Você está na página 1de 20
 
NOÇÕES DE ARQUIVAMENTO E PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOSPARA O TJDFT CARGO TÉCNICO JUDICIÁRIO
 TEORIA E EXERCÍCIOS PROFESSOR: MAYKO GOMES
Prof. Mayko Gomes
www.pontodosconcursos.com.br
 
1
AULA 03
 Procedimentos Administrativos Olá, mais uma vez! Tudo certinho? Estão muito animados com seu futurosalário de R$4.000? Essa cifra é bem animadora mesmo! Quando estiverem desestimuladospelos estudos, pensem nela, e tenho certeza que conseguirão novas forçaspara continuar! E por falar em continuar, vamos continuar com a Arquivologia. Nestaaula vamos estudar um conteúdo mais prático: os procedimentosadministrativos. É muito comum que os órgãos e entidades da Administração Públicatenham um documento que normatiza os seus próprios procedimentosadministrativos. Mas infelizmente não é o caso do TJDFT. Sendo assim, vamosestudar através da teoria geral. Como não é um assunto muito complexo, vamos dividia a aula em doismomentos, o primeiro mais curto e o segundo mais longo e detalhado:
 
Procedimentos com relação a Correspondências;
 
Procedimentos com relação a Processos.
Será mesmo uma aula pequena, pois estamos trabalhando com base noúltimo edital e o mesmo não pediu muito desta disciplina. Mas caso seja publicado o novo, vou me esforçar para ajudá-los emtudo, se houver alteração no conteúdo. Caso não haja, espero que se sintampreparados, ao menos no que se refere a Arquivologia, para passar nesteconcurso! Como sempre, estarei disponível no e-mail e no fórum do curso paraajudá-los: mayko@pontodosconcursos.com.br. Contém sempre com meu apoio! Então vamos começar!
Prof. Mayko Gomes Junho/2012
 
NOÇÕES DE ARQUIVAMENTO E PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOSPARA O TJDFT CARGO TÉCNICO JUDICIÁRIO
 TEORIA E EXERCÍCIOS PROFESSOR: MAYKO GOMES
Prof. Mayko Gomes
www.pontodosconcursos.com.br
 
2
Introdução
Os procedimentos administrativos são procedimentos especiais parautilização, tramitação e manuseio dispensados aos processos. Como já dito, émuito comum que cada órgão e entidade tenham seu próprio manual deprocedimentos. Contudo, esses manuais, mesmo que sejam diferentes,apresentam muitos parâmetros comuns, sendo possível o estudo desseassunto de forma geral. Os parâmetros comuns desses manuais de procedimentos derivam deportaria de 2002 do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).Isso quer dizer que, mesmo que o órgão ou a entidade não tenha um manualde procedimentos, deve adotar os parâmetros determinados por essa portaria. Devem ter em mente também que os procedimentos administrativos sãomuito semelhantes às atividades de protocolo, e alguns, inclusive, sãorealizados por este departamento.
Procedimentos com relação a Correspondências
As correspondências se caracterizam como sendo toda forma decomunicação escrita que circula em uma instituição, EXCETO OS PROCESSOS.
Dica de prova:
Os processos também circulam pelo ambienteinstitucional, mas sua configuração é muito complexa para se tratado como correspondência. (MPS/2010
 Cespe/UnB) Correspondência é o nome dado a todas as espécies de comunicação escrita que circulam nos órgãos ou nas entidades, exceto os processos. Classifica-se em interna ou externa, oficial ou particular, recebida ou expedida. Resolução O item está correto. Esta é a definição de correspondência, inclusive comsuas classificações que estudaremos agora.
 
Classificação das Correspondências
As correspondências apresentam as seguintes classificações:
Interna X Externa
As correspondências internas são mantidas entre as unidades do órgãoou entidade, enviadas de um departamento a outro (exemplo: memorando,circular, etc).
 
NOÇÕES DE ARQUIVAMENTO E PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOSPARA O TJDFT CARGO TÉCNICO JUDICIÁRIO
 TEORIA E EXERCÍCIOS PROFESSOR: MAYKO GOMES
Prof. Mayko Gomes
www.pontodosconcursos.com.br
 
3
As correspondências externas são mantidas entre os órgãos e entidadesda Administração Pública, ou entre esses e particulares (exemplo: ofício,exposição de motivos, etc).
Oficial X Particular
As correspondências oficiais são modos formais de comunicaçãomantidos entre os órgãos e entidades da Administração Pública, ou entre essese particulares. As correspondências particulares são modos informais de comunicaçãomantidas entre os órgãos e entidades da Administração Pública, ou entre essese particulares. Geralmente dizem respeito a assuntos estranhos àAdministração.
Recebida X Expedida
A correspondência recebida é aquela que chega ao protocolo (central ousetorial) da entidade e cujo destinatário pertença aos seus quadros. A correspondência expedida é a que foi remetida pelo protocolo, seja noâmbito externo o interno à instituição. (Fundac-PB/2008
 Cespe/UnB) A correspondência externa é aquela trocada entre os órgãos de uma mesma instituição. Resolução O item está incorreto. A correspondência externa é aquela trocada entreentidades diferentes, entre um ente da Administração e OUTRO ente ouparticular
. Quando o item diz “órgão” está tratando da mesma entidade, o que
caracterizaria correspondência interna.
 
Recebimento e Registro de Correspondências
Recordando de nossa aula anterior, o protocolo é o responsável porreceber, registrar, distribuir, controlar o trâmite e expedir os documentos deuma instituição. Então nada mais natural que as correspondências tambémsejam tratadas pelo protocolo. Os procedimentos para recebimento e registroserão iguais aos procedimentos estudados na aula anterior. O protocolo ou protocolo central (caso exista mais de um) receberá acorrespondência e verificará o se o destinatário ou a unidade de destinopertencem aos quadros da instituição. Em caso negativo, devolverá a mesmaao remetente, apondo carimbo e informando o motivo da devolução.
576648e32a3d8b82ca71961b7a986505