Você está na página 1de 13

AL GORE

“Uma verdade
inconveniente.”
Objectivo:
Este trabalho é inserido na sequência do filme visto, “Uma realidade
inconveniente”, em que Al Gore relata, descreve e alerta para os
perigos das alterações climáticas provenientes do aquecimento global.
Aqui vou relatar e analisar as observações e as chamadas de atenção
feitas pelo vice-presidente dos EUA, colocadas numa vertente virada
para a disciplina estudada, Sociedade, Tecnologia e Ciência.
Principais causas do
aquecimento global:
Ø EFEITO DE ESTUFA:

As radiações emitidas pelo Sol, são em parte absorvidas pela


atmosfera e outra parte lançadas para o espaço. A emissão exagerada
de gases para a atmosfera, resultantes da combustão de vários tipos
de gases, como por exemplo o dióxido de carbono, faz com que as
radiações emitidas para o espaço diminuam, e assim aumentam a
temperatura terrestre. O efeito de estufa é necessário, para manter a
temperatura da Terra, porém o problema surge quando o carbono
existe em demasiada quantidade, provocando assim um aumento sem
moderação do Planeta Azul.
As radiações que permanecem no nosso Planeta, provocadoras do
aumento do efeito de estufa estão na imagem 1, descritas pela
radiação C.
(Imagem 1)

O comentário do Al Gore parte do princípio em que esta emissão em demasia de


gases poluentes, por indústrias, cidades, fogos em florestas, combustíveis e até
cada indivíduo particularmente, deverão de existir medidas apropriadas para
AL Gore descreve e faz estes alertas, pois um dos maiores poluidores
mundiais são os EUA. Na seguinte enumeração está inserido em
percentagens, quais as nações maioritariamente responsáveis pela emissão
de dióxido de carbono (o gás que mais contribuí para o efeito de estufa):

• EUA: 25%;
• Europa: 19,6%;
• China: 13,5%;
• Ex-URSS: 10,2%;
• Japão: 5,6%;
• Índia: 3,6%;
• Reino Unido: 2,5%;
• Coreia do Sul: 2,2%;
• Canadá: 2,1%;
• Austrália: 1,3%.

(Imagem 2)
Esta segunda imagem demonstra como ao longo dos anos, 2004 até 2008 a
quantidade de dióxido de carbono existente na atmosfera aumentou.
Este aquecimento global é responsável pelo desencadear de várias
catástrofes, descritas no documentário segundo Al Gore, essas
consequências negativas poderão ser:

Ø Aumento do nível dos oceanos - devido ao


derretimento do gelo, consequentemente a
submersão de muitas cidades.

(Imagem 3)

Ø Aumento catástrofes naturais –


Furacões, tufões e ciclones, capazes
de devastar cidades inteiras.
Ø Ondas de calor – mais notórias no Verão, em países com temperaturas amenas,
podendo provocar a morte a algumas pessoas;

(Imagem 5)

Ø Desaparecimento de espécies – aumento


da temperatura provoca a morte de animais
e vegetais, ou até mesmo a sua povoação em
ecossistemas que não são os seus.
Opinião perante o comentário que afecta o MUNDO:

Com a visualização deste filme protagonizado por Al Gore, pude-me aperceber das
tragédias mundiais que já se fazem notar. É tempo de tomada de medidas!
É notório e já se fazem sentir as desgraças provenientes deste desleixo do ser
humano.
A mudança climática e as alterações de temperatura são hoje a questão fulcral que
comprometem as condições de vida de todo o nosso planeta, permitindo ao dióxido
de carbono a destruição dos glaciares, que eleva o nível médio dos mares, mata
culturas, promove inundações desastrosas, desertifica e entrega as espécies à
destruição. As decisões têm de ser tomadas para que as ameaças ambientais
globais já existentes e neste momento capazes de destruir o nosso lar.
A sociedade mundial está neste momento a ser afectada por estes actos do Homem,
populações inteiras ficam sem casas devido ao aumento dos furacões e ciclones,
pessoas morrem pelas altas temperaturas e várias espécies acabam por
desaparecer do Planeta Azul. Neste momento não é a tecnologia, nem a ciência
mais avançada a responsável por uma tomada de atitudes, mas sim cada um de
nós, tem de se tornar responsável e terá as obrigações para cumprir para com a
mãe Natureza!
Se soluções como Protocolo de Kyoto (acordo internacional que visa a redução da
emissão dos poluentes que aumentam o efeito estufa no planeta – protocolo
comentado no filme) e a conferência de Bali, não são suficientes, há que começar
em algum sítio, essa decisão passa por cada um de nós!
Se as entidades governamentais tomassem atitudes gerais e obrigatórias como:

• Dar recompensa monetária ou facilitar a compra de veículos que utilizem


biocombustíveis, (exemplo do biodiesel) para que assim o uso de combustíveis fósseis
(gasolina, diesel, querosene) diminuísse;
• Uso obrigatório de catalisador em automóveis, motos e caminhões;
• Uso imposto por lei de técnicas limpas e avançadas na agricultura para evitar a emissão
de carbono;
• Ampliação da geração de energia através de fontes limpas e renováveis: hidroeléctrica,
eólica, solar, etc…

Certamente que algumas melhorias ambientais se fariam sentir!


Opinião perante o comentário que cada um de nós poderá fazer:

Se este aquecimento continuar nos próximos anos, poderemos ter mudanças


climáticas extremamente prejudiciais para o meio ambiente e para a vida no
Planeta Terra, já não estamos numa época de precaver, neste momento estamos
numa altura de tentativa de remediar todo o mal já feito à Natureza.
Deixo a minha opinião de pequenas coisas que nós poderíamos fazer:

Ø RECICLAGEM – se reciclarmos apenas metade


do nosso lixo, deixaremos de emitir à volta de
1000 quilos de dióxido de carbono por ano!
Achando também na minha opinião que
deveria de ser implementado um sistema de
ecoponto no sítio onde temos as aulas, uma
vez que passamos 1/6 do dia no Mutuamar.
Ø Trocar lâmpadas – se trocarmos as lâmpadas convencionais por
fluorescentes compactas, estaríamos gerando no mínimo menos 400
quilos de dióxido de carbono anuais.
Ø Pressão nos pneus – manter a pressão dos pneus no valor correcto,
ajuda a melhorar o rendimento do combustível. Se possível, deixar o
automóvel à porta de casa e andar d transportes públicos.
Ø ÁRVORES – Se conservarmos ou plantarmos uma árvore, esta ao
longo de toda a sua vida, consumirá uma tonelada de dióxido de
carbono.
Conclusão:

Com a realização deste trabalho, embora tenha compreendido e entendido


mais detalhadamente os problemas ambientais a que o Homem se sujeita,
muitas dúvidas subsistem! Não no que diz respeito ao que fazer, mas sim
incertezas quanto à própria vontade da Humanidade, em assegurar o
futuro da Terra e o futuro dos seus procedentes.
Depois de conhecerem as causas e consequências do aquecimento global,
perceber que já vivemos num Mundo e numa sociedade em que se tem de
agir imediatamente, e que esses dependem da cooperação de cada um de
nós, para assegurar a continuidade da vida no Planeta Azul!
Bibliografia:
http://pt.wikipedia.org/wiki/An_Inconvenient_Truth
http://pt.shvoong.com/exact-sciences/earth-sciences/1830617-aquecimento-global-que-fazer/
http://
www.gforum.tv/board/1604/217812/6-grandes-consequencias-do-aquecimento-global.html
http://www.suapesquisa.com/geografia/aquecimento_global.htm
http://www.cm-tabua.pt/?
lop=conteudo&op=98b297950041a42470269d56260243a1&id=7fe1f8abaad094e0b5cb1b01d7
http://
www.soeconomia.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=1025&Itemid=113
http://polimidia.wordpress.com/2007/03/15/em-uma-verdade-inconveniente-al-gore-recebe-um-c
/
http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&edicao=22&tipo=resenha

Você também pode gostar