Você está na página 1de 57

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

MECANISMOSMECANISMOS EFETORESEFETORES DADA IMUNIDADEIMUNIDADE HUMORALHUMORAL

FASES DA RESPOSTA IMUNE

INFECÇÃO Reconhecimento pelos efetores inespecíficos pré-formados Remoção do antígeno infeccioso INFECÇÃO
INFECÇÃO
Reconhecimento pelos
efetores inespecíficos
pré-formados
Remoção do
antígeno
infeccioso
INFECÇÃO
Recrutamento de
células efetoras
Reconhecimento e
ativação
de células efetoras
Remoção do
antígeno
infeccioso
INFECÇÃO
Transporte do
antígeno p/os
órgãos linfáticos
Reconhecimento pelas
células
T e B virgens
Expansão clonal
e diferenciação

Imunidade

inata

(0-4 horas)

Resposta

induzida

inicial

(4-96 horas)

Resposta

adaptativa

(>96 horas)

Remoçã

do

antígen

infeccios

CLASSES DE ANTICORPOS

CLASSES DE ANTICORPOS
Ativação do complemento
Ativação do complemento

Ativação do complemento

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

I.I. INTRODUINTRODUÇÇÃOÃO

18941894 -- JulesJules BordetBordet

Soro (Ac. anti-bactéria) + bactéria (37 o C) LISE

Soro (Ac. anti-bactéria) + bactéria (56 o C) NÃO LISE

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

CONJUNTOCONJUNTO DEDE PROTEPROTEÍÍNASNAS LIGADASLIGADAS FUNCIONALMENTEFUNCIONALMENTE ATIVAATIVAÇÇÃOÃO SEQSEQÜÜENCIALENCIAL EE DEDE MANEIRAMANEIRA

ALTAMENTEALTAMENTE REGULADAREGULADA

PROMOVER AS FUNÇÕES EFETORAS DA IMUNIDADE INATA, IMUNIDADE HUMORAL E INFLAMAÇÃO

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

CompostoComposto

proteproteíínasnas InInííciocio dede ssííntesentese nono primeiroprimeiro trimestretrimestre dada vidavida fetalfetal ProduzidasProduzidas nono ffíígadogado ee porpor macrmacróófagosfagos HHáá 33 viasvias parapara ocorrerocorrer ativaativaçção:ão:

3030

dede

aproximadamenteaproximadamente

–– ViaVia ClCláássicassica -- dependedepende dede AcAc –– ViaVia AlternativaAlternativa –– ViaVia LectinaLectina

AtivaAtivaççãoão seqseqüüêncialêncial emem cascatacascata

A inativo
A inativo

A inativo

A inativo

AA ativadoativado

B inativo

BB ativadoativado

C inativo

CC ativadoativado

VIA CLÁSSICA

Complemento antígeno:

anticorpo

VIA DA MB-LECTINA

Ligação lectina a

Superfícies de patógenos

VIA ALTERNATIVA

Surperfície de patógenos

Ativação do Complemento
Ativação do Complemento

Recrutamento das células inflamatórias

Opsonização dos patógenos

Morte dos patógenos

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO
Nomenclatura: C1s: pro-enzima C1s: forma ativa Fragmentos a e b

Nomenclatura:

C1s: pro-enzima

C1s: forma ativa Fragmentos a e b

CAM
CAM

Via da MBL

Manose

C4
C4

C3 convertase

C5 convertase

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO
VIA CLÁSSICA Complemento antígeno: anticorpo C1q,C1r,C1s C4 C2
VIA CLÁSSICA
Complemento antígeno:
anticorpo
C1q,C1r,C1s
C4
C2

VIA DA MB-LECTINA

Lectina ligadora da manose na superfície do patógeno MBL,MASP-1, MASP-2, C4,C2
Lectina ligadora da manose
na
superfície do patógeno
MBL,MASP-1,
MASP-2,
C4,C2

VIA ALTERNATIVA

Surperfície de patógenos C3 B D
Surperfície de
patógenos
C3
B
D

Convertase de C3

C4a, C3a, C5a
C4a, C3a, C5a

Mediadores peptídeos da inflamação, recrutamento de fágócitos

C3b Liga-se a receptores do complemento nos fagócitos
C3b
Liga-se a receptores do
complemento nos fagócitos

Opsonização

dos

patógensos

Remoção dos complexos imunes

Componentes terminais do complemento:

C5b, C6, C7, C7, C9

Componentes terminais do complemento: C5b, C6, C7, C7, C9 Complexo de Ataque à membrana, lise de

Complexo de Ataque à membrana, lise de patógenos e células

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO VIAVIA CLCLÁÁSSICASSICA

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO VIA VIA CL CL Á Á SSICA SSICA IgM IgM IgG IgG
SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO VIA VIA CL CL Á Á SSICA SSICA IgM IgM IgG IgG
SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO VIA VIA CL CL Á Á SSICA SSICA IgM IgM IgG IgG
SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO VIA VIA CL CL Á Á SSICA SSICA IgM IgM IgG IgG
SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO VIA VIA CL CL Á Á SSICA SSICA IgM IgM IgG IgG
SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO VIA VIA CL CL Á Á SSICA SSICA IgM IgM IgG IgG

IgMIgM

IgGIgG

ComplexoComplexo C1C1

Complexo Complexo C1 C1 3 tipos de subunidades: C1q, C1r e C1s O complexo C1qrs é

3 tipos de subunidades:

C1q, C1r e C1s

O complexo C1qrs é formado por duas moleculas C1r e C1s e uma de C1q

(6 subunidades identicas).

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO VIAVIA CLCLÁÁSSICASSICA

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO VIA VIA CL CL Á Á SSICA SSICA

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO VIAVIA CLCLÁÁSSICASSICA

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO VIA VIA CL CL Á Á SSICA SSICA Ordem de ativacão: C1q

Ordem de ativacão: C1q – C1r – C1s

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO VIAVIA CLCLÁÁSSICASSICA

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO VIA VIA CL CL Á Á SSICA SSICA

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO VIAVIA CLCLÁÁSSICASSICA

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO VIA VIA CL CL Á Á SSICA SSICA

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO VIAVIA CLCLÁÁSSICASSICA

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO VIA VIA CL CL Á Á SSICA SSICA

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO VIAVIA ALTERNATIVAALTERNATIVA

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO VIA VIA ALTERNATIVA ALTERNATIVA

MAC - Complexo de ataque a membrana

MAC - Complexo de ataque a membrana Poro inserido na bicamada lipídica Interfere na permeabilidade seletiva

Poro inserido na bicamada lipídica

Interfere na permeabilidade seletiva da membrana

Entrada de água, íons e pequenas moléculas para o citosol da célula-alvo

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO

FUNFUNÇÇÕESÕES DODO SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

1.1. LiseLise CelularCelular

2.2. MediarMediar oo processoprocesso dede opsonizaopsonizaççãoão

3.3. MediarMediar respostaresposta inflamatinflamatóóriaria

4.4. SolubilizaSolubilizaççãoão dede imunocomplexosimunocomplexos

VIA CLÁSSICA Complemento antígeno: anticorpo C1q,C1r,C1s C4 C2
VIA CLÁSSICA
Complemento antígeno:
anticorpo
C1q,C1r,C1s
C4
C2

VIA DA MB-LECTINA

Lectina ligadora da manose na superfície do patógeno MBL,MASP-1, MASP-2, C4,C2
Lectina ligadora da manose
na
superfície do patógeno
MBL,MASP-1,
MASP-2,
C4,C2

VIA ALTERNATIVA

Surperfície de patógenos C3 B D
Surperfície de
patógenos
C3
B
D

Convertase de C3

C4a, C3a, C5a
C4a, C3a, C5a

Mediadores peptídeos da inflamação, recrutamento de fágócitos

C3b Liga-se a receptores do complemento nos fagócitos
C3b
Liga-se a receptores do
complemento nos fagócitos

Opsonização

dos

patógensos

Remoção dos complexos imunes

Componentes terminais do complemento:

C5b, C6, C7, C7, C9

Componentes terminais do complemento: C5b, C6, C7, C7, C9 Complexo de Ataque à membrana, lise de

Complexo de Ataque à membrana, lise de patógenos e células

GERAGERAÇÇÃOÃO DEDE C3bC3b

C3

Tioester

β α S-C=O
β
α
S-C=O
β α S-C=O
β
α
S-C=O

Fase fluida

C3b

C3a C3b
C3a
C3b
β α S-C=O β α S-C=O Fase fluida C3b C3a C3b C3b Inativo β α S-C=O

C3b

Inativo

β α S-C=O
β
α
S-C=O

+

H20

H-S C=O
H-S C=O

|

OH

C3b é inativado - hidrolise

O – H

|

R

H-S C=O | OH C3b é inativado - hidrolise O – H | R Ligação a

Ligação a proteínas da membrana ou LPS

H-S C=O C3b associado a célula | R
H-S C=O
C3b associado
a célula
|
R
da membrana ou LPS H-S C=O C3b associado a célula | R Ligação covalente entre o
da membrana ou LPS H-S C=O C3b associado a célula | R Ligação covalente entre o
da membrana ou LPS H-S C=O C3b associado a célula | R Ligação covalente entre o
da membrana ou LPS H-S C=O C3b associado a célula | R Ligação covalente entre o
da membrana ou LPS H-S C=O C3b associado a célula | R Ligação covalente entre o
da membrana ou LPS H-S C=O C3b associado a célula | R Ligação covalente entre o
da membrana ou LPS H-S C=O C3b associado a célula | R Ligação covalente entre o
da membrana ou LPS H-S C=O C3b associado a célula | R Ligação covalente entre o

Ligação covalente entre o C3b proteínas ou LPS (ligação tioester)

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO VIAVIA ALTERNATIVAALTERNATIVA

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO VIA VIA ALTERNATIVA ALTERNATIVA
SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO VIA VIA ALTERNATIVA ALTERNATIVA

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO VIAVIA ALTERNATIVAALTERNATIVA

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO VIA VIA ALTERNATIVA ALTERNATIVA

MAC - Complexo de ataque a membrana

MAC - Complexo de ataque a membrana Poro inserido na bicamada lipídica Interfere na permeabilidade seletiva

Poro inserido na bicamada lipídica

Interfere na permeabilidade seletiva da membrana

Entrada de água, íons e pequenas moléculas para o citosol da célula-alvo

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO

FUNFUNÇÇÕESÕES DODO SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

1.1. LiseLise CelularCelular

2.2. MediarMediar oo processoprocesso dede opsonizaopsonizaççãoão

3.3. MediarMediar respostaresposta inflamatinflamatóóriaria

4.4. SolubilizaSolubilizaççãoão dede imunocomplexosimunocomplexos

VIA CLÁSSICA Complemento antígeno: anticorpo C1q,C1r,C1s C4 C2
VIA CLÁSSICA
Complemento antígeno:
anticorpo
C1q,C1r,C1s
C4
C2

VIA DA MB-LECTINA

Lectina ligadora da manose na superfície do patógeno MBL,MASP-1, MASP-2, C4,C2
Lectina ligadora da manose
na
superfície do patógeno
MBL,MASP-1,
MASP-2,
C4,C2

VIA ALTERNATIVA

Surperfície de patógenos C3 B D
Surperfície de
patógenos
C3
B
D

Convertase de C3

C4a, C3a, C5a
C4a, C3a, C5a

Mediadores peptídeos da inflamação, recrutamento de fágócitos

C3b Liga-se a receptores do complemento nos fagócitos
C3b
Liga-se a receptores do
complemento nos fagócitos

Opsonização

dos

patógensos

Remoção dos complexos imunes

Componentes terminais do complemento:

C5b, C6, C7, C7, C9

Componentes terminais do complemento: C5b, C6, C7, C7, C9 Complexo de Ataque à membrana, lise de

Complexo de Ataque à membrana, lise de patógenos e células

VIAVIA CLCLÁÁSSICASSICA

VIA VIA CL CL Á Á SSICA SSICA

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO

CLASSES FUNCIONAIS DE PROTEÍNAS NO SISTEMA COMPLEMENTO

Ligação ao complexo antígeno anticorpo

C1q

Ligação à manose nas bactérias

 

MBL

     

Enzimas ativadas

C1r, C1s, C2b, Bb, D, MASP-1, MASP-2

Proteínas ligantes de membrana e opsoninas

C4b, C3b

Mediadores peptídeos da inflamação

 

C5a, C3a,

 

C4a

Proteínas de ataque à membrana

 

C5b, C6,

 

C7, C8, C9

Receptores do complemento

CR1, CR2,

 

CR3,

CR4,C1qR

Proteínas reguladoras do complemento

 
 

C1NH, C4bp,CR1, MCP, DAF, H, I, P, CD59

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

SISTEMA SISTEMA COMPLEMENTO COMPLEMENTO

SISTEMASISTEMA COMPLEMENTOCOMPLEMENTO

MECANISMOSMECANISMOS EFETORESEFETORES DADA IMUNIDADEIMUNIDADE HUMORALHUMORAL

Cápsula da bactéria impede a ligação do receptor do C3b do fagócito com o C3b

Cápsula da bactéria impede a ligação do receptor do C3b do fagócito com o C3b ligado à parede da bactéria