Você está na página 1de 2
CURSO 2ª FASE DE DIREITO CONSTITUCIONAL Prof. Darlan Barroso Data: 25/09/2009 MODELO DE AÇÃO POPULAR EXCELENTÍSSIMO

CURSO 2ª FASE DE DIREITO CONSTITUCIONAL

Prof. Darlan Barroso Data: 25/09/2009

MODELO DE AÇÃO POPULAR

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA _____

VARA CÍVEL DO FORO DA COMARCA

___

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR MINISTRO PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ FEDERAL DA ESTADO DE ______

____

VARA CÍVEL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO

(5 LINHAS)

NOME DO AUTOR, nacionalidade, estado civil, profissão, portador do documento de

identidade RG (número) e inscrito no CPF sob o n.º (número), domiciliado e residente na rua (endereço

completo), vem, por seu advogado (instrumento de mandato –

PEDIDO DE LIMINAR, em face do MUNICÍPIO

doc. ___

), propor AÇÃO POPULAR com

contra o ato do Sr. PREFEITO, nos termos do artigo

, 1º da Lei 4.717/65, pelos motivos de fato e de Direito a seguir expostos.

_______

  • I. DOS FATOS

Narrativa do problema

II. DOS FUNDAMENTOS JURÍDICOS

O Autor, cidadão, conforme comprova título de eleitor ....

DOUTRINA

JURISPRUDÊNCIA

Infere-se, portanto, que o ato lesivo ao patrimônio público deverá ser declarado nulo, com a imposição de ressarcimento ao erário.

CURSO 2ª FASE DE DIREITO CONSTITUCIONAL Prof. Darlan Barroso Data: 25/09/2009 MODELO DE AÇÃO POPULAR EXCELENTÍSSIMO

CURSO – 2ª FASE DE DIREITO CONSTITUCIONAL – Darlan Barroso –25.09.2009

III. DOS REQUISITOS PARA A LIMINAR

O artigo 5º, § 4º, da Lei n.º 4.717/65 autoriza o magistrado conceder liminar para suspender o aro lesivo ao patrimônio público. Para tanto, o juiz concederá a medida se estiverem presentes os requisitos do fundamento relevante e do perigo de dano.

No presente caso, conforme restou demonstrado o Sr. Prefeito praticou ato

....

, portanto, trata-se de questão

relevante. Além disso, a continuidade na prática do ato que ofende o interesse público causará dano grave de difícil reparação, justificando a concessão da liminar diante do periculum in mora.

Depreende-se, assim, presentes os requisitos que autorizam a concessão da liminar.

IV. DO PEDIDO E REQUERIMENTOS

Desde logo, requer a concessão da liminar para suspender o ato ....

Por todo o exposto, requer a Vossa Excelência a procedência do pedido de DECLARAÇÃO de nulidade do ato do Sr. Prefeito e a CONDENAÇÃO dos Réus à obrigação de ressarcir o erário público, o que será apurado em liquidação de sentença (art. 286 do CPC).

O Autor protesta provar o alegado por todos os meios em Direito admitidos ...

Requer, ainda, a citação dos Réus para que, no prazo legal, apresentem defesa e possam acompanhar o feito até a sua extinção.

Requer, por fim, a intimação do Ministério Público.

Dá à causa o valor de R$

_____

(valor por extenso).

Termos em que, pede deferimento.

Local e data.

Nome e assinatura do Advogado Número de inscrição na OAB

Endereço para recebimento de intimações

III. DOS REQUISITOS PARA A LIMINAR O artigo 5º, § 4º, da Lei n.º 4.717/65 autoriza

CURSO – 2ª FASE DE DIREITO CONSTITUCIONAL – Darlan Barroso –25.09.2009