Aproveite milhões de e-books, audiolivros, revistas e muito mais, com uma avaliação gratuita

Apenas $11.99 por mês após o período de teste gratuito. Cancele quando quiser.

O Antigo Egito As Raízes Do Cristianismo
O Antigo Egito As Raízes Do Cristianismo
O Antigo Egito As Raízes Do Cristianismo
E-book113 páginas1 hora

O Antigo Egito As Raízes Do Cristianismo

Nota: 0 de 5 estrelas

()

Ler a amostra

Sobre este e-book

Esta edição traduzida para a língua portuguesa revela as antigas raízes Egípcias do Cristianismo, tanto historicamente como espiritualmente. Este livro demonstra que os contos sobre o "Jesus histórico" são baseados inteiramente na vida e morte do Faraó Egípcio, Twt/Tut-Ankh-Amen; e que o "Jesus da Fé" e os princípios Cristãos são todos de origem Egípcia – baseados na essência dos ensinamentos/mensagem, bem como os vários feriados religiosos.

IdiomaPortuguês
Data de lançamento11 de set. de 2022
ISBN9798215642191
Ler a amostra
Autor

Moustafa Gadalla

Moustafa Gadalla is an Egyptian-American independent Egyptologist who was born in Cairo, Egypt in 1944. He holds a Bachelor of Science degree in civil engineering from Cairo University.From his early childhood, Gadalla pursued his Ancient Egyptian roots with passion, through continuous study and research. Since 1990, he has dedicated and concentrated all his time to researching and writing.Gadalla is the author of twenty-two published internationally acclaimed books about the various aspects of the Ancient Egyptian history and civilization and its influences worldwide. In addition he operates a multimedia resource center for accurate, educative studies of Ancient Egypt, presented in an engaging, practical, and interesting manner that appeals to the general public.He was the Founder of Tehuti Research Foundation which was later incorporated into the multi-lingual Egyptian Wisdom Center (https://www.egyptianwisdomcenter.org) in more than ten languages. He is also the Founder and Head of the online Egyptian Mystical University (https://www.EgyptianMysticalUniversity.org). Another ongoing activity has been his creation and production of performing arts projects such as the Isis Rises Operetta (https://www.isisrisesoperetta.com); to be followed soon by Horus The Initiate Operetta; as well other productions.

Relacionado a O Antigo Egito As Raízes Do Cristianismo

Ebooks relacionados

Avaliações de O Antigo Egito As Raízes Do Cristianismo

Nota: 0 de 5 estrelas
0 notas

0 avaliação0 avaliação

O que você achou?

Toque para dar uma nota

A avaliação deve ter pelo menos 10 palavras

    Pré-visualização do livro

    O Antigo Egito As Raízes Do Cristianismo - Moustafa Gadalla

    PARTE I : O CRISTO REI HISTÓRICO

    CAPÍTULO 1 : JESUS E A HISTÓRIA

    1.1 O JESUS HISTÓRICO

    – Os Evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas e João, escritos várias gerações após o tempo dos eventos por eles descritos, afirmam que Jesus nasceu na Judeia (situada entre o Mediterrâneo e o Jordão – Mar Morto – depressão árabe) durante o tempo de Herodes, o Grande (37-4 AEC), e que a sua condenação à morte, sofrimento e crucificação ocorreu quando a Judeia se tornou uma província romana, com Pôncio Pilatos sendo seu procurador (26-36 EC).

    – Marcos não foi uma testemunha ocular dos eventos que descreve na Bíblia. Nem foram Mateus, Lucas ou João, que o seguiram mais tarde. Apesar da existência de muitos Evangelhos de Cristo na história inicial da Igreja, o Concílio de Trento, realizado em 1546, aceitou somente os quatro incluídos no Novo Testamento — os evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas e João.

    => A história comum, contada pelos quatro Evangelhos sobre a vida e a morte de Jesus, não tem evidência alguma que a corrobore. Apenas a sua contínua repetição fez com que pareça para nós um fato histórico estabelecido.

    1.2 A AUSÊNCIA HISTÓRICA E O PROTAGONISMO DOS EVANGELHOS

    Apesar da história do Jesus bíblico nos Evangelhos, nunca existiu: 1) qualquer evidência arqueológica que a corroborasse; 2) qualquer registro romano que possa testemunhar, direta ou indiretamente, a história evangélica de Jesus; 3) qualquer corroboração da história dos Evangelhos nos escritos de autores judeus que viveram naquele período em Jerusalém ou Alexandria.

    Houve algumas tentativas de adicionar algumas referências sobre o Jesus dos Evangelhos — em uma data posterior — em alguns dos escritos de autores judeus. No entanto, tais tentativas foram expostas como falsificações, produzidas por cristãos que desejavam validar a historicidade de seu Senhor, ou por inimigos do cristianismo que desejavam atacar a religião.

    A resposta comum sobre a ausência histórica do Jesus bíblico é que ele era um homem comum e não uma figura importante para justificar qualquer atenção ou lugar na história. A própria Bíblia fornece evidência contrária a tal alegação tão descreditada.

    A. Herodes, o rei da Judeia, segundo os seguintes versículos bíblicos, sabia de Jesus:

    1. Quando Jesus nasceu

    magos vieram do oriente a Jerusalém. Perguntaram eles: Onde está o rei dos judeus que acaba de nascer? [Mateus 2:1-2]

    2. O Rei Herodes foi informado sobre uma profecia de que o Cristo nasceria em Belém,

    de ti [Belém] sairá o chefe que governará Israel, meu povo. [Mateus 2:6]

    3. Ao ouvir a profecia acima, Herodes ficou angustiado com a notícia de seu nascimento, e por isso o anjo do Senhor ordenou a José,

    Levanta-te, toma o menino e sua mãe e foge para o Egito; fica lá até que eu te avise, porque Herodes vai procurar o menino para o matar. [Mateus 2:13]

    4. Herodes estava tão angustiado que:

    mandou matar todas as crianças do sexo masculino em Belém e em toda a região com dois anos de idade e menos. [Mateus 2:16]

    5. Após Jesus ser condenado à morte pela hierarquia judaica, eles o entregaram a Pilatos:

    quando soube que era da jurisdição de Herodes, enviou-o a Herodes, pois justamente naqueles dias se achava em Jerusalém. [Lucas 23:7]

    Mais tarde, Pilatos disse aos principais sacerdotes:

    não o achei culpado de nenhum dos crimes de que o acusais. Nem tampouco Herodes, pois no-lo devolveu. [Lucas 23:14-16]

    B. A Bíblia nos diz que Jesus foi um personagem de grande

    Está gostando da amostra?
    Página 1 de 1