Você está na página 1de 3

Exercícios - Pedologia

1- (UNICAMP) Alguns técnicos, preocupados com a degradação ambiental, recomendam que, no início de uma exploração mineral a céu aberto, as camadas superiores do solo a ser removido sejam armazenadas, para posterior recobrimento da área já explorada.

Exercícios - Pedologia 1- (UNICAMP) Alguns técnicos, preocupados com a degradação ambiental, recomendam que, no início

Explique o motivo dessa recomendação dos técnicos, levando em conta:

A) O processo de formação de solos

B)

Os

horizontes do solo representado na ilustração

anterior

2- (UFMG) Analise esta sequência de figuras, em que está representada a formação do solo ao longo do tempo geológico, sabendo que as divisões que aparecem em cada figura e na legenda representam as etapas dessa evolução:

Exercícios - Pedologia 1- (UNICAMP) Alguns técnicos, preocupados com a degradação ambiental, recomendam que, no início

A partir dessa análise, é INCORRETO afirmar que essa sequência de figuras sugere que

a) a evolução e o aumento da espessura do solo estão condicionados à escala do tempo geológico.

b) o crescimento aéreo e subterrâneo da vegetação é inversamente proporcional ao desenvolvimento do solo.

  • c) o desenvolvimento do

solo, ao

longo do

tempo,

resulta na sua diferenciação em horizontes.

  • d) o material inorgânico presente no solo resulta de

alterações ocorridas na rocha.

3- (UECE) Assinale a alternativa que contém a denominação dada aos solos que se forma a partir do acumulo de sedimentos fluviais em áreas de planícies ribeirinhas.

A) Aluviais

B) Coluviais

C) Eluviais

D) Zonais

4- (UNESP) Observe o mapa a baixo.

Exercícios - Pedologia 1- (UNICAMP) Alguns técnicos, preocupados com a degradação ambiental, recomendam que, no início

Durante o período de 1900 a 1950, o elemento natural que mais influiu na expansão da cafeicultura foi:

  • a) os "mares de morros" do Planalto Atlântico.

  • b) a presença de solos de coloração avermelhada

devida à concentração de minério de ferro.

  • c) a predominância de terraços fluviais de solos

inundáveis.

  • d) as argilas férteis de coloração vermelha resultantes

da decomposição do basalto.

  • e) a presença de regiões serranas com estruturas de

"cuesta" da Bacia do Paraná.

5- (UFPE) Os solos constituem um fator geográfico de grande importância. Sua fertilidade e suas características particulares determinam os diversos tipos de produtos alimentares que podem ser obtidos numa determinada região. Sobre esse tema, é correto dizer que:

( ) a textura do solo refere-se ao tamanho das partículas que o compõem. É uma característica importante porque determina em grande parte a retenção de água.

( ) o termo “perfil de solo” é empregado, em Geografia, para

designar apenas a disposição das diferentes faixas de cores

do solo. ( ) os solos de “terra-roxa”, que, no Brasil, desempenharam um papel destacado no “ciclo do café”, resultam da

alteração química de rochas areníticas e calcárias. ( ) a atividade química na formação do solo aumenta com o

acréscimo da temperatura ambiental e se reduz com a diminuição desta. ( ) nos climas secos, a evaporação excede a precipitação e, devido à capilaridade, a água de saturação do solo ascende e evapora, deixando sais.

6- (PUC-RJ) Os graves processos de degradação do meio ambiente observados no Brasil são fruto de um crescimento econômico freqüentemente irracional e desordenado. Assinale a alternativa que NÃO descreve corretamente um desses processos.

a)

A contaminação dos rios em áreas onde a garimpagem

de ouro é feita com o uso de mercúrio;

b)

A

erosão

dos

solos

ligados a um modelo agrícola

extensivo

que

pratica

monoculturas em ecossistemas

frágeis;

 

c)

A formação de células de calor em áreas urbanas ligadas

às construções urbanas que impedem a absorção da

irradiação solar;

 

d)

O consumo de vastas superfícies de vegetação como

conseqüência da expansão das cidades e da infra-estrutura

de transportes;

 

e)

O comprometimento dos escoamentos hidrográficos

devido ao lançamento de dejetos industriais e esgotamentos

sanitários.

 

7- (UFG) Considere a seguinte situação:

“Em fevereiro de 2007, após vários dias chuvosos, na

região Sudeste do Brasil, ocorreram diversos processos

relativos a movimentos de massa. O bairro “Paraíso” foi um

dos lugares com maior número de vítimas, entre fatais e

feridos. Esse bairro localiza-se numa área desprovida de vegetação, com declividade acentuada, vertentes longas e retilíneas, solos pouco profundos e grande densidade de construções civis. Num período de curta duração, observou- se uma significativa diferença entre o solo que foi movimentado juntamente com os destroços das casas e o

material que permaneceu no local.”

Tendo por referência as características físico-naturais da área e a forma de uso e ocupação do solo, verifica-se que o movimento de massa responsável pelo fenômeno expresso no texto refere-se ao:

A) assoreamento. B) desmoronamento. C) rastejamento.

D)

escorregamento.

E) solapamento.

8- (PUC-MG) A ONU alerta que o ressecamento do solo poderá afugentar 50 milhões de pessoas em uma década, atingindo principalmente a África Subsaariana e a Ásia Central. NÃO confirma a afirmativa acima:

a)

A perda da produtividade do solo e a degradação dos

mecanismos naturais refletem uma crise ambiental de proporções globais, ameaçando a subsistência de milhões de pessoas.

b)

A desertificação ameaça grande parte das terras áridas e

semi-áridas que sofrem processos de cultivos acima da sua

capacidade de suporte.

 

c)

A aplicação de recursos em pesquisas, políticas

educacionais e recuperação de terras afetadas favorece a

participação articulada dos diversos agentes envolvidos.

 

d)

A degradação causada pelo uso desordenado do solo para

cultivos e pastagens, pelo desmatamento, erosão e pouca

irrigação, acelera o processo de desertificação, tornando as terras improdutivas.

9-

(UFRGS)

Assinale

a

alternativa

que

preenche

corretamente as lacunas do texto a seguir, na ordem em que

aparecem.

 

Nas

áreas de

declividade acentuada, os solos são mais

 

porque a

velocidade de escoamento das

águas

a infiltração: assim, a água fica pouco tempo

em contato com as rochas,

 

a intensidade do

intemperismo.

 

A)

profundos alta aumenta - diminuindo

 

B)

rasos alta aumenta aumentando

C)

profundos baixa diminui diminuindo

D)

rasos alta diminui diminuindo

 

E)

profundos baixa aumenta aumentando

 

10- (UEL) Nos últimos anos, casos de poluição do solo em zonas urbanas e rurais têm sido cada vez mais frequentes e, geralmente, estão associados à intensificação do uso da terra, descargas acidentais ou voluntárias de poluentes, deposição de resíduos tóxicos, lixões a céu aberto, entre outros. Sobre a poluição do solo, é correto afirmar:

a)

Em

países

desenvolvidos

do

Hemisfério

Norte,

a

contaminação química dos

solos

é

eliminada

pela

precipitação abundante de neve que os recobre e os protege.

 

b)

A poluição causada pela deposição de lixo no solo

circunscreve-se à sua quantidade, isso porque lixo orgânico ou lixo inorgânico, em igual volume, causam idêntico impacto

ambiental.

 

c)

Os resíduos sólidos provenientes de aglomerados urbanos

e de atividades industriais e agrícolas têm uma participação

mínima na poluição do solo.

 

d)

Por ser o solo um elemento que se caracteriza pela

impermeabilidade, sua poluição restringe-se às áreas de depósito de detritos, portanto suas adjacências estão livres de

contaminação.

 

e)

O controle da poluição do solo requer medidas de curto,

médio e longo prazo como, por exemplo, a remoção da fonte

poluidora, o isolamento da área afetada e a educação ambiental.

11- (UEL) Os solos amazônicos, nos quais está sustentada a densa floresta equatorial úmida, podem ser caracterizados pela

a)

grande profundidade, permitindo a sustentação

prolongada da vegetação nativa e das culturas que a

substituem.

 

b)

grande fertilidade, relacionada aos nutrientes originários

dos sedimentos trazidos pelos rios.

 

c)

grande fragilidade, relacionada a sua pouca espessura e

dependência da camada de material orgânico proveniente

de plantas.

 

d)

baixa acidez, facilitando a adaptação de projetos de

reflorestamento à medida que certas áreas vão sendo devastadas.

e)

baixa produtividade, gerando espécies nativas pouco

aproveitáveis comercialmente, bem como a rotatividade de

outros cultivos.

 

12- (UFSCar) O processo de desertificação de uma área consiste em uma diminuição progressiva nos índices de umidade e no empobrecimento dos solos arenosos, que se tornam inviáveis para a agricultura. A esse respeito, analise as seguintes afirmativas:

I. O uso inadequado do solo, os desmatamentos, as sucessivas queimadas, monocultura e sobrepastoreio são atividades que ocasionam a desertificação. II. No Brasil, o processo de desertificação vem ocorrendo basicamente em certas áreas do Nordeste e do Rio Grande do Sul. III. O abandono de uma área agrícola, que fica vários anos sem ser cultivada, inicia o processo de desertificação. IV. O processo de desertificação de uma área não se explica por mudanças locais e sim pelo aquecimento global da atmosfera da Terra. São corretas as seguintes afirmativas:

a)

I e II.

b) I e III.

c) II e III.

d) II e IV.

e) I e IV.

13- (UFC) Desertificação, segundo a Convenção das Nações Unidas de Combate à Desertificação, é “a degradação generalizada da terra nas regiões áridas, semi- áridas e sub-úmidas secas, resultante de vários fatores,

entre eles as variações climáticas e as atividades humanas”.

Sobre esse tema, responda o que se pede a seguir.

 

A)

Mencione

uma

atividade

humana

responsável

pela

desertificação.

 

B)

Cite uma conseqüência do processo de desertificação

para o meio natural.

 

C)

Cite um problema social resultante da desertificação.

 

D)

Identifique

o

segmento

do

território

cearense

que

apresenta maior susceptibilidade à desertificação.

14- (UFPel-RS) A ONU definiu a desertificação como sendo a degradação da terra nas regiões áridas, semi-áridas e sub-úmidas secas, resultante de variações climáticas e atividades humanas. Por degradação da terra se entende a degradação da vegetação e da biodiversidade e a redução da qualidade de vida da população afetada.

Atualmente, há conscientização da gravidade do problema e da necessidade de uma ação coletiva e integrada da comunidade internacional, para uma luta eficaz contra a desertificação.

Observe o mapa a seguir, sobre um processo de degradação do ambiente no Rio Grande do Sul

Com base nas informações anteriores e em seus
Com
base
nas
informações
anteriores
e
em
seus

conhecimentos, é correto afirmar que:

a)

o processo de degradação ambiental verificado no

sudoeste do Rio Grande do Sul é denominado de arenização, definido pelo afloramento de depósitos arenosos a partir da remoção da cobertura vegetal sob a qual permaneciam

enterrados.

 

b)

o processo pelo qual vem passando a região SW do Rio

Grande do Sul - semelhante ao ocorrido no deserto do Saara

- pode ser chamado de desertificação, uma vez que ocorre em uma região árida, pela falta de precipitações.

c)

as áreas suscetíveis à ocorrência de desertificação, nos

termos definidos pelas Nações Unidas, se encontram na região NE do Brasil; no entanto, essas regiões não poderão

ser desérticas, pois se encontram em região tropical.

 

d)

a

pecuária

extensiva,

aliada

aos

mecanismos

de

intensificação da exploração dos recursos naturais, exerce grande pressão sobre a vegetação nativa - tanto pela eliminação das plantas como pela compactação do solo, devido ao pisoteio excessivo -, mas não afeta o processo de

arenização que ocorre na região de Alegrete.

 

e)

A gênese do processo de desertificação no Rio Grande do

Sul

é natural.

Como a vegetação é frágil,

o

emergir areia sob o

verde e

o

desgaste faz que ela se

vento faz com

espalhe;

assim,

a

lavoura

monocultora

não

pode

ser

apontada como uma causa para o aceleramento desse

processo.

 

15- (CFTCE) Quanto

à

ocorrência

do

processo

de

desertificação no Estado do Ceará, é INCORRETO afirmar:

a)

Em relação às condições climáticas, merece destaque a

distribuição irregular das precipitações durante o ano e as

secas periódicas que ocorrem no Estado.

 

b)

Em relações aos fatores humanos, destacam-se as

atividades agrárias, por meio de contínuos desmatamentos e queimadas.

c)

As práticas agrícolas sem técnicas de manejo e pastoreio

excessivo contribuem para o agravamento do processo.

 

d)

O

processo de desertificação não compromete a

biodiversidade e a disponibilidade dos recursos hídricos da

região.

 

e)

O custo para a recuperação das áreas desertificadas é

elevado e, muitas vezes, irreversível.