P. 1
QUI 1302 - CD 5

QUI 1302 - CD 5

|Views: 512|Likes:
Publicado porCaio Ferreira

More info:

Published by: Caio Ferreira on Sep 03, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/06/2015

pdf

text

original

setor 1302

13020508

Aulas 39 e 40
CONCENTRAÇÃO COMUM, PORCENTAGEM EM MASSA DE SOLUTO E NOÇÃO DE PPM (PARTES POR MILHÃO)

Concentração =

Quantidade Soluto Quantidade Solução (ou Solvente)
,

2. A água do mar tem concentração média igual a 30g/L de sais diversos. Em uma salina, que quantidade de água do mar, por evaporação, fornecerá 60kg de sais?

Concentração Comum (C) m C = 1 g/L; mg/m3, etc V Densidade (d) d= m m1 + m2 = g/cm3, g/L, etc V V

1 L (mar) —— 30 g x —— 60 ⋅ 103 g x = 2 ⋅ 103 L ou m1 C= V 30 g/L = 60 ⋅ 103 g V

Porcentagem em massa de Soluto (Título)

τ=

m1 m m1 × 100 m

V = 2 ⋅ 10 3 L
3. Uma solução foi construída com 20g de KCl e água suficiente para 250mL de volume total, como mostra a figura abaixo.
250 mL

τ (%)=

ppm = partes por milhão 1 ppm = 1 grama de soluto em 1 milhão (106) de gramas de solução (ou solvente)
*

Código

Índice 1 ⇒ Soluto Índice 2 ⇒ Solvente Sem Índice ⇒ Solução 1 m3 = 1000 L 1 L = 1000 mL = 1000 cm3

Exercícios
1. Em uma bula de um remédio consta a informação: glicose 0,3 mg/cm3 a) Isto significa que cada cm3 do medicamento conterá 0,3 mg de glicose. b) Quantas gramas de glicose uma pessoa irá ingerir após tomar 100 mL daquele medicamento?

balão volumétrico

a) Qual a concentração comum em g/L?

20 g KCl —— 0,25 L x —— 1 L logo C = 80 g/L
b) Qual a massa de sal em uma amostra de 5cm3 de solução?

1 mL —— 0,3 mg —— 0,3 ⋅ 10 – 3 g 100 mL ———————— x x = 0,03 g
ALFA-5 85015058

250 mL —— 20 g KCl 5 mL —— x x = 0,4 g

58

ANGLO VESTIBULARES

5 ⋅ 10 – 2 g de chumbo em um milhão de gramas de água.0 g/mL) 2 a) 5 mg Pb 2+ ⇒ 5 ⋅ 10 – 3 g 100 L de H2O ⇒ 100 kg ⇒ 10 5 g Teremos a relação: 105 g H2O —— 5 ⋅ 10 – 3 g Pb 2+ 10 6 g —— x 5 ⋅ 10 – 3g ⋅ 106 x= = 5 ⋅ 10 – 2 g Pb 2 + 105 Logo. sabendo-se que o volume final era igual a 400mL. série 1. Uma solução foi constituída de 40g de glicose e 360g de água destilada. AULA 40 • Resolva os exercícios 31 e 32. ou seja. qual a concentração do chumbo em partes por milhão? b) Qual seria a concentração de chumbo em gramas por litro? (dH O = 1. ALFA-5 85015058 59 ANGLO VESTIBULARES . Apenas 5.0mg de íons chumbo. 6.4. m = m1 + m2 = 40 + 360 = 400 g 400 g —— 100% {x = 10% 40 g —— x m τ = 1 ⋅ 100 = 40 ⋅ 100 = 10% 400 m2 7. série 1. Determine a) A porcentagem em massa de soluto. Qual massa de soluto formará com 200g de água uma solução de título 20%? 100 g —— 20 g —— 80 g H2O solução soluto 20 g soluto —— 80 g H2O x —— 200 g H2O x = 50 g ou τ = 0. 1) Caderno de Exercícios — Unidade III m1 = 50 g Tarefa Mínima AULA 39 • Resolva os exercícios 22 a 25.0 ⋅ 104 ppm 100 Tarefa Complementar AULA 39 • Resolva os exercícios 28. b) 100 L —— 5 ⋅ 10 – 3 g Pb 2 + 1 L —— y 5 ⋅ 10 – 3 y= = 5 ⋅ 10 – 5 g 100 Logo C = 5 ⋅ 10 – 5 g/L b) A densidade da solução.0 ⋅ 106 x= = 1. em cada 100 litros de água. AULA 40 • Resolva os exercícios 26 e 37.0 L de argônio 106 L de ar —— x 1.0% em volume do gás nobre argônio. Transforme essa porcentagem em ppm em volume.20 = m1 m1 + m2 m1 m1 + 200 ORIENTAÇÃO DE ESTUDO Livro 2 — Unidade I (Cap. série 1. d = m = 400 g = 1 g/mL 400 mL V 5. já podem nos causar sérios problemas fisiológicos. 29 e 30. a) Nessas condições. Considere que o ar contém 1. 100 L de ar —— 1. série 1. teremos 5 ⋅ 10 – 2 ppm de Pb 2+.

5 mol NaCl 1000 litros –––––––––– n n = 500 mol 1 mol NaCl –––––––––– 58. Um determinado gás poluente apresenta tolerância máxima de 2.2 M indica uma solução 0.5 g m = 29250 g 500 mol –––––––––– m ou 29. Uma sala fechada de dimensões 4 m × 5 m × 3 m contém 6 mol daquele gás. A representação [glicose] = 0.5 g/mol) (1000 L) m1 = 29250 g 5.0 × 10 – 4 mol/L η V 6 × 10 4 L A tolerância foi ultrapassada. Uma solução molar ou 1. (Na = 23. • Símbolos = ou [ ] Exemplo: NaCl ou [NaCl] = 0.Aulas 41 e 42 CONCENTRAÇÃO EM MOL/L DAS SOLUÇÕES • A concentração em mol/L de uma solução indica a quantidade de mols do soluto considerado. 2. A tolerância foi ultrapassada? Exercícios 1.5 M = m1 (58. Concentração molar e molaridade Unidade: molar ou M 1 litro –––––––––– 0. 4.0 × 10 – 4 mol/L 2.5 mol/L) (58. Cl = 35. para cada litro de solução.0 1.0 M apresenta de soluto para cada litro de solução. determine a massa de NaCl obtida após a evaporação completa da água de 1.1 mol 3.: 1.5 mol/L 1 m3 = 1000 litros ALFA-5 85015058 60 ANGLO VESTIBULARES . Notações recomendadas Concentração em mol/L Unidade: mol/L Notações não recomendadas.0 × 10 – 5 mol/L.1 M apresenta de soluto para cada litro de solução. mas ainda em USO.25 kg 123 Outra resolução: m1 [NaCl] = M1V 0.0 ⋅ 10 – 5 mol/L em relação ao ar.5 g/mol) ⋅ (1000 L) m1 = (0.0 × 10 = 0. mol V = 4 m × 5 m × 3 m = 60 m3 = 60000 L η = n1 = 6 mol = 1.0 × 10 – 5 0.2 contendo mol de soluto (glicose) para cada litro de solução.0 m3 de água do mar. Uma solução decimolar ou 0.5) Dado: [NaCl] no mar = 0. Em uma salina. –4 obs.2 mol/L • Questões envolvendo concentração em mol/L podem ser resolvidas por relações entre grandezas diretamente proporcionais (regra de três) ou através da expressão algébrica: m1 n = 1 = V M1 V Unidade = mol/L = concentração em mol/L n1 = quantidade de mols do soluto m1 = massa do soluto (gramas) M1 = massa molar do soluto (g/mol) V = volume da solução na unidade LITRO.5 × 10 = 5 2. já que 1.

2 M 0. 3– Na3PO4 → 3Na+ + PO4 1M : 3M x 0.3 mol [Gli] = 0.5 M x 3+] = x = 1. Em uma emergência.5 mol/L + 2– 3SO4 3 mol 3 mol/L y 9.6 mol/L. O = 16. Em uma solução 0.2 mol/L 7. Um técnico pesou uma amostra de sulfato de cobre II pentahidratado (CuSO4 ⋅ 5H2O) e encontrou o valor de 49.2 mol/L de Al2(SO4)3.0 mol/L [Fe 2– [SO4 ] = y = 1.8 mol/L V 0. sabendo-se que a concentração de íons Na+ vale 0.5 g n –––––––– 49. dissolvendo 108g de glicose em água suficiente para 2. calcule a concentração 2– em mol/L em função dos íons Fe3+ e SO4 .8 mol (em 1.04 (6 × 1023) = 2. Em seguida.2 mol x = 0. A amostra foi colocada em um balão volumétrico. o técnico adicionou água destilada até a marca do balão.4 × 1022 íons [Gli] = 0.4 mol Al 0.6.2 mol = 0.04 (6 × 1023) = 2.0 litros de solução. Determine a concentração em mol/L de uma solução de Na3PO4.2 mol M 249. [sal] = 0.5M de Fe2(SO4)3.3 mol/L Al3+ ALFA-5 85015058 61 ANGLO VESTIBULARES .25 L 2ª resolução 1 mol –––––––– 249.4 × 1022 íons η = η 2) Sal n1 n ⇒ 0.5 g/mol 49.6 mol/L x = [Na3PO4] 123 123 n = 0. S = 32. um técnico de hospital preparou soro glicosado. Determine a concentração em mol/L de glicose no soro obtido.5 g/moL [sal] = n = 0. H = 1) 8.04 mol Al3+ nº íons = 0.9 g. (Glicose = 180 g/mol) 10.02 = 0.2 = 1 V 0.6 mol 1 L –––––––– x x = 0.9 g n= m = = 0.4 M 3+ 1 L –––– 0. correspondente a 250 mL. Massa Molar de CuSO4 ⋅ 5H2O = 249.0 litro) Logo.6 mol 2 L –––––––– 0.1 123 123 n1 = 0. (Cu = 63. Calcule o número de íons Al3+ em 100 mL de solução 0.9 g 0.02 mol n = 2 ⋅ 0.1 L –––– x x = 0. 1 mol Gli –––––––– 180 g n –––––––– 108 g n = 0.25 L x –––––––– 1 L Fe2(SO4)3 → 2Fe 3 + 1 mol : 2 mol : 1 mol/L : 2 mol/L : 0.2 mol –––––––– 0.3 mol/L Outra resolução: m1 [Gli] = M1V [Gli] = 108 180 ⋅ 2 Há vários caminhos: 1) Al2(SO4)3 2 Al 0. Determine a concentração em mol/L da solução.04 mol nº íons = 0.8 mol/L x= 0.5 .6 3 x = 0.

série 1. série 1. 44. Deduzir a relação: C = d* τ onde C = conc. • Através da expressão de conversão.0 L(soluto) –– 106 L (solução) C = d* τ ALFA-5 85015058 62 ANGLO VESTIBULARES . Aula 43 QUESTÕES ENVOLVENDO VÁRIOS TIPOS DE CONCENTRAÇÃO A concentração ppm em volume é particularmente útil para soluções gasosas. 49 e 50. AULA 42 • Resolva os exercícios 46. Tarefa Mínima AULA 41 • Resolva os exercícios 38 e 39.0 ppm 1. série 1.0 g(soluto) –– 106 g (solução) CV = τm C=τ m V 1. 1) Caderno de Exercícios — Unidade III AULA 41 • Tarefa Complementar Resolva os exercícios 40 a 43.0 L de solução. –– 1. 123 123 1.0 ppm (em massa) 1. AULA 42 • Resolva os exercícios 33. 1. etc ––––––––––––––– 106 L de ar A concentração ppb significa “partes por bilhão”.0 ppb de Hg2+ na água significa: 1. série 1. é útil expressar a concentração desse soluto em ppm.0 parte em um milhão de partes.ORIENTAÇÃO DE ESTUDO Livro 2 — Unidade I (Cap. Exemplo: 0.8 ppm em volume de CO no ar significa: 0. g/mL.0 g de Hg2+ ––––––– 109 g (um bilhão) de solução τ = m1 m As conversões entre esses tipos de concentração podem ser feitas: • Admitindo-se 1. C = 1000 d τ = M1 C ⇒ g/L d ⇒ g/mL Exercícios 1. 47 e 48. Assim.0 ppm (em volume) τ= ⇒ 1. C= O CONCEITO DE ppm (partes por milhão) m1 ⇒ m1 = CV V m1 ⇒ m1 = τm m Para soluções muito diluídas em relação a um determinado soluto.8 L (CO) mol/L COMENTÁRIO Tipo de concentração Comum mol/L Porcentagem em massa de soluto (Título) Expressão algébrica C = m1 V = n1 V Unidades g/L. comum (g/L) d* = densidade (g/L) τ = Título (% massa de soluto).

teremos: d = 1. o ar contendo 9.8 mol –––––––––– m m = 48 g 123 m = 1300 g de solução massa de H2SO4 = m1 = 38% de 1300 g 1300 g ––––––––– 100% m = 494 g 1 m1 ––––––––– 38% 1 mol H2SO4 ––––––––– 98 g n ––––––––– 494 g Respostas: a) 494 g/L b) 5 mol/L 2ª resolução: C = 1000 d τ C = 1000 (1. (NaCl = 58.3 g/mL 1 mL ––––––– 1.5 g/mol. Um vinagre contém ácido acético na concentração 0.2.3 mol 3. Qual a diferença entre as expressões C = dτ e C = 1000 dτ ? C=dτ mesmas unidades C = 1000 d τ 4.3 g/mL e 38% em massa de H2SO4. Determine a concentração molar de cada soluto no soro. Qual a massa desse ácido em cada litro de vinagre? (ácido acético = 60 g/mol) Para V = 1000 mL de solução. Tarefa Complementar • Resolva os exercícios 56. série 1.5 g n ––––––––– 5. (H2SO4 = 98 g/mol) Logo [NaCl] = 0. b) em mols por litro. Qual a porcentagem em volume do CO no ar? 9 L CO ––– 106 L (ar) x ––– 100% x = 9 ⋅ 100 = 9 ⋅ 10 – 4% 10 6 9 ppm η = η C 494 g/L = = 5 mol/L M1 98 g/mol Livro 2 — Unidade I (Cap.1 mol 123 Sacarose 1 mol ––––––––– 342 g n ––––––––– 102.0ppm em volume de CO é considerado regular.6 g n = 0. Segundo a CETESB.3 g solução 1000 mL ––––––– m 1L –––––––––– 0.8mol/L.3 mol/L 5.1 mol/L [Sacarose] = 0.8 mol de ácido acético 1 mol –––––––––– 60 g 0. Considere que uma “solução de bateria” típica apresente d = 1. 57 e 59. sacarose = 342 g/mol) 123 g/L g/mL NaCl 1 mol ––––––––– 58. série 1. Determine a concentração do ácido: a) em gramas por litro.6 g de sacarose. 1) Caderno de Exercícios — Unidade III 123 ORIENTAÇÃO DE ESTUDO Tarefa Mínima • Resolva os exercícios 55 e 58. ALFA-5 85015058 63 ANGLO VESTIBULARES .85 g n = 0.85 g de NaCl e 102. Um soro caseiro para hidratação infantil foi produzido pela dissolução de 5. em água suficiente para um litro de soro.3) ⋅ C = 494 g/L η C = η m1 38 100 123 123 n = 5 mol 6.

5 ⋅ 100 = η ’ ⋅ 500 η η ’ = 0.3M? m1 (antes da diluição) = m1’ (após) Logo. Qual a concentração final em mol/L? η V = η ’ V’ η η Exercícios 1. Qual volume de água deveremos adicionar a 60 cm3 de solução de NaCl de concentração 40 g/L. b) O volume da solução aumenta. A 100mL de solução 0. C) diminui.0 g/L? Diluir uma solução significa acrescentar solvente a esta solução.5M de H2SO4 adicionou-se 400mL de água.3 M) V’ V’ = 200 mL (solução final) Volume a ser evaporado: 600 mL – 200 mL = 400 mL ALFA-5 85015058 64 ANGLO VESTIBULARES .1M de glicose.1 M) (600 mL) = (0. CV = C’ V’ 40 ⋅ 60 = 5 V’ V’ = 480 cm3 V(adic) = 480 – 60 = 420 cm3 adicionando solvente solução mais diluída τ C m1 = constante n1 = constante ’ τ’ C’ τ C 3. substituindo: CV = C’V’ ηV η = η ’ V’ η η b) η = n1 ⇒ n1 = η V η V n1 (antes) = n1’ (depois) ou η V = η ’V’ η η (início) (final) (0.1 mol/L η a) C = m1 ⇒ m1 = CV V 4. tal que a concentração diminua para 5. c) A concentração ( . tal que a concentração aumente para 0. τ.Aula 44 DILUIÇÃO DE SOLUÇÕES 2. Com isto. Deduzir as expressões para diluição: a) C V (antes) = C’ V’ (depois) b) V (antes) = ’ V’ (depois) 0. veremos que: a) A quantidade de soluto permanece constante. Qual volume de água deverá evaporar de 600mL de solução 0.

5. 6.0 mol/L para 0.2% ALFA-5 85015058 65 ANGLO VESTIBULARES . Qual será a nova porcentagem em massa de H2SO4 se acrescentarmos 600 g de água destilada a 400 g de “água de bateria” contendo 38% do ácido? τ= m1 m ⇒ m1 = τm m1 = m’1 ⇒ τm = τ’m’ Substituindo: 38 ⋅ 400 = τ’ (400 + 600) 100 τ’ = 0.0 = =5 V 0.0 V = 0. série 1. 1) Caderno de Exercícios — Unidade III η V = η ’ V’ η η 1. • Tarefa Mínima Resolva os exercícios 62 a 65.152 ou 15.2 V ’ V’ 1. Tarefa Complementar • Resolva os exercícios 66 a 69.2 mol/L? ORIENTAÇÃO DE ESTUDO Livro 2 — Unidade I (Cap. Como deverá ser diluída uma solução para que a concentração diminua de 1.2 O volume deve aumentar 5 vezes. série 1.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->