Você está na página 1de 2

TRABALHO N 8 Exerccio : Com base nas DFs da CHIP S/A de 1996 e nas notas explicativas divulgadas, faa o levantamento

das DFs de 1997 (BP, DRE, DLPA, DMPL, DOAR, DFC, DVA). Balano Patrimonial CHIP S/A - ATIVO Contas 12/96 12/97 Caixa 10000 -xDupl. A receber 15000 -xEstoque 30000 -xAplic. Financeiras -x-xTotal Circulante 55000 -xREAL.LONGO PRAZO Emprstimo a Coligadas 12000 -xPERMANENTE Investimento 8000 -xImobilizado 14000 -xDiferido -x-x22000 -xTOTAL DO ATIVO 89000 -xExerccio : Balano Patrimonial CHIP S/A -PASSIVO Contas 12/96 12/97 Fornecedores 5000 -xJuros a Pagar -x-xI.Renda a pagar -x-xDividendos a pagar -x-xTotal Circulante 5000 -xEXIG.LONGO PRAZO Financiamento a Pagar -x-xPATRIMNIO LQUIDO Capital 60000 -xReserva Legal 4000 -xReserva Estatutria 8000 -xReserva de Reavaliao -x-xReserva de Lucros Acum. 12000 -x84000 -xTOTAL DO PASSIVO 89000 -xNotas Explicativas relativas s Operaes da CHIP S/A em 1997: 1. Vendas em 1997, $100000 (1A), 80% j foi recebido (1B); Obs: (1C) para a parte no recebida; 2. Duplicatas a receber de 1996 foi totalmente recebido em 1997 (2A); 3. Foi paga a conta Fornecedores (3A), porm comprou mais $40000 de mercadorias para estoque (3B), sendo que $10000 no foram pagos aos Fornecedores (3C); 4. Dos $70000 de mercadorias em estoque (EI+Compras), sobraram (EF = $25000) (4A). Calcule o CMV (4B); 5. Dos empr. a coligadas no RLP, recebemos $7000 (5A); 6. Houve acrscimo de $4000 na conta Investimentos (6A); 7. Aumento do Imobilizado em $10000 (7A), fruto de financiamento de mesmo valor (7B), 2 anos de carncia e juros de 20% aa, ainda no pagos (7C), depreciao (7D);

8. No final de 1996 o Imobilizado lquido era Imobilizado Bruto = $20000 menos Depr. Acumulada (10% aa)(8A) = $6000 = $14000; 9. Aumentamos o capital em dinheiro em $20000 (9A); 10. Foi feita Reserva Legal (10A) e Estatutria (10%) (10B), ambas sobre o lucro lquido; 11. Despesas de vendas = $12000 (11A) e Administrativas = $8000 (11B), ambas totalmente pagas; 12. Imposto de Renda base de 15% (12A). O lucro contbil igual ao lucro real. Dividendos provisionados so de 35% (12B) sobre o lucro lquido; 13. Partic.Administradores = 20% do Lucro aps IR, a ser paga em 1998 (13A); 14. No fim do ano, aplic. Financeira = $53000 (14A); 15. Aps fazer a depreciao de 97, houve uma reavaliao do Imobilizado, aumento de $14000 (15A). Obs: No final de 1996 o Imobilizado lquido era Imobilizado Bruto = $20000 menos Depreciao Acumulada (10% aa)(8A) = $6000 = $14000. Com a nova aquisio de $10000 (7B) o valor bruto passa a $30000, que com a depreciao de 10%, resulta de despesa de $3000 no ano. Assim, o imobilizado passa a ser (20000 + 10000 6000 3000) = $21000. Adicionando o valor de reavaliao de $14000, passamos a ter $35000. Obs: Prezados alunos, esse exerccio deve ser realizado como se estivssemos em nosso local de trabalho procurando dados complementares que esto flutuando na nossa frente. Inicialmente, calcularemos o impacto na conta Caixa (PR-DFC), pois assim, teremos o saldo final do caixa, considerando todas as indicaes das notas explicativas. Aps, trataremos da obteno do Resultado do perodo (DRE). Calculado o Resultado, passamos DLPA e, em seguida DMPL, aproveitando os dados j oferecidos no prprio exerccio no Balano Patrimonial anterior e nas informaes das notas explicativas. OBSERVE BEM que todas as informaes do problema contm uma numerao especfica (1B, 6A, 15A, etc). Aps a elaborao desses demonstrativos, passaremos DOAR, DFC e DVA, j utilizando todos os novos valores calculados. Ento, a ordem para resolver o trabalho : 1) Pr-DFC; 2) DRE; 3) DLPA; 4) BP; 5) DMPL; 6) DOAR; 7) DFC; 8) DVA Ateno: A data limite de entrega 09/11/2009. BOA SORTE. Professor Jairo

Você também pode gostar