Você está na página 1de 13

CONSUMO E GASTO CALRICO/ COMPOSIO CORPORAL

MATRIA: EDUCAO FSICA

CALORIAS
AS CALORIAS ESTO PRESENTES NOS ALIMENTOS E ATRAVS DELES TRANSMITEM ENERGIA PARA O ORGANISMO. AUXILIAM OS BATIMENTOS CARDACOS, AJUDAM A MANTER A TEMPERATURA CORPREA, FAVORECEM OS OLHOS E AINDA TRAZEM VRIOS BENEFCIOS.

CONSUMO CALRICO

PARA DETERMINAR A QUANTIDADE DE CALORIAS QUE CADA ORGANISMO NECESSITA NECESSRIO AVALIAR A TAXA METABLICA BASAL (QUANTIDADE DE ENERGIA QUE O ORGANISMO PRECISA PARA FUNCIONAR), QUANTIDADE DE ATIVIDADES FSICAS E O EFEITO TRMICO DOS ALIMENTOS. TAMBM SE AVALIA

AS CALORIAS SO FORNECIDAS PELOS CARBOIDRATOS, LIPDIOS E PELAS PROTENAS QUE CONSUMIMOS E NO DEVEM SER ELIMINADAS DA ALIMENTAO DIRIA, POIS POSSUEM SEU VALOR NUTRICIONAL E SO IMPORTANTES EM

GASTO CALRIO

A QUANTIDADE DE ENERGIA NECESSRIA PARA REALIZAR UM TRABALHO. O GASTO CALRICO DOS EXERCCIOS VARIA DE PESSOA PARA PESSOA, DEPENDENDO DO METABOLISMO DE CADA UM (DA GENTICA E BIOTIPO), DO TEMPO E INTENSIDADE DO EXERCCIO.

COMPOSIO CORPORAL

A COMPOSIO CORPREA DIVIDIDA EM DOIS GRUPOS: MASSA MAGRA (LIVRE DE GORDURA E CONSTITUDA POR PROTENAS, GUA INTRA E EXTRACELULAR E CONTEDO MINERAL SSEO) E MASSA GORDA (GORDURA CORPREA).

I.M.C (NDICE DE MASSA CORPORAL

O IMC UM CLCULO QUE LEVA EM CONSIDERAO O PESO CORPORAL E A ALTURA DA PESSOA . O RESULTADO AJUDA A SABER SE A PESSOA TEM UM PESO BAIXO, NORMAL OU SE PELO CONTRRIO TEM PESO A MAIS.