P. 1
Resumo Sobre Dispositivos de Entrada e Saida

Resumo Sobre Dispositivos de Entrada e Saida

|Views: 1.517|Likes:
Publicado porRogerio Oliveira

More info:

Published by: Rogerio Oliveira on Jul 16, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/26/2013

pdf

text

original

ALUNO: ROGERIO LUCIANO DE OLIVEIRA

RESUMO SOBRE DISPOSISTIVOS DE ENTRADA E SAIDA Dispositivo de entrada: Permite a comunicação do usuário com o computador. Dispositivo de saída: Permite a comunicação no sentido do computador para o utilizador. Os dispositivos de entrada e saída foram criado com o objetivo de realizar a comunicação do usuário com o computador, comunicação do computador com o meio ambiente (dispositivos externos a serem monitorados ou controlados) e armazenamento (gravação) de dados. TIPOS DE DISPOSITIVOS DE ENTRADA: Microfone: O microfone é um transdutor que converte o som em sinais elétricos. Podem ser separados por microfones de pressão e microfones de gradiente de pressão. Teclado: O teclado de computador é um tipo de periférico utilizado pelo usuário para a entrada manual no sistema de dados e comandos. A configuração que usamos ate hoje Qwerty foi concebido em 1868 em Milwaukee por Christopher Latham Sholes, que distribuiu nas extremidades do teclado as teclas que correspondem aos pares de letras mais utilizadas na língua inglesa e também visava o não travamento de teclas de uso próximo e frequente. Com a evolução dos periféricos surgiram vários modelos de teclados diferentes afim de atender os mais variados usuários e necessidades tais como: Teclado Automação, Teclado Game, Teclado Flexível, Teclado Virtual. Joystick: Joystick é um periférico de computador e videogame pessoal ou um dispositivo geral de controle que consistem em uma vara vertical na qual os pivôs se aproximam de uma extremidade e transmitem seu ângulo em duas ou três dimensões a um computador. Mouse: O mouse é um periférico de entrada que, historicamente, se juntou ao teclado como auxiliar no processo de entrada de dados, especialmente em programas com interface gráfica. O mouse tem como função movimentar o cursor (apontador) pelo ecrã ou tela do computador. Foi criado pela Xerox mas somente se tornou um produto de mercado com a Apple. Touchpad: O Touchpad é um dispositivo sensível ao toque, utilizado em computadores portáteis, para substituir o mouse, utilizando células sensíveis ao toque. O trackball: é um dispositivo de hardware, que foi originalmente criado em 1952. O trackball permanece imóvel enquanto o usuário manipula uma grande esfera geralmente localizada em sua parte superior para mover o cursor na tela do computador. Os radares antiaéreos militares móveis e sonares de submarinos usam trackballs. Scanners e Leitores: Scanner: Scanner é um periférico de entrada responsável por digitalizar imagens, fotos e textos impressos para o computador, um processo inverso ao da impressora. Ele faz

Existem 3 sistemas básicos usados para reconhecer o toque de uma pessoa: -Resistivo: O sistema resistivo é formado por um painel de vidro normal. Refletores que enviam de volta um sinal elétrico proveniente de um transdutor para o outro também são instalados sobre o vidro. um driver especial traduz o toque em algo que o sistema operacional possa entender. -Onda acústica : O sistema de onda acústica superficial consiste em dois transdutores. Estas duas camadas são mantidas afastadas por espaçadores e uma camada resistente a riscos é colocada por cima de todo o conjunto. . Quando um usuário toca a tela. Uma corrente elétrica passa através das duas camadas enquanto o monitor está operacional. Esta diminuição é medida nos circuitos localizados em cada canto do monitor. um receptor e um emissor. recoberto por uma camada metálica condutora e outra resistiva.. -Scanners de mão: Usam a mesma tecnologia básica do scanner de mesa com qualidade reduzida. o documento a ser digitalizado é montado em um cilindro de vidro. podemos tocá-la e ela responderá como se estivéssemos tocando nos objetos mostrados nela . Eles usam a tecnologia chamada de tubo fotomultiplicador (PMT). Logo que as coordenadas são conhecidas. de modo que a carga na camada capacitiva diminui. -Capacitivo: O sistema capacitivo consiste em uma camada que armazena carga elétrica e é colocada no painel de vidro do monitor. -Scanners cilíndricos: São usados pela indústria editorial para capturar imagens incrivelmente detalhadas. ou seja. além de podermos ver o que aparece no monitor do computador ou na tela de algum aparelho. A mudança no campo elétrico é percebida e as coordenadas do ponto de contato são calculadas pelo computador.varreduras na imagem física gerando impulsos elétricos através de um captador de reflexos. No PMT. O transdutor receptor informa se a onda foi perturbada por um evento de toque em qualquer instante e o localiza. Quando o usuário toca o monitor com o dedo. parte da carga é transferida para o usuário. Podem ser encontrados nos seguintes tipos: -Scanners de página: São parecidos com os de mesa. as duas camadas fazem contato exatamente naquele ponto. e a captura de imagem é realizada por um componente eletrônico denominado CCD. posicionados ao longo dos eixos x e y da placa de vidro do monitor. mas o documento se move e a cabeça do scanner fica imóvel. dependem de o usuário movê-los ao invés de uma cinta motorizada. -Webcam : A maioria das webcams é ligada ao computador por conexões USB.. Touch Screen: E uma tela sensível ao toque.

é um painel fino usado para exibir informações por via eletrônica. tem a função de dispositivo de saída. LCD e LED. que. sem interferência no funcionamento dos demais. Ao invés de uma única luz branca que incide sobre toda a superfície da tela. depende da resolução que faz a varredura da imagem que está em foco. que utiliza uma grade simples para fornecer energia a um pixel específico na tela. acrônimo de LCD . Sua grande diferença está na existência de um filme de transistores atrás da camada de cristal líquido. -LCD: Um display de cristal líquido. estimulando assim a visão. que pode ser controlado por chips presentes em todas as máquinas fotográficas modernas. no qual uma fita é pressionada no papel a fim de imprimir a letra. como texto. enquanto a primeira utiliza um mecanismo de agulhas para formar a letra e imprimi-la. ou seja. Um aquecedor é utilizado para liberar elétrons de um catodo. daí o nome “de impacto”. IMPRESSORAS Impressoras: Uma impressora ou dispositivo de impressão é um periférico que. Geralmente a caixa é construída em madeira ou plástico com uma abertura para se instalar o alto-falante. razão pelo qual os monitores demoram um pouco para apresentar a primeira imagem depois ligado. A diferença entre elas é que a segunda possui um mecanismo de impressão semelhante ao da máquina de escrever. mas com iluminação LED. Impressoras de impacto: Existem dois tipos de impressora matricial. é uma caixa construída em volta de um alto-falante para melhorar sua reprodução sonora. o mesmo mecanismo básico de um LCD. permitindo que cada pixel seja controlado individualmente. -CRT: Os monitores CRT são compostos por um canhão que gera um feixe de elétrons. Os tipos de monitores são CRT. cuja função é transmitir informação ao utilizador através da imagem. gráficos ou qualquer outro resultado de uma aplicação. quando conectado a um computador ou a uma rede de computadores. . por sua qualidade. encontra-se um painel com milhares de pequenas luzes coloridas que acendem de forma independente.DISPOSITIVOS DE SAIDA: Monitores: O monitor é um dispositivo de saída do computador. imprimindo textos. Projetor: O projetor óptico é um agrupamento de lentes de diversas naturezas que trabalham em conjunto para gerar a imagem ou foco. Os monitores de cristal líquido podem ser apresentados em dois sistemas de LCD diferentes: -Matriz Passiva: Um sistema de LCD mais simples. a tensão elétrica é aplicada de maneira independente para cada ponto -Matriz Ativa: São utilizadas nos equipamentos mais modernos e que exigem uma maior capacidade dos displays. -LED: Painéis LCD possuem retro iluminação LED. O canhão óptico gera a imagem final. DISPOSITIVO DE AUDIO Caixa de Som: Caixa de Som. imagens e vídeos.

o acabamento e a economia de tempo na prévia do primeiro molde. as quais são liberadas a partir de uma minúscula abertura existente nos cartuchos de tintas. . Impressora a Laser: As impressoras a laser oferecem impressões de excelente qualidade e em velocidade bem superior às “jato de tinta”. ou texto. A cabeça de impressão esquenta o filme e vaporiza a imagem no papel. mas há modelos que trabalham com folhas comuns também. chamado papel térmico. gruda no papel e permite que a imagem. os de corte e os de impressão. Os plotter de impressão. trabalham com impressões em grande escala e alta qualidade. produzindo assim a imagem. com a diferença que ao invés de cera elas utilizam o filme dye plástico difusivo. este fica escuro nas regiões onde é aquecido. Uma cabeça contendo diversos pinos derrete a cera e também é responsável pela fixação deste material no papel. Impressora de Sublimação: Esta impressora trabalha com a sublimação do material que substitui o cartucho de tinta que quando aquecido. quando aquecido. se transforma em gás e é aderido pelo papel. em seguida. como a ausência de materiais tóxicos na fabricação. Obviamente. muito úteis para criar adesivos. por exemplo. Elas utilizam um toner no lugar do cartucho Impressora a laser de tinta.Impressora jato de tinta: Nestes tipos de impressoras. Impressoras 3D: Equipamentos que fazem uso de técnicas variadas – da deposição de resina plástica a modelagens com laser . O seu funcionamento é simples: quando a cabeça térmica passa sobre o papel. ou texto. o papel utilizado influencia diretamente no resultado da impressão. O plotter de corte apenas recorta os desenhos em papéis especiais. Impressoras de Tinta Sólida: Este tipo de impressora utiliza um bloco sólido de tintas. Impressoras de cera térmica: Este tipo de impressora utiliza cilindros de cera. Em geral estas impressoras utilizam papéis especiais. por sua vez. no qual é então fixo. as quais passam por um processo de mudança de fase no momento da impressão. o qual contém um pó extremamente fino que. Neste processo.para construir objetos. as impressoras contam ainda com mais benefícios. Impressora Térmica: Este tipo de impressora requer um tipo de papel especial também. no esquema de cores CMYK. Plotter: Existem dois tipos de plotter. Ágeis. um fusor se encarrega de fazer a fixação do material ao papel. Impressoras Dye-Sublimation: O funcionamento das impressoras dye-sublimation é similar ao das impressoras de cera térmica. o bloco de tintas é derretido para ser aplicado no papel e. a impressão é feita por meio de centenas de gotas muito pequenas de tintas. seja “fixado” na folha.

d) errado. . b) certo. C) monitor e pen drive. c) a plotter. Monitor e um dispositivo de saída e pedrive de armazenamento. B) teclado e mouse. D) modem e placa de rede. E) câmera e projetor. d) errado. São exemplos de dispositivos de entrada: A) scanner e impressora. e) errado. b) o disquete. Disquete é dispositivo de entrada e saída de dados. e) errado. c) errado. Modem e placa de rede são diposistivos de comunicação (entrada e saida). O mouse é um dispositivo exclusivamente de entrada de dados. Resposta: a) errado. Teclado e mouse um dispositido de entrada. com exceção das multifuncionais que são tanto de entrada quanto de saída de dados. Plotter é um tipo de impressora e impressoras são dispositivos exclusivamente de saída de dados. c) Certo. Respostas: a) errado. e) o mouse. O teclado é um dispositivo exclusivamente de entrada de dados. Scanner é dispositivo apenas de entrada de dados e impressora de saida. O periférico que apenas permite a saída de informações (unidade exclusivamente de saída) é: a) o scanner. d) o teclado. b) errado. Scanner é dispositivo apenas de entrada de dados.QUESTÕES SOBRE DISPOSITIVOS DE ENTRADA E SAIDA 1. Camera e projetos são dispositivos de saida. 2.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->