Você está na página 1de 1

Resenha do livro Os Vivos, de Mrio Prata Aline Rodrigues, 28/02/13 Mrio Prata f de novelas policiais, a ponto de criar uma

a srie sua. Os Vivos o segundo livro do detetive Fioravanti. O texto de Mrio Prata carregado de humor e a trama uma homenagem a muita gente:desde Agatha Christie e companhia at os sistemas fiscal, bancrio e judicirio brasileiro, dos quais Mrio se vingou escrevendo esse livro. O detetive Fioravanti recebe emails de um tal de E.R.N.. A correspondncia recapipitula os problemas fiscais de E., tentam justificar sua conduta e alertam para os crimes que ele se sente impelido a cometer. Emquanto os emails vo chegando, Fioravanti trabalha no caso do sequestro de uma amiga da sua nova namorada. Quando no est investigando, est preocupado com a reao de sua sogra, que tambm foi sua namorada. Paralelamente, seu auxiliar Darwin assume as buscas por uma acompanhante que enlouqueceu um prncipe rabe e depois desapareceu. Darwin s tem uma foto da moa, de uma parte de sua anatomia onde o sol no bate. A histria se passa em Florianpolis, mas E.R.N. d umas voltinhas criminosas fora do pas. O livro faz inmeras citaes a clssicos do gnero policial. H plgios que o autor mesmo denuncia, colocando a culpa no personagem. No fim do livro h um glossrio de literatura policial. O prprio ttulo de um livro citado na trama. E deve ter mais citaes escondidas. Eu peguei uma citao de Mrio Prata a um livro de... Mrio Prata. O texto abusa das notas de rodap. Fiquei impressionada pois o autor conseguiu manter o flego da brincadeira das notinhas at o fim do livro. Esse um livro policial-cmico. Quem gosta dos dois estilos deve aprovar essa fuso.