Você está na página 1de 3
TEORIA DAS ESTRUTURAS A VIGAS GERBER
TEORIA DAS
ESTRUTURAS A
VIGAS GERBER
UTILIZAÇÃO  Quando se deseja evitar esforços adicionais provenientes de recalques diferenciais de apois, variação

UTILIZAÇÃO

Quando se deseja evitar esforços adicionais provenientes de recalques diferenciais de apois, variação de temperatura, retração, etc.

Por razões construtivas.

Pode-se equalizar ou limitar momentos fletores.

Aplicação principais: Pontes

ARTICULAÇÕES OU RÓTULAS  Descontinuidades criadas para anular os momentos fletores em determinados pontos. 

ARTICULAÇÕES OU RÓTULAS

Descontinuidades criadas para anular os momentos fletores em determinados pontos.

O número de rótulas necessárias para transformar uma viga contínua em isostática será n-2. (n = número de apoios). Desde que sem apoios engastados.

DEFINIÇÃO  Estruturas estaticamente determinadas;  Constituídas de associação de vigas simples, com e sem

DEFINIÇÃO

Estruturas estaticamente determinadas;

Constituídas de associação de vigas simples, com e sem balanços,

Obtidas a partir de uma viga contínua, pela introdução de articulações de modo a torná-la isostática.

UTILIZAÇÃO

UTILIZAÇÃO

UTILIZAÇÃO
ARTICULAÇÕES OU RÓTULAS

ARTICULAÇÕES OU RÓTULAS

ARTICULAÇÕES OU RÓTULAS
ARTICULAÇÕES OU RÓTULAS
ARTICULAÇÕES OU RÓTULAS
ARTICULAÇÕES OU RÓTULAS
ARTICULAÇÕES OU RÓTULAS

ARTICULAÇÕES OU RÓTULAS

ARTICULAÇÕES OU RÓTULAS
POSICIONAMENTO DAS ARTICULAÇÕES  MÉTODO 1 (TRAMOS ÍMPARES):  Em cada tramo interno ímpar coloca-se

POSICIONAMENTO DAS ARTICULAÇÕES

MÉTODO 1 (TRAMOS ÍMPARES):

Em cada tramo interno ímpar coloca-se 2 articulações e nos tramos extremos (se for ímpar) coloca-se 1 articulação.

MÉTODO 2 (TRAMOS PARES):

Em cada tramo interno par coloca-se 2 articulações e no útlimo tramo (se for par) coloca-se 1 articulação.

Não pode-se misturar os dois métodos na mesma estrutura.

POSICIONAMENTO DAS ARTICULAÇÕES

POSICIONAMENTO DAS ARTICULAÇÕES

POSICIONAMENTO DAS ARTICULAÇÕES
ARTICULAÇÕES OU RÓTULAS

ARTICULAÇÕES OU RÓTULAS

ARTICULAÇÕES OU RÓTULAS
POSICIONAMENTO DAS ARTICULAÇÕES

POSICIONAMENTO DAS ARTICULAÇÕES

POSICIONAMENTO DAS ARTICULAÇÕES
PROCESSO DE CÁLCULO  Decompor a Viga Gerber nas diversas vigas isostáticas que a constituem:

PROCESSO DE CÁLCULO

Decompor a Viga Gerber nas diversas vigas isostáticas que a constituem:

Vigas

Vigas secundárias: se apóiam sobre as demais (transmitindo cargas através das rótulas)

principais: com estabilidade própria;

DECOMPOSIÇÃO  Os diagramas podem ser traçados separadamente, juntando-os em seguida;  As rótulas transmitem

DECOMPOSIÇÃO

Os diagramas podem ser traçados separadamente, juntando-os em seguida;

As rótulas transmitem forças verticais e horizontais, mas não transmitem momento;

Basta que um dos apoios resista a forças horizontais na viga Gerber.