Interpretação Básica de Exames Laboratoriais

DOCENTE: SILVIA MANFRIN ALVES CORREIA

HEMOGRAMA

Conjunto de avaliações das células do sangue que, reunido aos dados clínicos, permite conclusões diagnósticas e prognósticas de grande número de patologias.

Hemograma Completo células sangüíneas    Série vermelha (eritrócitos) – Hemácias – Hemoglobina – Hematócrito Série branca (Leucócitos) – Neutrófilos – Eosinófilos – Basófilos – Linfócitos – Monócitos Plaquetas .

Células Sangüíneas Esfregaço Sanguíneo a:Hemácias b:Neutrófilo c:Eosinófilo d:Linfócito .

com o garrote suficientemente ajustado evitando seu uso prolongado Tubo com anticoagulante (EDTA) Cuidados pertinentes para evitar a hemólise: – Não colher muito lentamente – Não forçar êmbolo da seringa ao introduzir o sangue no frasco – Homogeneização lenta por inversão no mínimo por cinco vezes Encaminhar para análise no período máximo de 4 horas .Coleta do sangue      Identificação do paciente na amostra: nome completo. Coletar o sangue com o paciente descansado. sexo. data de nascimento e o número do registro. bem acomodado (deitado ou sentado).

possuem tamanho mais ou menos uniforme.Série vermelha Eritrograma é o estudo da série vermelha (eritócitos ou hemácias). Quando ela apresenta coloração normal é chamada de normocrômica. Quando uma hemácia tem tamanho normal ela é chamada de normocítica. Em indivíduos normais. .

Avaliação do Eritrograma  Os resultados a serem avaliados variam com o sexo e idade: Número de glóbulos vermelhos: Valores normais: – Homem de 4.000 – Mulher de 4.000 .200.000 .200.5.6.600. definido pelo volume de todas as hemácias de uma amostra sobre o volume total desta amostra (incluindo outras células sangüíneas como leucócitos e plaquetas e também o plasma) .000 Hematócrito: índice calculado em porcentagem.400.    .

5g/dl Valores – Homens: 13-18gdl – Mulheres: 12-15gdl   . Valores de hematocrito – Homem de 42 .48% – Recém-nascidos tem valores altos que vão abaixando com a idade até o valor normal de um adulto.50% – Mulher de 40 . Hemoglobina: segundo a OMS é considerado anemia quando um adulto apresentar Hb < 12.

faz-se uma contagem total dos leucócitos e uma contagem diferencial contandose 100 células. Contagem diferencial de Leucócitos: Em um paciente normal as células encontradas são: .Linfócitos – Eosinófilos . O adulto normalmente apresenta de 5.Neutrófilos .Basófilos .000 leucócitos por 100ml de sangue.Monócitos .Série Branca Leucograma é o estudo da série branca (ou leucócitos).000-10.

leucemia mielomonocítica crônica e após quimioterapia Linfócitos: É a célula predominante nas crianças. Em adultos.Leucograma Contagem diferencial  Monócitos: uma das maiores células da série branca. podem ter vacúolos (pela recente fagocitose). seu aumento pode ser indício de infecção viral ou leucemia linfocítica crônica.  . Quando estão aumentados usa-se o termo monocitose e ocorre em infecções virais. Seu aumento é chamado de linfocitose.

 Basófilos: Em um indivíduo normal. Neutrófilos: É a célula mais encontrada em adultos. e ocorre em casos de processos alérgicos ou parasitoses. Seu aumento pode indicar infecção bacteriana. só é encontrado até uma célula (em termos percentuais). Eosinófilos: Quando seu número aumenta é chamado de eosinofilia. mas pode estar aumentada em infecção viral.  .

ESFREGAÇO SANGÜÍNEO  Análise microscópica realizada com uma pequena amostra de sangue  Análise morfológica de eritrócitos. leucócitos e plaquetas. quanto: – Tamanho – Forma – Coloração celular – Inclusões .

em casos de hemólise.  Esferócitos (forma esférica. em menores quantidades podem estar presentes em outros tipos de anemias hemolíticas.  Esquisócitos (hemácias fragmentadas): aparecem quando nas hemácias há uma lesão mecânica. pequena e hipercrômica): em grande quantidade é comum na anemia esferocítica (esferocitose). ou em casos de pacientes que sofreram queimaduras.Morfologia das Hemáceas  Agumas alterações morfológicas das hemáceas em relação à forma:  Drepanócitos (forma de foice): aparece somente nas síndromes falciformes (não aparecendo no traço falcifrome). .

Vacuólos: resultantes da fagocitose. linfoma – Mieloblastos: leucemia mielóide Inclusões citoplasmáticas que podem ser encontradas em neutrófilos: Granulações Tóxicas: quando há um aumento na produção dos granulócitos. Podem aparecer nos neutrófilos e monócitos. Por isso os neutrófilos aparecem no sangue com os grânulos primários.Inclusões anormais no Leucograma     Blastos: células percursoras – Linfoblastos: leucemia linfóide. Seu relato só é importante quando aparece nos neutrófilos. Aparece em casos de infecções graves. Estão presentes em casos de infecções. há uma diminuição no tempo da maturação das células precursoras dos neutrófilos. .

Aumentada: em condições malignas Diminuídas: leucemia aguda. anemia aplásica.000 por microlitro de sangue.000 à 400.Série Plaquetária  Plaquetas são observadas em relação à quantidade e a seu tamanho. Seu número normal é de 150.QT   .

Leucopenia: diminuição do número total de leucócitos. Eritrocitose ou policitemia: aumento do número de hemácias no sangue. . Trombocitopenia: diminuição do número normal de plaquetas.TERMOS UTILIZADOS     Leucocitose: aumento no número total de leucócitos.

Eosinofilia: aumento do número de eosinófilos. Neutropenia: diminuição do número de neutrófilos. Pancitopenia: diminuição em número das três populações celulares. . Linfopenia: diminuição do número de linfócitos. Neutrofilia: aumento do número de neutrófilos.         Bicitopenia: diminuição em número de duas populações celulares. Monocitose: aumento do número de monócitos. Linfocitose: aumento do número de linfócitos. Basofilia: aumento do número de basófilos.

hemorragias diminuídas: anemias.2-5. Hemoglobina Contagem de Leucócitos Neutrófilos Eosinófilos Basófilos Linfócitos elevados: parasitoses.6-6. alergias elevadas na infecções viróticas Monócitos Contagem de Plaquetas 2-6% 150-400milmm3 aumentadas: condições malignas diminuídas: leucemia aguda. hemorragias. anemia . ingestão excessiva de líquidos elevadas: infecções bacterianas agudas. desidratação diminuídas: anemias. diarréias.determinação Contagem de Hemáceas valores de referência homens: 4.4 x 1012L significado clínico aumentada: intoxicações agudas. leucemias. hemorragias Hematócrito homens: 42-50% mulheres: 40-48% homens: 13-18gdl mulheres: 12-15gdl 5000-10000mm3 60-70% 1-4% 0-0.2 x 1012L mulheres: 4.5% 20-30% aumentada: desidratação diminuídas: anemias graves.

cilindros .Interpretação do exame de Urina tipo I caracteres físicos – cor – aparência elementos anormais – proteínas – glicose – corpos cetônicos sedimentoscopia .cristais .bactérias .hemáceas .pus .

Avaliação física da urina  coloração: • • • • amarelo-ouro amarelo-claro amarelo-escuro cor de coca-cola aparência •.característico •.concentrada odor •. "pedra" • .pús .cristais.fétido presença de sedimentos • .

Elementos anormais na urina    Proteinúria: disfunção renal – Achados:  urina espumante  edema generalizado Glicosúria: diurese osmótica – Achados:  poliúria  polidpsia  desidratação Corpos cetônicos: cetoacidose diabética. estado hiperglicêmico – Achados:  hálito cetônico .

Sedimentoscopia    Hematúria: doenças renais – Achados:  urina cor de coca-cola Cristalúria: litíase – Achados:  diurese concentrada  presença de sedimentos Piúria: ITU – Achados:  diurese concentrada  presença de grumos de pús  febre .

0 mEq∕l 3.0-7. diarréia Desidratação.7-1. diarréia _________ Jejum prolongado __________ __________ __________ Pacientes com > risco de coronariopatias Doenças renais Ingestão excessiva de líquidos Doenças renais Artrite gotosa Quimioterapia Diabetes descompensada Dislipidemia.99 mg∕dl Pós-prandial (2h) 75-140 mg∕dl <250 mg∕dl 50-190 mg∕dl < 200 mg∕dl 30-75 mg∕dl _________ Desidratação.5-5. Valor de referência DIMUNUÍDO Uréia 10-50 mg∕dl _________ ALTERAÇÕES AUMENTADO Doenças renais Creatinina Sódio Potássio Ácido úrico Glicose Colesterol total LDL triglicérides HDL 0. aterosclerose Pacientes com > risco de coronariopatias ______________ .Análise básica de dados laboratoriais séricos: Dado laborat.4 mg∕dl 135-145 mEq∕l 3.0 mg∕dl Jejum 70.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful