Você está na página 1de 3

FACULDADE NOBRE

ADRIANA FIGUEIREDO DAISE SILVA DBORA CARNEIRO JSSICA AZEVDO JUCILIA SANTANA KEYLA GUSMO MEIRE MRCIA MICHA SAMPAIO

QUESTO INVESTIGATIVA (O POSITIVISMO DE COMTE)

FEIRA DE SANTANA 2012

ADRIANA FIGUEIREDO DAISE SILVA DBORA CARNEIRO JSSICA AZEVDO JUCILIA SANTANA KEYLA GUSMO MEIRE MRCIA MICHA SAMPAIO SAMPAIO

QUESTO INVESTIGATIVA (O POSITIVISMO DE COMTE)

Trabalho apresentado Professora Ila Nunes como instrumento de avaliao parcial na disciplina Fundamentos Filosficos, II semestre, 2012.1, do curso de Servio Social da FAN.

FEIRA DE SANTANA 2012

Comte deu suporte ao homem trilhar o caminho para o encontro da organizao social e poltica. Ele enfatizava que para essa organizao deveria haver amor, ordem e ento o progresso. O amor (respeito com o outro, tica na poltica), a ordem (no haver desordens na sociedade com manifestaes dos operrios sob violncia) e o progresso (que seria obtido atravs da sobreposio dos dois fatores anteriores com a direo nas indstrias por intelectuais, assim existindo organizao e bom funcionamento das fbricas). Entretanto, algumas situaes comprovam que, tica na poltica utopia. Fatos que viemos acompanhando h algum tempo, como casos de corrupo no governo Collor, Sarney, FHC, Itamar, Lula, Dilma. Podendo citar como exemplo, o escndalo do Mensalo, onde o exchefe do DECAM/ECT, Maurcio Marinho, solicitava e tambm recebia vantagem indevida para ilicitamente beneficiar um suposto empresrio interessado em negociar com os Correios. Agora embasadas em Karl Marx, tivemos o conhecimento de que foi atravs da organizao dos operrios, das lutas e reivindicaes, que os trabalhadores conseguiram a diminuio da carga horria, salrios fixos, assistncia mdica, polticas pblicas, entre outros benefcios. O intelectual como se referiu Comte, pertencente a classe dominadora, e este frente do progresso, obviamente ir sempre favorecer a classe dominante. Se as pessoas que faziam parte da classe explorada no se rebelassem, como desejava Comte, elas jamais teriam conseguido tantas concesses e benefcios. Um bom exemplo o expresidente Lula, que foi um pobre operrio, aliou-se a outros desfavorecidos, lutou anos pelos interesses dos explorados, conseguiu ascender na poltica e ser presidente do Brasil.