P. 1
Uma Oração pela justiça

Uma Oração pela justiça

|Views: 672|Likes:
Publicado porDaniel Santos Jr
Este texto é o primeiro de uma série de Orações pelo Brasil, tratando sempre de tópicos relativos à nosso país. Esta oração focaliza especialmente o episódio do julgamento do mensalão.
Este texto é o primeiro de uma série de Orações pelo Brasil, tratando sempre de tópicos relativos à nosso país. Esta oração focaliza especialmente o episódio do julgamento do mensalão.

More info:

Published by: Daniel Santos Jr on Aug 09, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF or read online from Scribd
See more
See less

08/25/2013

pdf

SÉRIE ORAÇÕES PELO BRASIL

“Ai daquele que acumula o que não é seu, e daquele que a si mesmo se carrega de penhores!”
Habacuque 2:6

UMA ORAÇÃO PELA JUSTIÇA
Daniel Santos

Senhor Deus, criador dos céus e da terra, Deus justo que amas a justiça e te empenhas em fazer prevalecer o direito, o juízo e a justiça no mundo que criaste. Nosso país passa por dias como nunca antes havíamos visto, quando nossos líderes e governantes, à semelhança do que disse o profeta Isaías, estão sendo acusados de serem rebeldes e companheiros de ladrões; cada um deles amando o suborno e correndo atrás de recompensas (Is 1:23). Ó Senhor, justo juiz de toda a terra, olha para o nosso país com misericórdia e faze prevalecer a justiça. Suplicamos-te que tragas sobre nossos líderes e governantes culpados desta transgressão a mesma sentença que anunciaste por meio de Isaías: faze-os cair mortos pelo que fizeram. Não deixes que encontrem socorro, a fim de que não preservem a glória que construíram por meio da corrupção. Não afastes a tua ira de sobre eles até que pereçam (Is 10:1-4). Cumpre tua promessa de tomar satisfações aos nossos adversários e te vingar dos nossos inimigos. Volta a tua mão contra estes homens e purifica nosso país de tanta corrupção, restitui nossos juízes, a fim de sermos conhecidos como uma nação de justiça (Is 1:24-26). Ó Senhor, não permitas que nossos líderes e governantes, que praticam tais atos que tu abominas, continuem impunes. Castiga a sua arrogância como fizeste com o rei da Assíria, pois ele dizia: “Com o poder da minha mão, fiz isto, e com a minha sabedoria, porque sou inteligente; removi os limites dos povos, e roubei os seus tesouros, e como valente abati os que se assentavam em tronos. Meti a mão nas riquezas do povo como a um ninho e, como se ajuntam os ovos abandonados, assim eu ajuntei toda a terra, e não houve quem movesse a asa, ou abrisse a boca, ou piasse” (Is 10:12-14). Ó Senhor, à semelhança do que fizeste com o rei da assíria, envia contra estes nossos governantes que corrompem o direito a tísica, queima-os no fogo, consome tudo o que ajuntaram por meio da iniquidade, e faze com que a alma e o corpo deles se definhem como quando um doente se definha até a morte (Is 10:15-19). A ti somente pertence a vingança, só tu podes ver seus corações e conhecer seus intentos.

Faça um download deste texto em: www.scribd.com/prof_danielsantos

SÉRIE ORAÇÕES PELO BRASIL

Ó Senhor, à semelhança do que fizeste ao rei da Babilônia, faz com que os nossos líderes corruptos que debilitam nossa nação sejam lançados por terra. O rei da Babilônia dizia em seu coração: “Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono e no monte da assembleia me assentarei, nas extremidades do Norte; subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo” (Is 14:12-14). Contudo, ao teu tempo, tu fizeste com que ele fosse precipitado para o reino dos mortos, no mais profundo do abismo. Os que o viram derrotado contemplaram e disseram: “É este o homem que fazia estremecer a terra e tremer os reinos? Que punha o mundo como um deserto e assolava as suas cidades? Que a seus cativos não deixava ir para casa? Todos os reis das nações, sim, todos eles, jazem com honra, cada um, no seu túmulo. Mas tu és lançado fora da tua sepultura, como um renovo bastardo, coberto de mortos traspassados à espada, cujo cadáver desce à cova e é pisado de pedras” (Is 14:15-19). De igual modo, Senhor, usa este momento tão importante na história política de nosso pais e derruba do poder aqueles que tu sabes que são culpados. Torna-os motivo de provérbio e motejo. Não deixes que eles tenham uma morte com honra, nem que sejam construídas sepulturas que relembrem os seus nomes. Antes, seja levantado contra eles um dito zombador como profetizou Habacuque: “Ai daquele que acumula o que não é seu, e daquele que a si mesmo se carrega de penhores! Não se levantarão de repente os teus credores? E não despertarão os que te hão de abalar? Tu lhes servirás de despojo. Visto como despojaste a muitas nações, todos os mais povos te despojarão a ti, por causa do sangue dos homens e da violência contra a terra, contra a cidade e contra todos os seus moradores” (Hb 2:6-8). A ti Senhor pertence a justiça, mas a nós o corar de vergonha, pois dentre estes que praticam tais iniquidades temos visto aqueles que se chamam pelo teu nome. Que o castigo destes seja em dobro. Ó Senhor, a ti pertence a misericórdia e o perdão, pois nos temos rebelado contra ti e não obedecemos à tua voz, para andarmos nas tuas leis, que nos deste por intermédio de teus servos, os profetas. Por isso, a maldição e as imprecações que estão escritas na Lei de Moisés, servo de Deus, se derramaram sobre nós, porque temos pecado contra ti. Fazemos esta oração no nome e na autoridade daquele que morreu por pecados como estes. Em nome de Cristo Jesus, amém.

Faça um download deste texto em: www.scribd.com/prof_danielsantos

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->