Você está na página 1de 2

10/10/2011 08h55 - Atualizado em 31/05/2012 22h17

Cresce desmatamento em reas de preservao ambiental, aponta Inpe


Entre 2000 e 2010 houve aumento de 127,6 % de reas desmatadas. Dados so obtidos por meio de imagens via satlite.
Do G1 AM Comente agora

Desmatamento e queimada registrados em setembro de 2010 na regio de Lbrea, no Sul do estado do Amazonas. Sistema de medio do Inpe detectou devastao de 7 mil km em 2010 (Foto: Divulgao/Greenpeace/Marizilda Cruppe/EVE ) Dados do Projeto de Monitoramento do Desflorestamento na Amaznia Legal (Prodes), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), revelam avano no desmatamento de reas de conservao ambiental. De acordo com o Instituto, entre 2000 e 2010 houve um aumento de 127,6 % na rea

desmatada em 132 unidades de conservao. Os dados so obtidos por meio de imagens via satlite.

Entre as dez unidades brasileiras com maior rea desmatada, segundo o Inpe, esto a Floresta Nacional do Bom Futuro (RO), com 27 % da rea total desflorestada e a Reserva Extrativista Chico Mendes (AC), com 4,5 %. Ainda segundo o levantamento, em 2010 a devastao apareceu em mais unidades de conservao. A reserva extrativista Alto Juru, no Acre, apresentou 18,7 km2 de rea desmatada. A Floresta Nacional de Roraima teve 11,3 km 2 de rea destruda pelo desmatamento. O Instituto apontou ainda degradao em terras indgenas. A regio do Alto rio Negro, no Amazonas, teve 1,1 % de rea devastada, o equivalente a 857,7 km 2 acumulados. Os dados colocam o Estado na posio de terceiro lugar para essa rea em todo o pas. Segundo o Ministrio do Meio Ambiente, desde 2004 foram criados 25 milhes de hectares de unidades de conservao e demarcados 10 milhes de hectares de terras indgenas com o objetivo de preservar as florestas.