Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Agrárias Insetário G.W.G.

de Moraes

PRAGAS DO MAMOEIRO

GERMANO LEÃO DEMOLIN LEITE ELWIRA DAPHINN SILVA MOREIRA

Bom dia turma! Hoje nós vamos falar sobre as pragas que atacam o mamoeiro.

Mas primeiro nós falaremos um pouco sobre esta importante cultura, a do mamão. Meus amigos, o mamoeiro é uma planta herbácea, sendo que a sua altura pode variar de 2 até 10 metros, podendo viver até os 20 anos.

Pessoal, o fruto é uma baga, nasce do caule ou do pendúculo longo no caso do mamão macho, o fruto é arredondado, cilíndrico ou periforme e a sua casca é amarelo ou alaranjado quando maduro. A sua polpa é de consistência suave e sucosa.

Entretanto, amigos, a cultura do mamoeiro é comumente atacada por um significativo número de insetos e de ácaros, sendo a maioria, em condições normais, de importância secundária. Portanto, no fim desta aula, vocês saberão as pragas do mamoeiro e seus danos, como amostrar e como controlar.

Pessoal, a primeira praga que nós vamos apresentar a vocês é o ácaro branco, também conhecido como ácaro tropical ou ácaro da queda do chapéu do mamoeiro. Esse ácaro apresenta bem distribuído no Mundo e possui várias plantas hospedeiras.

Macho carregando fêmea para copulação. Fonte: Oliveira, C.A.L., 2001

Cada fêmea põe cerca de 25 a 30 ovos que são achatados. e devido o seu tamanho não permiti que seja observados a olho nu. mais em baixo. o ácaro branco pode atacar os frutos do mamoeiro. Seu quarto par de pernas é reduzido e apresenta. . Sua coloração varia de branco a amarelado. deixando lesões na casca esbranquiçadas. porém sempre brilhante. elípticos e com pontuações brancas. Pessoal.17 mm de comprimento por 0. A fêmea tem em média 0.11 mm de largura.Pessoal. uma cerda longa e outra curta. os ácaros brancos são tão pequeninos. não usando este par de pernas para locomoção. dependendo de sua idade.

2001.Amigos. C. o ácaro branco ataca também as folhas novas.. e podendo causar a morte das plantas.L. alimentando de líquidos que saem das células das folhas e brotos terminais do mamoeiro provocando deformações. Ponteiro de planta mamão com queda total ponteiro. Causam o sintoma conhecido como careca do mamoeiro ou queda do chapéu do mamoeiro. sintoma final Ácaro branco. paraliza o crescimento das folhas reduzidas quase que somente às nervuras. Mamoeiros com sintoma de ataque do ácaro branco . Fonte: Oliveira.A.

. 2001. C. o ácaro branco é a mais importante praga da cultura do mamoeiro.. Ocorre principalmente durante os períodos mais quentes do ano.A.Amigos. Careca do mamoeiro Fonte: Oliveira.L.

Amigos. Esse ácaro. apesar de pequeno. O ácaro rajado ataca a parte inferior das folhas mais velhas. é visível a olho nu e forma teia. forma colônias. Amigos. entre as nervuras mais próximas do pecíolo. o mamoeiro é atacado também pelo ácaro rajado. pois período seco e quente favorece o seu aumento populacional. diferentemente do ácaro branco. . nós podemos encontrar uma maior quantidade desses ácaros rajados no período em que chove menos e com temperaturas elevadas. Colônia de Ácaro Rajado (Tetranychus urticae).

25 mm de comprimento. Os machos medem. uma mancha verde escura em cada lado do dorso. e tendo. apresentando a parte posterior do corpo mais afilada. de modo geral. aproximadamente. . 0.As fêmeas do ácaro rajado possui um tamanho maior e corpo mais volumoso.

Amigos. Ácaro rajado em folha de mamoeiro . esses ácaros rajados introduzem o aparelho bucal no tecido da planta e removem o conteúdo das células.

Fonte: Oliveira.L.As folhas de mamão infestadas por este ácaro inicialmente tornam-se amareladas. ficam descoloridas. . na face oposta à colônia.. 2001.A. C.

ocasionam a desfolha precoce fazendo com que a planta emita brotos laterais. ocorrem perfurações nas folhas e as folhas ficam quebradiças. . Esse ácaro afeta a produtividade quando em altas populações Planta com brotação lateral que favorece ataque Ácaro Rajado.. 2001. com a evolução do ferimento na folha. posteriormente. Sob infestações severas.Pessoal. Fonte: Oliveira.A. estas áreas ficam necrosadas. o que não é desejável.L. C.

pois atrasa o desenvolvimento das plantas. geralmente próximas do pecíolo na superfície inferior da folha.Amigos. C.. 2001. . as fêmeas escolhem as reentrâncias. Em plantas jovens o problema é grave. Fonte: Oliveira. Sintoma inicial do Ácaro Rajado.L.A. Ácaro vermelho na face inferior de uma folha. o nosso último ácaro que ataca o mamoeiro é o ácaro vermelho. Amigos.

e também o clima quente e seco o favorece. Ácaro vermelho em folha de mamona. mas o sintoma é o mesmo em mamoeiro.O ácaro vermelho também é visível a olho nu e forma teia. Os danos são similares ao ácaro rajado. .

um outro problema do ataque destes 3 ácaros é que com a redução das folhas. ocasionando danos nos frutos. o fruto fica exposto aos raios solares. .Amigos.

Amigos. quiabeiro. entre outras. . nós temos três pulgões importantes em mamoeiro. O primeiro é o pulgão Aphis gossypii que ataca outras culturas como o algodoeiro. Pulgão Aphis gossypii.

O segundo pulgão é o Toxoptera citricidus. dentre outras. entre outras cítricas. Pulgão Toxoptera citricidus E o último é o pulgão Myzus persicae. que ataca laranja. berinjela. limão. Pulgão Myzus persicae . que ataca tomate.

atrapalhando o crescimento das plantas.Pois bem pessoal. e também deformam as folhas. O primeiro dano é o direto por sugar a seiva da planta. . principalmente as mais novas. estes três pulgões ocasionam muitos problemas ao mamoeiro.

que vão sendo depositadas nas folhas no qual crescem fungos pretos denominados de fumagina. prejudicando a produção do mamoeiro. A folha ficando preta não realiza bem a fotossíntese.As suas excretas são açucaradas. .

ficando o fruto com sintomas. mas o pior não é isto tudo que relatamos e sim que os pulgões transmitem vírus às plantas de mamoeiro.Amigos. Mancha anelar no fruto do mamão ocasionado por vírus transmitido por pulgão . O pulgão Myzus persicae transmite o vírus da mancha anelar do mamoeiro.

Sintoma mancha anelar na folha .Mas o sintoma do vírus da mancha anelar também aparece nas folhas do mamoeiro.

o pulgão Toxoptera citricidus transmite o vírus da mancha anelar do mamoeiro também.Amigos. . O sintoma aparece no fruto verde do mamoeiro.

aparecem sintomas até no caule. Meus amigos. sendo este vírus transmitido por pulgões. quando a planta está muito infectada pelo vírus da mancha anelar. .Como também nos frutos maduros.

Amigos. . mas o vírus do mosaico do mamoeiro. o pulgão Myzus persicae transmite também vírus.

depreciação dos frutos e prejuízos na produção. . as plantas infectadas pelo vírus do mosaico apresentam redução no crescimento.Amigos. folhas encrespadas com acentuado mosaico. se medidas de controle não forem implementadas previamente. Até 100% das plantas de uma área podem ser infectadas.

Plantação destruída devido ao vírus do mosaico transmitido por pulgão. só tem uma solução quando as plantas de mamoeiro estão com vírus. pois se não as plantas doentes passam o vírus para as plantas sadias por meio dos pulgões. é cortar e destruir. Fonte: Elena Paola Gonzáles Jaimes e Renata Aparecida de Andrade/Toda Fruta .Pessoal.

Coleobroca Amigos. uma outra praga que ataca o mamoeiro é a cigarrinha verde. que são besouros. . Se a planta resistir ao ataque. Essa cigarrinha ataca outras plantas como o feijoeiro. As larvas que saem dos ovos broqueiam o tronco do mamoeiro. com a casca corroída e fendida. o que pode levar a planta a morte. colocam os seus ovos no tronco do mamoeiro. no local onde houve o ataque fica engrossado.Pessoal o mamoeiro é atacado também por coleobrocas.

Um fato interessante é que a cigarrinha verde tem o hábito de andar de lado.Amigos. Os seus os ovos são colocados dentro da folha. a cigarrinha verde tem formato triangular. e mede de 3 a 4 mm de comprimento. .

A cigarrinha verde é problema em plantas adultas.Ao sugarem a seiva das plantas causam o amarelecimento e encurvamento das folhas mais velhas. .

Planta atacada por cigarrinha .Como também em plantas mais jovens do mamoeiro.

Mandarová em mandioca . o seu nome comum é mandarová ou gervão. Lavoura de feijão Pessoal. os maiores problemas com a cigarrinha-verde têm sido observados em lavouras de mamão próximas a culturas do feijoeiro.Meus amigos. nós temos uma lagarta desfolhadora em mamoeiro. a mesma que ataca a mandioca.

São capazes de voar longas distâncias e são dos insetos que voam mais rápido. . facilmente visíveis por nós.As suas mariposas são grandes e tem hábito noturno. essas mariposas colocam os seus ovos nas folhas do mamoeiro. São ovos grandes. Por isso elas tem o formato de um avião a chato. Amigos.

Mas quando acabam as folhas novas. Em alto ataque. . elas comem as velhas mesmo. sofrendo insolação.As lagartas começam a comer as folhas e brotações novas. o que atrasa o desenvolvimento da planta bem como expõe os frutos do mamão ao sol. devorando todas as folhas do mamoeiro. não sobra uma folha se quer no pé de mamoeiro. por isto elas comem tanto. As suas lagartas chegam a medir 10 cm.

Pessoal. Amigos. em agosto de 1987. as perdas chegaram a atingir cerca de 15% da produção. pela primeira vez no Brasil. a ocorrência da mosca–das-frutas em frutos de mamão foi registrada. Mosca das frutas ovipositando em mamão quase maduro . no Espirito Santo. outro inseto que ataca o mamoeiro é a mosca-das-frutas.

na planta. quando o fruto. as quais se alimentam da polpa do mamão. tornando flácida a região atacada do fruto. que é a parte comercial. apresenta a casca com mais da metade amarelecida.A mosca-das-frutas ataca grande quantidade de espécies frutíferas. Bicho do mamão O ataque ocorre em estádio mais avançado de maturação. e os danos só se evidenciam quando o mamão se encontra próximo ao amadurecimento. Só que o dano é causado pelas larvas da mosca. .

os maiores problemas com a mosca das frutas são observados em pomares que apresentam constantemente frutos em estádio avançado de maturação. Para manter essa praga em níveis não prejudiciais a cultura do mamão. não permitir a presença de lavouras abandonadas em sua proximidade. ainda. recomenda-se fazer a colheita dos frutos no início da maturação. Amigos.Em lavouras comerciais. . os frutos são colhidos antes de atingir este ponto de maturação. evitar a presença de frutos maduros nas plantas e de frutos refugados no interior do pomar e.

Pessoal, nós temos algumas cochonilhas que podem atacar o fruto e o caule do mamoeiro. A cochonilha Morganella longispina é uma espécie de escama negra e formato circular, possuindo uma aba voltada para cima e medindo cerca de 1 a 1,5 mm de diâmetro, forma grandes colônias nos caules, sugando a seiva continuamente. Ataca também a figueira, carambola.

Cochonilha Morganella

Pessoal, nós temos outras duas cochonilhas, ambas do pessegueiro, que também podem atacar o mamoeiro. Essas cochonilhas atacam os frutos, depreciando-os.

Cochonilhas do pêssego atacando o fruto do mamão.

Infelizmente, essas cochonilhas também atacam o tronco do mamoeiro e em grande quantidade sugam tanta seiva que deixam as plantas fracas.

Cochonilha do pêssego no tronco do mamoeiro.

Amigos, como quase toda cultura, o mamoeiro também é atacado por saúvas, principalmente a saúva limão. Entretanto, como vocês já viram muita praga hoje e também porque vocês terão uma aula só sobre formigas cortadeiras, nós não iremos falar delas hoje. Não fiquem ansiosos e esperem a aula sobre formigas.

. agora que vocês conhecem as pragas do mamoeiro e seus danos. nós vamos ensinar a vocês como avaliar a população destas pragas. nós temos que dividir o pomar em talhões uniformes de mil plantas. Primeiro.Pessoal. Nós temos que identificar os talhões por números ou nomes.

Nós vamos caminhar no nosso talhão de mamão em ziquezaque para escolher as plantas para amostrar as pragas. .

nós devemos avaliar semanalmente as folhas apicais para o ácaro branco e folhas medianas e basais dos ramos para os ácaros vermelho e rajado.Amigos. já que o ácaro branco não é visível a olho nu. usando uma lupa de bolso. . Se nós observarmos a presença dos ácaros pragas em 10% das plantas por talhão.

Pessoal. é preciso controlar os ácaros quando for encontrado mais de 10% das folhas infestadas até a metade do ciclo da cultura e 20% após este período. ácaro vermelho ´ ácaro branco ácaro rajado .

. cuja infestação de ácaros é mais intensa nos meses de janeiro a abril. Amigos. bem como a aplicação de acaricidas específicos nos ponteiros. na formulação pó-molhável. nós já fazemos o controle. devendo ser aplicado no fim do dia. pois o mamoeiro é muito sensível. Vocês devem tomar cuidado com o problema de fitotoxicidade.Como medida de controle. cuidado com a fitotoxidez. vocês identificando as plantas atacadas por cochonilhas no pomar de mamoeiro. recomendamos a retirada das brotações laterais das plantas de mamoeiro. evitando-se a mistura com óleos emulsionáveis ou produtos cúpricos. Devem ser aplicados produtos à base de enxofre. Na copa fazer a pulverização.

Amigos. Será preciso 4 litros do óleo mineral. juntamente com o óleo. . Aplique na forma de pulverização sobre as folhas. até total homogeneização. nós podemos também. Adicione o óleo mineral aos poucos. É necessário que corte o sabão em pedaços e seja dissolvido em água quente. ou seja. 500 gramas de sabão e 2 litros de água. mistura completa. usar sabão.

o controle é feito primeiro raspando os caules para melhor exposição das cochonilhas.Amigos. . Cochonilha do pêssego no tronco do mamoeiro.

Depois a gente pulveriza com óleos emulsionáveis a 1%. Haste com dupla saída adaptada ao pulverizador . Nós podemos também aplicar calda sulfocálcica com pulverizador costal com haste com dupla saída.

Quando as plantas de mamão estiverem muito atacadas por coleobrocas. deve-se localizar as larvas e destruí-las. para que a praga não se espalhe na lavoura. . coleobrocas. nós podemos fazer uma catação manual das lagartas e de suas pupas quando o ataque for localizado. nos resta arrancar as plantas e queimá-las. pela amostragem.Amigos. vocês detectando. Em relação às lagartas desfolhadoras.

Lagarta morta por bactéria . reduzindo a sua eficiência. pois os raios ultra violetas do sol da manhã mata esta bactéria. a gente pode pulverizar com uma bactéria mortal às lagartas. nós temos que pulverizar a nossa lavoura com esta bactéria no final do dia.Amigos. Contudo. inviabilizando a catação manual. se nós tivermos lagartas espalhadas no campo. a bactéria Bacillus thuringiensis. Essa bactéria é produzida no Brasil.

para controlar os ácaros branco.Amigos. bem como as lagartas que atacam as plantas de mamoeiro. rajado e vermelho. nós também podemos usar um fungo. Este fungo também é fabricado no Brasil. a Beauveria bassiana. Fungo comercial .

Ácaro à esquerda doente e à direita sadio. para que o fungo germine e mate os ácaros. Lagarta morta por fungo . mas sempre em períodos de alta umidade relativa do ar. lagartas e percevejos. o que reduz a sua eficiência. e lembrando de pulverizar no fim do dia. pois o sol da manhã mata também o fungo.Nós devemos aplicar 3kg do fungo por hectare.

Entretanto. se vocês verem os adultos voando a noite em torno das lâmpadas da varanda da casa de vocês ou por meio de uma armadilha luminosa. amigos. Armadilha luminosa .

o Trichogramma. Trichogramma parasitando ovos de insetos pragas Essas vespinhas são produzidas no Brasil. .Nós podemos fazer liberação da vespa parasitoide de ovos.

Cartela com vespinha . essa vespinha vai localizar as massas de ovos. no controle destas mariposas nós vamos liberar 100 mil vespinhas Trichogramma por hectare de mamão. ovos da mandarová Amigos. parasitando-os. o que equivale 3 cartelas de vespinha.Amigos. assim nós não vamos ter lagartas desfolhadoras. Desta forma nós não vamos ter lagartas.

igual para mamoeiro . Armadilha amarela em citrus. Puçá em citros. igual para mamoeiro Nós podemos usar também quatro armadilhas amarelas com óleo por hectare.Amigos. assim a gente amostra a cigarrinha que está chegando na lavoura de mamoeiro. nós vamos utilizar uma rede entomológica. para nós fazermos a amostragem das cigarrinhas em mamoeiro.

Cigarrinha verde . nós vamos controlar a cigarrinha verde com pulverização inseticida quando atingir o nível de controle.Amigos. Pessoal. que é de duas ninfas por folhas em 100 folhas examinadas em 1 hectare coletadas na rede entomológica ou quando notarmos nas armadilhas amarelas cigarrinhas verdes. pois eles não matam os ácaros pragas e espantam os ácaros predadores. jamais usar inseticidas piretróides.

ou seja.Lembre sempre de respeitar o período de carência do produto. seletividade aos inimigos naturais e uso de equipamentos de proteção individual. solicite a orientação de um agrônomo para conhecer as doses corretas. a garantia de registro. Amigos. são os dias que tem que dar da última pulverização até a colheita. o inseticida seletivo é aquele que mata a praga e preserva os inimigos naturais. para não fazer mal para quem está colhendo como também para quem está consumindo o produto. Mas antes da aplicação dos defensivos. .

O monitoramento é realizado usando armadilhas contendo 10% de melaço. ou 2% de proteína hidrolizada de milho ou 5% de açúcar. A armadilha pode ser feita com garrafa pet com uma abertura no meio. Armadilha . A presença de um adulto a cada duas armadilhas já indica que será necessário fazer o controle. trocando a solução semanalmente.70 a 1.Amigos. em 300ml de água mais uma subdosagem de inseticida. o método de amostragem é diferente.90 m do solo a cada 50 m na periferia do pomar. colocando-as a uma altura de 1. para a mosca das frutas. pois nós vamos amostrar as 5 ruas mais externas da lavoura de mamão.

Amigos. em “benzedura”. A solução pode ser aplicada com pulverizador. o controle para a mosca das frutas. nós vamos usar a mesma receita da solução que foi utilizada na garrafa pet. Mosca das frutas . sendo necessário 200 ml de isca por planta. nas primeiras 10 ruas. na face da planta voltada para o sol.

ajuda a manter as populações das pragas abaixo do nível que possa nos ocasionar problemas. evitando pulverizações com inseticidas.Amigos. todas elas integradas. A primeira medida é evitar plantios de plantas de mamão próximas a outra fruteira devido principalmente a mosca das frutas. a aceroleira. que em conjunto. agora nós vamos falar para vocês de algumas práticas que devem ser adotadas na lavoura do mamoeiro. ou seja. . Pessoal.

.A goiabeira. A pitangueira.

.A caramboleira.

. e a larajeira.A mangueira.

mas permitem a saída dos seus parasitóides. os adultos da mosca das frutas morrem. Esses frutos atacados devem ser colocados em uma vala.Pessoal. Vespa parasitoide da mosca das frutas . e cobertos com uma tela fina. feitos no próprio pomar. inimigos naturais que nos ajudam a controlar estas pragas. uma outra medida importante contra a mosca das frutas em mamoeiro é a catação dos frutos bichados e temporões. Assim. ou buraco.

o que inviabiliza. principalmente. nós colhendo o mamão antes de atingir o ponto de maturação já evita o ataque da mosca das frutas.Amigos. . o fruto já pode estar contaminado. Pois se colhermos o mamão já com rajas amareladas. a exportação.

O recomendável é na amostragem avaliar as plantas se elas estão doentes. não é feito o controle químico dos pulgões. pomares abandonados ou próximos de outras fruteiras. eliminando-as se tiverem doentes.Pessoal. maiores problemas com a mosca das frutas são observados em pomares que apresentam constantemente frutos em estádio avançado de maturação. Pessoal. Eliminação de plantas doentes por vírus transmitidos por pulgões . como já falado por nós.

como abóboras. .Amigos. pepino. chuchu. melão e outras. melancia. as quais são hospedeiras desses vírus e desses pulgões. nós não devemos plantar lavouras de mamão perto de lavouras de curcubitáceas.

Nós devemos também plantar no espaçamento indicado para cada variedade. pois plantas muito adensadas provoca crescimento demasiado das plantas em altura.Outra prática que deve ser evitada é o emprego exagerado de adubos nitrogenados. o que dificulta a colheita e o controle dos ácaros nas ponteiras. visto que plantas com altos teores de nitrogênio favorecem o desenvolvimento de pragas. .

Portanto. que são transportados pelo vento. o uso de quebra vento em torno de pomares de mamão serve para evitar a entrada de pragas. nós não devemos deixar o pomar no limpo. Mamoeiros com mato roçado. o que favorece os ácaros pragas e dificulta a localização e sobrevivência dos nossos ácaros predadores.Amigos. Desenhos de quebra-ventos Amigos. as ruas devem ser roçadas e debaixo das copas dos mamoeiros capinadas. pois a poeira tampa as folhas e frutos. . principalmente ácaros.

Lavoura de mamão com erosão Nós podemos plantar nas ruas plantas de mentrasto. pois esta planta serve de alimento para os ácaros predadores das principais pragas do mamoeiro. os ácaros pragas. .Também pessoal. quando o solo não tem cobertura vegetal. ocorre erosão.

Ou seja. os ácaros predadores vão para as plantas de mentrasto. quando não se tem ácaro praga nas copas dos mamoeiros. mantemos a população dos nossos amigos ácaros predadores no pomar de mamão. Desta forma. Ácaro predador comendo ácaro praga Ácaro predador .

O feijão guandu é ótimo pois aumenta o nitrogênio no solo. nós podemos cultivar o mamão com outras culturas. . o que nós chamamos de policultivo. Café com mamão e feijão guandu. Nós podemos plantar mamão com café e feijão guandu.Amigos. Também nós podemos plantar mamão junto com café e banana.

pois nós teremos várias plantas diferentes por hectare. podendo ser novamente o feijão guandu ou mesmo o feijão de porco. Essa prática otimiza a utilização da nossa propriedade. evita erosão e reduz bastante as pragas. . melhora as condições do solo.Ou então somente uma leguminosa fixadora de nitrogênio. Plantação de mamão com feijão de porco.

o que favorece várias doenças do mamoeiro e também as cochonilhas. . pois na época da chuva os solos ficam encharcados de água. Cochonilha do pêssego no tronco do mamoeiro.Nós devemos evitar plantar mamoeiros em solos muito argilosos. pouco profundos ou localizadas nas partes mais baixas do terreno.

o controle realizado por inimigos naturais.Amigos. os nossos aliados na luta contra as pragas. . ou seja. nós temos as vespas parasitoides de pulgões. o plantio de mamoeiro perto de matas favorece o controle biológico. Dentre esses nossos aliados.

. o bicho lixeiro também come lagarta. Bicho lixeiro comendo pulgão Joaninha comendo pulgão Amigos.As joaninhas e bicho lixeiros que comem os pulgões.

as vespas predam lagartas e fazem os seus ninhos geralmente nas árvores.Nós também temos vespas que parasitam ovos ou lagartas. Trichogramma parasitando ovos de mariposa Vespa parasitando lagarta Pessoal. .

. as aranhas não devem ser mortas. pois elas comem muito insetos pragas.Amigos. Bem como os sapos. pererecas e lagartos.

Agora nós vamos fazer uma pequena revisão sobre o que foi visto. ácaros Pulgões .Amigos nós estamos terminando a nossa aula sobre mamoeiro. Vocês viram que os ácaros e os pulgões são pragas sérias em mamoeiro. nós esperamos que vocês tenham apreciado.

Ácaro à esquerda doente e à direita sadio Ácaro predador comendo ácaro praga Bicho lixeiro comendo pulgão Vespa parasitoide .Que estas pragas possuem inimigos naturais importantes.

pois assim nós podemos reduzir os problemas com as pragas. Colher o fruto no momento adequado Eliminar plantas doentes Plantação de mamão longe de outras fruteiras Mamoeiros com mato roçado. Plantação de mamão com feijão de porco.Que nós devemos adotar várias práticas em conjunto. Lavoura de mamão longe de cucurbitáceas .

a água e o ar. chamar logo a ambulância ou levar rapidamente para o hospital ou pronto socorro mais perto. Não se pode jogar vasilhames no ambiente para não contaminar a terra.Vocês não podem esquecer de lavar os vasilhames de agrotóxico antes de entregar na loja onde comprou. . Que vocês devem usar equipamento de proteção individual sempre! No caso de intoxicação.

. coitadas. Vocês chegando no hospital vão criar comoção e espanto as enfermeiras.Pois nem sempre há tempo para recuperar a vítima de intoxicação por meio de inseticidas.

. o manejo integrado de pragas bem utilizado é a garantia de excelente colheita. Até mais ver. sem danificar o ambiente e a nossa saúde.Meus amigos. Agora vocês vão fazer um pequeno teste.

laranjeira. chuchu. goiabeira e mangueira. b) se alimentam da polpa do mamão. d) Mentrasto e feijão de porco. paralisando o crescimento da planta.TESTE Questão 1: O que nós devemos fazer com as plantas do mamoeiro doentes? a) pulverizar com inseticidas para matar os vetores. c) danifica as folhas novas. feijão comum. onde fazem galerias. e estas ficam reduzidas quase que somente às nervuras. d) Pulverizar com fungicidas. b) Liberar a vespinha trichogramma para parasitar os ovos da praga que transmite o vírus. Questão 3: Marque a opção que seja os danos causados pelo ácaro branco na cultura do mamoeiro. tornando flácida a região atacada do fruto. c) Feijão guandu e Capim Santo. . d) suas larvas alimentam-se do caule. b) Café e banana. abóbora. c) Eliminar as plantas doentes. Questão 2: Nós devemos plantar mamoeiros longe de qual grupo de plantas? a) pepino. a) enrola as folhas novas.

GABARITO QUESTÃO 1 2 3 RESPOSTA C A C .

2006. G.sct. Armazém de Idéias. Apostila Didática. D. Agronômica Ceres. 80p. . Ed. Manual de Entomologia Agrícola.todafruta.htm http://www. 2002. Um conto no Velho Chico. Ed. 308p. 2003.br/todafruta/mostra_conteudo. http://www. G. Demolin. 920p. Ed.LITERATURA CONSULTADA OU INDICADA GALLO.embrapa.ciagri. Belo Horizonte. PICANÇO 2000.br Literatura Indicada para crianças que aborda pragas e como combatê-las: Demolin.asp?conteudo=1058 www.Viçosa.com. São Paulo.br/~sbn/nemata. 40p. UFV.usp. A grande Guerra. et al. Armazém de Idéias. Belo Horizonte.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful