P. 1
prova 3º ano médio - 3º bimestre - comp. texto

prova 3º ano médio - 3º bimestre - comp. texto

|Views: 1.303|Likes:
Publicado pordemicio

More info:

Published by: demicio on Mar 08, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/30/2013

pdf

text

original

ESCOLA DE ENS. FUND.

E MÉDIO BURITI AVALIAÇÃO DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TERCEIRO BIMESTRE 3º ANO DO ENSINO MÉDIO

2. SONETO DE FIDELIDADE
De tudo ao meu amor serei atento Antes e com tal zelo, e sempre, e tanto Que mesmo em face do maior encanto Dele se encante mais meu pensamento. Quero vivê-lo em cada vão momento E em seu louvor hei de espalhar meu canto E rir meu riso e derramar meu pranto Ao seu pesar ou ao seu contentamento. E assim, quando mais tarde me procure Quem sabe a morte, angústia de quem vive Quem sabe a solidão, fim de quem ama. Eu possa me dizer do amor (que tive) : Que não seja imortal, posto que é chama Mas que seja infinito enquanto dure. (MORAES, Vinícius de. ANTOLOGIA POÉTICA. São Paulo: Cia das Letras, 1992) A palavra MESMO pode assumir diferentes significados, de acordo com a sua função na frase. Assinale a alternativa em que o sentido de MESMO equivale ao que se verifica no 3¡. verso da 1 ヘ estrofe do poema de Vinícius de Moraes. a. "Pai, para onde fores, /irei também trilhando as MESMAS ruas..." (augusto dos Anjos) b. "Agora, como outrora, há aqui o MESMO contraste da vida interior, que é modesta, com a exterior, que é ruidosa." (Machado de Assis) c. "Havia o mal, profundo e persistente, para o qual o remédio não surtiu efeito, MESMO em doses variáveis." (Raimundo Faoro) d. "Mas, olhe cá, Mana Glória, há MESMO necessidade de fazê-lo padre?" (Machado Assis) e. "Vamos e qualquer maneira, mas vamos MESMO." (Aurélio)

1. Leia com atenção e responda
"A prática da 'promessa' é certamente a mais freqüente e generalizada entre as práticas religiosas do brasileiro. Ela consiste em prometer algo importante e relativamente difícil de ser executado, caso se consiga a realização do pedido feito. A promessa é uma dívida sagrada que se contrai com Deus ou com os santos. Essa obrigação é transposta, na fala dos pregadores, para a necessidade de se pagar pelo milagre, ou cura (muitas vezes aparente ou passageira), acontecido a alguém. Há uma diferença, CONTUDO, entre as 'promessas' feitas e pagas no contexto da religiosidade popular, tanto católica como afro-brasileira, e a dos neopentecostais: para os primeiros, paga-se uma promessa com orações, romarias, penitências, oferenda de alguns bens em espécie, como frutos da terra, despachos, etc., AO PASSO QUE, para os últimos, é necessário que se pague em espécie: só se aceita moeda corrente." (GUARESCHI, Pedrinho A. Sem dinheiro não há salvação: ancorando o bem e o mal entre neopentecostais. In: "Textos em representações sociais". Petrópolis: Vozes, 1995, 8ヘ ed., p. 216). Assinale a alternativa que contém uma idéia AUSENTE do texto: a. formas de pagamento da promessa. b. obrigação de se prometer algo a Deus ou aos santos. c. semelhanças da promessa entre católicos e neopentecostais. d. definição de promessa. e. diferença da promessa entre católicos e neopentecostais.

criar a fantasia. b. permitir o sonho." (VERÍSSIMO. segurar a lâmpada. d.. denunciar o real.3. talvez pensando assim: se esse caboclo pode agüentar tudo isso sem gemer. b. é acender a sua lâmpada. adulto. a despeito da náusea e do horror. numa época de atrocidades e injustiças como a nossa. risquemos fósforos repetidamente. Os opostos se atraem. aos assassinos e aos tiranos. quando muito encarregaram-me de segurar uma lâmpada elétrica à cabeceira da mesa de operações. comecei a escrever romances. d. e. por meio da metáfora da lâmpada que ilumina a escuridão. c.) Apesar do horror e da náusea. Se não tivermos uma lâmpada elétrica.eu teria uns quatorze anos. um episódio da adolescência que teve influência significativa em sua carreira de escritor. por que não hei de poder ficar segurando esta lâmpada para ajudar o doutor a costurar esses talhos e salvar essa vida? (. fugir da náusea. da literatura. Érico Veríssimo define como uma das funções do escritor e. Observe as figuras e responda a questão As linhas nas duas figuras geram um efeito que se associa ao seguinte ditado popular: a. Érico.) Neste texto. em último caso. . por extensão.) Desde que. e. 1978. Tomo I. propícia aos ladrões.. Quem espera sempre alcança. (. Quanto maior a altura. enquanto um médico fazia os primeiros curativos num pobre-diabo que soldados da Polícia Municipal haviam "carneado".. em suas memórias. As aparências enganam. acendamos o nosso toco de vela ou. continuei firme onde estava. tem-me animado até hoje a idéia de que o menos que o escritor pode fazer. Sim. a. "Solo de Clarineta". Porto Alegre: Editora Globo. c. 4. maior o tombo. Os últimos serão os primeiros. fazer luz sobre a realidade de seu mundo. Érico Veríssimo relata. como um sinal de que não desertamos nosso posto. criar o belo.. "Lembro-me de que certa noite . evitando que sobre ele caia a escuridão.

nota .

[B] 2. QUESTÕES 1 2 3 4 A B C D E 1. [A] 4. [D] . [C] GABARITO 3. E MÉDIO BURITI AVALIAÇÃO DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TERCEIRO BIMESTRE 3º ANO DO ENSINO MÉDIO nota Professor: MAURO SÉRGIO DEMÍCIO DATA:______ de _____________de 2009 Nº________ ALUNO(a)________________________________________________ GABARITO Preencha a esfera conforme sua opção. FUND. QUESTÕES 1 2 3 4 A B C D E ESCOLA DE ENS.ESCOLA DE ENS. FUND. E MÉDIO BURITI AVALIAÇÃO DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TERCEIRO BIMESTRE 3º ANO DO ENSINO MÉDIO Professor: MAURO SÉRGIO DEMÍCIO DATA:______ de _____________de 2009 Nº________ ALUNO(a)________________________________________________ GABARITO Preencha a esfera conforme sua opção.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->