P. 1
Cálculo de transmissão mecânica

Cálculo de transmissão mecânica

4.5

|Views: 12.850|Likes:
Publicado porEdilson Rosa
Apostila muito boa sobre transmissões mecânicas e cálculos de dimensionamento.
Apostila muito boa sobre transmissões mecânicas e cálculos de dimensionamento.

More info:

Published by: Edilson Rosa on Oct 14, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/15/2015

pdf

text

original

No cálculo da potência requerida de acionamento da translação de ponte rolante nota-se que o
maior valor é o relativo à aceleração das massas. O momento resistente devido aos rolamentos
das rodas e ao atrito das rodas com os trilhos é geralmente de menor valor. Para o cálculo
considera-se o peso da ponte + peso da carga concentrado em uma única roda.

A fórmula para cálculo do MOMENTO RESISTENTE nas rodas é:

kgfm

f

f

G

Mr

=



+

=

1000

2

1

β

ou

Nm

f

f

m

Mr

=



+

=

1000

81
,
9

2

1

β

Mr = momento resistente devido aos atritos nas rodas

G ou m = peso da estrutura da ponte + carga (kg)

f1 = 0,2 mm = braço de alavanca da resistência ao rolamento dos mancais.

f2 = 0,5 mm = braço de alavanca da resistência ao rolamento entre as rodas e os trilhos.
β = 1,5 a 2,5 = coeficiente referente atrito do flange da roda com os trilhos

MOMENTO DE ACELERAÇÃO Ma

R

Fa

Ma

=

(kgfm para Fa em kgf) e ( Nm para Fa em N)

kgf

ta

v

G

Fa

=

=

60

81
,
9

ou

N

ta

v

m

Fa

=

=

60

Fa = força de aceleração

R = raio da roda (m)

G e m = peso da ponte + carga (kg)

v = velocidade da ponte ( m/min)

ta = tempo de aceleração desejado (s). Pode ser conforme norma ( tabela abaixo):

CLASSE FEM-ISO 1Bm M3 1Am M4
Veloc. linear (m/min) 5 10 12,5 16 20

25 32 40 50 63 80 100
Tempo de partida (s) 1,4 2 2,2 2,5 2.75 3,1 4,6 5,1 5,5 6 6,7 7,1

CLASSE FEM – ISO 2m M5 3m M6
Veloc. linear (m/min) 5 10 12,5 16 20

25 32 40 50 63 80 100
Tempo de partida (s) 1,4 2 2,2 2,5 2,75 3,1 3,5 4 4,5 5 5,6 6
O MOMENTO REQUERIDO M nas rodas é a soma do momento resistente e do momento de
aceleração:

Mr

Ma

M

+

=

Para o cálculo da rotação por minuto na roda:

30

rpm

D

v

n

=

=

.

π

v = velocidade da ponte (m/min)

D = diâmetro da roda (m)

Para o cálculo da POTÊNCIA REQUERIDA para a translação de pontes rolantes considerar que
são utilizados dois motores e a potência de cada motor é:

CV

n

M

P

=

=

η

2

2,
716

(M em kgfm) ou

kW

n

M

P

=

=

η

2

9550

(M em Nm)

P = potência de cada motor

M = momento requerido total nas rodas

n = rotação por minuto no eixo da roda
η = rendimento do redutor

Para equipamentos com momento de inércia bem maior do que o momento de atrito é importante
que o fator de serviço aplicado ao redutor e aos acoplamentos seja 2 ou acima sobre o motor

31

ASSESSOTEC

ASSESSORIA TECNICA EM ACIONAMENTOS

Resp.: J.L.FEVEREIRO FONE 011.6909.0753 CEL 9606.7789

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->