Você está na página 1de 3

10 HAICAIS ( haikus)

J. T. Parreira

HAICAI Nº-

Pressente-se o céu
desde um espelho manso
dentro de um ribeiro

HAICAI

Uma janela ri
debruçada de um cravo
preso no vermelho.

HAICAI nº1

Modéstia do corpo:
a nudez duns seios nus
entre dois vestidos.

COMUNICAÇÃO

Olho para cima:


todas as linhas do ar
estão ocupadas.

Gaivotas no mar:
ramos da copa das águas
cheios de brancas folhas.

*
A pedra no lago
parte em círculos um Narciso
que se vê ao espelho.

Duas linhas correm


paralelas invisíveis
ao encontro no cais.

Atrás da janela
estão o pássaro e a rosa:
presos ao seu corpo.

Sombras na parede
da caverna de Platão:
a vida em silêncio.

Nenúfares no lago:
uma mesa que Deus põe
a flutuar no vidro.

Ver as estrelas:
quando outra vez o punho
da noite bate em nós.

*
As asas da chuva
abrem-se já perto do chão
e planam na flor.