Você está na página 1de 2

Os formatos das curvas de indiferena e a taxa de substituio intertemporal As preferncias dos consumidores entre o consumo futuro e presente diferem,

, sendo que alguns indivduos esto mais dispostos a sacrificar mais o consumo futuro por um maior consumo presente. J outros esto dispostos a sacrificar o consumo presente para obter um maior consumo futuro. As funes de utilidade intertemporal dos indivduos diferem porque suas utilidades intertemporais entre consumo presente e futuro tambm diferem.

Os formatos das curvas de indiferena e a taxa de substituio intertemporal curva de indiferena para um consumidor impaciente

Os formatos das curvas de indiferena e a taxa de substituio intertemporal


curva de indiferena para um consumidor impaciente A inclinao da linha aa igual a (1). A linha bb tangente a curva de indiferena quando o consumo em 2 o mesmo e tem inclinao que menor do que (tem inclinao que menor do que (-1). Portanto, a1). Portanto, a inclinao da curva de indiferena maior do que 1. Neste caso, temos que o consumidor estar disposto a trocar $1 de consumo corrente por $1 de consumo futuro somente se no futuro o seu consumo aumentar por mais de $1

Os formatos das curvas de indiferena e a taxa de substituio intertemporal Curva de indiferena para um consumidor neutro

Os formatos das curvas de indiferena e a taxa de substituio intertemporal curva de indiferena para um consumidor paciente

Taxa Marginal de Substituio Intertemporal U = U (C1, C2) dU = [U/C1] dC1+ [U/C2] dC2= 0 Como ao longo de uma curva de indiferena dU = 0, temos que: [U/C1] dC1+ [U/C2] dC2= 0 -dC2/dC1| u=0= [U/C1] / [U/C2]

Taxa Marginal de Substituio Intertemporal

As Preferncias do Consumidor

Taxa Marginal de Substituio Intertemporal