P. 1
ATPS Física

ATPS Física

4.0

|Views: 757|Likes:
Publicado porLeandropx

More info:

Published by: Leandropx on Dec 18, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/16/2014

pdf

text

original

Página 1 de 16

FACULDADE ANHANGUERA DE BELO HORIZONTE UNIDADE II

ATIVIDADE PRATICA SUPERVISIONADA DE FISICA

Nome: Renata Maria Pereira de Souza RA: 5823159972 Nome: Dayse Lillian de Jesus Santos RA: 6201187776 Nome: Leandro Perdigão Xavier RA: 5833174357 Nome: André Luiz de S. Júnior RA: 5634110338 Nome: Amauri Gonçalves Salvo RA: 6200186729

BELO HORIZONTE 08/SETEMBRO/ 2012

unianhanguera.br/?action=sara>. velocidade média.br/anhanguera/bibliotecas/normas_b ibliograficas/index.iae. mostrarão resultados. Acesso em: 29 mar. Nas figuras apresentadas a seguir.edu. a 300 km de altitude. Disponível em: <http://www. 2012. Disponível em: <http://www. Figura 1 – Imagem do SARA . Os principais cálculos a serem realizados. Para maiores informações sobre o projeto SARA. pode-se consultar o site do Instituto de Aeronáutica e espaço do Ministério da Defesa do Brasil.html baixa. envolvendo algumas grandezas físicas como: medição. Unianhanguera. pode-se ver o VS-40 e o satélite SARA.cta.Página 2 de 16 DESAFIO Este desafio é baseado no projeto SARA (Satélite de Reentrada Atmosférica) desenvolvido no instituto de aeronáutica e espaço em São José dos Campos destinado a operar em órbita Consultar o Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos. circular. O projeto ainda se encontra em fase inicial denominado SARA SUBORBITAL em que seus subsistemas serão verificados em voo. aceleração e equações do movimento.

Página 3 de 16 Figura 2 – VS-40 Figura 3 – Veículo de Sondagem VS-40 .

de forma a contribuir para a melhoria da qualidade de vida do homem. assim. O clã tem capacidade de colocar em órbita satélites com missões pacíficas e integradoras. Essa etapa é importante para aprender a fazer conversões de unidades.mil. 2012. Seu lançamento será a partir do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) no Maranhão. a comunicação e a pesquisa. pois a coerência entre os sistemas de unidades envolvidas é necessária para garantir o sucesso na .br>.aer. Instalações do complexo de lançamento Inspeção da base de lançamento Figura 4 – Instalações do complexo e base de lançamento Pode-se consultar mais sobre o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA). envolvendo o voo de um satélite lançado por um veículo de sondagem (VS-40). favorecendo. Objetivo do Desafio Elaborar um memorial descritivo de cálculos.cla. Disponível em: <http://www. ETAPA 1 (tempo para realização: 4 horas) ₃ Aula-tema: Grandezas Físicas e Movimento Retilíneo. Acesso em: 28 mar.O projeto SARA compreende a fase de modelagem e ensaios tanto no solo quanto em voo.

solução da .

852km = 53.252 pés Passo 2 (Equipe) Considerar as informações do projeto amerissagem na água (pouso). Será a 100 km da cidade de Parnaíba. Uma técnica eficiente para a solução de qualquer problema parte de um sólido entendimento do conceito e posteriormente a aplicação correta da expressão matemática adequada.852 m Logo: 1mn____________1. Fazer a conversão da distância para milhas náuticas.252 pés Conclusão: 300 km = 984.84 x 300km/1km= 984.9956mn Conclusão: 100 km = 53. você compreenderá a importância científica. execute os passos a seguir.852km X_____________100km 1mn x 100km/1.84__________1km X___________300km 3280. tecnológica e social para o Brasil desse importante projeto. Destacamos também que nessa etapa é importante que estudar e compreender o conceito de velocidade média.situação-problema.9956 milhas náuticas Figura 5 – Pouso na água .84 pés Logo:3280. Através da leitura do texto. 1km= 3280. 1mn = 1. Para realizá-la. PASSOS Passo 1 (Equipe) Realizar a conversão da altura máxima 300 km (apogeu) baseado nas informações acima para a unidade pés (Consultar uma tabela para fazer essa conversão).

125h Logo o tempo total gasto e de 0. (O mapa apresentado na figura 6 a seguir é apenas para ilustração). sendo a metade 50 km a uma velocidade de 300 km/h e a segunda metade a 400 km/h.166h + 0. Primeira etapa T¹= 50 km/300 km/h = 0. a 100 km do local da amerissagem.16h + 0.291h Determinar a velocidade média em todo o trecho? Vm = Dt /Tt Dt = 50 km + 50 km = 100 km Tt = 0.166h Segunda etapa T² =50 km/400 km/h = 0.64 km/h . Disponível em: <http://www.defesabr.125h A segunda etapa e realizada em 0. Acesso em: 28 mar. Passo 4 (Equipe) Considerar que a operação de resgate será coordenada a partir da cidade de Parnaíba.291h = 343.htm>.285h Vm = 100 km/0.125h = 0. 2012.com/Tecno/tecno_SARA.16h A primeira etapa e realizada em 0.Passo 3 (Equipe) Fazer uma leitura do texto “O projeto SARA e os hipersônicos”. realizar a viagem em duas etapas. Supondo que um avião decole do aeroporto de Parnaíba.125h = 0. Determinar a velocidade média em todo o trecho.

2 = 0. Passo 1 (Equipe) Considerar que um avião de patrulha marítimo P-95 “Bandeirulha”. compreender a importância científica.ETAPA 2 (tempo para realização: 4 horas) Aula-tema: Essa etapa é importante para aprender a fazer conversões de unidades.2 Conclusão: o avião gastou a metade do tempo que o helicóptero gastou para chegar a cidade de Parnaiba.2h Logo a diferença de tempo e dada por: Tempo gasto avião –Tempo gasto helicóptero 0.4h Helicóptero UH-1H-Iroquois Tt=Dt/Vm Tt=100km/200km/h = 0. executar os passos a seguir. Calcular o tempo gasto por ele para chegar ao pondo de amerissagem. Para realizá-la. Supondo que ele tenha partido da cidade de Parnaíba. Através da leitura do texto. supondo que ele decole de Parnaíba distante 100 km do ponto de impacto. pode desenvolver uma velocidade média de 400 km/h. Esse helicóptero UH-1H-Iroquois desenvolve uma velocidade de 200 km/h. Avião P-95 Vm=Dt/Tt logo: Tt=Dt/Vm Tt=100km/400 km/h = 0. . tecnológica e social para o Brasil desse importante projeto.4 – 0. fabricado pela EMBRAER. pois a coerência entre os sistemas de unidades envolvidas é necessária para garantir o sucesso na solução da situação problema. calcular a diferença de tempo gasto pelo avião e pelo helicóptero. Figura 7 – Bandeirante “BANDEIRULHA” Considerar também que um helicóptero de apoio será utilizado na missão para monitorar o resgate.

que é captado por sensores localizados em três pontos mostrados na tabela. o satélite envia um sinal elétrico.1ª Série .Física I Figura 8 .000Km/s Tt=0.01 segundo .00033 segundos Base São José dos Campos Tt=3000km/300000km/s Tt=0. (Dado: velocidade da luz: 300.000km/s Tt=0.0011 segundos Base Parnaíba Tt=100km/300.Engenharia de Controle e Automação .000 km/s) Alcântara – ponto de impacto Parnaíba – ponto de impacto São José dos Campos – ponto de impacto 338 km 100 km 3000 km Tt=Dt/Vm Base Alcântara Tt=338km/300. Considerando esse sinal viajando a velocidade da luz. determinar o tempo gasto para ser captado nas localidades mostradas na tabela.Helicóptero Passo 2 (Equipe) Considerar que no momento da amerissagem.

A aceleração adquirida pelo SARA SUBORBITAL na trajetória de reentrada na troposfera. que atingirá uma velocidade média de Mach 9.Passo 3 (Equipe) Não Resolver Calcular: 1. ou vinte e cinco vezes a velocidade do som. Dado: velocidade do som =Mach 1= 1225 km/h. partindo do repouso até a sua altura máxima de 300 km.8 m/s2. nove vezes a velocidade do som. Calcular o tempo gasto nesse trajeto de reentrada. 3. 2. ou seja. A velocidade final adquirida pelo Sara suborbital. Comparar essa aceleração com a aceleração da gravidade cujo valor é de 9. aumentando sua velocidade da máxima atingida na subida calculada no passo anterior para Mach 25. Considerar seu movimento um MUV. . adotando os dados dos passos anteriores. Passo 4 (Equipe) Elaborar um relatório com as informações trabalhadas nessa etapa e entregá-lo ao professor conforme seu planejamento. onde o satélite percorre 288 km.

6m/s 3.t ⇒ V=10m/s². Para realizá-la.26s ⇒ V= 12.26s g 10 2.8 m/s2.8 m/s2. as informações apresentadas acima e determinar: 1.5² /2 x 9. Essa etapa de modelagem do projeto SARA está relacionada aos conceitos de lançamento oblíquo. Simular os movimentos executados quando os corpos estão submetidos a uma aceleração constante igual a 9.Qual seria a altura máxima alcançada pelo SARA SUBORBITAL. Ao final. 2h 16 t= ⇒t = ⇒ t =1. Passo 2 (Equipe) Tomar como base. Adotando g =9.1. considerando que o mesmo foi lançado com uma velocidade inicial de Mach 9 livre da resistência do ar e submetido somente à aceleração da gravidade V²=V0²+2gh ⇒ h=3062.ETAPA 3 (tempo para realização: 4 horas) ₃ Aula-tema: Movimento Retilíneo Essa etapa é importante para aplicar e compreender o conceito de Movimento uniformemente variado livre da resistência do ar.O tempo de queda de cada soldado. ao chegar ao local da queda do satélite e ao verificar sua localização saltam ao lado do objeto de uma altura de 8m.A velocidade de cada soldado ao atingir a superfície da água. você terá um memorial descritivo de cálculos de todas as etapas do projeto desde o lançamento até o resgate do satélite. V=a.02m Passo 3 (Equipe) Calcular o tempo gasto para o SARA SUBORBITAL atingir a altura máxima. Considerar que o helicóptero está com velocidade vertical e horizontal nula em relação ao nível da água. utilizando para isso os dados do passo anterior. .81 ⇒ h=478. execute os passos a seguir: PASSOS Passo 1 (Equipe) Considerar que dois soldados da equipe de resgate.

8 m/s 2 e o movimento executado livre da resistência do ar. Para realizá-la. Essa atividade é importante para compreender os conceitos de lançamento horizontal e oblíquo.t²/2 ⇒ t=D. considerando para a situação g = 9. ETAPA 4 (tempo para realização: 4 horas) ₃ Aula-tema: Movimento em Duas e Três Dimensões.V=V0+g.2/a ⇒ t =304. execute os passos a seguir: PASSOS Passo 1 (Equipe) Ler o texto e considerar o cenário apresentado a seguir.18s 3280. a uma altitude de 1000 pés acima da superfície da água. o avião patrulha lança horizontalmente uma bóia sinalizadora. Para realizá-la. D=a. é importante seguir os passos descritos. calcular o tempo de queda da boia.84__________1km ⇒ X =0.7m 1000 ___________X Figura 9 – Satélite Passo 2 (Equipe) .t ⇒ t=3062.81 ⇒ t=312.8 ⇒ t=62. Ao final. você terá um memorial descritivo de cálculos de todas as etapas do projeto desde o lançamento até o resgate do satélite.38s Passo 4 (Equipe) Elaborar um relatório com as informações trabalhadas nessa etapa e entregá-lo ao professor conforme seu planejamento. ao chegar ao local.5/9.7x2÷9. Para efetuar o resgate do Satélite.3047 km ou 304. Considerar que o avião está voando a uma velocidade constante de 400 km/h.

87km Passo 3 (Equipe) 1. Calcular para a situação apresentada no Passo 1.t ⇒D =400x62. . D=v.308 ⇒ Vr = 4. Determinar a velocidade resultante da boia ao chegar à superfície da água. Vr² = 77.22² +111. Componentes Vx e Vy 2.279m/s Passo 4 (Equipe) Elaborar um relatório com as informações trabalhadas nessa etapa e entregá-lo ao professor conforme seu planejamento. as componentes de velocidade da boia ao chegar ao solo.Considerar os dados da situação do Passo 1 e calcular o alcance horizontal da boia.11² ⇒ Vr = 18.18 ⇒D=24.

820. . Para realizá-la. 1.780⇒Vo = 3. Adotar os dados apresentados no passo anterior.820.sen(o) 2.5 338000 x9.86 ⇒ Vx= 1. Determinar a velocidade inicial de lançamento. aceleração para o caso em que o foguete está livre da resistência do ar e submetido à aceleração da gravidade 9. Para uma situação ideal livre da resistência do ar. é importante seguir os passos descritos.92 m/s 338000 = Passo 2 (Equipe) Fazer as atividades solicitadas a seguir.8 m/s 2. o pouso e dois pontos intermediários a mesma altura no eixo y. vamos considerar a trajetória parabólica como num lançamento oblíquo e a aceleração constante igual a g.99m/s Vy=V.81 2 x0. Para uma melhor distribuição dos dados. Ao final.780 9.cos(o) ⇒ Vx=1.46 m/s Fazer um esboço em duas dimensões (x-y) do movimento parabólico executado pelo satélite desde seu lançamento até o pouso. Vx=V. D= Vo ² xsen2 x30° Dxg ⇒ Vo²= g sen2x30° ⇒ Vo ² x 2 x 0.92 x 0.5 ⇒ Vy=910.5 ⇒Vo=1. Para realizá-la.92 x 0. Essa atividade é importante para compreender os conceitos de lançamento horizontal e oblíquo. o vértice. Determinar as componentes da velocidade vetorial de impacto na água para a situação analisada no passo anterior. escolher o ponto de lançamento.565.315.81 ⇒ Vo² = ⇒ Vo² = 3. ⇒ Vy=1.820. mostrando em 5 pontos principais da trajetória as seguintes características modeladas como: Posição. PASSOS Passo 1 (Equipe) Verificar que antes do lançamento real do SARA SUBORBITAL. Adotar uma inclinação na plataforma de lançamento de 30º em relação à horizontal e o alcance máximo de 338 km. você terá um memorial descritivo de cálculos de todas as etapas do projeto desde o lançamento até o resgate do satélite. alguns testes e simulações deverão ser feitos.315.ETAPA 5 (tempo para realização: 4 horas) ₃ Aula-tema: Movimento em Duas e Três Dimensões. executar os passos a seguir. velocidade.

Posição Vo V1 V3 V5 V6 Eixo X 1.46 1820.99 1.565.99 Eixo Y 1.99 1.92 1. discutir e relatar sobre as implicações sociais para o Brasil.92 910.565. .92 Passo 3 (Equipe) Reunirse em grupo de no máximo 6 pessoas. Passo 4 (Equipe) Elaborar um relatório com as informações trabalhadas nessa etapa e entregá-lo ao professor conforme seu planejamento.565.99 1.820. como um dos poucos países do mundo a dominar a tecnologia de lançamento de satélite.565.46 0 910.820.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->