Você está na página 1de 1

CDIGO DE CONDUTA PARA OS FUNCIONRIOS RESPONSVEIS PELA APLICAO DA LEI Foi adotado pela Assemblia Geral das Naes

Unidas, em sua resoluo 34/169 de 17 de dezembro de 1979 ARTIGO 1: Os funcionrios responsveis pela aplicao da lei devem cumprir, a todo o momento, o dever que a lei lhes impe, servindo a comunidade e protegendo todas as pessoas contra atos ilegais, em conformidade com o elevado grau de responsabilidade que a sua profisso requer; ARTIGO 2: No cumprimento do seu dever, os funcionrios responsveis pela aplicao da lei devem respeitar e proteger a dignidade humana, manter e apoiar os direitos fundamentais de todas as pessoas; ARTIGO 3: Os funcionrios responsveis pela aplicao da lei s podem empregar a fora quando tal se afigure estritamente necessrio e na medida exigida para o cumprimento do seu dever; ARTIGO 4: As informaes de natureza confidencial em poder dos funcionrios responsveis pela aplicao da lei devem ser mantidas em segredo, a no ser que o cumprimento do dever ou as necessidades da justia estritamente exijam outro comportamento; ARTIGO 5: Nenhum funcionrio responsvel pela aplicao da lei pode infligir, instigar ou tolerar qualquer ato de tortura ou qualquer outra pena ou tratamento cruel, desumano ou degradante, nem invocar ordens superiores ou circunstanciais excepcionais, tais como o estado de guerra ou uma ameaa segurana nacional, instabilidade poltica interna ou qualquer outra emergncia pblica como justificao para torturas ou out ras penas ou tratamentos cruis, desumanos ou degradantes; ARTIGO 6: Os funcionrios responsveis pela aplicao da lei devem assegurar a proteo da sade das pessoas sua guarda e, em especial, devem tomar medidas imediatas para assegurar a prestao de cuidados mdicos sempre que tal seja necessrio; ARTIGO 7: Os funcionrios responsveis pela aplicao da lei no devem cometer qualquer ato de corrupo. Devem, igualmente, opor-se rigorosamente e combater todos os atos desta ndole; ARTIGO 8: Os funcionrios responsveis pela aplicao da lei devem respeitar a lei e o presente Cdigo. Devem, tambm, na medida das suas possibilidades, evitar e opor-se vigorosamente a quaisquer violaes da lei ou do Cdigo. Os funcionrios responsveis pela aplicao da lei que tiverem motivos para acreditar que se produziu ou ir produzir uma violao deste Cdigo, devem comunicar o fato aos seus superiores e, se necessrio, a outras autoridades com poderes de controle ou de reparao competentes.