Você está na página 1de 1

Atendimento
publicitário:
elemento
integrador. 


por
Juliana
Re z ende
 


Como
 estamos
 acompanhando,
 o
 papel
 do
 Atendimento
 publicit á rio
 mudou.
 Ele
 se
 tornou
 multitarefa,
 gestor,
 agregador,
 especialista
 com
 multiconhecimentos .
 E 
 vá rios
 outros
adjetivos
que
podem
ser
utilizados
para
defini ‐ lo. 


O
 que
 eu
 considero
 com o 
 um
 dos
 mais
 importantes
 recentemente
 é
 o
 adjetivo
 “ integrador ” .
 Com
 a
 reestruturação
 das
 agências
 de
 publicidade
 frente
 aos
 desafios
e
 exigências
d o
mercado,
seja
o
seu
pr ó prio
ou
o
do
seu
cliente,
 
 se
tornou
necess á rio
um
 profissional
 extra.
 O
 integrador.
 Alguns
 at é
 podem
 me
 dizer
 que
 o
 profissional
 de
 “ Operaçõ es” 
pode
cumprir
este
papel.
Mas
certamente
o
fará 
pela
metade.
Isso
porque,
 como
 o
 pr ó pri o
 nome
 diz,
ele
 operacionaliza
 o
 processo. 
 Mas
 n ã o
 é
 preciso
 contratar
 um
novo
profissional.
Deve ‐ se
repensar
e
recolocar
o
Atendimento
neste
processo.


A
exigência
agora
 é
 de
 um
 profissional
 que
amarre
 todas
as
 pontas
 do
 processo,
 seja


dentro
da
ag ência,


seja
no
cliente.
E
o
mais
importante,
que
tenha
poder
de
lideran

ça
e


se
torne
presença
ativa
no
desenvolvimento
do
trabalho.
 
 Um
profissional
que
participe


do
planejamento,
do
processo
de
produ ção,
da
entrega
ao
cliente,
que
seja
motivador
 da
equipe
sempr e
com
o
objetivo
de
buscar
a
melhor
solu ção
para
o
cliente.
Que
traga
 ideias,
oportunidades,
sugest õ es. 


Que
acompanhe
tamb ém
os
resultados
do
cliente
com
a
campanha,
seu
feedback
junto
 aos
consumidores,
enfim,
que
lide
com
os
dois
lados
dessa
rela ção. 
 Int egrar
o
processo
 significa
ser
o
elo.
Significa
manter
juntos
dois
elementos
distintos.
 
 Significa
manter
a
 ordem
do
processo. 
 Para
quem
trabalha
na
 á rea,
vale
a
reflexã o. 


Juliana
Rezende 
 é 
Publicit á ria
e
colunista
do
blog


Implantando
Marketing