P. 1
MATRIZ CURRICULAR - PLANEJAMENTO 1º BIMENSTRE 2011

MATRIZ CURRICULAR - PLANEJAMENTO 1º BIMENSTRE 2011

|Views: 58|Likes:
Publicado porAndyChrono

More info:

Published by: AndyChrono on Sep 27, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/14/2013

pdf

text

original

Sections

  • Área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  • Língua Portuguesa
  • Ano: 6º - Bimestre – 1º
  • Ano: 7º (6ª Série) - Bimestre – 1º
  • Ano: 8º (7ª Série) - Bimestre – 1º
  • Ano: 9º (8ª Série) - Bimestre – 1º
  • Artes
  • Ano: 6º Bimestre – 1º
  • Língua Inglesa
  • Educação Física
  • Área de Ciências Humanas e suas Tecnologias
  • História
  • Geografia
  • Filosofia
  • Ano: 6º - Bimestre – 1º e 2º
  • Ano: 8º (7ª Série) - Bimestre – 1º e 2º
  • Ano: 9º (8ª Série) - Bimestre – 1º e 2º
  • Educação Cidadã
  • Mundo do Trabalho
  • Ensino Religioso
  • História de Goiana
  • Área de Matemática Ciências da Natureza e suas Tecnologia
  • Matemática
  • Ciências

APRESENTAÇÃO

A Secretaria de Educação e Inovação através de sua Equipe Técnica Pedagógica elaborou esta apostila contemplando a Orientação Metodológica dos conhecimentos específicos, por área e disciplina, este documento norteará o desempenho dos Docentes e a aprendizagem dos alunos da Rede Municipal de Ensino de Goiana. Sabemos que o “Currículo do Ensino Fundamental deve ter uma Base Nacional Comum, a ser contemplado em cada sistema de ensino e estabelecimento escolar, pelas características regionais e locais da sociedade, da cultura, da economia e da clientela”. A Matriz Curricular deve focar o ensino dos conteúdos das diversas disciplinas e constitui assim, mais um desafio a construção desse exemplar priorizando as expectativas de aprendizagem dos alunos. O presente documento que ora apresentamos, foi coordenado discutido e construído pela Equipe Técnica da Secretaria de Educação e Inovação – SECEDI, com os Educadores, Professores das Escolas Municipais no V FÓRUM DE FORMAÇÃO CONTINUADA, realizada no inicio do ano letivo. Ao discutir conjuntamente os conteúdos programáticos por série, podemos perceber que as dúvidas não estavam apenas em como construir o Currículo, mas igualmente no que é, um bom Currículo. A participação dos Professores em educação nas discussões e nos debates possibilitaram atingir a diversidade da Orientação Metodológica apresentada por área de conhecimento, estimulando reflexões sobre a prática pedagógica, responsabilidade e compromisso de cada um. Com certeza, essa Construção Coletiva norteará a concepção e o planejamento das atividades propostas no Termo Compromisso Todos pela Educação. Agradecemos a todos os envolvidos nesta construção e no assessoramento desse trabalho e desejamos que este material possa contribuir estrategicamente na prática pedagógica do Professor, na expectativa do ensino aprendizagem dos nossos alunos e nas tarefas necessárias para alcançá-las. 20 de fevereiro de 2011.

ROSE MARY SOTERO VIÉGAS SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO E INOVAÇÃO
Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 3

PROFISSIONAIS ENVOLVIDOS
Secretária de Educação e Inovação Rose Mary Sotero Viégas Diretor de Ensino e Inovação João Alves Bezerra Diretor de Gestão de Pessoal Programação e Controle Wedson Delmiro Bezerra Assessores Pedagógicos Eliane Romão de Araújo Jaqueline Maria Romão Araújo Brito Joseane Oliveira dos Santos José Antônio da Silva José Vieira da Silva Josivelma dos Santos Pessoa Jumário Rodrigues Bernardo Laúdiceia Pereira O. de Barros Ledilza Gomes Ferrer Leal Lindomar Gonzaga Azevedo Bernardo Maria do Carmo Emiliano de Sá Maria Gorete de Oliveira Rosangela Clementino da Costa Rosicler Ubano Pessoa Severino Gonçalves de Lima Zenaide Araújo da Silva Professores da Rede Municipal Área de Linguagens e Códigos e suas Tecnologias Alice Francisca Da Silva Aline Mª Ramos Anderson Costa de Freitas Antônio P. Pereira Da Silva Carlos Alberto da Silva Cristiane Ribeiro da Silva Divaldo Mota de Luna Eda Carla Araújo P. Brito Edjane Maria da Silva Elizabete Maria da Silva
Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 4

Emília Maria Onto de Mendonça Fernanda Almeida do N. Xavier Gilvanete Peixe de Medeiros Iracema Oliveira da Silva Língua Lusmêndia Inácio da Silva Mª da Conceição Barbosa Cortez Marcelo José Crócia da Silva Maria do Socorro Bezerra Maria Emília M. Dias Maria Iolanda M. Pinto Maria Vanderlea R. De Sousa Marilurdes Menezes de Lima Nasto Trindade Filho Olga Cristina Lopes da Silva Rosa Josefa de Lima Rosangela Maria da Silva Ângelo Selma Regina de França Sueli Cavalcante Cruz Valdomiro Vieira Da Silva Zenaide Lacerda Coelho Pereira Área de Ciências Humanas e suas Tecnologias Airton Soares Bezerra Alba Lúcia Barbosa Da Silva Ana Maria Da Cruz Alcoforado Ângela B. de Melo Bezerra Angelita do N. Silva Damião Gomes Marinho Edméia Vasconcelos dos Santos Elizabete Francisca de Souza Eunice Cabral da Silva Evanilda Tavares de Azevedo Silva Felícia Maria de Albuquerque Oliveira Francisca Izaura Alves De Lira Glaucemar Neves G. Do Nascimento Henmi Mª de Souza Janete Gomes Batista João Bosco Laurindo João de Deus Vieira de Barros Jorge Aldo Gomes de Freitas José Bezerra de Medeiros José Marto Araujo de Sousa
Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 5

Ciências da Natureza e suas Tecnologias Alexsandra Helena Gomes Marcelino Ana Torres Rabelo Santiago Arnaldo José Da Silva Carlos Alberto Aranha da Silva Edileuza Ramos Barbosa Elzenita Mª De Lira Gondim Faíola Mª Alves de Barros Gerlane Correia de Lima Germilson Silva de Albuquerque Gerusa Correia Gomes Gilvan Fernandes Barbosa Neto Humberto J. Azevedo Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 6 .José Peixoto Silva Júnior Kátia Cris F. Dos Santos Iêda Rocha Correia dos Santos Ismael Francisco Vieira Ivanilda Nunes de Lima Ivone Alves Da Silva Jacqueline Santana de Melo Soares Janayna Karla C. Gonçalves Lúcia Maira Pereira de Melo Manoel Marcílio B. Nascimento Maria da Assunção Santana de Melo Maria das Graças De Oliveira Lemos Maria de Fátima Ramos De Andrade Maria de Lourdes do Nascimento Maria do Bomparto Bandeira de Souza Maria do Rosário Sousa Rabelo Maria José Genuína Mayra Thereza de A. Cordeiro Mirian Luís da Silva Lima Rejano Rodrigues de Oliveira Rivalda Brandão Rodrigues Severino Carlos Elói Vieira Sueli Alves de Freitas Pereira Tania Maria Uchoa Terezinha de Jesus M. de Sousa Vera Costa Da Silva Wellington Vieira Mendes Valdemir Joaquim de Santana Área de Matemática.

De França Tavares Divisão de Informação Estatística Educacional Anderson Ramos da Silva Mirella Regis da Cunha Sivonaldo Lúcio Ferreira de Lima Wesley Adrian Ferreira de Albuquerque Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 7 .Janeide Vilarim Da Silva Jefferson Lima da Silva João Olimpio Albertim Júnior Joel Bezerra das Neves Luciano Inácio Pereira Marcos José Sabino de Melo Márfila Myrteau O. Andrade Maria de Fátima O. de Albuquerque Maria Izabel Lopes Maria José Pereira de Melo Maria José Ramos da Silva Rosineide Orlando da Silva Rossini Antonio P. Do Nascimento Silvera Mª da Silva Mendes Uerika Gomes Da Silveira Verônica Silveira De Lima Ferrer Walter Luís De Assis Santos Wilma P.

............................ 27 Ano: 8º (7ª Série) ....... 28 Ano: 9º (8ª Série) .........................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................Bimestre – 1º ...............................................................................................................................Bimestre – 1º ..............................................................................................................Bimestre – 1º ............. 24 Ano: 9º (8ª Série) ................................................................................................................................................................................. 26 História ................Bimestre – 1º ............................................... 29 Geografia ...................................................................................... 30 Ano: 7º (6ª Série) ................................................................................................................................................................... 10 Língua Portuguesa.......................................................................................................................................................... 16 Ano: 9º (8ª Série) .............................. 33 Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 8 ..................................................... 23 Ano: 7º (6ª Série) ..........................................Bimestre – 1º ............................. 30 Ano: 6º ...................................Bimestre – 1º ................................... Códigos e suas Tecnologias .........................................Bimestre – 1º ...................................................................................................................................................... 15 Ano: 6º Bimestre – 1º ........ 10 Ano: 6º .....Bimestre – 1º ...................................................Bimestre – 1º .....................Bimestre – 1º ................................................................................................................................Bimestre – 1º ................................................Bimestre – 1º ................................... 25 Área de Ciências Humanas e suas Tecnologias............................................................................................................................................Sumário Área de Linguagens.................................... 19 Ano: 8º (7ª Série) ..............................................................Bimestre – 1º .............................................................. 10 Ano: 7º (6ª Série) .......................................Bimestre – 1º .....................................................................................................................Bimestre – 1º .......................................................................................................................................................................Bimestre – 1º ..........................Bimestre – 1º ..........Bimestre – 1º .................................Bimestre – 1º ................................................................................ 18 Ano: 6º ...........................Bimestre – 1º ................................................................................................................................ 23 Ano: 8º (7ª Série) ................................................................................................ 32 Ano: 8º (7ª Série) .............................. 16 Ano: 8º (7ª Série) ................................................................... 15 Ano: 7º (6ª Série) ..................... 20 Ano: 9º (8ª Série) ........... 17 Língua Inglesa ............................................................................... 18 Ano: 7º (6ª Série) ........................................ 26 Ano: 6º .................................................. 22 Educação Física ............... 11 Ano: 8º (7ª Série) ..............................................Bimestre – 1º ............. 12 Ano: 9º (8ª Série) ......... 26 Ano: 7º (6ª Série) ....................................... 13 Artes ..................................................................Bimestre – 1º ....................................................................... 23 Ano: 6º ...........

.................................... 41 Mundo do Trabalho ............................................................................................................................................................ 47 Ano: 6º ....................................................................................................Bimestre – 1º .................................Ano: 9º (8ª Série) ........................................................... 38 Ano: 7º (6ª Série) ...............................Bimestre – 1º e 2º ......... 44 Ano: 8º (7ª Série) ............................................................................................... 51 Ano: 9º (8ª Série) ............................................................Bimestre – 1º ..........................................Bimestre – 1º ...................................... 48 Área de Matemática Ciências da Natureza e suas Tecnologia .................................... 57 Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 9 ......................Bimestre – 1º ............................. 48 Matemática ................... 56 Ano: 9º (8ª Série) ...............Bimestre – 1º ................................................Bimestre – 1º ............... 34 Filosofia ....................................................................................... 43 Ano: 7º (6ª Série) ... 40 Ano: 9º (8ª Série) ................................................... 37 Educação Cidadã ....... 35 Ano: 7º (6ª Série) ..................................................................................................................................................................Bimestre – 1º ... 48 Ano: 7º (6ª Série) ...............................................................................................................................................................Bimestre – 1º ..................... 41 Ano: 8º (7ª Série) .....Bimestre – 1º .......................................................................Bimestre – 1º ............................................................. 53 Ano: 6º ....................................................................................................................................................................................... 55 Ano: 8º (7ª Série) ............................................ 36 Ano: 9º (8ª Série) ..............................................Bimestre – 1º .................................................................Bimestre – 1º e 2º .................................................. 39 Ano: 8º (7ª Série) ............................................Bimestre – 1º ................................................................................................ 38 Ano: 6º ...................................................................................................................... 41 Ano: 9º (8ª Série) ........................... 50 Ano: 8º (7ª Série) .... 35 Ano: 8º (7ª Série) .........................................Bimestre – 1º ...................................................Bimestre – 1º .............................................Bimestre – 1º e 2º . 35 Ano: 6º ...............Bimestre – 1º ..................................................................Bimestre – 1º ....................................................................................................Bimestre – 1º .....................................................................................................................................................................................Bimestre – 1º ........................................................................................................................................................................................................................................................................................ 45 Ano: 9º (8ª Série) ................Bimestre – 1º ............................................................Bimestre – 1º e 2º ..................................................... 46 História de Goiana ........................................................................... 47 Ano: 7º (6ª Série) .. 48 Ano: 6º ................................... 52 Ciências ................................................................................................................ 42 Ensino Religioso .................................................................................................... 53 Ano: 7º (6ª Série) ............ 43 Ano: 6º ....................................................................Bimestre – 1º ...............................................................................................................................................................................................Bimestre – 1º .............................................................................................................................................................

diário. meio de veiculação. crônica considerando o destinatário a sua finalidade e as características do gênero.  Reconhecer o valor expressivo dos pronomes de tratamento nas situações comunicativas. observando a organização das ideias e o uso da pontuação e acentuação. Eixo / Conteúdo:  Produção e compreensão de textos orais. atentando para os aspectos: . diários (pessoais.Área de Linguagens.  Narração de histórias reais e imaginárias. de viagem).  Leitura e compreensão de textos. local. semântico e sintático a fim de desenvolver sua expressividade verbal preparando-o a cidadania como expoente positivo em nossa sociedade.  Produzir textos de diversos gêneros textuais. localizando informações explícitas e implícitas.Notacionais: uso de pontuação e acentuação. postal.  Emprego adequado das diferentes formas de tratamento. Descrição metodológica:  Exposição oral dos alunos.  Leitura de diferentes gêneros textuais: bilhete.  Dramatização de texto.  Produção dos gêneros textuais: carta.  Exercitar a narração escrita com histórias reais ou imaginárias. data/época do texto. Códigos e suas Tecnologias Língua Portuguesa Ano: 6º .  Uso da vírgula nos locativos. convite.  Aplicar as diversas funções das classes gramaticais na construção do texto.  Resolução de exercícios. .  Localização de informação implícitas e explícitas do texto.  Elementos contextualizados do texto: autor.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Possibilitar ao educando o ingresso ao conhecimento literário. verbete de dicionário.Discursivos: organização das ideias de acordo com as características textuais de cada gênero e utilização de recursos coesivos. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 10 .  Produção de textos escritos.  Análise linguística e reflexão sobre a língua.  Explanação de textos diversos. postal. carta (informais).  O uso das classes gramaticais na construção do texto.  Leitura de textos/compreensão e interpretação de textos.  Comentário das questões propostas. Objetivos Específicos:  Ler e interpretar textos.  Empregar corretamente a vírgula nos vocativos.

modo. Ano: 7º (6ª Série) . Descritores da Prova Brasil: D1.  Comentário e reorganização de histórias lidas ou ouvidas. Eixo / Conteúdo:  Produção e compreensão de textos orais.  Assiduidade.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Possibilitar ao aluno o ingresso ao conhecimento literário.  Identificar e empregar os advérbios como indicadores de circunstâncias. HQ. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 11 . reconhecendo as ideias centrais do texto.  Reconhecimento das características próprias do tipo ou do gênero a que pertence o texto.  Provas/testes. textos expositivos dos livros didáticos de outras disciplinas.  Reconhecer características próprias do tipo ou do gênero a que pertence. D23.  Reconhecimento do verbo na 3ª pessoa em textos expositivos.  Identificação de advérbios como indicadores de circunstâncias . semântico e sintático a fim de desenvolver sua expressividade verbal preferindo a cidadania como expoente positivo em nossa sociedade. expondo oralmente as ideias contidas nele.  Produção de texto verbal a partir de tira ou HQ. D12.  Atividades.  Comentar e reorganizar histórias lidas ou ouvidas.  Ler e interpretar textos. D19. D13.tempo. Produção de textos através de oficinas. Objetivos Específicos:  Ler textos de livros didáticos de outras disciplinas.  Reconhecimento das ideias centrais do texto.  Produzir textos verbais a partir de tiras ou HQ. D17. ligar e intensidade.  Pesquisas. D7. Instrumentos de avaliação: O aluno será avaliado através de:  Participação.  Leitura e compreensão de textos.  Exercícios.  Leitura de textos dos gêneros: fábula. D4. Descritores propostos do SAEPE: D6.  Debates. tira.  Reconhecer e utilizar os verbos da 3ª pessoa em textos expositivos.  Exposição de informações lidas em textos de livros didáticos de outras disciplinas. observando a organização das ideias. D24.

 Testes. Descritores da Prova Brasil: D6.  Localizar e sintetizar as ideias contrais do texto. semântico e sintático a fim de desenvolver sua expressividade verbal preparando-o a cidadania como expoente positivo em nossa sociedade.  Recitação de cordel.  Atividades.  Relacionar os verbos como o seu referente.  Pesquisas.  Assiduidade. D5. Objetivos Específicos:  Expor oralmente suas impressões sobre os artigos lidos. D15. Eixo / Conteúdo:  Produção e compreensão de textos orais. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 12 . D24.  Exercícios de revisão. D17.  Expressar ideias sentimentos.  Leitura de textos/compreensão e interpretação de textos.  Debates. D12.  Resolução de exercícios. D19.Descrição metodológica:  Exposição oral dos alunos. D11. entrevista. artigo de curta duração.  Aplicar os verbos na 3ª pessoa e sua funcionalidade em textos dissertativos. experiências e opiniões despertadas pelo texto lido.  Identificar as características próprias do tipo ou do gênero a que pertence o texto.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Possibilitar ao educando ao ingresso no conhecimento literário. Descritores propostos do SAEPE: D7.  Comentário das questões propostas. D9.  Ler textos de diferentes gêneros como: cordel.  Elaborar corretamente o cordel. atentando à concordância entre eles. atentando para suas características. Ano: 8º (7ª Série) .  Exercícios escritos. D14.  Produção de texto através de oficinas. Instrumentos de avaliação: O aluno será avaliado através de:  Participação.  Explanação de textos diversos.  Exposição de informações lidas em artigos.  Dramatização de textos.

 Pesquisas. D12. Reconhecimento das características próprias do tipo ou do gênero a que pertence o texto. D18. semântico e sintático a fim de desenvolver sua expressividade verbal preparando-o a cidadania como expoente positivo em nossa sociedade. Relacionamento do verbo como seu referente observando a concordância entre eles. Descritores da Prova Brasil: D13.  Comentário das questões propostas. Instrumentos de avaliação: O aluno será avaliado através de:  Participação.  Exercícios de revisão. Leitura de diferentes gêneros textuais: cordel. Reconhecimento do verbo na 3ª pessoa em textos dissertativos. artigo de curta extensão.  Assiduidade. D6. Descrição metodológica:  Exposição oral dos alunos.  Trabalhos (atividades). Objetivos Específicos:  Construir opiniões sobre ideias apresentadas em textos jornalísticos de divulgação científica.  Testes. Análise linguística e reflexão sobre a língua. Elaboração de síntese das ideias centrais do texto. D25.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Possibilitar ao educando o ingresso ao conhecimento literário. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 13 .  Resolução de exercícios. Elaboração de cordel. entrevista.  Leitura de textos/interpretação e compreensão de textos. D9.  Explanação de textos diversos. D13. Produção de textos escritos.         Leitura e compreensão de textos.  Dramatização de textos. Descritores propostos do SAEPE: D26.  Produção de texto através de oficinas. Ano: 9º (8ª Série) .  Debates.

Reconhecer e empregar os conectores entre as partes de um texto.  Produção de textos escritos.  Pesquisas. Instrumentos de avaliação: O aluno será avaliado através de:  Participação.    Identificar e interpretar os diferentes gêneros textuais existentes na divulgação jornalística.  Elaboração de notícia a partir de um texto jornalístico de divulgação científica. D15. D7. Eixo / Conteúdo:  Produção e compreensão de textos orais. D11. Descrição metodológica:  Exposição oral dos alunos. D8. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 14 .  Debates.  Resolução de exercícios. D8. D10. D18.  Assiduidade. D2. das relações textuais indicadas por meio de expressões conectoras.  Análise linguística e reflexão sobre a língua. Elaborar notícias a partir de um texto jornalístico de divulgação científica. D11. D10.  Leitura de textos/ interpretação e compreensão de texto.  Dramatização de textos.  Leitura de diferentes gêneros textuais: texto jornalístico de divulgação científica e de conto de longa extensão.  Identificação da função do substantivo na nomeação de personagens e lugares.  Reconhecimento entre partes de textos. D7. D2.  Comentário das questões propostas.  Produção de texto através de oficinas.  Atividades diversificadas. Descritores da Prova Brasil: D6.  Explanação de textos diversos.  Provas/testes.  Expressão de opinião sobre ideias apresentadas em textos jornalísticos de divulgação científica.  Leitura e compreensão de textos. Identificar a função do substantivo na nomeação de personagens e lugares nos textos jornalísticos. D18.  Exercícios. D15. Descritores propostos do SAEPE: D6.

 Organizar o espaço cênico e dramático. D23. assimilando e percebendo correlações entre o que faz na escola e o que é e foi realizado pelos artistas na sociedade num âmbito local. a dança. locomoção. a música e o teatro para serem aprendizados na escola. instrumentos musicais usando materiais reciclados. D17. D5.  Exercitar movimento corporal e seus desdobramentos: postura. Instrumentos de avaliação:  Participação na realização das atividades em grupo e/ou individual. Descritores da Prova Brasil: D1. com o intuito de estabelecer relações entre seus trabalhos artísticos individuais e em grupos.  Leitura e compreensão de textos.  Aplicar a diversidade ajustável no espaço.  Teatro – Consciência e construção corporal. Descritores propostos do SAEPE: D6. lateralidade. Eixo / Conteúdo:  Ates visuais – História das artes visuais e gêneros visuais.  Dança – Consciência e construção corporal.  Assiduidade. e a produção social da arte.  Despertar para a sensação de grupo (adaptação e integração a companheiros). nacional e mundial.  Concurso de dança. os princípios cênicos. D26.  Conhecer instrumentos musicais de diferentes culturas e períodos artísticos. D13. permeando do princípio da interculturalidade. Descrição metodológica:  Confecção de máscaras e outros adereços.  Atuação nas apresentações artísticas. a partir da solidariedade e do vínculo social. flexibilidade. Objetivos Específicos:  Estimular a produção artística como fato histórico contextualizado no tempo e nas diversas culturas. regional.  Música – exploração e consciência sonora. D8. D3.Artes Ano: 6º Bimestre – 1º Objetivo Geral: Inserir artes visuais. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 15 .

 Atuação nas apresentações artísticas. D3. troças. D5.  Apresentação. os princípios cênicos. Ano: 8º (7ª Série) .  Despertar para a sensação de grupo (adaptação e integração e companheiros). Eixo / Conteúdo:  Artes visuais – História das artes visuais e gêneros visuais.  Identificar intervalos e escalas maiores e menores. D17.  Dança – consciência e construção corporal.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Inserir artes visuais. assimilando e percebendo correlações entre o que faz na escola e o que é e foi realizado pelos artistas na sociedade num âmbito local. com músicas carnavalesca.  Música – exploração e consciência sonora. D13. Objetivos Específicos:  Estimular a produção artístico como fato histórico contextualizado no tempo e nas diversas culturas.  Vivenciar os gestos cotidianos e não cotidianos com instruções dramáticas. permeando do princípio da interculturalidade. a música e o teatro para serem aprendizados na escola. com o intuito de estabelecer relações entre seus trabalhos artísticos individuais e em grupos. maracatus e demais foguedos carnavalescos. a partir da solidariedade e do vínculo social.  Confecção de acessórios carnavalescos com materiais reciclados. Instrumentos de avaliação:  Participação nas atividades em grupo e/ou individual do aluno. a dança.  Exercitar articulações éticas. leitura. nacional e mundial.  Teatro – consciência e construção corporal. Descritores da Prova Brasil: D1. Descritores propostos do SAEPE: D6. D8. regional. Descrição metodológica:  Formação de grupos para apresentação de dança: frevo. estéticas e multiculturais entre as culturas. e a produção social da arte. D26.  Diferenciar os gêneros visuais. blocos.Ano: 7º (6ª Série) .Bimestre – 1º Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 16 . D23. compreensão de textos.

 Trabalhar com as músicas da mídia televisiva e radiofônica. para quem e onde se faz teatro. Descritores propostos do SAEPE: D6. assimilando e percebendo correlações entre o que faz na escola e o que é e foi realizado pelos artistas na sociedade num âmbito local. lateralidade.  Investigar como. D23. Objetivos Específicos:  Estimular a produção artística como fato histórico contextualizado no tempo e nas diversas culturas.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Inserir artes visuais. a função do teatro. flexibilidade. D8. assimilando e percebendo correlações entre o que faz na escola e o que é e foi realizado Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 17 . Descrição metodológica:  Produção de adereços carnavalescos usando material reciclado.  Exercitar movimento corporal e seus desdobramentos: postura. D3.  Leitura. nacional e mundial. Descritores da Prova Brasil: D1. a música e o teatro para serem aprendizados na escola. porque. e a produção social da arte.  Música – exploração e consciência sonora. Instrumentos de avaliação:  Participação dos alunos nas atividades em grupo/individuais. com o intuito de estabelecer relações entre seus trabalhos artísticos individuais e em grupos. e a produção social da arte.  Vivenciar na dança os ritmos do frevo. D17. a partir da solidariedade e do vínculo social. compreensão e interpretação de textos. Eixo / Conteúdo:  Artes visuais – história das artes visuais e gêneros visuais.  Conhecer as características básicas da música tonal. D5. a dança. D26. permeando do princípio da interculturalidade.  Dança – consciência e construção corporal. a dança. locomoção. com o intuito de estabelecer relações entre seus trabalhos artísticos individuais e em grupos. regional.  Aplicar diversidade gestual no espaço. D13.  Teatro – consciência e construção corporal.Objetivo Geral: Inserir artes visuais. Ano: 9º (8ª Série) . a música e o teatro para serem aprendizados na escola. caboclinhos e samba.  Atuação nas apresentações artísticas. maracatu.

permeando do princípio da interculturalidade. possibilitando. Língua Inglesa Ano: 6º . a partir da solidariedade e do vínculo social. maracatu. estéticas e multiculturais entre as culturas.  Compreender aspectos multiculturais da dança. compreensão e interpretação de textos.  Teatro – consciência e construção corporal. D3. D23.  Atuação nas apresentações artísticas.  Vivenciar a coordenação das partes do corpo e identificar as diversas posturas. Descritores propostos do SAEPE: D6. Objetivos Específicos: Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 18 . no que se refere à novas maneiras de se expressar e de ver o mundo. pelo uso do inglês. um maior entendimento de um mundo plural e do próprio papel como cidadão de seu país e do mundo. D17.  Dança – consciência e construção corporal.pelos artistas na sociedade num âmbito local. ao mesmo. caboclinhos e samba.  Aplicar diversidade gestual no espaço. Objetivos Específicos:  Estimular a produção artística como fato histórico contextualizado no tempo e nas diversas culturas.  Leitura. D13. D26. Instrumentos de avaliação:  Participação nas atividades propostas em grupo e/ou individual do aluno. Descrição metodológica:  Produção de adereços carnavalescos usando material reciclado.  Discutir sobre as funções sociais da música Eixo / Conteúdo:  Artes visuais – história das artes visuais e gêneros visuais.  Vivenciar na dança os ritmos do frevo. nacional e mundial. regional.  Música – exploração e consciência sonora. Descritores da Prova Brasil: D1. D8.  Exercitar articulações éticas.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Levar o aluno a vivenciar uma experiência de comunicação. D5.

elogiar.  Produção escrita – produção de textos com sequências linguísticas narrativas em textos de vários gêneros textuais do discurso oral. DVDs. recusar e aceitar convites. jogos. função sócio-comunicativa. Ano: 7º (6ª Série) . Identificar a função sócio-comunicativa e o gênero textual. prova em grupo seguida de prova individual. empréstimos de materiais). Instrumentos de avaliação:  Autoavialiação. Interagir por meio da língua estrangeira para cumprimento. considerando as condições de produção e circulação. Avaliar e/ou redigir textos com sequência narrativas.  Dramatizações.  Recursos didáticos (vídeos e ferramentas da informática. D9. uso de CDs. assim como para a comunicação oral na sala de aula (pedidos de esclarecimentos. Descrição metodológica:  Uso de jornais. suporte. pedidos de desculpas e agradecimentos. aulas expositivas. autor e local de produção).  Produção oral – uso das funções sócio-comunicativas em vários gêneros textuais do discurso oral. diálogos criativos. Eixo / Conteúdo:  Compreensão escrita (leitura) – compreensão das condições de produção do texto escrito de gêneros textuais diferentes. fazer e responder a uma apresentação.  Compreensão oral (escuta) compreensão das condições de produção do texto oral de vários gêneros textuais. Descritores da Prova Brasil: D13.  Diálogos. despedir-se. Descritores propostos do SAEPE: D26. dicionários e internet). trabalho em grupo. pedidos de licença para entrar e sair da sala.    Identificar (fazendo uso do skimming) o tema geral do texto e estabelecer alguns aspectos de suas condições de produção (o gênero a que pertence. o local onde se passa o evento comunicativo e os falantes envolvidos. D18. revistas. finalidade. convidar. a pesquisa em livros paradidáticos.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 19 . D13. D25.  Leitura expressiva. D6. D12.

despedir-se.  Produção oral – uso das funções sócio-comunicativas em vários gêneros textuais do discurso oral.  Avaliar e/ou redigir textos com sequência narrativas. o local onde se passa o evento comunicativo e os falantes envolvidos. de acordo com os objetivos de leitura dos vários gêneros textuais.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 20 . considerando as condições de produção e circulação. Eixo / Conteúdo:  Compreensão escrita (leitura) – localização de informação específica no texto escrito de gêneros textuais diferentes.  Trabalho individual e em equipe. empréstimos de materiais). uso de CDs e DVDs. pedidos de licença para entrar e sair da sala. pelo uso do inglês.  Compreensão oral (escuta) – compreensão das condições de produção do texto oral de vários gêneros textuais. convidar. pedidos de esclarecimentos. Descritores da Prova Brasil: D13.  Produção escrita – produção de textos com sequências linguísticas descritivas em textos de vários gêneros. Instrumentos de avaliação:  Participação do aluno em sala de aula. D6.  Identificar a função sócio-comunicativa e o gênero textual. elogiar. consultas ao dicionário. aulas expositivas.Levar o aluno a vivenciar uma experiência de comunicação. no que se refere à novas maneiras de se expressar e de ver o mundo. assim como para a comunicação oral na sala de aula (pedidos de esclarecimentos. D12. D25. testes e provas.  Recusar e aceitar convites. um maior entendimento de um mundo plural e do próprio papel como cidadão de seu país e do mundo. possibilitando. Ano: 8º (7ª Série) . Objetivos Específicos:  Localizar informação específica (scanining). jogos. Descritores propostos do SAEPE: D26. D9. ao mesmo. D18. pedidos de desculpas e agradecimentos. fazer e responder a uma apresentação. Descrição metodológica:  Uso de jornais.  Interagir por meio da língua estrangeira para cumprimentar. revistas. D13.

 Compreensão oral (escuta) – compreensão das condições de produção do texto oral de vários gêneros textuais. ao mesmo. Objetivos Específicos:  Integrar informação verbal e não verbal na compreensão global do texto escrito de vários gêneros. expressar medo. temperaturas.  Interagir por meio da língua estrangeira para pedir informações de direções. possibilitando. expressar satisfação e/ou insatisfação. idade. um maior entendimento de um mundo plural e do próprio papel como cidadão de seu país e do mundo. no que se refere à novas maneiras de se expressar e de ver o mundo. dar os parabéns.  Produção escrita – produção de textos com sequência linguísticas descritivas em textos de vários gêneros.  Uso de paradidático como livros revistas e filmes. Descrição metodológica:  Exercícios orais e escritos. atender ao telefone. expressar dor. considerando as condições de produção e circulação. D-13. condições do tempo. Eixo / Conteúdo:  Compreensão escrita (Leitura) – compreensão das condições de produção do texto escrito de gêneros textuais diferentes. Descritores propostos do SAEPE: D-3.  Identificar informação específica (nomes dos falantes envolvidos.  Dramatizações. D-12. números de telefone.Levar o aluno a vivenciar uma experiência de comunicação. Descritores da Prova Brasil: D-13. expressar condolências.  Produção oral – uso das funções sócio-comunicativas em vários gêneros textuais do discurso oral. D-4.  Diálogos. D-18. D-6. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 21 .  Pesquisas.  Leituras expressivas. pelo uso do inglês. percentagens.  Trabalhos individuais. D-11. etc. Instrumentos de avaliação:  Participação nas atividades propostas em sala de aula.  Testes e provas.  Avaliar e/ou redigir textos com sequências descritivas.

 Leituras expressivas. idades. D22. D11. filmes. os sinônimos e os antônimos. D13. percentagens. fazendo uso de gêneros do discurso oral. temperaturas. como por exemplo. Descritores da Prova Brasil: D6. as conjunções.  Produção oral – produção de textos de diferentes gêneros textuais do discurso oral. D1. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 22 . pelo uso do inglês. Descritores propostos do SAEPE: D6. Instrumentos de avaliação:  Participação nas atividades propostas em sala de aula.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Levar o aluno a vivenciar uma experiência de comunicação. D5. Descrição metodológica:  Exercícios orais e escritos.Ano: 9º (8ª Série) .  Produção escrita – produção de elos coesivos lexicais e gramaticais do texto escrito de vários gêneros. D7. condições do tempo. o assunto geral de cada parágrafo e as articulações de sentido entre eles. provas escritas.  Apresentação das pesquisas. um maior tempo entendimento de um mundo plural e do próprio papel como cidadão de seu país e do mundo. os hiperônimos. etc). números de telefone.  Fazer uso. de recursos coesivos gramaticais e lexicais.  Pesquisas. possibilitando. D19. nos textos produzidos. ao mesmo.  Usar língua estrangeira nas interações propostas. livro didático e internet.  Diálogos.  Compreensão oral (escuta) – compreensão das condições de produção do texto oral de vários gêneros textuais. revistas. no que se refere à novas maneiras de se expressar e de ver o mundo.  Uso de material paradidáticos.  Identificar informação específica (nomes dos falantes envolvidos. Objetivos Específicos:  Identificar as partes principais do texto. CDs. Eixo / Conteúdo:  Compreensão escrita (leitura) – localização de informação específica no texto escrito de gêneros textuais diferentes. os pronomes.  Dramatizações.

a recreação. Descritores propostos do SAEPE: D6.  Observação comportamental disciplinar. fundamentos básicos). Handebol nível I.  Participação ativa.  Acompanhamento da frequência em sala de aula e interação com a comunidade escolar. Objetivos Específicos:  Educar para a solidariedade.  Assegurar a inclusão de todos os alunos. fundamentos básicos). Eixo / Conteúdo:  Esporte: Atletismo – nível I (histórico.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 23 . D6.Educação Física Ano: 6º .  Buscar a interdisciplinaridade. D12. Ginástica. cartazes. dos procedimentos e das atitudes. passiva e efetiva nas aulas durante os bimestres.  Esporte: Futsal – nível I (histórico. respeitando as limitações dentro de uma perspectiva transformadora como parte da cultura corporal. D4.Bimestre – 1º Objetivo Geral:  Considerar e despertar nos alunos a importância da atividade física no seu cotidiano e para o seu bem-estar físico e mental. Descritores da Prova Brasil: D3. D7.  Pesquisas.  Aulas práticas em sala e quadra utilizando os movimentos corporais.  Mesclar o conhecimento dos conceitos. D10. Ano: 7º (6ª Série) . D12.  Promover a convivência entre meninos e meninas.  Desenvolver a consciência crítica. Instrumentos de avaliação:  Atividades individuais e em grupo. Descrição metodológica:  Aulas teóricas em sala de aula utilizando mural. os jogos e material para desenvolver o raciocínio lógico e fluidez de pensamentos como também o expressar corporal. para o respeito e para a cooperação.

 Handebol I e II (história. fundamentos.  Participação.  Assegurar a iniciação de todos os alunos. cartazes. respondendo suas limitações e o outro dentro perspectiva transformadora como parte da cultura corporal.. D12.  Pesquisas.  Observação comportamental disciplinar. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 24 . Eixo / Conteúdo:  Atletismo II (história. para o respeito e para a cooperação. os jogos e material utilizados para desenvolver e raciocínio lógico e fluidez.. regras.  Desenvolver a consciência crítica.Conscientizar e despertar nos alunos. Objetivos Específicos:  Educar para a solidariedade.  Futsal (história. Instrumentos de avaliação:  Trabalhos individuais e em grupo.  Buscar interdisciplinaridade.  Promover a convivência entre meninos e meninas. um ser de atitudes sociáveis na sua prática tanto na escola com fora dela. táticas e técnicas).  Mesclar o conhecimento dos conceitos. dos procedimentos e das atitudes. Objetivos Específicos:  Oportunizar as práticas corporais coletivas e individuais. D12. D6. Ano: 8º (7ª Série) . etc. tornando assim. regras. Descritores propostos do SAEPE: D6. D10.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Desenvolver no aluno o interesse pelas práticas da cultura corporal de movimento de forma prazerosa e organizada. fundamentos. regras). Descritores da Prova Brasil: D3. ativa. táticas e técnicas). fundamentos.  Aulas práticas em sala utilizando os movimentos corporais e recreativos. passiva e efetiva nas aulas durante os bimestres. regras. Descrição metodológica:  Aulas teóricas em sala de aula utilizando mural. a importância da atividade física no seu cotidiano e para seu bem estar físico e mental.  Acompanhamento da frequência em sala de aula e interação com a comunidade escolar. táticas e técnicas. D4. D7.

testes para melhorar os níveis de flexibilidades. Eixo / Conteúdo:  Ginástica: aprimorar a flexibilidade. Ano: 9º (8ª Série) .Bimestre – 1º Objetivo Geral:  Incluir o aluno como um todo no seu âmbito escolar em todas as atividades socioculturais. Instrumentos de avaliação:  Através das observações sistemáticas nas aulas para uma incorporação melhor na prática. resistência e agilidade nas aulas de ginástica. por meio do engajamento efetivo das práticas corporais. conhecimento do corpo aprofundado através da ginástica. através dos desafios que a ginástica oferece. D10. Aprofundar os limites e as possibilidades do próprio corpo de forma a poder controlar as atividades corporais com autonomia e servir de recurso para aprimorar suas aptidões físicas. Objetivos Específicos:  Compreensão da historicidade das diversas modalidades esportivas coletivas a partir de pesquisas e vivências corporais elaborando textos quanto à origem e evolução dessas modalidades. Explorar o lúdico dos alunos nas diversas atividades. compreendendo-os através de recursos áudios-visuais. Descritores da Prova Brasil: D3. pesquisa.  Oferecer atividades prazerosas e estimulantes. D7.  Engajar os alunos na sociedade de forma mais participante.  Ampliação do conhecimento técnico-tático dos esportes. força. Reconhecer e valorizar as diferenças de desempenho. D4. D12. a capacidade motora. linguagem e expressividade decorrentes de suas características físicas e motoras. D12. D6. Descrição metodológica:  Inclusão do aluno na cultura corporal. Descritores propostos do SAEPE: D6.  Trabalhos e seminários. para que eles saibam futuramente trabalhar em grupos e individualmente. bem como a de seus colegas sem discriminar.    Aceitar a disputa como um elemento da competição e não com uma atitude de rivalidade frente aos demais. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 25 . de forma que os alunos aprofundem seus conhecimentos.

comportamentais e atitudinais. Eixo / Conteúdo:  Esportes: compreensão da historicidade das diversas modalidades esportivas coletivas a partir de pesquisas e vivências corporais. D4. elaborando textos quanto à origem e evolução dessas modalidades apresentando-os. D12. Instrumentos de avaliação:  Observação do aluno semanalmente em seu desempenho teórico/prático. táticas. Objetivos Específicos:  Identificar os sentidos da palavra história e suas aplicações em situações que: apesar de específicas estão relacionadas de forma permanente.  Aplicação de testes sistemáticos teóricos/práticos. Organização do esporte voleibol em diferentes espaços (escola. D7. Descritores propostos do SAEPE: D6. técnicas e fundamentos. técnicas e táticas. praia) compreendendo suas especificidades e generalidades. fundamentos.  Atividades em grupos e individuais / atividades em equipes. para realizações das atividades e transcrições de textos e situações relacionadas a forma permanente de memória e conhecimentos. campos comunitários. D12. regras. D1 Descritores da Prova Brasil: D3.  Considerando os aspectos conceituais.  Aulas práticas com posse do material específico da modalidade esportiva trabalhada.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Considerar as competências e habilidades a serem desenvolvidas na disciplina de história. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 26 .  Aprofundar a noção de fonte histórica e conhecer a forma de trabalho dos paleantropólogos e arqueólogos.  Voleibol I e II: história.  Futsal: história. Descrição metodológica:  Aulas teóricas com interação tecnológica e literatura adequada. D6. regras. Área de Ciências Humanas e suas Tecnologias História Ano: 6º .

D6. Eixo / Conteúdo: .  Oficinas. Descritores propostos do SAEPE: D6.  Estudo dirigido.  Os primeiros seres humanos e sua organização.  Sociedades da Mesopotâmia.  Conhecer as especificidades dos primeiros povoadores da América e as teorias que explicavam a chegada deles ao continente.  Trabalhos em grupos e individuais. D4. da cultura e do trabalho.  As relações sociais.As relações sociais. D9.  Textos de apoio. Objetivos Específicos:  Identificar as origens da formação da monarquia centralizada em Portugal e na Espanha. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 27 . dando ênfase aos povos que habitaram na América. D7.  Documento histórico para investigação. D5. da cultura e do trabalho.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Investigar o sentido original da palavra história e sua etimologia. Instrumentos de avaliação:  Exercícios de avaliação e aprendizagem. Ano: 7º (6ª Série) . a natureza e a terra. Descrição metodológica:  Discussão e comentários sobre o assunto. antes e após dos primeiros contatos com os europeus. Identificar e localizar os principais povos que viveram na Mesopotâmia.  Eixo temático: História das relações sociais.  Compreender o impacto da conquista europeia sobre as populações nativas da América e sobre a própria mentalidade dos europeus da época.  Imagem e reprodução com cenas da época.  Conhecer o modo de vida dos indígenas que habitavam o território que mais tarde se chamaria Brasil.  Primeiros povos da América. D9. D3.  História reflexão e ação. D8. a natureza e a terra. Eixo temático: História das relações sociais. D27 Descritores da Prova Brasil: D1. D11.

Eixo / Conteúdo: . da cultura e do trabalho.  Localizar os principais centros em que o Renascimento artístico se desenvolveu. da cultura e do trabalho.  Trabalhos em grupos e individuais. Ano: 8º (7ª Série) . D6. Objetivos Específicos:  Diferenciar principais etapas da produção de mercadorias (manufatureira. a natureza e a terra. D11.  Textos de apoio. D27. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 28 .  Estudo dirigido. a natureza e a terra.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Produzir o saber histórico interpretando objetos de estudos. Descritores propostos do SAEPE: D6. D7. Analisar as condições históricas que influíram da Reforma Protestante e reconhecer os lugares onde ocorreu.  Eixo temático: História das relações sociais.  Povos indígenas. problemas e desafios. D4. D9. Instrumentos de avaliação:  Exercícios de avaliação de aprendizagem. Descritores da Prova Brasil: D1. frustrações e utopias ligados ao mundo em que vivem e impactam seu trabalho e de algum modo tecendo sua historiografia. artesanal e mecanizada).As relações sociais.  Documento histórico para investigação. D5. Descrição metodológica:  Discussão e comentários sobre o assunto.  Confronto cultural na América.  A conquista da América.  Oficinas. D8.  Renascimento cultural.  As relações sociais. D9. D3.  Reformas religiosas.  Imagem e reprodução com cenas da época. Eixo temático: História das relações sociais.

Nações. discutir e analisar.  Filme para assistir. Discutir o significado histórico da Revolução Francesa. D5.  Eixo: História das representações e das relações de poder. Objetivos Específicos: Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 29 . pois a história como processo de conhecimento é uma atividade contínua e dinâmica.  Reação Europeia. D4.  Nações.  Período Napoleônico.  Estudo dirigido. Eixo / Conteúdo: .  Resumos.  Estudos dirigidos. D6. D11.   Analisar as causas do processo de independência das Treze Colônias Inglesas da América do Norte. D9. povos. guerras e revoluções. Eixo temático: História das representações e das relações de poder.  Revolução Francesa. D27. Descritores da Prova Brasil: D1.  Confecção de fatos históricos. guerras e revoluções. D3. D7. lutas. D8. Caracterizar as fazes do período Napoleônico: Consulado e Império.  Formação dos Estados Unidos. Instrumentos de avaliação:  Exercícios de avaliação de aprendizagem. Descritores propostos do SAEPE: D6. povos.  Industrialização e novas relações de trabalho. Ano: 9º (8ª Série) . D9. Descrição metodológica:  Estudo dos mapas.  Trabalhos em grupos e individuais. lutas.  Leituras informativas.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Conceituar o estudo da história mediante a regra da intencionalidade que se manifestam no tratamento dos textos e da iconografia.

 Trabalhos em grupos e individuais. Caracterizar as principais fases da Primeira República. Descrição metodológica:  Estudo dos mapas. Compreender a situação social. Descritores propostos do SAEPE: D6.Nações. lutas.  Leituras informativas.     Discutir os movimentos políticos e sociais do início da República. seus processos de construção e identificar suas relações. povos. D27. Geografia Ano: 6º . guerras e revoluções.  Brasil: Primeira República. D3.  Resumos. D8. povos. Eixo / Conteúdo: . D5.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Conhecer e saber utilizar procedimentos de pesquisa da Geografia para compreender a paisagem. Compreender a importância do voto consciente como direito do cidadão. D4. Eixo temático: História das representações e das relações de poder. Descritores da Prova Brasil: D1.  Primeira Guerra Mundial.  Revolução Russa. D9. D7. D6. discutir e analisar. lutas. guerras e revoluções.  Eixo: História das representações e das relações de poder.  Confecção de mural com fatos históricos. problemas e contradições. D11. o território e o lugar. Instrumentos de avaliação:  Exercícios de avaliação de aprendizagem. Compreender a formação dos dois grandes blocos de forças rivais dos governos europeus.  Filme para assistir. D9.  Nasce a Primeira República no Brasil. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 30 .  Nações.  Estudo dirigido. política e econômica do Império Russo até 1917.

Eixo temático: A Geografia como uma possibilidade de leitura e compreensão do mundo.  Uso de transparências.  Realização das atividades. D14.  Pesquisas em textos.  A produção de bens e matéria prima.  Seminários.  A criação de animais.  Os lugares dos nossos dia a dia. Eixo / Conteúdo: .  Perceber as manifestações da natureza e transformação pela ação da sociedade.  Reconhecer a importância da divisão do espaço geográfico e suas divisões. Descrição metodológica:  Trabalhos em grupos. fotografia aéreas.  Nossas relações com outros lugares e paisagens. D16.  O desenvolvimento de cada aluno.  Aulas expositivas. Descritores propostos do SAEPE: D1. Instrumentos de avaliação:  Participação em sala de aula.  Criar uma linguagem cartográfica apropriada de elementos da linguagem gráfica.  A inter-relação entre os espaços da produção da circulação e do consumo.  Utilização de mapas.  Recursos naturais renováveis e não renováveis.A conquista do lugar como conquista da cidadania.  A agricultura.  Aulas de campo.  As paisagens culturais e o espaço geográfico. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 31 . D9.  Reconhecer a importância de uma atitude responsável com o meio em que vive.  Reconhecer semelhanças e diferenças nos modos que diferentes grupos sociais se apropriam da natureza e a transformam.  As paisagens e o tempo.A construção do espaço nos territórios e os lugares (o tempo da sociedade e o tempo da natureza).Objetivos Específicos:  Ao final desta unidade o aluno será capaz de distinguir as grandes unidades de paisagens em seus diferentes graus de humanização da natureza.  A importância dos mapas da cartografia. .

Bimestre – 1º Objetivo Geral: Identificar e conhecer a importância das fronteiras buscando ou compreendendo a soberania do Brasil.  Perceber e compreender a grandeza de todo espaço físico e geográfico do Brasil por meio de mapas.  Eixo temático: A geografia como possibilidade de leitura e compreensão do mundo. D11.  Compreender a distancia de situações políticas e sociocultural que ocorrem nas fronteiras do Brasil.  Atividade escritas. Descritores propostos do SAEPE: D6. D10.  As dimensões do território brasileiro.  Mapas conceituais.A construção do espaço. compreensão e análises textuais. D5. Objetivos Específicos:  Perceber o território brasileiro em sua vasta extensão utilizando a linguagem gráfica para obter informações e representar a especialidade dos fenômenos geográficos. paisagens e gravuras. os territórios e os lugares (o tempo da sociedade e o tempo da natureza). Eixo / Conteúdo: . Instrumentos de avaliação:  Estudo dirigido (debates. . buscando compreender suas diferenças através da internet e produção e análises textuais.  Produção. D20.A conquista do lugar como conquista da cidadania. D21. Descrição metodológica:  Aulas expositivas dialogadas (sala e campo). D14. leituras de textos.  A extensão territorial do Brasil: posição e localização geográfica do território.  Provocar discussões/debates entre países vizinhos em relação ao intercâmbio comercial e cultural.  Excursões pedagógicas. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 32 . Ano: 7º (6ª Série) .  Pesquisas.  Brasil: limites e fronteiras. D7. no que se refere a geopolítica entre os países do Cone Sul.  O intercâmbio entre os países. através de mapas temáticas.Descritores da Prova Brasil: D1.  Data show. gráficos e tabelas. laboratório de informática. elaborações e análises de questões).

 Debates. com as manifestações da natureza presentes em outras paisagens.Descritores da Prova Brasil: D1.  A organização do espaço geográfico mundial. sobretudo mediante ilustrações e linguagem oral.  Analisar as transformações do espaço mundial modificadas pelo homem. D3. D6.  Criar uma linguagem comunicativa. apropriando-se de elementos da linguagem gráfica utilizada nas situações cartográficas.  Compreender a escala de importância no tempo e no espaço do local e do global e da multiplicidade de vivências com os lugares. Objetivos Específicos:  Identificar as causas e consequências do espaço geográfico.  Multimídia.Bimestre – 1º Objetivo Geral:  Identificar e avaliar as ações os homens em sociedade e suas consequências em diferentes espaços e tempos de modo que construa referenciais que possibilitem uma participação propositivas e reativa nas questões socioambientais locais. expressa na paisagem local.  Aula de campo.  Provas. testes.  Livros.  Reconhecer e comparar a presença da natureza.  Seminários. Eixo temático: Um só mundo e muitos cenários geográficos. Ano: 8º (7ª Série) . D5. Instrumentos de avaliação:  Exercícios avaliatórios.  Trabalho com mapas.  Pesquisas. Descrição metodológica:  Aula expositiva. Eixo / Conteúdo:  A construção do espaço geográfico. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 33 .  Saber utilizar a observação e a descrição na leitura direta ou indireta da paisagem.

Eixo / Conteúdo:  Continente europeu. apropriando-se de elementos da linguagem gráfica utilizada nas representações cartográficas.  Debates. Instrumentos de avaliação:  Exercícios avaliatórios. Descritores propostos do SAEPE: D1. D14. alguns procedimentos básicos. testes.  Conhecer e utilizar fontes de informações escritas e imagéticas.  Provas. Eixo temático: Um só mundo e muitos cenários geográficos. sobretudo mediante ilustrações e linguagem oral.  Saber utilizar a observação e a descrição na leitura direta ou indireta da paisagem. utilizando. Descritores da Prova Brasil: D1.  Trabalho com mapas. D21. D14. para tanto. D16. D9. Objetivos Específicos:  Criar uma linguagem comunicativa.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Saber utilizar a linguagem gráfica para obter informações e representar a especialidade dos fenômenos geográficos.  Aula de campo. D16. D20.  Oceania. D11 Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 34 . Ano: 9º (8ª Série) . D4.Descritores propostos do SAEPE: D1. Descritores da Prova Brasil: D1. D21.  Compreender a escala de importância no tempo e no espaço do local e do global e da multiplicidade de benefícios com os lugares.  Seminários. D20 D11.  Pesquisas. Descrição metodológica:  Aula expositiva. D5. D5.

 Causa do Filosofar. D4.  Proximidade e distância entre filosofia e mito. Instrumentos de avaliação:  Observações e registros de atividades realizadas em sala de aula. Objetivos Específicos:  Compreender o significado da palavra Filosofia. Descritores da Prova Brasil: D1. D6.  Investigar porque a admiração é considerada uma causa do filosofar. testes.  Os primeiros filósofos. trabalhos individuais ou em grupo e debates. D9. D21.Filosofia Ano: 6º .  Construção de mural sobre os temas estudados. educando-o para o pensar com ênfase no desenvolvimento das habilidades cognitivas preparandoos para uma cidadania responsável. D7.  Causa e Origem da Filosofia. Eixo / Conteúdo: Filosofia: o que é isso?  A Filosofia e os mitos.  Utilização de jogos relacionados ao tema em estudo.  Compreender a origem do mundo nos conceitos de cosmologia e cosmogonia.  Provas.  Atividades individuais ou em grupo relacionados aos temas estudados. com discussão e comentário sobre o assunto. Descrição metodológica:  Leitura de textos.  Investigar sobre os primeiros filósofos e suas concepções da origem do mundo.  Conhecer as causas que contribuíram para a origem da filosofia e no modo de pensar do homem na antiguidade grega. D11.Bimestre – 1º e 2º Objetivo Geral: Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 35 .Bimestre – 1º e 2º Objetivo Geral: Desenvolver a iniciação filosófica de crianças e jovens como recurso de formação humanística. Ano: 7º (6ª Série) . Descritores propostos do SAEPE: D6.

Objetivos Específicos:  Refletir sobre o que é filosofia e o significado da palavra. Eixo / Conteúdo:  Filosofia. com vistas a conceber modos mais esclarecidos de coexistência. Instrumentos de avaliação:  Observação do desempenho dos alunos nas atividades realizadas em sala de aula.  Trabalhar o significado de vida discutindo sobre qualidade de vida.  Compreender os pensamentos de Sócrates sobre a Liberdade e a Razão. Objetivos Específicos:  Conhecer o que é filosofia e os seus instrumentos de reflexão. provas e debates.  Testes.  Diferenciar o pensamento de Nictzsche sobre a Liberdade e os Instintos.  Liberdade e instintos: Nictzsche.  Pesquisas com apresentação em sala de aula. educando-o para o pensar com ênfase no desenvolvimento das habilidades cognitivas. Descritores da Prova Brasil: D1. D14. com discussão e comentário sobre o assunto. preparandoo para uma cidadania responsável. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 36 .Bimestre – 1º e 2º Objetivo Geral: Desenvolver uma prática filosófica que implica postura reflexiva e argumentativa acerca de algumas matrizes do comportamentos humano. D4. o que é isso?  Liberdade e razão: Sócrates. D6.Desenvolver a iniciação filosofia de crianças e jovens como recurso de formação humanística.  Conhecer e refletir sobre o conto: “A guisa de conclusão” na concepção de Sócrates e Nitzsche sobre a liberdade.  A guisa de conclusão: um conto para a nossa reflexão. D21. Descritores propostos do SAEPE: D6. Descrição metodológica:  Leitura de textos.  Atividades escritas variadas relacionadas aos temas. Ano: 8º (7ª Série) . D7. exemplos de vida e sentido de viver.  Atividades individuais ou em grupo relacionadas ao tema estudado. D8.

entre outros. Reconhecer a comunicação e linguagem como veículos integrantes para o desenvolvimento do homem da sociedade.  Questões sobre o homem. D14.  Identificar a vontade como um impulso fundamental inerente a todos os seres vivos que se manifesta na aspiração sempre crescente de mais poder a de dominação.  Realização de seminários. Instrumentos de avaliação:  Observar a participação nas aulas.  Pesquisas em jornais e revistas sobre temas e questões sugeridas.Bimestre – 1º e 2º Objetivo Geral: Desenvolver uma prática filosófica que implica postura reflexiva e argumentativa acerca de algumas matrizes do comportamentos humano. Descritores da Prova Brasil: D1.  Priorizar a avaliação contínua das produções dos alunos.  Elaboração de resumos e análises críticas sobre temas refletidos nas aulas.  Conceito de cultura.  Leitura de textos didáticos para auxiliar a compreensão dos temas. filmes.  Comunicação e linguagem. D21. Descrição metodológica:  Debate e discussão em sala de aula.  Reflexão acerca de conteúdos propostos. D3. sobre a vida e sobre a liberdade a que temos direito.  Analisar o conceito de cultura e sua importância na sociedade. Realização de seminários e trabalhos em grupo. com a utilização de recursos como: poesias. Eixo / Conteúdo:  Conceito de filosofia e de atitude filosófica enquanto ferramenta inicial. com vistas a conceber modos mais esclarecidos de coexistência.  Testes ou provas.  Pensar e refletir sobre as questões do dia-a-dia. D9. Descritores propostos do SAEPE: D6. Objetivos Específicos:  Reconhecer o ser humano dentro do cosmo e sua influência no mundo atual. Ano: 9º (8ª Série) . as intervenções e o interesse nas discussões. trabalhos em grupo e individuais e exercício reflexivo (0 a 10). D6. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 37 . músicas.

estimulando práticas sociais e escolares fundamentadas nos direitos humanos.  Conceito de homem: quem ou o que somos?  Compreensão filosófica da vontade. cidadania e democracia. entre outros. Descritores propostos do SAEPE: D6. Cidadania e Democracia.Eixo / Conteúdo:  Conceito de filosofia e de atitude filosófica enquanto ferramenta inicial. com a utilização de recursos tais como: poesias.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Oportunizar um espaço de reflexão análise e compreensão dos principais valores e direitos que caracterizam a dignidade humana.  Leitura de textos didáticos para auxiliar a compreensão dos temas. Descritores da Prova Brasil: D1. trabalhos em grupo e individuais e exercícios reflexivos (0 a 10).  A questão da liberdade (liberdade e responsabilidade). Instrumentos de avaliação:  Observar a participação nas aulas.  Oportunizar o conhecimento e o debate sobre a Declaração Universal dos Direitos Humanos e seus princípio e valores. filmes. as intervenções e o interesse nas discussões. Educação Cidadã Ano: 6º . a democracia e o pluralismo político que fundamentam uma sociedade livre. justa e solidária. Objetivos Específicos:  Analisar os fundamentos e concepções de direitos humanas.  Realização de seminários. Eixo / Conteúdo:  Fundamentos históricos dos Direitos Humanos: Conceito de Direitos Humanos. D3.  Priorizar a avaliação continua das produções dos docentes.  Elaboração de resumos e análises críticas sobre temas refletidos nas aulas. D21. Descrição metodológica:  Debate e discussão em sala de aula. D6.  Testes e provas. D14. D9. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 38 . músicas.  Reflexões acerca de conteúdos propostos.

charges e pintura. dialogada. D4.  Relações entre Ética e Moral.  A história dos Direitos Básicos no Brasil. políticos. Eixo / Conteúdo:  Os direitos e as obrigações no Brasil. Direito a solidariedade.  Discutir os Direitos Civis. etc). Ano: 7º (6ª Série) .  Testes e provas. econômicos. Descrição metodológica:  Construção Conceitual utilizando a mandala dos Direitos Humanos. teatro.  Conceituar ética e moral. textos literários de jornal. utilizando diversas linguagens de expressões (música. Descritores propostos do SAEPE: D6.  Conhecer a História dos Direitos Básicos no Brasil e sua aplicação. Respondendo a questão o que são Direitos Humanos?  Os alunos apresentam imagem retiradas de revistas. democracia e oportunizar o conhecimento e o debate sobre os direitos universais e seus princípios e valores. dança. D14. D8. cidadania. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 39 . Descritores da Prova Brasil: D1.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Construir os fundamentos e concessões de direitos humanos.  Leitura orientada de textos. D12.  Exercícios avaliativos. sociais e experiências dos alunos e situações do cotidiano.    Direitos Civis e Políticos. Direitos Econômicos e Sociais.  Trabalhos individuais e em grupo. Objetivos Específicos:  Concluir e debater sobre os direitos e suas obrigações no Brasil. Instrumentos de avaliação:  Através da observação constante. D21. jornais que explicitem Direitos Humanos estudados e formem um painel circular. Conhecendo a Legislação: A Declaração Universal dos Direitos Humanos. poesia. Descrição metodológica:  Aula expositiva. D7.

 Conhecer os valores dos símbolos nacionais.  Resolução de exercícios. passa pelo trabalho força do negro africano.  Leitura e explanação de textos.  A força da construção da nação.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Construir e promover o debate sobre a construção da importância da igualdade sem distinção de raça. Descrição metodológica:  Anotação. Objetivos Específicos:  Conceituar miscigenação. D18. Instrumentos de avaliação:  Avaliação bimestrais.  Trabalhos individual ou em grupo. Seminários.  Conhecer a composição étnica no Brasil. D5. D6.  Revolução de exercícios.  Debates. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 40 .  Aula expositiva dialogada. Ano: 8º (7ª Série) . Descritores propostos do SAEPE: D2. Descritores da Prova Brasil: D1.  Seminários. D3. D11. credo e valores culturais e contribuindo assim para a formação do cidadão.  Seminários.  Participação e assiduidade.  Participação e assiduidade.  O reconhecimento dos símbolos e valores nacionais.  Debates. D4. D17. Eixo / Conteúdo:  A miscigenação das raças no Brasil.  Perceber que a construção dessa nação. Instrumentos de avaliação:  Avaliação bimestral.

Descritores propostos do SAEPE: D7.  Os valores culturais individuais e coletivos. D5. D9. D11.  Trabalhos em equipe e individuais. cidadania e democracia destacando os valores e princípios do direito da humanidade. D10. Instrumentos de avaliação:  Avaliações bimestrais. Descritores da Prova Brasil: D1. Descritores propostos do SAEPE: D7. Descrição metodológica:  Debates em salas sobre temas propostos pela temática trabalhada.  Apresentação de vídeos e documentários. Eixo / Conteúdo:  Segmentação dos direitos individuais e coletivos.  Aulas expositivas e dialogadas. D11. D4. Mundo do Trabalho Ano: 8º (7ª Série) . D4. D6.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 41 . D11.  Identificar os diversos tipos de trabalho e suas relações com os valores. Descritores da Prova Brasil: D1.  Conhecer os princípios éticos e valores. Objetivos Específicos:  Estabelecer relações entre a segmentação dos direitos. Ano: 9º (8ª Série) . D9.  O trabalho e suas relações de valores. D3. D5. D10. D3.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Oportunizar o conhecimento analisando os fundamentos e concepções de direitos humanos.  Participação nas aulas.

Descritores da Prova Brasil: D8. D10. Objetivos Específicos:  Expor as várias atribuições e importância das profissões. D11. identificando o perfil da juventude brasileira diante das práticas de inclusão e exclusão no trabalho e na escola.  Diferenciar o trabalho informal e o trabalho com vinculo empregatício.Compreender o mundo do trabalho. Descritores propostos do SAEPE: D3. D14. Descrição metodológica:  Trazer profissionais por área para expor suas atribuições. formulários e outros. as transformações pelas quais vem passando na sociedade atual.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Compreender o mundo do trabalho. as transformações pelas quais vem passando na sociedade atual. Instrumentos de avaliação:  Trabalho em grupo com produção de material expositivo.  As experiências pessoais dos jovens no mundo do trabalho. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 42 .  Discutir as experiências dos alunos no mundo do trabalho. Objetivos Específicos:  Discutir a relação dos jovens com o trabalho. múltiplos significados do trabalho em suas vidas levando-os a perceberem as várias dimensões do trabalho levando-os a perceberem as várias dimensões do trabalho. identificando o perfil da juventude brasileira diante das práticas de inclusão e exclusão no trabalho na escola. Eixo / Conteúdo:  As várias condições de trabalho: todo trabalho dignifica a pessoa humana?  Emprego e mercado informal de trabalho. Eixo / Conteúdo:  Os diferentes significados do trabalho para juventude.  Preenchimento de fichas.  Relatar as experiências profissionais que cada aluno exerce no seu dia a dia. D21. Ano: 9º (8ª Série) .  Avaliação escrita sobre o tema específico.

Bimestre – 1º Objetivo Geral: O Ensino Religioso subsidiará os educandos na compreensão de conceitos básicos no campo religioso e na forma como a sociedade sofre interferências das tradições religiosas ou mesmo da afirmação ou negação do sagrado numa perspectiva ecumênica. no seu bairro e município. objetivos e subjetivos existentes na sua comunidade escolar. Respeito à diversidade religiosa. reconhecer e respeitar as “ideologias religiosas” tal qual sua importância na formação de valores éticos e estéticos. Descritores da Prova Brasil: D8. D21.  Avaliação escrita sobre o tema específico.  Observação do desempenho dos alunos nas atividades pedidas.Descrição metodológica:  Discussão sobre tema. Descrição metodológica:  Reflexões e análises de informações coletadas.  Reconhecer os grupos sociais em sua diversidade cultural e um dado de realidade que deve ser sempre trabalhado em sala de aula de modo que também e interessante que o professor apresente aos educandos alguns instrumentos legais que buscam assegurar a liberdade religiosa. D14.  Pesquisas sobre os temas com confecção de mural. Descritores propostos do SAEPE: D3.  Trabalhos individuais e em grupo.  Identificar. D10.  Leitura e debate sobre o tema abordado. D11. Ensino Religioso Ano: 6º . Instrumentos de avaliação:  Produção de material expositivo. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 43 .  O respeito à diversidade religiosa. Objetivos Específicos: A importância de fenômeno religioso na sociedade. Eixo /Conteúdo:  A importância do fenômeno religioso na sociedade.

Ano: 7º (6ª Série) .  Declaração universal dos direitos humanos e Constituição Brasileira: Respeito a liberdade religiosa. D3. D12. livros. D8. D5.  Orientar as atividades promovendo independência dos educandos.    Valorização e socialização dos conhecimentos prévios dos educandos acerca dos conteúdos em discursão.  Autoavaliação. objetivos e subjetivos existentes na sua comunidade escolar.. textos e trabalhos individuais e em equipe. Orientar as atividades promovendo independência dos educandos. visitas. D20. revistas promovendo discursões sobre problemas locais. bibliográfica.  Os ensinamentos sagrados para construção de valores. Descrição metodológica:  Reflexões e análises de informações coletadas. D23.  Valorização e socialização dos conhecimentos previstos dos educandos acerca dos conteúdos em discussão.. Eixo / Conteúdo:  Lugares sagrados e organizações religiosas nas comunidades locais. Utilização de jornais. D11. de modo que também é interessante que o professor apresente aos educandos alguns instrumentos legais que buscam assegurar a liberdade religiosa. Objetivos Específicos:  Identificar. D21. Descritores propostos do SAEPE:D6. reconhecer e respeitar as “ideologias religiosas” tal qual sua importância na forma de valores éticos e estéticos. Instrumentos de avaliação:  Observação e registro. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 44 . através de pesquisas locais. Levantamentos de informações sobre as diferenças culturais e sociais no aspecto da religiosidade. Descritores da Prova Brasil:D1.Bimestre – 1º Objetivo Geral: O Ensino Religioso subsidiará os educandos na compreensão de conceitos básicos no campo religioso e na forma de como a sociedade sofre interferências das tradições religiosas ou mesmo da afirmação ou negação do sagrado numa perspectiva ecumênica.  Provas.  Reconhecer os grupos sociais em sua diversidade cultural e um dado de realidade que deve ser sempre trabalhado em sala de aula. excursões. no seu bairro e município.

 Debates. Eixo / Conteúdo:  Direito a professar fé e liberdade de opinião expressão. revistas promovendo discussões sobre problemas locais.   Ano: 8º (7ª Série) . Instrumentos de avaliação:  Utilização de jornais. bibliográficas.  Pesquisas sobre fatos históricos locais. mapas. D21. Descritores da Prova Brasil: D1.  Autoavaliação. D5. revistas.  Direito humanos e sua vinculação com o sagrado Descrição metodológica:  Reflexões e análises de informações coletivas. testes e trabalhos individuais/grupos. cartazes e murais sobre os conteúdos. Objetivos Específicos:  Identificar. na sua comunidade escolar. D11. excursões. através de pesquisas locais. Instrumentos de avaliação:  Observações e registros. D23. maquetes.  Construção de livros. promovendo sobre problemas locais.  Provas. reconhecer e respeitar as “ideologias religiosas” tal qual sua importância na formação de valores éticos e estéticos. de modo que também é interessante que o professor apresente aos educandos alguns instrumentos legais que buscam assegurar a liberdade religiosa. visitas. D20.Utilização de jornais. promovendo independência dos educandos. D8. D3. Descritores propostos do SAEPE: D6. Levantamentos de informações sobre as diferenças culturais e sociais no aspecto da religiosidade.  Reconhecer os grupos sociais em sua diversidade cultural e um dado de realidade que deve ser sempre trabalhado em sala de aula.  Valorização e socialização dos conhecimentos prévios dos educandos acerca dos conteúdos em discussão. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 45 .Bimestre – 1º Objetivo Geral: O Ensino Religioso subsidiará os educandos na compreensão de conceitos básicos no campo religioso e na formação da sociedade inferências das tradições religiosas mesmo na afirmação ou negação do sagrado numa perspectiva ecumênica. D12.  Orientar as atividades.

4. Levantamento de informações sobre as diferenças culturais e sociais no aspecto da religiosidade.Identificar.  Os principais são: . Descritores da Prova Brasil: D1. bibliográficas. é um dado de realidade que deve ser sempre trabalhado em sala de aula. 3. Reflexões e análises de informações coletadas.  Islamismo. 5. D8. Instrumentos de avaliação: Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 46 . Utilização de jornais. revistas.  Cristianismo. D11. Objetivos Específicos:  A importância do fenômeno religioso na sociedade: . de modo que também é interessante que o que o professor apresente aos educandos alguns instrumentos legais que buscam assegurar a liberdade religiosa. promovendo discussões sobre problemas locais. através de pesquisas locais. visitas. D27. 2.Descritores propostos do SAEPE: D6. Valorização e Socialização dos conhecimentos prévios dos educandos acerca dos conteúdos em discussão. no seu bairro e município. D5. D21.Bimestre – 1º Objetivo Geral: O Ensino Religioso subsidiará os educando na compreensão de conceitos básicos no campo religioso e na forma como a sociedade sofre interferência das tradições religiosas ou mesmo da afirmação ou negação do sagrado numa perspectiva ecumênica. D20. Ano: 9º (8ª Série) . Orientar as atividades promovendo independência dos educandos. 3.Declaração universal dos Direitos Humanos e Constituição Brasileira: respeito à liberdade religiosa. excursões. Descrição metodológica: 1. Eixo / Conteúdo:  Monoteísmo.  Judaísmo. reconhecer e respeitar as “ideologias religiosas” tal qual sua importância na formação de valores éticos e estéticos. objetivos e subjetivos existentes na sua comunidade escolar. D3. D12.Reconhecer os grupos sociais em sua diversidade cultural.  Respeito à Diversidade Religiosa: .

 Identificar e compreender no sistema de Capitanias Hereditárias Goiana como parte integrante da Capitania de Itamaracá. bibliográficas. D21. D21. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 47 .  Reconhecer uma nova forma de governo como um novo mecanismo de proteção frente as ameaças da exploração desenfreada do pau-brasil.  O Sistema de Capitanias Hereditárias.  Reflexões e análises de informações coletadas. visitas. D10. Capitanias de Itamaracá o ciclo do pau-brasil. excursões. através de pesquisas locais. Instrumentos de avaliação:  Priorizar a avaliação continua acumulando no caderno ou em uma pasta contendo registro e reflexão de aula pesquisas temáticas. Descrição metodológica:  Levantamento de informações sobre os primeiros documentos cartográficos de Goiana. D27. Objetivos Específicos:  Reconhecer e estudar as transformações dos mapas na visão dos seus respectivos autores.  Capitania de Itamaracá.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Estimular e preservar o valor histórico cultural e patrimonial nas unidades escolares priorizando a História do Município. D5. D20. História de Goiana Ano: 6º . Eixo / Conteúdo:  Primeiros documentos cartográficos do século XVI. textos produzidos. D8. Provas. D12. D11. Autoavaliação. exercícios propostos. testes e trabalhos. D14. Descritores propostos do SAEPE: D6/D8. Descritores da Prova Brasil: D1/D3.  Estudar a importância dos postos como meio de desenvolvimento e integração entre os povos. Descritores da Prova Brasil: D1. Descritores propostos do SAEPE: D6. D16.   Observação e registro.

Bimestre – 1º Objetivo Geral:  Estimular a preservar o valor histórico. Descritores propostos do SAEPE: D6/D8. D21. D10. Objetivos Específicos:  Descrever lutas e conquistas na construção da identidade do seu povo. Instrumentos de avaliação:  Priorizar a avaliação continua.  Promover debates e discussões sobre assuntos propostos em sala de aula. pesquisas temáticas.  Registro de diferentes formas: produção textual e exposição de trabalhos. textos produzidos. Área de Matemática Ciências da Natureza e suas Tecnologia Matemática Ano: 6º .  Reconhecer Calabar como responsável pela invasão e destruição dos Engenhos de Goiana.  Calabar e os Holandeses em Goiana.  Citar principais acontecimentos da história do Brasil. Pernambuco e Goiana.Ano: 7º (6ª Série) . Descritores da Prova Brasil: D1. exercícios propósitos.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 48 . cultural e patrimonial nas unidades escolares priorizando a História do Município. D14. acumulando no caderno ou em uma pasta contendo registro e reflexos de aula. Eixo / Conteúdo:  De 1630 a 1654 – Invasão dos Holandeses em Pernambuco no século XVII.  Identificar Mauricio de Nassau como um grande defensor das lutas em Goiana na defesa de seu povo. D16.  O Holandês governador de Itamaracá. Descrição metodológica:  Pesquisa sobre fatos históricos locais.

revistas.  Localizar pares ordenados no sistema de coordenadas cartesianas com números naturais. Grandezas e medidas:  Medidas de superfície – área de regiões planas (triângulos. raiz quadrada e expressões numéricas. livro. Eixo / Conteúdo: Números e operações:  Números naturais e sua representação na reta numérica.  Resolver situações-problema envolvendo o cálculo de áreas de regiões planas. multiplicação e divisão) com números naturais. para construção de tabelas e gráficos. retângulos. potenciação e radiciação. grandezas e medidas.  Representar e localizar os números naturais na reta. álgebra. raciocínio combinatório.  Identificar e aplicar as propriedades das operações aritméticas (adição.  Potenciação.  Trabalhos individuais e em grupo. Descrição metodológica:  Aula explicativa.  Pesquisas (internet. losangos e trapézios). Geometria:  Apresentação de pares ordenados de números naturais no plano (coordenadas cartesianas).  Trabalhos com jogos matemáticos. paralelogramo. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 49 .  Resolver situações-problema e expressões numéricas envolvendo as operações aritméticas.Integrar os vários eixos temáticos da Matemática (números e operações. Álgebra e funções:  Propriedades das operações aritméticas.  Coletar e organizar dados. estabelecendo relações entre números naturais. subtração. estatística e probabilidade) entre si e com outras áreas do conhecimento. jornais. geometria. etc).  Operações com números naturais.  Resolução de exercícios. probabilidade e combinatória:  Tabelas e gráficos com números naturais. Objetivos Específicos:  Reconhecer os significativos dos números naturais em diferentes contextos. quadrado. Estatística.

 Operar com medidas de ângulos pela aplicação de algoritmos e por construção com régua e compasso. Descritores da Prova Brasil: D1. D8. interesse e assiduidade).  Resolver problemas que envolvam ângulos e suas medidas. D18.  Apresentação de pesquisa. grandezas e medidas. D37. raciocínio combinatório.  Identificar e construir ângulos agudos. Grandezas e medidas: Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 50 . Objetivos Específicos:  Reconhecer números inteiros em diferentes contextos. D13.  Localizar na reta numérica os números inteiros. D13.Instrumentos de avaliação:  Observação contínua (participação.  Avaliação individual escrita. D37. Descritores propostos do SAEPE: D1.  Aplicar as propriedades das operações aritméticas (adição. D16. Eixo / Conteúdo: Números e Operações:  Números inteiros. compreendendo os procedimentos envolvidos.  Resolução de problemas. D16. retos e obtusos.  Trabalho em equipe.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Integrar os vários eixos temáticos da Matemática (números e operações.  Construir e interpretar tabelas e gráficos tendo por base a análise de dados organizados em representações matemáticas diversas. geometria. Ano: 7º (6ª Série) .  Identificar e resolver equações do 1º grau com uma incógnita. álgebra.  Resolver situações-problema por meio de equações do 1º grau. multiplicação e potencialização) com números inteiros. estatística e probabilidade) entre si e com outras áreas do conhecimento. Álgebra e funções:  Equações do 1º grau com incógnita. utilizando procedimentos de decomposição e composição.  Resolver situações-problema que envolvam figuras geométricas planas.

 Avaliação individual. probabilidade e combinatória:  Coleta. D16. Descrição metodológica:  Aulas expositivas e dialogadas. D21. Geometria:  A ideia de ângulo e medida de ângulo. D21. D18. geometria. grandezas e medidas) raciocínio combinatório. Instrumentos de avaliação:  Observação contínua (participação. Estatística. tabelas e gráficos. D37. D16.  Ler e interpretar dados apresentados em tabelas e gráficos de setores. Ano: 8º (7ª Série) . representar e comparar números naturais. álgebra. D38. Objetivos Específicos:  Identificar. interesse e assiduidade).Bimestre – 1º Objetivo Geral: Integrar os vários eixos temáticos da Matemática (números e operações.  Representar os números reais na reta numérica. D18. Descritores propostos do SAEPE: D6. Descritores da Prova Brasil: D6. Eixo / Conteúdo: Números e operações: Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 51 .  Expressar situações-problema através da linguagem algébrica e resolvê-las. organização de dados. D37.  Expressar situações-problema envolvendo grandezas (capacidade.  Trabalhos individuais e em grupo.  Representar figuras tridimensionais por diferentes vistas.  Resolução de exercícios. números racionais e números reais. D20.  Leitura de textos do livro didático. tempo.  Trabalho em equipe. estatística e probabilidade entre si e com outras áreas do conhecimento. massa e temperatura). D20. números inteiros. Decomposição e composição de figuras planas.  Cálculo de área de figuras planas.  Operações com medidas de ângulos.

 Conjuntos numéricos. interesse e assiduidade).  Trabalho em equipe. D30. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 52 . D19.  Polinômios.  Monômios.  Avaliação individual. D15. estatística e probabilidade) entre si e com outras áreas do conhecimento. D29. Descritores da Prova Brasil: D2. construindo estratégias variadas. Estatística. probabilidade e combinatória:  Gráficos de setores. D19. raciocínio combinatório. D25.  Trabalhos individuais e em grupo. Objetivos Específicos:  Resolver situações-problema que envolvam juros simples e juros compostos. Descritores propostos do SAEPE: D2. grandezas e medidas. Álgebra e funções:  Expressões algébricas. Geometria:  Figuras tridimensionais. Grandezas e medidas:  Unidades de medida de capacidade. Instrumentos de avaliação:  Observação contínua (participação. Ano: 9º (8ª Série) .Bimestre – 1º Objetivo Geral: Integrar os vários eixos temáticos da Matemática (números e operações. D37. Descrição metodológica:  Aulas expositivas e dialogadas. massa e temperatura.  Leitura de textos do livro didático. D18. D37. álgebra.  Utilizar o estudo de função para resolver problemas no cotidiano.  Identificar os tipos de funções através de sua representação gráficas. D25. D18. D15. tempo.  Operações com polinômios.  Conhecer as aplicações do Teorema de Tales. geometria.  Resolução de exercícios. particularmente as que fazem uso de calculadora.

 Testes em grupo e/ou individuais (escritos ou orais). probabilidade e combinatória:  População e amostra. Objetivos Específicos: Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 53 . Geometria:  Teorema de Tales e a proporcionalidade. D29. Instrumentos de avaliação:  Exercícios de fixação. relacionando o que aprende na escola com seu cotidiano e sua saúde assim como a relação de tais conceitos com as tecnologias.  Dinâmica de grupo.  Seminários. frequência relativa e amostra de uma população para interpretar informações de uma pesquisa. D36. Compreender termos como frequência absoluta. D28.   Identificar retas paralelas de forma que representem proporcionalidade. Descrição metodológica:  Aula expositiva / explicativa. D37.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Compreender os conceitos científicos básicos.  Leitura de textos do livro didático. Ciências Ano: 6º . Estatística. Álgebra e funções:  Função do 1º grau. Descritores propostos do SAEPE: D13.  Utilização do recursos tecnológicos. Descritores da Prova Brasil: D13. Eixo / Conteúdo: Números e operações:  Juros simples e compostos. Grandezas e medidas:  Área de triângulos e de quadriláteros. D37. Calcular áreas de triângulos e de quadriláteros.

 Interatividade com apoio de equipamento multimídia. Reconhecer a importância econômica e ambiental das rochas. Descrever as camadas da Terra e seus elementos.  Utilidades das rochas no cotidiano. Relacionar os movimentos da Terra com as estações.          Localizar o planeta Terra no sistema solar. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 54 .  Principais doenças transmitidas pelo solo. Diferenciar corpos luminosos e iluminados. Eixo / Conteúdo: A Terra:  A Via Láctea.  Trabalhos individuais e em equipe. Instrumentos de avaliação:  Observação contínua (participação.  Seminários.  Importância econômica e ambiental das rochas.  Exercícios.  As Camadas da Terra.  O Planeta Terra e sua localização no Sistema Solar. Conhecer os principais tipos de parasitas presentes no solo e suas formas de transmissão para o homem. Litosfera:  As rochas. Definir e classificar os diferentes tipos de rochas.  Avaliação individual escrita.  Mecanismos de tratamento do solo. Identificar os tipos de solo a partir de suas características. Descrever os mecanismos de tratamento do solo indicando suas importância para a agricultura. Solo:  O solo e sua composição. Descrição metodológica:  Exposição dialogada.  Pesquisas.  As Estações do Ano. Descrever da utilidade das rochas no cotidiano.  A importância do solo.  Corpos Celestes. interesse e assiduidade).

 Aula extraclasse. Vírus:  Os vírus. D10. relacionando o que aprende na escola com seu cotidiano e sua saúde assim como a relação de tais conceitos com as tecnologias.  Exposição de slides. D9.  Identificar as várias espécies de seres vivos a partir de sua classificação.  Evolução dos seres vivos. Instrumentos de avaliação: Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 55 . D11 (Língua Portuguesa) Ano: 7º (6ª Série) . Descrição metodológica:  Aula expositiva. Objetivos Específicos:  Reconhecer as teorias relacionadas a origem da vida.  Identificar as doenças causadas pelos vírus. D3.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Compreender os conceitos científicos básicos. (Língua Portuguesa) Descritores da Prova Brasil: D1.  Os reinos e seus componentes. Características Gerais dos Seres Vivos:  Classificação dos seres vivos. Reino Monera:  As bactérias. D14.  Identificar as principais doenças humanas causadas por bactérias.  Descrever a importância das teorias de evolução dos seres vivos. D6. D8.  Trabalhos em grupos.  Pesquisas. D4.  Reconhecer os vários Reinos e seus componentes.  Distinguir as formas das bactérias.  Diferenciar os vírus dos outros seres.Descritores propostos do SAEPE: D6. Eixo / Conteúdo: Origem da Vida:  Biogênese e Abiogênese.  Reconhecer as características dos vírus. D9.

Estrutura Celular:  A divisão celular. D3. Citologia:  A célula.  Utilização de recursos tecnológicos.  Reconhecer o homem como um ser social.  Representar a célula e suas estruturas através de materiais alternativos. Avaliação individual escrita. D11 (Língua Portuguesa). Instrumentos de avaliação:  Observação contínua (participação. D14 (Língua Portuguesa) Descritores da Prova Brasil: D1. Descrição metodológica:  Leitura de texto. relacionando o que aprende na escola com seu cotidiano e sua saúde assim como a relação de tais conceitos com as tecnologias. D8. enfatizando a célula com unidade básica de sua organização.  Compreender os conceitos de divisão celular. Objetivos Específicos:  Reconhecer a organização do corpo humano. interesse e assiduidade). D9. Ano: 8º (7ª Série) . D6.   Observação contínua (participação.  Exposição dialogada. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 56 . Apresentação de trabalhos. Descritores propostos do SAEPE: D6. D9.  Utilização de recursos visuais (atlas e cartazes). D10. interesse e assiduidade).Bimestre – 1º Objetivo Geral: Compreender os conceitos científicos básicos. Eixo / Conteúdo: Organização do corpo humano:  O organismo humano: uma visão geral. Tecidos:  Tipos de tecidos.  O ser humano: um animal social. sucata e dramatização de maneira criativa.  Identificar os tipos de tecidos e suas funções.

Descrição metodológica:  Leitura de textos.  Seminários. Ano: 9º (8ª Série) .  Exercícios em sala de aula e extraclasse. D8. Descritores propostos do SAEPE: D6.Bimestre – 1º Objetivo Geral: Compreender os conceitos científicos básicos.  Conceito de movimento.  Avaliação individual escrita. Estudo do átomo:  Teoria sobre o átomo.  Reconhecer os fatores que influenciam na mudança dos estados físicos da matéria e os tipos de mudanças. D14 (Língua Portuguesa). Objetivos Específicos:  Descrever as propriedades gerais e específicas da matéria. D9. Descritores da Prova Brasil: D1.  Conceituar átomo.  Os estados físicos da matéria.  Diferenciar as transformações físicas e químicas da matéria.  Estrutura do átomo atual.  Transformar as diferentes unidades de grandezas e medidas através de resolução de problemas.  Trabalhos individuais e em equipe.  As transformações físicas e químicas da matéria. Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 57 .  A tabela periódica atual Estudo da cinemática:  Conceito básico de grandezas e medidas. D11 (Língua Portuguesa). D10. D4.  Reconhecer e classificar os elementos químicos da tabela periódica. D6. partindo do conceito de matéria. D3.  Descrever os modelos das partículas atômicas no modelo atual. Exercícios.  Conceituar os diferentes tipos de movimento. relacionando o que aprende na escola com seu cotidiano e sua saúde assim como a relação de tais conceitos com as tecnologias. D9. Eixo /Conteúdo: Matéria e Energia:  A matéria.

Secretaria de Educação e Inovação Matriz Curricular 58 .  Trabalhos individuais e em equipe. D15. D8. D9.    Trabalhos. D11 (Língua Portuguesa). D4. Descritores propostos do SAEPE: D6. D38 (Matemática). Descritores da Prova Brasil: D1. D15. Seminários. D9. interesse e assiduidade).  Exercícios. D14 (Língua Portuguesa). Debates. D6. Instrumentos de avaliação:  Observação contínua (participação. Aula extraclasse. D3. D37 (Matemática).  Avaliação individual escrita.  Seminários.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->