P. 1
Fluxo de Energia nos ecossistemas

Fluxo de Energia nos ecossistemas

5.0

|Views: 9.079|Likes:
Publicado porlpmir
este trabalho fala sobre a produçao primaria e o fluxo de energia dos ecossistemas
este trabalho fala sobre a produçao primaria e o fluxo de energia dos ecossistemas

More info:

Published by: lpmir on Mar 04, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/07/2013

pdf

text

original

sucessões ecológicas

Produção primaria e fluxo de energia nos ecossistemas

Algumas características dos ecossistemas
• Dogma central Da ecologia; • Capacidade de autoregulaçao e capaz de
resistir (dentro de determinados limites) a modificações relativamente significativas

Outras características dos ecossistemas
• É um sistema hierarquizado no qual os elementos • • •
constitutivos são subsistemas estruturados; Sistema aberto que mantém intercâmbios de e matéria com o meio; Natureza e extensão variáveis; Seguem as leis da termodinâmica - podem evoluir para um estado de organização cada vez mais complexo e acumular entropia negativa

Alfred J. Lotka e o conceito termodinâmico
• Alfred J. Lotka (químico) introduziu o
conceito do ecossistema como uma maquina transformadora de energia: - descrita por um conjunto de equações Representando intercâmbios de matéria e energia entre os seus componentes, e obedecendo princípios termodinâmicos que governam as transformações energéticas

• O ecossistema é a unidade

fundamental em ecologia. • No ecossistema, a energia passa por vários elos ou ligações numa cadeia alimentar

Modelo de fluxo de energia de eugene odum
• A energia e massa dos elementos
são «moeda» na analise comparativa na estrutura e função dos ecossistemas • O modelo universal de odum pode ser aplicado a qualquer algarismo

Eficiência ecológica

Só 5% a 20% da energia passa de um nível trófico ao seguinte. • A energia que chega a um nível
trófico depende de: • Produção primária liquida (a base da cadeia alimentar) • Eficiência de transferência entre níveis tróficos

• As plantas usam 15% a 70% da

energia luminosa assimilada para processos de manutenção.

• Herbívoros e carnívoros usam mais

energia na manutenção: a produção de cada nível trófico é só 5% a 20% da do nível inferior

Odum estendeu o seu modelo para incorporar o fluxo de nutrientes • A energia entra nos ecossistemas
como luz e sai como calor (fluxo unidireccional) • Os nutrientes circulam continuamente entre os comportamentos orgânicos e inorgânicos dois ecossistemas

Biomassa
Massa de material vivo. Unidades :energéticas (joules) ou o peso seco (g, kg, t, etc....) /área ou volume

Necromasa
Biomassa não viva

produção primária
• produção primária é o processo pelo
qual as plantas, algas e alguma bactérias (produtores primários) capturam a energia química nas ligações dos carbohidratos:

Produtividade primaria
• Taxa que a energia/Biomassa é
produzida, por unidade de área/volume pelos produtores primários

Como quantificar a energia liquida produzida?
• Colheita determinam a matéria
orgânica (seca) acumulada (prod.liquida); • Trocas gasosas determinam a incorporação liquida de CO2 á luz (produção liquida) produção de CO2 ás escuras (respiração) e produção bruta com a sua soma; • Carbono radioactivo (14C)

nos sistemas aquáticos…
• A colheita não é prática para
pequenos organismos, tais como o fitoplâncton • O carbono é demasiado abundante para que possam ser registadas alterações apreciáveis alternativas • Garrafas claras e escuras para determinação de O2

Factores limitantes da PP
• Luz • Agua • Temperatura • Duração da estação de crescimento • Nutrientes • CO2

Factores limitantes da PPLuz
• As plantas não são geralmente
limitadas pela Luz quando expostas directamente ao Sol • A sombra (por folhas de outras plantas) podem reduzir as taxas fotossintéticas abaixo do máximo • A eficiência fotossintética de um ecossistema é tipicamente 1-2% • A energia restante é reflectida ou perdida na forma de calor

Factores limitantes da PP Água
• A fotossíntese nos ecossistemas
terrestres é limitada pela agua: • Em condições de stress de agua, os estômas fecham e o intercambio de gás cessa, parando a fotossíntese.

Factores limitantes da PP – temperatura
• A temperatura óptima para a fotossíntese
varia de acordo com os sistemas: • Cerca de 16º C para a maioria das espécies das zonas temperadas • As taxas fotossintéticas aumentam com a temperatura, até um ponto: • As taxas fotossintéticas aumentam com a temperatura • Consequentemente, a assimilação diminui com a temperatura

Factores limitantes da PP – nutrientes
• A produção nos sistemas terrestres
pode ser limitada por nutrientes: • os fertilizantes estimulam a produção dos cultivos • N é o elemento limitante mais comuns

Produção em sistemas aquáticos e semi-aquaticos
• As zonas húmidas são
frequentemente muito produtivas: • especialmente devido á sua interface terra – agua • A produção nos sistemas aquáticos é muito variável: • Os oceanos são poucos produtivos ( limitação por nutrientes)

A porpoçao da PP que circula ao longo de cada percurso e energético depende de eficiência de transferência

• os padrões de fluxo de E podem se
previstos através da: • Eficiência de consumo (EC) • Eficiência de assimilação (EA)

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->