Você está na página 1de 4

Provérbios

Amigo de todos, amigo de ninguém


Amigo não empata amigo
Amigo fiel e prudente, vale muito mais que parente
Ao amigo que não é certo, com um olho fechado e outro aberto
É nos tempos maus, que se conhecem os amigos bons
Entre amigos, a vista basta
Mais depressa se cansa um amigo de louvar, que um inimigo de
injuriar
Nosso verdadeiro amigo é aquele que nada nos desculpa e nos
perdoa tudo
O melhor amigo é o que menos nos incomoda
Os pouco amigos são os que aplaudem sempre
Pior é fingido amigo, que declarado inimigo
Quem bem me avisa, meu amigo é
Amigo do meu amigo, meu amigo é
É bom ter amigos, até no inferno
Amigo agastado, inimigo dobrado
Amigo que esquecemos vivo, está morto
Amigo, só de chapéu
Amigo de Deus, inimigo do padre
Amigo do peito, tormento sem jeito
Amigo é o braço e o aço
Quem tem amigos, não morre na cadeia
Amigo de mesa não é de firmeza
Ao amigo e ao cavalo, não apertá-lo
Do amigo sem sangue, guarda-te não te engane
Amigo, como a cabra do cutelo
Amigos de longe, contas de perto
Entre amigos honrados, cumprimentos são escusados
Amigo anojado, inimigo dobrado
Amigo remendado, café requentado
A amizade de duas mulheres é, sempre, a conspiração contra
uma terceira
A amizade é incerta quando a fortuna é próspera
A amizade é um amor que não se comunica pelos sentidos
A amizade que acaba, não foi verdadeira
A inimizade do sábio é menos prejudicial do que a amizade do
ignorante
Cem amigos, é pouco; um inimigo é muito
Nem o amigo se conhece na bonança, nem o inimigo se oculta na
tribulação
Nenhum dos meus inimigos desprezarei, se for bom; nenhum
amigo louvarei, se for mau
No aperto do perigo, conhece-se o amigo
Os amigos são para as ocasiões
Quando defendemos os nossos amigos, justificamos a nossa
amizade
A amizade deve ser vidente e o amor, cego
Amigo a que favoreceste, amigo que perdeste
A amizade não tem preço
Não há amizade no cobiçoso
A amizade é o amor sem asas
A amizade é o porto da vida
Amizade reconciliada, chaga mal fechada
Rápida amizade, arrependimento certo
Amizade de um dia, recordação de um minuto
A amizade não conhece o esquecimento
A amizade deve ser clara
A amizade é como a urze uma flor que não morre
A amizade vive de provas
Amizade dada é amor
Amizade de menino é água em cestinho
Amizade que pode envelhecer, não deve morrer
Boa amizade, segundo parentesco
A amizade firme, sempre portas abertas
Amizade reconciliada é ferida mal sarada
Amigo de muitos, confidente de poucos
Amigo verdadeiro, ave rara
Do falso amigo me guarde Deus
É bom ter amigos em toda a parte
Amigo a rogar, inimigo a pagar
Amigo velho é parente
Amigo de todos e, da verdade, mais
Amigo de um, inimigo de nenhum
Amigo do bom tempo, muda-se com o vento
Mais vale um bom amigo, que honrados parentes
Amizade renovada é como sopa requentada
A amizade vale mais que a prata e o ouro
A verdadeira amizade dura uma eternidade
Mais vale um amigo na mão que dois a andar