Você está na página 1de 29
Introdução a Processos de Manufatura Monitoramento e Controle Prof. Dr. Rafael Coradi Leme leme@unifei.edu.br

Introdução a Processos de

Manufatura

Monitoramento e Controle

Prof. Dr. Rafael Coradi Leme

leme@unifei.edu.br

Agenda

Agenda

O que são processos de manufatura; Monitoramento e controle:

Estatística vs. Sistemas Dinâmicos; Controle Estatístico vs. Controle Clássico.

Agenda • O que são processos de manufatura; • Monitoramento e controle: – Estatística vs. Sistemas

leme@unifei.edu.br

2

Agenda

Agenda

Sistemas dinâmicos:

Equações diferenciais; Regime transitório; Regime permanente; Pólos e zeros; Processamento de sinais; Controle clássico; Controle digital; Etc.

Estatística:

Folha de verificação; Estratificação; Diagrama de Pareto; Histogramas; Diagrama de dispersão Análise de regressão; Gráfico de controle;

Diagrama de causa e efeito;

Etc.

Agenda • Sistemas dinâmicos: – Equações diferenciais; – Regime transitório; – Regime permanente; – Pólos e

leme@unifei.edu.br

3

Processos de Manufatura Usinagem – Soldagem

Processos de Manufatura

Usinagem Soldagem

Manufatura

Manufatura

Produção de grande

quantidades de produtos padronizados; Utilização de máquinas

de usinagem e

soldagem;

Favoreceu a produção

em série;

Desenvolveu a automação e controle.

Manufatura • Produção de grande • quantidades de produtos padronizados; Utilização de máquinas de usinagem e
Manufatura • Produção de grande • quantidades de produtos padronizados; Utilização de máquinas de usinagem e

Usinagem

Usinagem
Usinagem • Produto (peça) é resultado de um processo de remoção de material; • Serramento, aplainamento,

Produto (peça) é

resultado de um processo de remoção de material;

Serramento, aplainamento, brochamento, torneamento, fresamento, furação, abrasão, afiação ...

Usinagem • Produto (peça) é resultado de um processo de remoção de material; • Serramento, aplainamento,

leme@unifei.edu.br

6

leme@unifei.edu.br 7
leme@unifei.edu.br 7
leme@unifei.edu.br 7

leme@unifei.edu.br

7

Soldagem

Soldagem

União localizada de

materiais por uso de calor (aquecimento) e/ou deformação;

MMA, MIG/MAG, a ponto, a laser ...

Soldagem • União localizada de materiais por uso de calor (aquecimento) e/ou deformação; • MMA, MIG/MAG,
Soldagem • União localizada de materiais por uso de calor (aquecimento) e/ou deformação; • MMA, MIG/MAG,

leme@unifei.edu.br

8

leme@unifei.edu.br 9
leme@unifei.edu.br 9

leme@unifei.edu.br

9

Monitoramento e Controle Controle Estatístico

Monitoramento e Controle

Controle Estatístico

Objetivos

Objetivos

Modelar um processo baseado apenas em dados realizados (ou experimentados);

Identificar causas específicas ao processo; Identificar melhor ajuste de parâmetros:

Para reduzir variabilidade; Para reduzir perdas; Para reduzir retrabalho;

Otimizar processo de produção.

Objetivos • Modelar um processo baseado apenas em dados realizados (ou experimentados); • Identificar causas específicas

leme@unifei.edu.br

11

Métodos Estatísticos

Métodos Estatísticos

Folha de verificação; Estratificação; Diagrama de Pareto; Histogramas;

Diagrama de dispersão

Análise de regressão; Gráfico de controle;

Diagrama de causa e

efeito;

Métodos Estatísticos Folha de verificação; Estratificação; Diagrama de Pareto; Histogramas; Diagrama de dispersão Análise de regressão;

• Etc.
Etc.

leme@unifei.edu.br

12

Métodos Estatísticos

Folha de verificação; Estratificação; Diagrama de Pareto; Histogramas;

Métodos Estatísticos • • • • • Folha de verificação; Estratificação; Diagrama de Pareto; Histogramas; Diagrama

Diagrama de dispersão

Análise de regressão; Gráfico de controle;

Diagrama de causa e

efeito;

• Etc.
Etc.
13
13

leme@unifei.edu.br

Métodos Estatísticos

Métodos Estatísticos

Medidas de posição:

Média:

x

1

n

n

i 1

x

i

Mediana; Moda; ...

Medidas de dispersão:

Variância:

2

s

1

n

n

i 1



xx

i

2

Desvio padrão:

s

s 2
s
2

Amplitude; ...

Métodos Estatísticos • Medidas de posição: – Média: x  1 n n  i 

leme@unifei.edu.br

14

Análise de Regressão

Análise de Regressão

y

y •

 
y • x
y • x
     

x

Achar uma função

y=f(x) para fazer previsão do comportamento do

processo:

yf(x)

Análise de Regressão y • x Achar uma função y=f(x) para fazer previsão do comportamento do

leme@unifei.edu.br

15

Análise de Regressão

Análise de Regressão

 

n

i

1

n

i

1

y

i

x y

i

i

na

b

n

i 1

x ,

i

a

n

i

1

x

i

b

n

i

1

2

x

i

b

n

i 1

(

x

i

x

)

y

i

n

i 1

(

x

i

x

)

2

a

y

 

bx ,

S

xy

S

,

xx

Análise de Regressão       n i  1  n i

leme@unifei.edu.br

16

Ex . : Obter a equação da reta (chamada de reta dos mínimos quadrados) para os

Ex.: Obter a equação da reta (chamada de reta dos mínimos quadrados) para os seguintes pontos experimentais:

x

1

2

3

4

5

6

7

8

y

0,5

0,6

0,9

0,8

1,2

1,5

1,7

2,0

Traçar a reta no diagrama de dispersão.

Qual o valor previsto para x=5,5?

Ex . : Obter a equação da reta (chamada de reta dos mínimos quadrados) para os

leme@unifei.edu.br

17

Análise de Regressão

Análise de Regressão

Linear Simples (Um X)

Y

Análise de Regressão Linear Simples (Um X) Y X Curvilínear (Dois ou mais Xs) Y X

X

Curvilínear (Dois ou mais Xs)

Y

X 2 X 1
X 2
X 1
Análise de Regressão Linear Simples (Um X) Y X Curvilínear (Dois ou mais Xs) Y X

Múltipla (Dois ou mais Xs)

Y

X 2 X 1
X 2
X 1

Variáveis Indicativas (para Xs Discretos)

Y

X a X b x x x x x x x x x x x x
X
a
X
b
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
x
X
c
x
x
x
X
i

leme@unifei.edu.br

Curvilínea (Um X)

Y X Logística (Ys Discretos) 1 0 X % yes
Y
X
Logística (Ys Discretos)
1
0
X
% yes

18

Gráfico de Controle

Gráfico de Controle

Observar variação do

processo ao longo do tempo:

Causas aleatórias; Causas atribuíveis;

Tipos de Gráfico:

Para variáveis; Para atributos; Para soma; Etc.

Gráfico de Controle • Observar variação do processo ao longo do tempo: – Causas aleatórias; –
Gráfico de Controle • Observar variação do processo ao longo do tempo: – Causas aleatórias; –

leme@unifei.edu.br

19

Gráficos de Controle

Gráficos de Controle
Gráficos de Controle leme@unifei.edu.br 20
Gráficos de Controle leme@unifei.edu.br 20

leme@unifei.edu.br

20

Gráficos de Controle

Gráficos de Controle

Montagem:

Linha central;

Limite superior de controle (LSC);

Limite inferior de controle (LIC);

Média das amostras;

Gráficos de Controle • Montagem: – Linha central; – Limite superior de controle (LSC); – Limite
Gráficos de Controle • Montagem: – Linha central; – Limite superior de controle (LSC); – Limite

leme@unifei.edu.br

21

Monitoramento e Controle Sistemas Dinâmicos

Monitoramento e Controle

Sistemas Dinâmicos

Objetivos

Objetivos

Manter a estabilidade do processo; Identificar anormalidades no processo; Aplicar controle em tempo real; Reduzir custos operacionais:

Operador; Perdas; Retrabalho;

Otimizar o processo de produção.

Objetivos • Manter a estabilidade do processo; • Identificar anormalidades no processo; • Aplicar controle em

leme@unifei.edu.br

23

O que modelar?

Sistemas mecânicos

translacionais;

Sistemas mecânicos

rotacionais;

Sistemas hidráulicos;

Sistemas térmicos;

Sistemas elétricos;

Etc.

O que modelar? • Sistemas mecânicos translacionais; • Sistemas mecânicos rotacionais; • Sistemas hidráulicos; • Sistemas
O que modelar? • Sistemas mecânicos translacionais; • Sistemas mecânicos rotacionais; • Sistemas hidráulicos; • Sistemas

leme@unifei.edu.br

24

O que modelar? (cont.)

O que modelar? (cont.)
O que modelar? (cont.) • Evolução da população; – IPCA; • Comportamento de índices de mercado:

Evolução da população;

IPCA;

Comportamento de

índices de mercado:

IGPM; Selic; Índice de ações;

Preço de um ativo (microeconomia);

Sistema de logística;

Etc.

O que modelar? (cont.) • Evolução da população; – IPCA; • Comportamento de índices de mercado:

leme@unifei.edu.br

25

Como modelar?

Como modelar?
Como modelar? • Álgebra; • Equações diferenciais; • Transformada de Fourier; • Transformada de Laplace; leme@unifei.edu.br

Álgebra;

Equações diferenciais;

Transformada de

Fourier;

Transformada de Laplace;

Como modelar? • Álgebra; • Equações diferenciais; • Transformada de Fourier; • Transformada de Laplace; leme@unifei.edu.br

leme@unifei.edu.br

26

Etapas Aquisição de Aquisição de Aquisição de Sinais Sinais Sinais (Sensores) (Sensores) (Sensores) Modelagem e Ação
Etapas
Aquisição de
Aquisição de
Aquisição de
Sinais
Sinais
Sinais
(Sensores)
(Sensores)
(Sensores)
Modelagem e
Ação de
Processamento
Controle
de Sinais
Estratégia de
Análise dos
Controle
dados
leme@unifei.edu.br
27

Exemplo de Sinais

Exemplo de Sinais

Sinais de tensão;

Sinais de corrente;

Sinais de potência;

Sinais de torque;

Sinais de luz;

Sinais sonoros;

Sinais de força;

Sinais de vibração;

Etc.

Exemplo de Sinais • Sinais de tensão; • Sinais de corrente; • Sinais de potência; •
Exemplo de Sinais • Sinais de tensão; • Sinais de corrente; • Sinais de potência; •

leme@unifei.edu.br

28

Identificação de Sistemas

Identificação de Sistemas
Identificação de Sistemas • Transformadas discretas; • Utilização de métodos estatísticos: – Modelo de regressão; –

Transformadas discretas;

Utilização de métodos estatísticos:

Modelo de regressão; Estimador de mínimos quadrados;

Estimador de máxima verossimilhança ...

Determinar a função de

transferência;

Etc.

Identificação de Sistemas • Transformadas discretas; • Utilização de métodos estatísticos: – Modelo de regressão; –

leme@unifei.edu.br

29