2016
O Valor Da Prova Testemunhal No Processo Penal E No Inquérito Policial
Ler a amostra

Relacionado a O Valor Da Prova Testemunhal No Processo Penal E No Inquérito Policial

Ebooks relacionados

Avaliações de O Valor Da Prova Testemunhal No Processo Penal E No Inquérito Policial

Nota: 0 de 5 estrelas
0 notas

0 avaliação0 avaliação

O que você achou?

Toque para dar uma nota

A avaliação deve ter pelo menos 10 palavras

    Pré-visualização do livro

    O Valor Da Prova Testemunhal No Processo Penal E No Inquérito Policial - Adriano Ricardo De Mattos Soares

    O valor da prova testemunhal no processo penal e no inquérito policial

    Adriano Ricardo de Mattos Soares

    O VALOR DA PROVA

    TESTEMUNHAL NO

    PROCESSO PENAL E NO

    INQUÉRITO POLICIAL

    1º edição

    Editora Itacaiúnas

    Belo Horizonte - MG

    2016

    1

    Adriano Ricardo de Mattos Soares

    © 2016 by Adriano Ricardo de Mattos Soares

    Todos os direitos reservados.

    Capa

    Joelson Nascimento

    Diagramação e preparação de originais

    Deividy Barbosa

    Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)

    S676v

    Soares, Adriano Ricardo Mattos

    O valor da prova testemunhal no processo penal e no

    inquérito policial / Adriano Ricardo Mattos Soares. 1.ed.

    – Belo Horizonte : Itacaiúnas, 2016.

    116p. : 14X21 cm

    Inclui bibliografia

    ISBN 978-85-68154-62-5

    1. Direito 2. Direito Penal 3. Inquérito policial. I.

    Título.

    CDD-341-5

    AUTORIZADA A CÓPIA E DIVULGAÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTE DOCUMENTO

    PARA FINS DE ESTUDO OU ACADÊMICOS, DESDE QUE CITADA A FONTE.

    O conteúdo desta obra é de responsabilidade de seu autor, proprietário do

    Direito Autoral.

    2

    O valor da prova testemunhal no processo penal e no inquérito policial

    Esta obra é dedicada a minha querida vovó Maria por seu amor,

    carinho e por ser um exemplo de vida a ser seguido.

    E também às mulheres da minha vida Dilza, Aurea e Cecília.

    3

    Adriano Ricardo de Mattos Soares

    SUMÁRIO

    1 – INTRODUÇÃO ........................................................................ 6

    2 – DA PERSECUÇÃO CRIMINAL ........................................... 10

    3 – DA PROVA ............................................................................. 11

    3.1 – Classificação da prova...................................................... 13

    3.2 – Dos meios de prova........................................................... 14

    3.3 – Da Prova emprestada ....................................................... 15

    3.4 – Ônus da prova .................................................................. 16

    3.5 – Iniciativa do Juiz (a) ......................................................... 16

    3.6 – Sistemas de apreciação da prova ..................................... 18

    3.6.1 – Sistema da certeza moral do juiz ou íntima convicção 18

    3.6.2 – Sistema da certeza moral do legislador, das regras legais

    ou da prova tarifada ............................................................... 18

    3.6.3 – Sistema do livre convencimento motivado ou persuasão

    racional .................................................................................. 19

    3.7 – Princípios da prova .......................................................... 19

    3.7.1 – Princípio da auto-responsabilidade das partes ............ 19

    3.7.2 – Princípio da audiência contraditória .......................... 19

    3.7.3 – Princípio da aquisição ou comunhão ......................... 20

    3.7.4 – Princípio da oralidade ................................................ 20

    3.7.5 – Princípio da publicidade ............................................. 20

    3.7.6 – Princípio do livre convencimento motivado ................ 20

    4

    O valor da prova testemunhal no processo penal e no inquérito policial

    3.8 – Procedimento probatório ................................................. 21

    4 – O CONCEITO DE TESTEMUNHA ...................................... 22

    5 – CARACTERÍSTICAS ............................................................ 24

    6 – CLASSIFICAÇÃO DA PROVA TESTEMUNHAL .............. 28

    7 – RESTRIÇÕES AO DEVER DE DEPOR ............................... 30

    8 - CONTRADITA........................................................................ 39

    9 – FALHAS DO DEPOIMENTO ............................................... 41

    10 – A UTILIZAÇÃO DA PROVA .............................................. 49

    11 – VALORIZAÇÃO DA PROVA ............................................. 56

    12 – A INTERPRETAÇÃO JURISPRUDENCIAL DA NORMA

    DO ARTIGO 222 DO CÓDIGO DE PROCESSO PENAL ......... 69

    13

    A

    IMPORTÂNCIA

    DA

    CELERIDADE

    NOS

    PROCEDIMENTOS

    DAS

    FASES

    PROCESSUAL

    E

    EXTRAJUDICIAL ....................................................................... 83

    14 – CONCLUSÃO ..................................................................... 102

    REFERÊNCIA ........................................................................... 107

    5

    Adriano Ricardo de Mattos Soares

    1 – INTRODUÇÃO

    O presente trabalho visa abordar a importância da prova

    testemunhal no processo penal como meio eficaz de se chegar à

    elucidação do thema probandum, com o objetivo de que se dê

    solução justa e exata ao pedido constante do libelo acusatório,

    possibilitando ao juiz a reconstrução da situação concreta que

    deve ser objeto de seu pronunciamento jurisdicional.

    No intuito de se atingir o objetivo acima descrito,

    analisaremos alguns pontos relacionados à prova testemunhal

    que facilitarão o desenvolvimento do tema em estudo.

    Primeiramente, iremos abordar de forma sucinta a

    persecução criminal, em seguida, abordaremos as definições de

    prova, suas classificações, meios de prova, princípios da prova,

    sistemas de apreciação da prova emprestada e o ônus da prova.

    Trataremos das características da prova testemunhal

    como a judicialidade, a oralidade, a objetividade e a

    retrospectividade.

    A classificação da prova testemunhal, apesar das

    divergências doutrinárias, também será tratada de forma sucinta,

    6

    O valor da prova testemunhal no processo penal e no inquérito policial

    pois não visa o presente trabalho a discutir qual classificação

    seria a mais correta.

    As restrições ao dever de depor também serão abordadas,

    principalmente no que se refere às pessoas dispensadas e

    proibidas de depor.

    Um tópico será reservado para explicar o que vem a ser

    contraditório, e suas implicações na prova testemunhal.

    Merece destaque a abordagem a respeito das falhas do

    depoimento, devido à possibilidade de haver depoimentos que

    não retratam a verdade real dos fatos, demonstrando o quanto

    deve estar preparado o magistrado para que não se deixe levar

    pelas aparências.

    Os elementos de informação produzidos no inquérito e

    sua utilização no processo penal, bem como a análise da prova

    produzida em juízo, também serão abordados no presente

    estudo.

    O cume deste estudo encontrar-se-á no capítulo referente

    à valorização da prova testemunhal, onde se demonstrará a

    importância do testemunho na elucidação dos fatos constantes

    dos atos, na busca pela verdade real, e consequente aplicação da

    7

    Adriano Ricardo de Mattos Soares

    norma de acordo com o que restou provado, durante todo o

    procedimento.

    A interpretação jurisprudencial da norma do artigo 222

    do código de processo penal será discutida, em face, dos

    princípios constitucionais do contraditório e da ampla defesa.

    Em seguida, discutir-se-á a necessidade de alterações na

    forma como o inquérito policial é realizado, além de se

    questionar a implementação de institutos alternativos, como o

    juizado de instrução, com o objetivo de se tornar mais célere e

    eficaz os procedimentos extrajudiciais e judiciais, na busca pela

    efetiva aplicação dos princípios que asseguram a ampla defesa e

    o contraditório, no intuito, de garantir a aplicação de todos os

    meios de prova lícitos no processo penal. Visto que a

    morosidade nos referidos procedimentos ocasiona um impacto

    no valor da prova testemunhal.

    Ressalta-se que a absolvição ou condenação no processo

    penal decorre das provas produzidas nos autos do processo, daí

    a sublime importância da prova testemunhal, pois, os demais

    meios de prova exigem especialista para a sua realização, além

    de equipamentos avançados que nem sempre estão disponíveis

    8

    O valor da prova testemunhal no processo penal e no inquérito policial

    nas diversas localidades, impossibilitando a realização de

    exames adequados no que se refere aos vestígios do crime.

    No tocante às posições e críticas a respeito do valor

    Está gostando da amostra?
    Página 1 de 1