P. 1
DIREITOCIVILEXERCICIOS APOSTILA SIMULADOS

DIREITOCIVILEXERCICIOS APOSTILA SIMULADOS

|Views: 90|Likes:
Publicado poreuvoupassar

More info:

Published by: euvoupassar on Feb 22, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/23/2013

pdf

text

original

EXERCÍCIOS DE DIREITO CIVIL PROFESSOR EDGARD ANTONIO LEMOS ALVES 01.

Dadas as assertivas abaixo, aponte a alternativa correta: I - domicílio é a sede jurídica da pessoa e difere-se da residência e habitação porque nestas ela habita com animus definitivo. II - o critério que diferencia o domicílio da residência é o mesmo que diferencia esta última da habitação, isto é, aquele é o local onde a pessoa responde por seus negócios, enquanto os dois últimos representam o local que a pessoa se encontra acidentalmente. III - a residência é o local onde a pessoa habita com ânimo de permanecer; a habitação ou moradia é quando se tem à permanência acidental (alguns dias) e o domicílio tem os elementos objetivo e subjetivo: um, a fixação do lugar: outro, o ânimo de permanecer. IV - o domicílio do incapaz é o do seu representante ou assistente; o do servidor público, a repartição em que estiver prestando serviços; o do marítimo, onde o navio estiver ancorado; e o preso, o lugar em que cumprir a sentença. a) Todas as assertivas estão corretas; b) Todas as assertivas estão incorretas; c) Apenas uma assertiva está correta; d) Apenas duas assertivas estão corretas; e) Apenas três assertivas estão corretas. 02. Sobre a classificação dos bens, assinalar a alternativa incorreta: a) São bens imóveis, os materiais provisoriamente separados de um prédio, para nele se reempregarem; b) Os tesouros enterrados no solo, à semelhança dos minérios e dos fósseis em jazida, são bens imóveis; c) É bem imóvel, o direito à sucessão aberta em que o "de cujus" só possuía móveis em seu patrimônio; d) Consideram-se imóveis para os efeitos legais, os direitos reais sobre objetos móveis e as ações correspondentes; e) Os materiais destinados a alguma construção, enquanto não forem empregados, conservam sua qualidade de móveis. 03. Em relação aos bens públicos estão corretas as seguintes assertivas, exceto: a) Subsiste impossibilidade de invocação de usucapião sobre eles, bem como a impossibilidade de incidência de execução forçada; b) Os bens públicos de uso comum do povo e os de uso especial são inalienáveis, enquanto guardarem essas condições. Os bens dominiais, porém, podem ser alienados, se autorizado por lei; c) A ocupação por particular somente implica na mudança de domínio se não houver manifestação da Administração após vinte anos; d) A imprescritibilidade e impenhorabilidade dos bens públicos, têm por finalidade, sobretudo, a preservação desses bens, protegendo-os até contra a negligência da própria Administração; e) São bens da União, dentre outros, as cavidades naturais subterrâneas e os sítios arqueológicos e pré-históricos. 04. O negócio jurídico é anulável na seguinte situação: a) quando for impossível o seu objeto 1

EXERCÍCIOS DE DIREITO CIVIL PROFESSOR EDGARD ANTONIO LEMOS ALVES b) se não revestir a forma prescrita em lei c) quando for ilícito o motivo determinante d) se houver vício de manifestação de vontade e) se for preterida solenidade legalmente essencial 05. O nascimento acontecido dentro do território nacional deverá ser dado a registro no local de ocorrência de: a) criação ou geração do infante b) parto ou residência dos pais c) concepção ou gênese da criança d) batismo ou consagração do nascituro e) casamento ou união estável dos progenitores 06. Não são pessoas jurídicas de direito público interno: a) os estados b) os territórios c) as autarquias d) os municípios e) os partidos políticos 07. Pela sistemática do direito brasileiro, a validade dos negócios jurídicos: a) independe, via de regra, de sua forma; b) somente se verifica se a declaração de vontade for formal; c) somente se verifica se a declaração de vontade for feita por escrito; d) de regra se verifica se a declaração de vontade for formal; e) de regra se verifica se a declaração de vontade for feita por escrito. 08. Nos negócios jurídicos em geral, o dolo acidental: a) gera a nulidade do negócio jurídico; b) gera a anulabilidade do negócio jurídico; c) gera a ineficácia do negócio jurídico; d) gera a inexistência dos negócios jurídicos; e) apenas obriga à satisfação das perdas e danos. 09. Constituem atos ilícitos: a) os praticados em legítima defesa; b) o exercício de direito que excede manifestamente os limites impostos pelo seu fim social ou econômico; c) os que provocam deterioração ou destruição de coisa para remover perigo iminente; d) os que provocam lesão à pessoa a fim de remover perigo iminente; e) os que são praticados no exercício regular de um direito. 10. Para a configuração da posse no direito brasileiro, é fundamental que: a) a pessoa exerça o poder sobre o bem com a intenção de ser proprietário; b) o poder sobre o bem seja exercido pelo prazo mínimo de um ano e um dia; c) se tenha o exercício pleno ou não de algum dos poderes inerentes à 2

EXERCÍCIOS DE DIREITO CIVIL PROFESSOR EDGARD ANTONIO LEMOS ALVES propriedade; d) haja o poder físico direito sobre o bem; e) o possuidor seja maior de dezoito anos. 11. Em tema de responsabilidade civil, analise as afirmativas a seguir: I - No direito brasileiro o absolutamente incapaz nunca responde pelos prejuízos que causar. II - A responsabilidade dos pais pelos atos dos filhos menores independe de culpa dos pais. III - A responsabilidade civil está vinculada à responsabilidade penal. IV - A responsabilidade civil do dono ou detentor do animal é objetiva. São verdadeiras somente as afirmativas: a) I e II; b) II e III; c) III e IV; d) II e IV; e) I, II e III. 12. Código Civil, art. 1º: "Toda pessoa é capaz de direitos e deveres na ordem civil." I - A capacidade a que se refere o artigo é a de fato, que consiste no potencial que todo homem possui, do nascimento à morte, de assumir obrigações e ser titular de direitos na ordem civil. II - A capacidade de direito só se adquire aos dezoito anos. III - Deveres, na acepção empregada no dispositivo transcrito, incluem obrigações. Mas obrigação, em sentido técnico, difere de deveres. a) apenas uma das proposições é falsa. b) apenas uma das proposições é verdadeira. c) todas as proposições são verdadeiras. d) todas as proposições são falsas. 13. Assinale, considerando as normas do Código Civil em vigor, entre as alternativas seguintes, a CORRETA. a) Sem decretação de ausência, não pode ser declarada a morte presumida. b) Somente pode ser declarada a morte presumida após decorridos dois anos da decretação da ausência. c) Se a pessoa estava em perigo de vida, a morte presumida só pode ser declarada após um ano da decretação da ausência. d) Pode ser declarada a morte presumida, sem decretação de ausência, se for extremamente provável a morte de quem estava em perigo de vida. e) Se alguém, desaparecido em campanha ou feito prisioneiro, não for encontrado logo após o término da guerra, o juiz, a requerimento de qualquer interessado, deverá decretar a ausência que implicará na morte presumida. 14. Assinale a alternativa CORRETA de acordo com as normas do Código Civil em vigor. Possui (em) domicílio necessário, também denominado legal: 3

EXERCÍCIOS DE DIREITO CIVIL PROFESSOR EDGARD ANTONIO LEMOS ALVES a) O servidor público. b) Apenas o preso e o militar. c) Somente o marítimo, o militar e o incapaz. d) O militar e o agente diplomático do Brasil, enquanto servindo no estrangeiro. e) As pessoas casadas. 15. Assinale a alternativa CORRETA de acordo com as normas do Código Civil em vigor. É anulável o negócio jurídico: a) por vício resultante de dolo. b) quando for indeterminável o seu objeto. c) quando o motivo determinante, comum a ambas as partes, for ilícito. d) quando não revestir a forma prescrita em lei. e) simulado. 16 Quanto à pessoa física, julgue as assertivas: I. A pessoa natural ou física começa sua existência com o nascimento com vida, mas a capacidade jurídica existe desde a concepção. II. Nascimento é o fato, natural ou artificial, da separação do feto do ventre materno. III. O Código Civil brasileiro nega a personalidade jurídica ao nascituro, mas lhe garante proteção para os direitos de que possa ser titular. IV. A jurisprudência brasileira nega o reconhecimento da capacidade processual ativa do nascituro. a) I, II e IV são verdadeiras; b) I, II e III são falsas; c) II e III são verdadeiras; d) I, III e IV são falsas. 17. São pessoas jurídicas de direito público interno, de acordo com o Código Civil: a) a União, os Estados, o Distrito Federal, os Municípios, as autarquias, as sociedades de economia mista e as empresas públicas; b) a União, os Estados, o Distrito Federal, os Territórios, os Municípios, as autarquias, inclusive as associações públicas e as demais entidades de caráter público criadas por lei; c) a União, os Estados, o Distrito Federal, os Territórios, os Municípios, as autarquias, as fundações, e as demais entidades de caráter público criadas por lei; d) a União, os Estados, o Distrito Federal, os Territórios, os Municípios, as autarquias, as fundações e os partidos políticos. 18. É CORRETO afirmar: a) É caracterizado possuidor o caseiro que toma conta de casa de veraneio em nome e por conta de seu patrão, o proprietário da casa. b) O possuidor de boa fé tem direito à indenização das benfeitorias necessárias e úteis, bem como, quanto às voluptuárias, se lhe não forem pagas, a levantálas, sem deteriorar o bem. c) A propriedade particular do solo não abrange os recursos minerais e 4

EXERCÍCIOS DE DIREITO CIVIL PROFESSOR EDGARD ANTONIO LEMOS ALVES monumentos arqueológicos, mas engloba os potenciais de energia hidráulica. d) Se o teor do registro de imóveis não exprimir a verdade, poderá o interessado reclamar apenas sua anulação. 19. Tomando por base as afirmações abaixo assinale a alternativa correta. São relativamente incapazes para certos atos da vida civil. I - As pessoas que por causa transitória, não puderem exprimir sua vontade. II - As pessoas com dezessete anos. III - As pessoas consideradas ébrias eventuais. IV - Os pródigos a) A afirmativa I está correta. b) Apenas a afirmativa III está correta. c) A afirmativa IV está incorreta. d) As afirmativas I e III estão corretas. e) As afirmativas II e IV estão corretas. 20. O itinerante tem por domicílio: a) o Distrito Federal; b) sua última residência conhecida; c) a Capital do Estado em que por último tenha residido; d) o lugar em que for encontrado; e) a Capital do Estado em que tiver de ser demandado. GABARITO: 01) C 02) D 03) C 04) D 05) B 06) E 07) A 08) E 09) B 10) C 11) D 12) B 13) D 14) A 15) A 16) C 17) B 18) B 19) E 20) D

5

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->