P. 1
Simulados de Regulamento de Tráfego Aéreo para Helicópteros

Simulados de Regulamento de Tráfego Aéreo para Helicópteros

|Views: 3.276|Likes:
Publicado porDaniel Tognon
Lista com 80 exercícios para a banca da ANAC de regulamento de tráfego aéreo de Helicopteros
Lista com 80 exercícios para a banca da ANAC de regulamento de tráfego aéreo de Helicopteros

More info:

Published by: Daniel Tognon on Jul 20, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/30/2015

pdf

text

original

Regulamento de Tráfego Aéreo para Helicópteros

Blog EOBT: http://eobt.blogspot.com.br 1) Dentre os requisitos VMC, um helicóptero em voo dentro do espaço aéreo classe C, deve manter visibilidade de voo igual ou superior a: a) 1000m b) 3000ft c) 3000m d) 1000ft

2) Uma aeronave que disponha de equipamento SSR em funcionamento deverá manter ligado seu transponder, quando em voo: a) Por instrumentos b) Em atendimento ao controlador radar c) Numa aproximação de não precisão d) Em área sem cobertura de radar secundário

3) O código 200, quando selecionado no transponder, indica que a aeronave: a) Apresenta falha de comunicação b) Está em voo VFR c) Está sofrendo interferência ilícita d) Ainda não recebeu instruções do órgão ATC

4) As aeronaves VFR podem voar sem autorização prévia e sem notificação nos espaços de classes: a) A, B e C b) E, F e G c) C, D e E

d) B, C e D

5) Considerando-se o MSL, uma aeronave em voo sob VFR em TMA classe C poderão desenvolver velocidade maior que 250kt quando estiver acima de: a) 8000ft b) 8000m c) 10000ft d) 10000m

6) A expressão genérica que se aplica, segundo caso, ao serviço de informação de voo, alerta, assessoramento de tráfego aéreo e controle de tráfego aéreo, tem a abreviatura: a) ATS b) FIS c) AIS d) ATC

7) O código 0115, quando selecionado no transponder indica que o helicóptero: a) Está operando sob código discreto b) Esteve sob interferência ilícita c) Apresenta falha de comunicações d) Aguarda instruções

8) Quando uma ACFT precisar de tratamento especial por parte do órgão ATS deverá indicar no item 18 do plano de voo: a) TYP/ b) RMK/ c) STS/ d) COM/

9) Havendo uma condição que envolve a segurança da aeronave ou de alguma pessoa a bordo, mas que não requer assistência imediata dos meios de salvamento e socorro do aeródromo, o piloto deverá usar a mensagem correspondente de: a) Urgência b) Socorro c) Perigo d) Alerta

10) O sistema de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, tem a abreviatura: a) SENIPA b) SIPAER c) SIPAA d) ICAO

11) A autoridade competente para estabelecer as características dos equipamentos de navegação, aproximação e comunicação a bordo de ACFTs civis, é o(a)? a) ANAC b) DECEA c) SRPV d) OACI

12) Um helicóptero em voo VFR noturno e com código 7600 acionado, notificara que recebeu as instruções da TWR: a) Balançando as asas b) Piscando os faróis de taxi c) Girando 360º em torno do próprio eixo d) Piscando os faróis de pouso duas vezes

13) Uma aerovia inferior, entre dois auxílios de navegação distantes entre si 200NM, terá sobre estes auxílios a largura de: a) 11NM b) 8NM c) 21NM d) 16NM

14) Em um plano de voo a velocidade de cruzeiro é de 90KT, deverá ser registrada a codificação: a) K0090 b) M0090 c) D0090 d) N0090

15) Por solicitação do piloto, o pouso de helicóptero em pista de aviões, será autorizado pela (o): a) ACC b) APP c) TWR d) NASA

16) Durante o período noturno serão regulares as operações VFR de pouso e decolagem de um helicóptero, quando os mínimos meteorológicos de aeródromo (teto e visibilidade), forem iguais ou superiores a: a) 1000ft e 1500m b) 1500ft e 5000m

c) 1000ft e 3000m d) 1500ft e 1500m

17) Com o objetivo de indicar a trajetória relativa da aeronave, entre o por e o nascer-dosol, ou em qualquer outro período julgado necessário, todas aeronaves em voo deverão exibir luzes: a) De taxi b) Anticolisão c) De pouso d) De navegação

18) Toda ocorrência envolvendo uma aeronave, não havendo intenção de voo, do qual resulte dano ou lesão é um (a): a) Incidente de tráfego b) Ocorrência de solo c) Incidente aeronáutico d) Acidente aeronáutico

19) A distancia vertical entre um nível, um ponto ou objeto considerado como ponto, e o nível do médio do mar é a definição de: a) Altitude b) Altura c) Desnível d) Elevação

20) No caso de utilização da letra Y, o plano de voo deve conter, pelo menos, um aeródromo de alternativa: a) De destino b) Pós decolagem

c) Em rota d) Militar

21) A Sigla designativa de pessoa militar com curso de segurança de voo, que investiga acidentes aeronáuticos, é: a) ASV b) OSV c) ESV d) USV

22) Transmitir informações e autorizações sob controle para conseguir um movimento de tráfego aéreo seguro, ordenado e rápido, em um aeródromo e em suas proximidades, são funções de um (a): a) ACC b) APP c) AFIS d) TWR

23) Quando as condições de vento forem desfavoráveis, a decisão quanto as operações de pouso e decolagem cabe ao: a) Órgão de controle b) Proprietário da aeronave c) Piloto em comando d) CENIPA

24) Não deve ser utilizada em comunicação VHF a palavra: a) Cotejar b) Cambio c) Hotel

d) Prossiga

25) Normalmente nas operações de pouso ou decolagem simultânea entre helicópteros, se outra maior não for aplicável, deverá ser observada uma separação mínima de: a) 40m b) 50m c) 60m d) 70m

26) Em um AD, o pátio é parte integrante da área de: a) Manobras b) Sinalização c) Movimento d) Estacionamento

27) Para determinar o nível de voo CFR mais baixo utilizável em rota, o piloto deverá considerar uma separação vertical do solo ou água de: a) 2000ft b) 3000m c) 2000m d) 3000ft

28) O limite vertical superior das aerovias inferiores é o FL: a) 145 inclusive b) 145 exclusive c) 245 inclusive

d) 245 exclusive

29) Nas solicitações de ajuste de velocidade feita pelo controlador, durante uma vetoração radar, espera-se que os pilotos mantenham a velocidade solicitada, sendo admissível uma variação de até: a) 10kt b) 20kt c) 30kt d) 40kt

30) O nível de voo mais baixo disponível para uso, acima da altitude de transição, é o nível: a) De início b) De transição c) De cruzeiro d) Mínima de espera

31) Quando aplicável, o maior nível de voo VFR que poderá ser utilizado por uma aeronave que pretenda voar VFR, será o nível de voo: a) 135 b) 145 c) 035 d) 045

32) A distancia na qual o piloto de uma aeronave, que se encontra sobre o eixo de uma pista, pode ver os sinais de superfície da pista ou luzes da pista, é o:

a) ABN b) ALS c) ILS d) RVR

33) Dentre outras atribuições, o órgão estabelecido em um aeródromo com o objetivo de prestar o serviço de informação prévia ao voo, designamos de: a) Serviço de informações b) Setor de informações do aeroporto c) Sala de informações aeronáuticas de aeródromo d) Órgão de controle de tráfego

34) Um helicóptero voando em uma AWY inferior encontra-se no ponto médio, de um trecho compreendido entre dois auxílios a navegação que distam entre si 35NM. Sendo assim, para que a aeronave não sai da aerovia ao desviar de um grande CB, o piloto não deverá afastar-se lateralmente do eixo da AWY, além de: a) 4,5NM b) 5,5NM c) 11,5NM d) 21,5NM

35) Uma aeronave será considerada em manobras em área aeroportuária, quando estiver: a) Com as portas fechadas b) Iniciar a decolagem c) Com os motores acionados d) Estiver sendo movimentada ou rebocada

36) Quando houver a situação de suspeita de explosivo a bordo da aeronave, a mensagem, por meio de radiotelefonia, para o correspondente atendimento será de:

a) Socorro b) Alerta c) Urgência d) Emergência

37) A altitude de transição de constante nas cartas: a) IAC e SID b) FPC e ARC c) ANAC e ICAO d) ERC e SIGWX

38) O expediente utilizado para a divulgação de assunto de interesse da prevenção de acidente aeronáutico, que pode ser apresentado em formulário característico de cada organização, empresa ou unidade aérea, é designado de: a) PPAA b) RCSV c) DIVOP d) RELPER

39) Um aeródromo cujas operações estão suspensas devido a uma aeronave acidentada na pista, está: a) Fechado b) Impraticável c) Interditado d) Suspenso

40) A abreviatura FIR é utilizada para designar:

a) Espaço aéreo controlado b) Região de informação de voo c) Espaço aéreo condicionado d) Serviço de informação de voo

41) O voo VFR em espaço classe C, no rumo magnético 350º, não será permitido caso: a) O piloto pretenda voar no FL 085 b) O piloto pretenda voar no FL 145 c) Equipamento radiotelefônico Inteligível d) Aeronave não possua equipamento transponder

42) Em caso de convergência, que não seja de frente, entre duas aeronaves da mesma categoria e no mesmo nível, a que tiver a outra a sua esquerda deverá: a) Manter rumo e aumentar a velocidade b) Alterar o rumo para a direita e manter velocidade c) Manter rumo e velocidade d) Manter rumo e aumentar a velocidade

43) O AFIS será proporcionado a todo tráfego na área de movimento e a todas as aeronaves em voo no espaço inferior, num raio de: a) 5km b) 11km c) 27km d) 50km

44) Na mensagem de posição, as informações que antecedem a próxima posição e hora de sobrevoo têm como sequência correta: a) Identificação, posição, hora e nível de voo b) Posição, identificação, nível de voo e hora c) Nível de voo, hora, posição e identificação d) Hora da posição, nível de voo e identificação

45) A situação na qual existe dúvida quanta a segurança de uma aeronave e a de seus ocupantes, caracteriza a fase de: a) Incerteza b) Apreensão c) Alerta d) Perigo

46) AD cujas condições de segurança determinam a suspensão das operações de pouso e decolagem é um aeródromo: a) Impraticável b) Interditado c) Fechado d) Restrito

47) Na área de manobras as aeronaves devem aplicar as regras: a) De mediações do AD b) Gerais c) Do ar d) De operação em AD

48) Teto é a altura compreendida entre o solo ou a água e a base da mais baixa camada de nuvens que cobrem mais da metade do céu, abaixo de: a) 14500ft b) 20000ft c) Altitude de transição d) Altitude de início do procedimento

49) Os lugares pré-estabelecidos para as aeronaves, no circuito de tráfego e no solo, receberem normalmente autorização do órgão de controle de AD, por luzes ou via fonia, chama-se: a) Reta final b) Perna do vento c) Posições críticas d) Circuito de tráfego padrão

50) Havendo deficiências em auxílios a navegação, deve-se preencher um: a) RELIA b) RELOS c) RICEA d) RELPREV

51) No preenchimento do plano de voo, quando a ACFT não dispuser de um código ICAO para o tipo (TYP), o piloto deverá indicar no campo correspondente: a) TBN b) RMK c) ZZZZ d) FROM

52) Os serviços radar serão prestados as aeronaves que estejam voando sob: a) IFR b) VFR c) IFR ou VFR d) IFR em TMA

53) Os destroços de uma aeronave acidentada poderão ser vasculhados, sem que haja liberação pela autoridade responsável, quando: a) For para salvar vidas b) Não houver vitimas c) Ocorrido com aeronave ultraleve d) Ocorrido com aeronave de instrução

54) No plano de voo, o item 18 deverá conter compulsoriamente o indicador de localidade ou nome do AD da ultima decolagem precedido da abreviatura: a) TYP/ b) FROM/ c) ALTN/ d) ZZZZ/

55) Na infração aos preceitos do Código Brasileiro de Aeronáutica ou da legislação complementar, a autoridade aeronáutica poderá suspender certificados, licenças concessões ou autorizações. A suspensão, em número de dias, será aplicada para período não superior a: a) 30

b) 60 c) 90 d) 180

56) Nas referências horárias contidas nos manuais aeronáuticos, nos serviços de tráfego aéreo e nas comunicações aeronáuticas, utiliza-se o/a: a) UTC b) HLO c) HLE d) HZ

57) Quando duas ACFT de mesma categoria aproximar-se com proas convergentes, aproximadamente no mesmo nível, a ACFT: a) Mais veloz subirá 500ft b) Menos veloz descerá 500ft c) Da esquerda mantém o rumo d) Da direita tem o direito de passagem

58) No AIP-BRASIL, a parte que contém informações sobre aeródromos e ou helipontos, é: a) AD b) ENR c) GEN d) AGA

59) Pode-se afirmar que uma ACFT, voando no nível de cruzeiro FL 050, esta voando sob: a) VFR b) IFR c) IMC

d) VMC

60) Pode-se afirmar que uma ACFT, voando no FL 150, esta voando sob: a) IFR b) VFR c) VMC d) IMC

61) Uma ACFT em voo VFR, evoluindo em TMA classe C ou D, poderá desenvolver velocidade maior que 250kt, quando estiver acima do FL: a) 035 b) 045 c) 100 d) 135

62) Nenhuma aeronave poderá voar próxima a outra, a uma distancia: a) Inferior a 100m b) Inferior a 200m c) Inferior a 300m d) Que possa ocasionar perigo de colisão

63) O espaço aéreo SBP-521 é uma área: a) Proibida do COMAR 5 e da área 21 b) Proibida do COMAR 21 e da área 5 c) Restrita do COMAR 21 e da área 5

d) Restrita do COMAR 5 e da área 21

64) Voando VFR na FIR, abaixo de 3000ft ALT ou quando aplicável 1000ft AGL, o piloto de um helicóptero, considerando a sua velocidade poderá voar com visibilidade mínima: a) 1000m b) 2000m c) 3000m d) 8000m

65) Os AD brasileiros são classificados em: a) Civis e militares b) Públicos e privados c) Públicos e particulares d) Militares e privados

66) A palavra código usada para designar uma fase de perigo: a) ALERFA b) DETRESFA c) INCERFA d) MAYDAY

67) O voo sob VFR fora da aerovia no rumo magnético 245º será: a) 125 b) 135 c) 155 d) 165

68) O código transponder 7600, indica que a ACFT: a) Esta sendo objeto de interferência ilícita b) Aguarda instruções c) Apresenta falha de comunicação d) Está transportando enfermo

69) Um triângulo vazado, sem estar em negrito, encontrado nas cartas de rota, indica um: a) AD b) Fixo a pedido c) Fixo compulsório d) Marcador externo

70) As suspensões das operações de pouso e decolagem, o AD interditado, podem ser ocasionadas por: a) Pista alagada b) Piso em mau estado c) Lançamento de paraquedistas d) ACFT acidentada

71) Duas pistas distintas, orientadas nos rumos magnéticos 157º e 232º, respectivamente, serão identificadas pelos números: a) 23 e 16 b) 16 e 23 c) 15 e 23 d) 24 e 16

72) Todos os voos VFR serão considerados como voos controlados, quando realizados dentro de: a) ATZ servida por TWR

b) CTR servida por TWR ou APP c) AWY d) Espaço aéreo classe F

73) Toda pessoa que tiver conhecimento de acidente de aviação ou de restos e destroços de uma aeronave tem o dever de comunicá-lo a (o): a) Autoridade militar mais próxima b) Autoridade pública mais próxima c) Explorador da ACFT d) TWR

74) As aerovias inferiores entre dois auxílios a navegação distantes entre si até 27NM terão em toda sua extensão a largura de: a) 8NM b) 11NM c) 21,5NM d) 16NM

75) Uma aeronave causou danos a terceiros na superfície e o seu proprietário recusou-se a reparar os danos, neste caso poderá ocorrer: a) Interdição da aeronave b) Apreensão da documentação c) Multa no valor dos danos causados d) Sequestro preventivo da ACFT e sua retenção

76) Aeródromo público dotado de instalações e facilidades para apoio de operações de aeronaves de embarque e desembarque de pessoas ou cargas é: a) Campo de pouso b) Aeródromo c) Aeroporto d) Pista de pouso e decolagem

77) Em principio as comunicações entre uma aeronave interceptada e a interceptadora devem ser feitas na frequência: a) Do centro de controle de área b) Do centro de operações militares c) Internacional de emergência d) Do SAR

78) Na utilização do radar SSR, os códigos que corresponder respectivamente, a falha de comunicação, emergência e interferência ilícita são: a) 7500 / 7600 / 7700 b) 7700 / 7600 / 7500 c) 7600 / 7500 / 7700 d) 7600 / 7700 / 7500

79) As aeronaves que pousarem em um AD controlado deverá manter na escuta da TWR, ou do controle de solo até: a) Livrar a pista em uso b) Livrar a pista de taxi c) Parada total dos motores d) O piloto em comando que decide

80) Espaço aéreo de dimensões definidas onde o voo só poderá ser realizado sob condições pré-estabelecidas, define uma área: a) Restrita b) Perigosa c) Proibida d) Classe B

GABARITO
1 C 2 D 3 D 4 B 5 C 6 A 7 A 8 C 9 A 10 B 11 B 12 D 13 B 14 D 15 C 16 C 17 D 18 B 19 A 20 C 21 B 22 D 23 C 24 B 25 C 26 A 27 D 28 C 29 A 30 B 31 B 32 D 33 C 34 B 35 D 36 A 37 A 38 C 39 B 40 B 41 D 42 C 43 D 44 A 45 A 46 B 47 B 48 B 49 C 50 D 51 C 52 C 53 A 54 B 55 D 56 A 57 D 58 A 59 B 60 A 61 C 62 D 63 A 64 A 65 A 66 B 67 A 68 C 69 D 70 C 71 B 72 A 73 B 74 B 75 D 76 C 77 C 78 D 79 C 80 A

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->