P. 1
EXERCÍCIOS PROPOSTOS - FINANÇAS CORPORATIVAS E VALOR - ASSAF

EXERCÍCIOS PROPOSTOS - FINANÇAS CORPORATIVAS E VALOR - ASSAF

|Views: 270|Likes:
Publicado porJoás Braz

More info:

Published by: Joás Braz on Mar 14, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/14/2015

pdf

text

original

ALEXANDRE ASSAF NETO

FINANÇAS CORPORATIVAS E VALOR

EXERCÍCIOS PROPOSTOS

MATERIAL DE SITE

SÃO PAULO EDITORA ATLAS S.A. – 2005

EDITORA ATLAS S.A. Rua Conselheiro Nébias, 1384 (São Paulo) 01203-904 São Paulo (SP) Tel.: (0_ _11) 3357-9144 (PABX) www.atlasnet.com.br

2 Finanças Corporativas e Valor

1
INTRODUÇÃO ÀS FINANÇAS CORPORATIVAS
QUESTÕES 1.1 A globalização da economia, conceito chave dos anos 90, forçou as empresas a adotarem estratégias mais apuradas para lidar com finanças corporativas. No conflito entre risco e retorno, as empresas adotaram alguns instrumentos estratégicos mais sofisticados, como os que envolvem derivativos, opções, swaps e hedges. Por que existe a necessidade na gestão do risco de levar em consideração esses instrumentos financeiros?

1.2 Dentro da dinâmica de decisões financeiras, a administração financeira volta-se ao planejamento financeiro, controle financeiro, administração de ativos e administração de passivos. Defina as quatro funções citadas.

1.3 Quais são os riscos da empresa, associados às decisões financeiras? Discuta cada um desses riscos.

Finanças Corporativas e Valor 3

1.4 O objetivo contemporâneo da administração financeira está centrado na maximização da riqueza de seus acionistas. Assim fica evidenciado o impacto que cada decisão financeira determina sobre a riqueza. Neste contexto, discuta se o lucro contábil é o critério mais indicado para a tomada de decisões financeiras.

1.5 Na dinâmica das decisões financeiras, uma empresa, independentemente da sua natureza operacional, é obrigada a tomar duas grandes decisões: a decisão de investimento e a decisão de financiamento. Discorra sobre essas duas decisões.

4 Finanças Corporativas e Valor

TESTES 1.1 Assinale V para VERDADEIRO ou F para FALSO nas alternativas abaixo. a) ( ) O lucro, conforme apurado pelos princípios contábeis consagrados, representa uma medida de eficiência econômica, pois deduz dos resultados do exercício os custos do capital próprio e do capital de terceiros alocados pela empresa em suas decisões de ativo. ) Imagem, participação de mercado, estratégia financeira, tecnologia, distribuição e logística, potencial de lucro etc. são considerados na determinação do valor econômico de uma empresa. ) A distribuição de dividendos leva em consideração se o retorno gerado pela empresa é superior ao custo de oportunidade do acionista. ) As ações das empresas brasileiras são negociadas em bolsa de valores, sendo que as ações ordinárias são mais negociadas, pois no Brasil existe uma grande diluição do capital votante. ) Commercial Papers é uma nota promissória de curto prazo emitida por uma sociedade tomadora de recursos para financiar seu capital de giro. As taxas são geralmente mais baixas devido à eliminação da intermediação financeira.

b) (

c) (

d) (

e) (

Finanças Corporativas e Valor 5

2
CÁLCULO FINANCEIRO E APLICAÇÕES
EXERCÍCIOS 2.1 Suponha que seja oferecida uma aplicação financeira com renda mensal de 1,5%, a qual é capitalizada e paga ao final da operação. Sabendo-se que um investidor tenha aplicado $ 90.000,00 por seis meses, pede-se: a) determinar, para cada um dos meses, o montante da operação pelo critério de juros simples e pelo de juros compostos;

b) explicar a diferença determinada pelos critérios de capitalização de juros sobre o montante a ser resgatado pelo investidor ao final do sexto mês.

6 Finanças Corporativas e Valor

13.000.t.s. m.0% a.000. seis prestações m.m.3 Pede-se determinar o valor de cada prestação da carteira de captações de uma empresa.a.0% a. 4.a.a.00 $ 140.0% a.2.i.2 Determinar a taxa de juros efetiva anual (capitalização composta) para cada conjunto de informações abaixo: Taxa Nominal 13.2% a.2% a. – mensais.5% a. Regime (Período) de Capitalização Trimestral Semestral Mensal Quadrimestral Taxa Empregada no Período de Capitalização Proporcional Proporcional Equivalente (Composta) Equivalente (Composta) 2. quatro prestações m.00 2.2% a.a.00 16.00 Finanças Corporativas e Valor 7 .a.m. Pagamento único ao final de um ano (12o mês) IV $ 30.i.s. 18. conforme apresentado abaixo: a Encargos Forma de Pagamento 2.5% a. quatro prestações trimestrais iguais e sucessivas III $ 50. iguais e sucessivas Captação I II Valor do Principal $ 60.000.000.s.i. 18.

4 Um banco diz cobrar um total de 3.2. isto é: 3.00 vencíveis.000. é liquidar a dívida remanescente através de cinco pagamentos trimestrais. Dessa maneira.. que o seu critério usual de cálculo dos encargos é feito através de juros simples (capitalização linear) por dias corridos. que era de 1. o fluxo de caixa ficou comprometido. Devido à queda do volume de vendas.00 com 21 dias de atraso.1% ao mês.5 Uma empresa de refrigerantes contraiu um empréstimo no passado junto a uma instituição financeira.10% ao dia Pede-se: a) determinar o valor dos encargos compensatórios para uma empresa que tenha pago uma duplicata de $ 150.000. iguais e consecutivos. em 3 meses e 5 meses de hoje. aceita pelo banco.0%/30 dias = 0.00 e outro de $ 150. b) calcular o seu custo efetivo mensal pelo critério de juros compostos. A primeira parcela do refinanciamento vence três meses após a última parcela do financiamento anterior. 8 Finanças Corporativas e Valor .000. Sabe-se. também.0% ao mês a título de encargos compensatórios de atrasos nos pagamentos de seus clientes. Devido a esse refinanciamento a taxa de juros cobrada pelo banco. levando a empresa a renegociar toda a dívida junto à instituição financeira. Pede-se determinar o valor de cada parcela do novo financiamento.0% a. Atualmente sua dívida com o banco resume-se em dois títulos: um de $ 100. passou para 2. 2. respectivamente.m. a taxa diária cobrada pelo banco é a proporcional a 3.1% ao mês. A proposta da empresa.

2.000. executivo bem-sucedido de uma multinacional.000. Para atender a demanda crescente de seus clientes. sendo que posteriormente irá depositar $ 7. Os bancos cobram uma taxa de juros de 3.00 para quitar as parcelas intermediárias do financiamento da casa. Qual a decisão que oferece um custo menor: o financiamento através do banco ou através da empresa fornecedora? Justifique.000. Sabe-se que o equipamento a vista custa $ 1.00 em 120 dias.000. Semestralmente.000. $ 450. o setor siderúrgico vem também apresentando um bom desempenho.7 John Silva. a Companhia Regalo necessita de um novo equipamento. a empresa fornecedora do equipamento fez a seguinte proposta para a Companhia Regalo: entrada de $ 300. John está também pagando as prestações de sua casa.00 em 60 dias e $ 550.260.00.2. Qual o montante acumulado no fundo de renda fixa ao final de dez anos? Finanças Corporativas e Valor 9 . Porém. Devido ao crescimento econômico do país.000.6 A Companhia Regalo atua no setor de siderurgia. deseja aplicar seu dinheiro em um fundo de renda fixa.00. Sabe-se que o banco paga taxa de juros de 1. ele precisa sacar do fundo $ 18.0% ao mês para realizar o financiamento do equipamento.000. Além do investimento no fundo de renda fixa.00. O depósito inicial de John no fundo é de $ 5.4% ao mês para o investimento em renda fixa.00 todo mês neste fundo.

começando a primeira daqui a 12 meses.000.2. incidindo a primeira daqui a seis meses. e verificou-se alta lucratividade por metro quadrado.0%. iguais e sucessivas de $ 30.00.000. sendo a primeira aplicação daqui a 30 dias? 10 Finanças Corporativas e Valor .00. a responsabilidade de intermediação da compra foi dividida para três imobiliárias. O valor do desembolso previsto para esta data é de $ 400. Ele não pretende recorrer a financiamento imobiliário. A terceira imobiliária conseguiu três parcelas anuais e consecutivas de $ 180.000.8 O Grupo Shop-Shop.000. e a partir do sexto mês mais 25 parcelas mensais. utilizando somente recursos próprios. A primeira imobiliária conseguiu a seguinte proposta: 30 prestações iguais. Foram feitas análises nos shoppings existentes na cidade em estudo. Pede-se: a) Qual o valor mensal que Paulo terá de desembolsar. iguais e sucessivas de $ 20. mensais e sucessivas de $ 10. 2. O fluxo da segunda imobiliária é o seguinte: pagamento de 5 parcelas mensais.00. Qual o valor presente do terreno? Sabe-se que a taxa de juros considerada para a operação é de 2% ao mês. deve formar uma poupança suficiente para a compra da casa através de aplicações mensais em um fundo de investimento que oferece rendimento anual nominal de 10.000. de $ 50.00. Para tanto.000. Para que não houvesse especulação do proprietário da área.00 e 6 prestações semestrais.00. O próximo passo é a aquisição de uma área de grande porte. proprietário de uma cadeia de shopping na capital.00 e $ 500.000. $ 300. pretende abrir uma nova unidade no interior do Estado.000.9 Paulo Santos está planejando adquirir uma casa nova. Sua perspectiva para a compra da casa é para daqui a seis anos.00.

A decisão favorável a Paulo deve acontecer 20 meses após a primeira mensalidade..10 A New Finance oferece a você duas oportunidades para investir sua poupança. Qual o valor das mensalidades restantes. já que Paulo depositou o valor da indenização na aplicação financeira? 2.000. Ambos os títulos pagam prestações anuais iguais (principal mais juros) pelo prazo do resgate.000. A segunda opção oferecida pela New Finance é você adquirir um título com vencimento em 6 anos pelo valor hoje de $ 40.00. e sendo a primeira parcela prevista para daqui a 12 meses? b) Qual a taxa de juro que torna as duas opções igualmente atraentes? Finanças Corporativas e Valor 11 . O valor da indenização é de $ 60.00. a) Qual o valor das prestações anuais das duas opções. sendo os juros de 8% a.00. A primeira oportunidade é a aquisição de um título com a opção de resgate para daqui a quatro anos pelo valor hoje de $ 30.b) Admita que Paulo venha a receber uma indenização proveniente de uma ação judicial.a.000.

Apesar do baixo índice inflacionário.a.a.3 CÁLCULO FINANCEIRO EM CONTEXTOS INFLACIONÁRIOS 3. João verificou que seu poder de compra diminuiu.2 João trabalha em uma instituição bancária. Sabe-se que a taxa nominal da aplicação no título prefixado é de 24% a. mais variação monetária calculada pelo IGP-M. Calcule o rendimento nominal do título pósfixado e demonstre o que oferece ganho real maior. 3. A opção de aplicação pós-fixada oferece uma taxa real de 8% a. na função de gerente pessoa física. Ele constatou que no intervalo de seis meses seu padrão de consumo passou para 90% do que consumia antes. o que lhe proporciona um rendimento líquido de $ 2.1 Uma empresa encontrou no mercado financeiro duas alternativas de aplicação de seus recursos de caixa: títulos pós-fixados e títulos prefixados.500. 12 Finanças Corporativas e Valor .00 mensais. A taxa de inflação prevista no período da aplicação (um ano) é de 10%. Determine o valor da inflação no semestre.

000. Pedese calcular a rentabilidade nominal da operação de compra e venda do imóvel e a inflação do período verificada no período.000. Este título é emitido com prazo de resgate para daqui a um semestre. por esse motivo é muito utilizado por empresas que atuam em diferentes segmentos. bens e serviços. O IGP-M de janeiro de um determinado ano é de 195.00. O investidor pretende obter um ganho real de 6.80% (março).00 em janeiro de determinado ano e vendido em junho do mesmo ano por $ 650.872 e 211. 0. respectivamente.764 para janeiro e junho. Este índice utiliza uma grande variedade de itens.71% (abril).3. Finanças Corporativas e Valor 13 . pagando juros efetivos de 1.827. 3. Sabe-se que os valores do IGP-M foram de 201.4 Um investidor adquiriu um imóvel na expectativa de especulação imobiliária. qual deverá ser a taxa máxima de inflação no semestre? Justifique.4% ao mês. Calcule o valor do IGP-M no final do trimestre.2% neste intervalo de tempo. O imóvel foi adquirido por $ 600.70% (fevereiro). Para que o investidor obtenha o ganho real desejado. Sabe-se que a taxa de inflação de cada um dos meses seguintes atinge a 0. 3. 0.3 O IGP-M é um indicador que mede a taxa de inflação do país.5 Admita que um investidor tenha adquirido um título prefixado.

3.a. 3. variação monetária pós-fixada (baseada no IGP-M) e juros de 8% a.14% : 16.0% a./03). sendo a inflação projetada de 8% ao ano. 57.8 Um banco oferece duas alternativas de rendimentos para aplicação em títulos de renda fixa de sua emissão: taxa prefixada de 16.7 Os ganhos (rentabilidade) nominais acumulados do ano de 2002 das principais aplicações financeiras disponíveis no Brasil atingiram. Como você pode avaliar a melhor decisão? 14 Finanças Corporativas e Valor .a. os seguintes percentuais anuais: IGP – DI Caderneta de Poupança CDB (pré) para 30 dias Ouro (BM&F) Dólar Comercial : 26. 3.9% : 53. v.6 Uma loja de departamentos está vendendo certo produto a prazo cobrando juro nominal de 2.12% : 38. segundo a revista Conjuntura Econômica/FGV (no 10..2% ao mês. out.41% : 9. Determine o custo real do financiamento.46% Pede-se determinar a rentabilidade real de cada alternativa de aplicação financeira considerada com base no IGP – di.

No ano 00 sua receita de vendas foi de $ 575 milhões. empresa de grande porte pro-dutora e exportadora de açúcar e álcool combustível. admitindo-se que a inflação no mesmo período tenha atingido: a) 4.11 Os diretores da Usina Santa Klauss. gigante no setor de alimentos. 3. sendo que em 01 o valor da receita de vendas passou para $ 713 milhões.8% 3. No entanto.8% c) 8. Esse crescimento foi obtido devido a maior autonomia das unidades de negócios que passaram a atuar de forma independente. enquanto a inflação da economia foi de 8. expandiram a área de atuação da Usina.8% b) 6. está presente. Segundo instituição que realiza a pesquisa. vem apresentando um excelente desempenho nas vendas.3.a.7% no mesmo intervalo..8%.9 Determinar a variação real do poder aquisitivo (capacidade de compra) de um assalariado que obteve. Determine o custo real dessa operação em dólar em relação à inflação da economia. apesar de pequena.10 A Tower Co. essa taxa de depreciação monetária foi de 8% no intervalo citado. mais variação cambial. Eles transformaram a Usina Santa Klauss em geradora de energia elétrica com potencial de atender a demanda de cidades de médio porte. um reajuste salarial de 6. Finanças Corporativas e Valor 15 . qual o crescimento nominal e real das vendas da Tower Co. em determinado semestre. a taxa de depreciação monetária. Sabe-se que a variação cambial do dólar no primeiro ano foi de 10%. Admitindo que as vendas estejam em moeda final de cada ano. Para a viabilidade desse empreendimento foi necessário buscar recursos no exterior. Os juros dessa dívida em dólar são de 7% a.

16 Finanças Corporativas e Valor . Sabendo que o juro real é de 6% ao ano.80%. e a taxa de inflação para cada um dos meses é de. Sabe-se que a taxa real de juros é de 12% a.50%.a.3. No extrato bancário verificou que tinha saldo disponível de $ 80. sucessivamente.13 Foi concedido um empréstimo cinco meses atrás cujo vencimento acontece hoje.90%. − 0.000.00 há exatamente 12 meses. qual a inflação do período? 3.12 Antonio foi ao banco resgatar uma aplicação financeira.000.00. 0.70%. Determinar o custo nominal da operação de empréstimo. pois tinha depositado na aplicação financeira $ 65. Antonio ficou satisfeito. − 0.40% e 0. 0.

1 O Sistema Financeiro Nacional (SFN) tem importância social e econômica no processo de intermediação e distribuição de recursos no mercado. para verdadeiro. Ele é composto por instituições públicas e privadas que atuam nos diversos instrumentos financeiros. Os recursos são oferecidos para suprir a necessidade de capital de giro e capital fixo. 4. Estas transferências de recursos processam-se por meio das instituições financeiras. nas alternativas relacionadas ao Sistema Financeiro Nacional.4 AMBIENTE FINANCEIRO BRASILEIRO Sistema Financeiro Nacional (SFN) 4. sendo que os bancos e múltiplos têm o mesmo universo de b) ( c) ( ) O BNDES é um banco de investimento que atua em operações de repasses oficiais. e F. a) ( ) Uma característica do banco é a capacidade de interferir nos meios de pagamentos da economia com a criação da moeda escritural. Assinale V. Devido a essa característica. para falso. ) Os bancos financeiras tomadores comerciais atuação. Defina quais são e as funções do órgão normativo e do órgão executivo do mercado financeiro. O governo possui órgãos normativos e executivos. comerciais e múltiplos são instituições que atendem a demanda por crédito de de recursos. todo o recurso depositado no banco é devolvido ao mercado sob a forma de empréstimo. Finanças Corporativas e Valor 17 .2 O sistema de intermediação é composto por agentes capazes de gerar poupança para investimentos e agentes carentes de capital.

4. respectivamente. e F. sendo que este ganho dependerá da conjuntura do mercado e do 18 Finanças Corporativas e Valor .d) ( ) A sociedade de arrendamento mercantil e a sociedade de crédito. para falso. ) Associação de Poupança e Empréstimo é constituída sob a forma de sociedades civis sem fins lucrativos que atuam no financiamento imobiliário. )Dividendos: uma maneira de remunerar os acionistas. O pagamento de juros calculados sobre o capital próprio não proporciona nenhuma vantagem fiscal à empresa. financiamento e investimento têm como principais fontes de recursos a colocação de debêntures de emissão própria e a colocação de letras de câmbio no mercado. a) ( ) No exercício social. renda variável. sendo voltadas à área habitacional.4 As ações representam uma fração do capital social de uma sociedade. distribui dinheiro aos acionistas.3 Os ativos financeiros negociados no mercado podem ser classificados com relação à renda. A ação é considerada um título de renda variável que está vinculado aos lucros auferidos pela empresa emissora. prazo e emissão. Assinale V. nas alternativas relacionadas ao mercado de ações. parte dos resultados líquidos é distribuída sob a forma de dividendos. Defina ativos de renda fixa. ou seja. b) ( c) ( ) Os subscritores de capital podem beneficiar-se das valorizações de suas ações no mercado. e) ( Ativos Financeiros 4. para verdadeiro. Outra forma de remuneração dos acionistas é o pagamento de juros calculados sobre o capital próprio. no entanto existem certas limitações e condições estabelecidas para essa forma de distribuição de resultados prevista pela legislação. a natureza da emissão dos títulos e quais são os prazos.

No financiamento está embutido o risco e a taxa livre de risco. Quanto menor a taxa de poupança e mais elevada a taxa de juros da economia. d) ( )O direito de subscrição permite a todo acionista subscrever. todo o aumento de capital. O capital social é elevado em função da incorporação de reservas patrimoniais. quando uma sociedade decide elevar seu capital social. maior a dificuldade para obter financiamento. Taxas de Juros 4. na proporção das ações possuídas. em quantidade proporcional à participação de capital.6 O juro é o valor pago pelo empréstimo de um capital. Defina os segmentos de intermediação financeira. Defina taxa Selic e taxa de risco. devido ao maior consumo.5 A intermediação financeira desenvolve-se de forma segmentada.desempenho econômico-financeiro da empresa e da quantidade de ações. e) ( Mercados Financeiros 4. no entanto. esse direito de subscrição pode ser negociado no mercado pelo investidor quando o preço de mercado apresentar-se valorizado em relação ao preço subscrito. Esses segmentos na prática permitem que várias operações financeiras interajam por meio de um amplo sistema de comunicações. ) Bonificação é a emissão e distribuição gratuita aos acionistas. Finanças Corporativas e Valor 19 .

) As aplicações financeiras podem ser letras de câmbio. por exemplo. Os rendimentos devem conter o “ganho” posterior à data de fechamento do balanço. Esses valores devem corresponder ao valor original da aplicação incrementado integralmente pelos rendimentos. Esse ciclo operacional está no ativo circulante. os produtos em elaboração são avaliados por 150% do valor da matéria-prima contida neles. ) As despesas antecipadas podem ser definidas como recursos aplicados em itens referentes a serviços ou benefícios a serem usufruídos no exercício seguinte.5 ESTRUTURA DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS BRASILEIRAS 5. a legislação fiscal determinou algumas regras. certificado de depósitos bancários e outros itens. Quando o valor dos estoques a preço de mercado for inferior ao valor da aquisição é necessário realizar os ajustes mediante provisão. No entanto. b) ( c) ( d) ( e) ( 20 Finanças Corporativas e Valor . Podem ser classificados como despesas antecipadas. sendo as disponibilidades. ) No Brasil não é permitido o uso do método UEPS na conta de estoques devido à Legislação Fiscal.1 Assinale V para verdadeiro e F para falso nas seguintes alternativas. os produtos acabados são avaliados por 70% do maior preço de venda obtido no exercício. créditos. O mais utilizado é o critério do Preço Médio Ponderado. a) ( ) Na maioria das empresas o ciclo operacional é de doze meses. estoques e despesas antecipadas componentes do ativo circulante. ) Algumas empresas não possuem sistema de custo integrado e coordenado com a contabilidade geral.

se vencíveis a curto prazo. coligadas e administradores e sócios. O ativo permanente subdivide-se em três itens. b) ( Finanças Corporativas e Valor 21 .2 O ativo é dividido em três partes. sendo que os encargos a apropriar no período são de $ 13. originários de atividades não normais.000. não são ainda patrimônio líquido devido ao regime de competência. Exemplo de item do resultado de exercício futuro é bilhete de vôo recebido e não realizado.f) ( prêmios de seguros. porque não transitou pelo resultado do exercício. ativo circulante.4 Assinale V para verdadeiro e F para falso nas seguintes alternativas. ) Um item é considerado realizável a longo prazo quando seu ciclo operacional é superior a um ano. No entanto. adiantamento a diretores e empregados.000? O que pode ser interpretado através da obtenção dessa dívida líquida? 5. a) ( ) Os resultados de exercícios futuros podem ser considerados parte do patrimônio líquido. Explique os itens do ativo permanente. ativo realizável a longo prazo e ativo permanente. 5. pagamento de anuidade de jornais e revistas. ) O capital social é representado pelos seguintes itens: capital subscrito. cuja dívida contratada é de $ 80.3 Qual o valor líquido de um empréstimo. devem figurar como realizáveis a longo prazo. capital a integralizar e capital social líquido. 5. a legislação fiscal determina que os créditos junto a controladas.

Essa conta é denominada de reserva de capital. ) Lucros e prejuízos acumulados é o resultado final do exercício social. ) A legislação brasileira possibilita que os ativos permanentes tenham seus custos atualizados para chegar ao valor de mercado. a) ( ) A conciliação entre os saldos iniciais e finais do exercício social de todas as contas do patrimônio líquido é denominada de demonstrações das mutações patrimoniais. torna-se saldo à disposição da assembléia para ser alocado conforme sua vontade ou conforme a legislação determina. ) Nas Demonstrações de Origens e Aplicações de Recursos a receita líquida é a parcela que efetivamente pertence à empresa. Podem às vezes ser chamados de bonificações. As reservas de contingência são mantidas em função de fatos geradores mesmo que ainda não tenham acontecido. Através desse recurso é possível verificar os fatos que provocaram mudanças internas sem alterações no patrimônio líquido. ) A reserva legal é impedida pela legislação que seja distribuída na forma de dividendos. Quando positivo. A atualização acontece em face dos índices inflacionados e com a concordância dos sócios afetando todos os itens do ativo permanente.c) ( ) No patrimônio líquido existe uma conta na qual é alocado o “ágio” na emissão de capital.5 Assinale V para verdadeiro e F para falso nas seguintes alternativas. ou seja. ISS. os valores de aumento de capital. ICMS. recebidos dos sócios. ) Os dividendos extraordinários são relativos a lucros obtidos no passado ou então por conta de lucros obtidos durante o próprio exercício social. b) ( c) ( 22 Finanças Corporativas e Valor . acima do valor nominal das ações. como possíveis perdas de safra por problemas climáticos. IPI. PIS e COFINS. pois já estão descontados os impostos que incidem sobre a receita bruta. d) ( e) ( f) ( 5.

não existindo diferenças nesses setores na recuperação do IPI. a) ( ) Entende-se como operacional todo item que se relaciona com o objeto da empresa. no entanto algumas empresas lançam esses custos como despesas administrativas. Vendas de Serviços pelas prestadoras de serviços. Em qual setor isso acontece e qual o procedimento no exercício social nesses casos? 5. São realizados ajustes no lucro fiscal denominado lucro de apuração do lucro real que acaba por conciliar o lucro contábil antes do IR. Existem casos em que a execução dos serviços. ) O Imposto de Renda surge no passivo circulante como provisão.7 Assinale V para a alternativa verdadeira e F para a alternativa falsa. ) No setor de serviços o custo dos serviços prestados obedece às mesmas regras da indústria e comércio.6 O lucro bruto pode ser considerado a simples diferença entre receita líquida e os custos dos itens vendidos. e) ( 5. São considerados receitas ou despesas não operacionais os resultados de participação societária em outras sociedades. Ele incide obrigatoriamente sobre o lucro do exercício. é superior ao exercício social (120 meses). b) ( c) ( Finanças Corporativas e Valor 23 .d) ( ) Os custos das mercadorias são divididos em três subitens: Custo das Mercadorias na empresa comercial. originando dessa forma o lucro líquido do exercício. despesas financeiras e receitas financeiras. ) O lucro real é igual ao lucro contábil antes do IR. Custo dos Produtos vendidos na indústria. em meses. Apenas sobre a empresa comercial e industrial incide o Imposto sobre Produtos Industrializados.

para cada conta contábil apresentada.8 Identifique. Grupo (Subgrupo) Patrimonial (1) Ativo Circulante – Disponibilidades (2) Ativo Circulante – Clientes (3) Ativo Circulante – Estoques (4) Ativo Circulante – Despesas Antecipadas (5) Ativo Realizável a Longo Prazo (6) Ativo Permanente – Investimentos (7) Ativo Permanente – Imobilizado (8) Ativo Permanente – Diferido (9) Passivo Circulante (10) Passivo Exigível a Longo Prazo (11) Patrimônio Líquido – Capital Social (12) Patrimônio Líquido – Reservas de Capital (13) Patrimônio Líquido – Reservas de Reavaliação (14) Patrimônio Líquido – Reservas de Lucros (15) Patrimônio Líquido – Lucros ou Prejuízos Acumulados ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( Contas Contábeis ) Prêmios de Seguros a Apropriar ) Provisão para 13o Salário ) Reservas Estatutárias ) Materiais de Almoxarifado ) Produtos em Fabricação ) Duplicatas Descontadas ) Marcas e Patentes ) Encargos Financeiros Relativos às Duplicatas Descontadas ) Terrenos para Uso Futuro ) Despesas com Pesquisas de Novos Produtos ) Valores Recebidos por Conta de Prestação Futura de Serviços (ou Entrega Futura de Mercadorias) ) Financiamento em Moeda Estrangeira a Vencer no Exercício Seguinte ( 24 Finanças Corporativas e Valor . por exemplo.d) ( ) O objetivo das Demonstrações das Origens e Aplicações de Recursos é destacar de onde se originam os valores que aumentam o capital circulante líquido da empresa e para onde foram os valores que o diminuíram. explicação resumida dos critérios de avaliação de estoques. ) As notas explicativas auxiliam na interpretação. o grupo patrimonial a que pertence. e) ( 5. análise das demonstrações contábeis. ativo permanente. como. provisão para retificação de ativo etc.

conforme critérios definidos pela legislação societária vigente. ESTRUTURA APURADAS EM 31.200 Provisão para Devedores Imobilizado 500.780 Acumulados 225.000 Fornecedores 249.000 Aplicações Financeiras 61.000 Reserva Legal 26.000 Despesas Antecipadas 3.600) Empréstimos e Financiamentos Lucros ou Prejuízos (vencíveis a partir de 31.800 Finanças Corporativas e Valor 25 .) 17. Aberto 33.000 Materiais Diversos 4.000 Salários e Encargos Sociais 22. Estrutura.300 Amortização Acumulada (320) Títulos Vinculados ao Merc.9 A seguir são relacionadas as contas contábeis patrimoniais da Cia. férias Controladas 22.000 Depreciação Acumulada (109.000 Reservas para Contingências 42.12.960 Caixa e Bancos 20.000 Ativo Diferido 1.12.05 Contas ($ 000) Contas ($ 000) Capital Social Integralizado 226.600 Mercadorias 250. CONTAS PATRIMONIAIS DA CIA.900 etc.000 Doações Recebidas 40.000 Subvenções para Investimentos 24.000 Provisão para IR 30.800 Investimentos 94.400 Duvidosos (2.200) o Créditos Junto a Empresas Provisões Diversas (13 . Diante desses valores.460 Duplicatas Descontadas (17.800) Dividendos a Pagar 9.000 Impostos e Taxas a Recolher 11.07) 23.5. pede-se elaborar o balanço patrimonial da empresa referente ao exercício considerado.000 Duplicatas a Receber 100. conforme apuradas ao final do exercício social de 05.000 Empréstimos e Financiamentos (vencíveis em 06) 12.

000 TOTAL 7.300. (Apesar de não constar do conteúdo do capítulo.100.000.000 Passivo $ Exigível 3.5.000.000 Patrimônio Líquido 4.200. Sabe-se que a inflação do período é de 16%. no início de determinado exercício social.200. seja o seguinte: BALANÇO INICIAL Ativo Disponível Valores a Receber Estoques Imobilizado TOTAL Pede-se: a) supondo-se que os estoques tenham sido integralmente vendidos ao final de um determinado período por $ 5.000 4.000.000 b) recalcular os resultados supondo que somente 70% dos estoques tenham sido vendidos por $ 4. $ 600.000 1.000 7. Discutir os resultados obtidos pelos dois critérios de apuração dos resultados.10 Admita-se ilustrativamente que o balanço de uma empresa. esse exercício (e o próximo) é interessante para introduzir.300.000 1.500. apurar o resultado pelo critério legal vigente (em valores nominais) e em correção integral. em nível mais avançado.600.) 26 Finanças Corporativas e Valor . lucro nominal e reposição.000. conceitos de lucro real.

b) 20%.000 e venda de 70% de seu volume por $ 4.11 Mantendo-se as duas hipóteses de vendas adotadas no problema 5.000). pede-se calcular o resultado do período a custos correntes corrigidos.10 anterior (venda de todos os estoques por $ 5. a) 14%.5.600. Nessas condições.000. admita-se que o preço de reposição dos estoques tenha-se elevado em. Finanças Corporativas e Valor 27 .

calcule a análise horizontal.2 Devido à instabilidade da economia ocasionada por fatores ambientais e também por fatores internos de reestruturação organizacional. Com base nesses números. Comente os resultados. 6. respectivamente. a Companhia Aérea ANJO apresentou lucro operacional em X5 de $ 2. as vendas totalizaram $ 15. 832 milhões e nos dois anos seguintes as vendas foram de $ 16. 28 Finanças Corporativas e Valor . e em X7 de $ 0. Faça a análise horizontal da Companhia Aérea ANJO. em X6 o resultado operacional foi de $ – 5.57 milhões.6 ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 6. X8 e X9. As Margens de Contribuição foram de 16. Nos demonstrativos da contas patrimoniais da empresa Burbur. respectivamente para os anos de X7. para os anos de X8 e X9.75 milhões.1 O diretor da empresa Burbur pediu à controladoria da empresa para que avaliasse a evolução das vendas líquidas e da margem de contribuição da empresa.2%.785 milhões e $ 17. 16% e 16% das vendas.6 milhões.875 milhões.

970 e o exigível a longo prazo é de $ 1.000. 6. Realizável a Longo Prazo $ 8. Estoques $ 15. deseja realizar processo comparativo entre os valores relacionáveis identificados numa mesma demonstração contábil. Passivo Circulante $ 36.3 A empresa Beta S. calcule os indicadores de liquidez e de endividamento e estrutura.300. Elabore a análise vertical para os anos X8 e X9.000. Despesas Antecipadas $ 1.A.100. o patrimônio líquido é igual a $ 3. através de seu gerente.500. no mesmo ano.500. Sabe-se que o crescimento do ativo total perfaz 20% no período. Exigível a Longo Prazo $ 30.850.000.000.580. Clientes $ 20. Ativo Permanente $ 36.6. Finanças Corporativas e Valor 29 . Com base nestas contas. Patrimônio Líquido $ 16.4 A empresa ALFA apresenta as seguintes contas patrimoniais: Disponível $ 1. é igual a $ 2. Sabe-se que o ativo total no ano X8 é de $ 9.400.550 e o exigível a longo prazo. O patrimônio líquido no ano X9 é de $ 4. Em X8.500.

6. foi de $ 15 milhões.5 O laboratório Gama atua no setor farmacêutico há dez anos.6 milhões. o investimento total era de $ 25.7 bilhões e a empresa mantinha $ 15 bilhões de dívidas onerosas. Determine os indicadores de rentabilidade. As vendas líquidas foram iguais a $ 28. ou seja.3 bilhões.7 Uma empresa petrolífera. gerando lucro líquido de $ 3. através da controladoria. 30 Finanças Corporativas e Valor . publicou no início do ano seu demonstrativo financeiro. 6. 6. Desde o lançamento dos remédios genéricos o seu diretor presidente notou um crescimento positivo nas vendas. O diretor presidente quer demonstrar esse crescimento aos acionistas através dos indicadores de rentabilidade. Lucro por Ação e o Índice Preço Lucro.60/ação. O preço da ação no mercado está sendo avaliado em $ 3. As receitas líquidas somam $ 85.880 milhões. O exigível total de funcionamento (exceto o de financiamento) soma $ 15 milhões.000. Sabe-se que o lucro gerado pelos ativos após o Imposto de Renda. Os financiamentos a curto prazo e longo prazo somam $ 25 milhões.000 e o número de ações é igual a 100. Nesse demonstrativo.6 Calcule os indicadores de análise de ações. Isso aconteceu porque a empresa investiu na fabricação dos remédios genéricos. Sabe-se que o lucro líquido é de $ 50. Calcule o retorno sobre o patrimônio líquido. sendo apurada uma margem líquida (LL/VENDAS) de 15%. O Patrimônio Líquido é igual a $ 16.565 milhões. na última demonstração.

. LIQ. Índices Setoriais Liquidez Corrente Liquidez Seca ANO 0 1.000 11.8 Os valores do ativo circulante. ($ 000) Ativo Circulante Estoques Passivo Circulante Pede-se: a) determinar o índice de liquidez corrente e seca para cada um dos períodos. LIQ.200 1. avaliar a posição de liquidez a curto prazo da empresa.500 13.6.84 ANO 1 1. c) se fossem fornecidos os seguintes índices setoriais. são apresentados a seguir: VALORES DA CIA.19 0.000 29.76 ANO 2 1.000 27.18 0.100 ANO 2 15.300 ANO 3 34.100 ANO 1 5.89 ANO 3 1.300 b) através de uma comparação temporal desses indicadores. LIQ. como você completaria a avaliação da liquidez da Cia. ANO 0 2. referentes aos quatro últimos exercícios sociais da Cia.600 4.000 5.14 0.90 Finanças Corporativas e Valor 31 . estoques e passivo circulante.22 0.300 2.

01 2.360 0.690 11.0 2. aponte a razão mais provável que explique a tendência verificada no nível de investimentos em estoques.79 03 4.99 04 7.41 02 3. b) comparar os índices obtidos (inclusive o de liquidez seca) e comentar sobre a tendência dos investimentos da empresa em estoques ao longo dos anos considerados.2 3. pede-se: a) calcular o prazo médio de estocagem e a rotação dos estoques para cada um dos quatro anos.19 Diante dessas informações.700 0.120 1.9 Abaixo são transcritos alguns dados de uma empresa conforme extraídos de suas demonstrações contábeis: ANOS Valor Médio dos Estoques ($ 000) Custo dos Produtos Vendidos ($ 000) Liquidez Seca 01 2.4 1.700 5.6 02 2. c) conhecendo os índices abaixo.850 0.9 03 3.4 Giro dos Valores a Pagar Giro dos Valores a Receber 32 Finanças Corporativas e Valor .6.820 58.1 04 3.5 2.715 25. conforme verificado na pergunta anterior b.

000 800.000 180.12. b) assinalar com um * toda variação que afete o nível do capital circulante líquido.X2 (750.000 250.000 1.000 480.12.000 900.000 Depreciação Acumulada Lucros ou Prejuízos Acumulados Valores a Receber a Curto Prazo Financiamentos (longo prazo) Imobilizado Reservas de Lucros Disponível Realizável a Longo Prazo Fornecedores Despesas Antecipadas (Ativo Circulante) Resultados de Exercícios Futuros Ativo Diferido Investimentos Finanças Corporativas e Valor 33 .000 360. identificando-a como origem ou aplicação de recursos.000 430.000 1.000 500.000 Valor ($) em 31. Pede-se: a) determinar a variação de cada conta.900.000) 45.200.000 2.100.000 700.000 2.000 150.300.000 1.10 Abaixo são transcritos diversos valores contábeis de uma empresa.000 400.000 450.6.300.000 2.000 1.400.700.000 700.000) 120.600.000 1.X1 (600. referentes aos dois últimos exercícios sociais. Valor ($) em 31.000 260.

000.000.853.00) (15.296.00) (10. 20X1 e 20X2).000.(15.00) (15.611.733.76 DESPESAS DE VENDAS (10.00 9.80 CUSTO DE PRODUÇÃO 104.580.00 280. Há um ano a empresa fechou um grande contrato.00 79.248.00) RECEITAS FINANCEIRAS 300. 34 Finanças Corporativas e Valor .00 320.00) VAS DESPESAS FINANCEIRAS (5.04 LUCRO BRUTO 49. Para isso foi solicitado ao gerente financeiro que elaborasse a análise horizontal desse demonstrativo.00) (4.00 186.372.665. A direção da empresa quer avaliar a evolução dos vários itens das demonstrações de resultados em intervalos seqüenciais de tempo (exercícios de 20X0.20 32.300.00) (4.261.74 Elaborar a análise horizontal das demonstrações de resultados dos exercícios.00 50.76 PROVISÃO PARA IR (6.00 266. DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO DO EXERCÍCIO (em $ mil) 20X0 20X1 20X2 VENDAS LÍQUIDAS 154.00) (4.00 RESULTADO ANTES DO IR 19.00 14. sendo a principal fornecedora de cabos para uma montadora de veículos nacional.800.727.7 ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS – APLICAÇÃO PRÁTICA 7.720.02) LUCRO LÍQUIDO 12.000.00 141.000.428.1 A empresa CONNECTION fabrica e comercializa fios e condutores elétricos.000.932.00) DESPESAS ADIMISTRATI.986.000.000.280.80) (17.500.685.00 184.00 43.00) (10.

500.00) LUCRO LÍQUIDO 4.00 320.00) TIVAS (800.00) (7.7.00) (2.290.600.00 DESPESAS DE VENDAS (1.00 CUSTO DE PRODUÇÃO 43.00 (3.800.00) RECEITAS FINANCEIRAS 300.720. a exemplo de outras empresas do setor. DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO DO EXERCÍCIO (em $ mil) 20X0 20X1 20X2 VENDAS LÍQUIDAS 54.080.310.568.500.348. está passando por dificuldades determinadas pela instabilidade do mercado de leite e derivados.00 LUCRO BRUTO 10.800.200. Essa situação é refletida na evolução dos resultados dos três últimos exercícios.00 1.00 40.392.2 A companhia de laticínios MILK.500.00) PROVISÃO PARA IR (2.00 37.200.00) (7.100.200.100.00) DESPESAS ADMINISTRA(3.000.00) (1.00) (2.00 280.00 RESULTADO ANTES DO IR 6.00) Finanças Corporativas e Valor 35 .00) DESPESAS FINANCEIRAS (2.00 (3.00) (1.00 37.044.00 36.200. Pedese efetuar a análise horizontal das demonstrações de resultados apresentadas a seguir.00) (800.568.

5 e em X8 e X9 os índices foram de 92.61.00 190.3 A indústria de alimentos ABC atua há dez anos na região Sudeste atendendo a grande.00 268. foi verificado crescimento nominal no balanço patrimonial da empresa.84 PASSIVO CIRCULANTE 50. O gerente financeiro alegava que o crescimento real era negativo.00 560.84 36 Finanças Corporativas e Valor .00 50. pois a inflação estava “engolindo” o crescimento da empresa.00 297. BALANÇO PATRIMONIAL (em $ 000 000 ) X7 X8 X9 ATIVO CIRCULANTE 180. médio e pequeno varejista desta região.00 213.00 50.00 TOTAL 480.00 EXIGÍVEL A LONGO PRAZO 200.5 e 104. respectivamente.00 198.00 195.00 60.00 310. Sabese que em X7 o índice de preço foi de 80. justifique se o gerente tem razão.00 270.7. Nos últimos três anos.00 PATRIMÔNIO LÍQUIDO 230.00 ATIVO PERMANENTE 50.00 518. Através da análise horizontal do balanço patrimonial.00 55.84 REALIZÁVEL A LONGO PRAZO 250.

00 11.000.00 R$ 800.00 R$ 2.147.330.00 R$ 10.768.500.533.00 800.698.00 24.00 R$ 20.99 R$ 17.725.00 36.330.00 42. José Alfredo.00 3.000.350.00 R$ 10.00 29.00 10.150.84 R$ 17.00 25.83 R$ 2.800.00 R$ 26.041.807.00 R$ 160.00 38.332.533.A.00 R$ 26.00 800.257.913.00 R$ 13.00 CAIXAS E BANCOS CONTAS A RECEBER ESTOQUES APLICAÇÕES FINANCEIRAS DESPESAS ANTECIPADAS ATIVO CIRCULANTE REALIZÁVEL A LONGO PRAZO INVESTIMENTOS IMOBILIZADOS PERMANENTE TOTAL FORNECEDORES FINANCIAMENTOS ADIANTAMENTO A CLIENTES PASSIVO CIRCULANTE FINANCIAMENTOS EXIGÍVEL A LONGO PRAZO CAPITAL SOCIAL RESERVAS DE CAPITAL LUCRO ACUMULADO PATRIMÔNIO LÍQUIDO 1.00 10.00 2.60 R$ 20.99 R$ 11.00 Finanças Corporativas e Valor 37 .00 10.00 3.237.00 R$ 3.00 R$ 500.00 R$ 11.120.257.097.600.076.150. BALANÇO PATRIMONIAL (em $ 000) X5 X6 X7 2.4 A Companhia S.400.630.000.00 R$ 6.00 1.33 1.032.60 R$ 2.00 R$ 500.700.00 17.00 1. quer que sejam realizadas comparações relativas entre valores e afins numa mesma demonstração contábil.800. superintendente da companhia.457.00 20.03 704.00 3.300.390.00 2.000.000.50 2. Bebidas está apresentando nos últimos anos mudanças significativas nas suas contas patrimoniais.00 11.00 R$ 12.00 R$ 5. Elabore os cálculos necessários para que se obtenha a análise vertical desejada.00 R$ 950.00 R$ 500.00 R$ 3.00 R$ 12.84 R$ 9.000.200.160.000.00 2.00 800.00 R$ 128.032.500.307.298.300.00 2.550.188.50 840.00 12.00 R$ 900.00 R$ 200.517.80 16.7.

000.00 500.00 ATIVO/PASSIVO TOTAL + PL 98.00 PRAZO VALORES A RECEBER A LONGO PRAZO 32.000.530.00 6.000.00 SALÁRIOS 20.520.00 208. Ela é uma empresa familiar.00 91.115.520.00 APLICAÇÕES FINANCEIRAS 350.500.300. devido à concorrência no mercado globalizado.00 DESPESAS ANTECIPADAS 500.200.000. Gradativamente. está ocorrendo a transição dos diretores familiares para diretores que possuem formação acadêmica e atuam no mercado.750.00 1.00 27.649.500.000.282.500.00 DIVIDENDOS PROPOSTOS 500.00 2.7.00 38 Finanças Corporativas e Valor .00 CAPITAL SOCIAL 40.800. os diretores eram os proprietários e tinham o poder de decisão.5 A empresa ROMA comercializa e fabrica produtos plásticos.00 13.00 17.00 212.00 2.000.332.00 OBRIGAÇÕES FISCAIS 200.00 LONGO PRAZO OBRIGAÇÕES FISCAIS A LONGO PRAZO 200.00 FINANCIAMENTOS BANCÁRIOS A 15.00 INVESTIMENTOS 6.00 FORNECEDORES 13. ou seja.500.00 2.00 FINANCIAMENTOS BANCÁRIOS (CP) 6.00 200.00 6.600.00 LUCROS ACUMULADOS 2.00 VALORES A RECEBER 20.00 IMOBILIZADO (Valor Líquido) 17.00 21.300.404.00 RESERVA DE CAPITAL 750.00 DEPÓSITOS JUDICIAIS 200.00 42.000.00 20.00 16.000.00 ATIVO DIFERIDO 212.00 ESTOQUES 18. A ROMA apresenta as seguintes contas: CONTAS DO BALANÇO PATRIMONIAL (em $ mil) – Valores Médios X6 X7 DISPONÍVEL 2.600.00 450.00 APLICAÇÕES FINANCEIRAS A LONGO 500.00 909.

000.036.00 Com base nos Demonstrativos da empresa ROMA pede-se calcular: a) indicadores de liquidez.02) LUCRO ANTES DO IR 4.000.00 46.000.00) (25.00) RECEITAS OPERACIONAIS 1.00 19.350. b) indicadores de atividade. endividamento e estrutura.00) (36.42) (1.00 82.650.00 1.DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS (em $ 000) X6 X7 VENDAS LÍQUIDAS 75.800.997.966.20 DESPESAS GERAIS E ADMINISTRATIVAS (25.00) RECEITAS FINANCEIRAS 509.00) (3.75 DESPESAS FINANCEIRAS (8.42 5.444.493.58) (14.564.006.530.00 585.240.35 OUTRAS DESPESAS OPERACIONAIS (653. c) indicadores de rentabilidade e lucratividade (líquidos do IR).877.522.00) (718.642. Finanças Corporativas e Valor 39 .442.73) LUCRO LÍQUIDO 2.500.73 PROVISÃO PARA IR (1.242.00 CUSTO DOS PRODUTOS VENDIDOS (35.50 DESPESAS OPERACIONAIS (2.50) LUCRO BRUTO 39.645.30) LUCRO OPERACIONAL 13.00 3.

000 38. pede-se elaborar o fluxo financeiro de caixa (demonstração de origens e aplicações de caixa) e a demonstração de origens e aplicações de recursos (capital circulante líquido).000 Fornecedores Obrigações 33.900 134.500 2.500 526.000 20X4 47.926 1.000 16.7.000 11.400 7.000 3.400 2.026 3.300 75.800 Futuros Patrimônio 233.600 14.000 ⎯ 89.900 a LP Instituições 142.950 2.300 81.960 7.146 620 16.6 A Cia.460 46.380 780 33.700 4.200 18.200 19. Ativo Ativo Circulante Caixa e Bancos Aplicações Financeiras Contas a Receber – Clientes Estoques Pagamentos Antecipados Ativo Realiz.980 Líquido Capital Social Reservas de Capital Reservas de Lucros Lucros Acumulados 20X3 30.600 107. A partir das demonstrações apresentadas.726 20X4 Passivo e Patrimônio Líquido Passivo 78.080 10.680 20. Dividendos a 390.060 40 Finanças Corporativas e Valor .500 5.100 2.000 Pagar Passivo Exigível 12.800 330 4. DOC publicou seus balanços patrimoniais referentes aos dois últimos exercícios sociais. conforme transcritos a seguir.600 2.600 41.100 Financeiras 112.800 73.700 Controladas Resultado de Exercícios 3.600 27.000 Debêntures 41.980 Circulante Instituições 890 Financeiras 3.540 19.700 Fiscais/Empr.600 12.600 Debêntures Empresas 25.000 31.300 1. Longo Prazo Ativo Permanente Investimentos Imobilizado Diferido TOTAL DO ATIVO 20X3 44.

Finanças Corporativas e Valor 41 . Com base nesses valores.500.2 Os acionistas de uma empresa querem saber o custo da dívida após imposto de renda.8 DESEMPENHO OPERACIONAL E ALAVANCAGEM FINANCEIRA 8.0 mil.0 milhões. após o imposto de renda. gerando dessa forma 15. O lucro operacional após o IR atinge $ 9.0 milhões e o Patrimônio Líquido a $ 182. pede-se calcular o retorno sobre o ativo (ROA) da Cia. O Passivo Total corresponde a $ 148.83% de retorno sobre o ativo total da empresa.1 A Companhia GAD apresentou EBIT (lucro operacional antes do IR) de $ 50. é de 11%. Pede-se calcular o custo da dívida após o IR. O retorno sobre o patrimônio líquido (ROE). GAD. sendo que 40% do ativo total corresponde ao capital próprio. Sabe-se que o imposto de renda é igual a 34%.0 milhões no último demonstrativo de resultados publicado. 8.

é de $ 120.2% e a estrutura de capital (P/PL) de 0.4 Uma empresa pretende calcular o seu grau de alavancagem. 8.000 e a despesa operacional corresponde a 75% das receitas operacionais.000 e a alíquota de IR de 34%. Admitindo custo de captação nominal de 20% e inexistência de IR. RWC. do último período é de $ 4. O Patrimônio Líquido é de $ 85.000 e o Patrimônio Líquido de $ 210. o ROI (retorno sobre o investimento) da empresa seria de 6.3 A empresa MINI alimentos. após o imposto de renda.750. A receita operacional é de $ 300. o custo de captação de recursos antes do IR é de 18% gerando encargos financeiros brutos de $ 10. através do seu sócio proprietário.2917. Como parâmetro da viabilidade foi escolhido o indicador ROE. Determine o ROI (retorno sobre o investimento) da Cia.200 mil. O passivo exigível.800. o custo da dívida após o IR de 7.0 mil e o seu patrimônio líquido corresponde a $ 32. sem o investimento e com o investimento. 42 Finanças Corporativas e Valor .2%. deseja realizar novos investimentos. O lucro líquido. Simulando a realização do novo investimento. composto somente de financiamento bancário.5 O diretor financeiro deseja determinar a rentabilidade do investimento da Companhia RWC. Calcule o ROE nas duas situações e analise os resultados. 8. Na situação atual (antes da realização do novo investimento).000. o lucro líquido da empresa é de $ 1.580.8. calcule o grau de alavancagem financeira (GAF). A partir da definição do indicador foram elaboradas duas situações.

ROI (retorno sobre o investimento).90) 386.500.00) (−) CPV (=) Lucro Bruto 2.500.00 Prazo 7.288.850. sabendo que o spread da empresa (ROI – Ki) é de 4%.00 Financiamentos 1.10 Finanças Corporativas e Valor 43 .00 (325.00 555.850.12.569.650.00 Financiamentos 7.500. utilizando o Balanço Patrimonial e Demonstrativo de Resultado relativos ao exercício social findo em 31.00 TOTAL DOS ATIVOS 20.S.00 Patrimônio Líquido 9.00 585.00 35. ROE (retorno sobre o patrimônio líquido).00 Exigível em Longo Ativo Permanente 9.13.00 Fornecedores 725. Lucro Líquido do Exercício (2.00 (198.438.288.X5 – Valores Médios Ativo Circulante 10.00 Outras contas 563.5 e o ROI igual a 14%? 8. devido principalmente ao preço competitivo e qualidade dos produtos obtidos através de novos investimentos em equipamentos. todos líquidos do imposto de renda.00 TOTAL PASSIVO + PL 20.00 Imobilizado líquido 9.X5 Receita Operacional 6.8. o P/PL igual a 0.281. Ki (custo da dívida) e GAF (grau de alavancagem financeira).346. No último ano registrou aumento real nas vendas de 5%.00 Dividendos 326.12.00 Passivo Circulante 3.00 Contas a receber 5.00) 800. BALANÇO PATRIMONIAL (em $ 000) – 31.223.X5.00 DEMONSTRATIVO DE RESULTADO (em $ 000) 31.6 A empresa VEREDAS atua no setor de confecção. e Gerais Honorários de Adm.00) 1.237.652. Qual o retorno sobre o patrimônio líquido.931.00 Aplicações financeiras 2.00 (3.7 Calcule os indicadores ROA (retorno sobre os ativos).00 (−) Despesas Operacionais Vendas Adm.551. Receitas Financeiras Despesas Financeiras Lucro Operacional (−) Imposto de Renda e C.000.00 Impostos 850.00 Estoques 2.

c) Determinar o GAF para as estruturas de financiamento consideradas.8. $ 1. determinar o ROI (retorno sobre o investimento). O custo dos produtos vendidos e as despesas administrativas e de vendas atingem.8 milhão em ativos fixos e $ 720 mil em ativos circulantes (capital de giro). respectivamente. em determinado período de planejamento. Em seus cálculos.8 Suponha que os investimentos de uma empresa sejam de $ 1. Pede-se: a) Admitindo a inexistência de imposto de renda e inflação. 44 Finanças Corporativas e Valor .8 milhão. − 40% por recursos próprios e 60% por recursos de terceiros onerosos. − 50% por recursos próprios e 50% por recursos de terceiros onerosos. desenvolva também a demonstração de resultados ajustada ao Imposto de Renda. b) Determinar o ROE (retorno sobre o patrimônio líquido) e o GAF (grau de alavancagem financeira) pela formulação usual e pela mais analítica para as hipóteses de financiamentos dos investimentos consideradas na questão a acima. sabendo-se que os investimentos (ativos) totais são financiados: − exclusivamente por capital próprio. para o mesmo período.08 milhão e $ 216 mil. admitindo-se a existência de uma alíquota de imposto de renda de 35%. $ 1. As receitas de vendas somam.

os seguintes resultados de uma empresa: Lucro Operacional (antes do IR): Ativo Total: Alíquota de IR: Depreciações: Estrutura do Passivo da Empresa: Custo de Captação de Mercado: Pede-se: a) determinar o limite máximo de compromissos que a empresa pode assumir em termos de encargos financeiros e amortização de capital.000 $ 185.a. $ 85. para determinado período. de modo que haja adequada conciliação entre a alavancagem financeira e o prazo de amortização das dívidas.9 Admita que se tenham projetado. calcular o empréstimo máximo que a empresa poderá solicitar. Finanças Corporativas e Valor 45 .8.000 35% $ 020.000 60% de recursos de terceiros e 40% de recursos próprios 15% a. b) admitindo que o prazo máximo que as instituições financeiras estão propensas a conceder para a amortização de dívidas seja de um ano.

0 milhões. em fase de elaboração de um planejamento financeiro para o próximo exercício.56 milhão O passivo exigível oneroso existente no início do período de planejamento é de $ 7.8. Sendo a alíquota de IR de 34%. Efetue também uma análise sobre o resultado obtido.2 milhões $ 1.5 milhões. O patrimônio líquido previsto para o período é de $ 8. estimou os seguintes valores para a sua atividade: Vendas: Despesas Operacionais: Despesas Financeiras (brutas): $ 39. 46 Finanças Corporativas e Valor . pedese calcular a alavancagem financeira projetada para o período de planejamento. Não são previstas mutações nesse valor por pagamentos ou novas captações durante o período considerado.10 Uma empresa.1 milhões $ 36.

500 9.a. e o custo de oportunidade dos acionistas de 18% a.a.1 Calcule o custo médio ponderado de capital (WACC) de uma empresa que mantém passivos onerosos de $ 80 milhões e patrimônio líquido de $ 120 milhões. Os juros bancários estão atualmente fixados em 18. MAX.0 milhões. MAX apurou um lucro líquido de $ 2.75% a.2 Calcule o valor econômico agregado (VEA) de uma empresa que apresenta os seguintes resultados: • RROI: 3% • WACC: 14% • Lucro operacional (após IR): $ 2. antes do benefício fiscal.0 milhões no último exercício.9 GESTÃO BASEADA NO VALOR 9. Finanças Corporativas e Valor 47 . e a taxa de atratividade dos acionistas é de 12% a. 9. O patrimônio líquido da empresa é de $ 18. A alíquota de IR é de 34%..a. Determinar o valor econômico agregado e o goodwill da Cia.3 A Cia.

9. A participação no investimento total dos acionistas é de 40%.a.a. 9. antes do IR. Pede-se calcular o MVA e o valor de mercado com base na situação atual (exercício de X4) da BETA Co.5% a. através de sua área financeira. e o custo do capital de terceiros. Pede-se determinar o MVA da empresa.. 48 Finanças Corporativas e Valor . Pede-se determinar..0 milhões de patrimônio líquido.a.0 milhões de passivos onerosos e $ 130.5 Os acionistas da Cia.800.2 milhões. o MVA da empresa. é de 19% a. A companhia obteve lucro operacional no ano de X2.48 milhões. descontado o imposto de renda. foi de $ 48. O lucro operacional do exercício. apresentou os resultados do exercício de X4 da empresa aos seus acionistas.a.000. e o juro bancário bruto (antes da dedução fiscal) é de 23. A alíquota de imposto de renda da empresa é de 34%. A taxa de retorno requerida pelos acionistas é de 18% a. de $ 1.000. O índice de endividamento. O lucro operacional após o IR é de 42. O custo do capital de terceiros. Sabe-se que o investimento total é igual a $ 12. O retorno exigido pelos acionistas é de 15% a.6 O Diretor Financeiro da Cia. líquido do IR. A estrutura de capital da BETA é constituída de $ 90. e a taxa de atratividade dos acionistas é de 17% a. é igual a 55%.0 milhões.9. medido pela relação entre passivo oneroso e patrimônio líquido. O investimento total da empresa atinge $ 15.a. ABC querem conhecer a riqueza absoluta gerada pela empresa com base em seu desempenho no exercício de X6.000. Admita uma alíquota de IR de 34%. LANCER deseja determinar o valor do MVA da empresa. antes do IR.4 A BETA Co. com base nas informações levantadas. é de 14% a.a.

8 Uma empresa apura em determinado exercício social um ROI igual a 16% e WACC de 14%.8% do investimento total. − Alíquota de IR: 34% A relação P/PL manteve-se inalterada após a redução dos investimentos. Com base nesses resultados.0% a.0 milhões − Capital de terceiros/investimento total (P/P+PL): 45% − Custo do capital de terceiros (antes do IR): 16.a. a empresa geriu melhor seus ativos (estoques. pede-se determinar o valor de mercado e o MVA da empresa. apesar de não existir mudança significativa nos resultados líquidos anuais. verificou. O seu investimento total é de $ 200. Determine os valores de mercado da CORPROATE Co.0 milhões. Finanças Corporativas e Valor 49 . Isso é constatado pela redução de 4. sem e com a redução dos ativos. 9. através dos demonstrativos contábeis apurados.a. Comente os resultados. As principais informações fornecidas pelos demonstrativos contábeis da empresa são apresentadas a seguir: − Lucro operacional bruto (antes do IR): $ 37.87 milhões − Investimento total (antes da redução): $ 180.7 O Diretor Financeiro da CORPORATE Co. inadimplência e ociosidade). O Diretor argumenta que. que o lucro líquido da empresa vem se mantendo praticamente o mesmo nos últimos anos.2% a.9. − Custo do capital próprio: 14.

50. Determinar a rentabilidade sobre o patrimônio líquido (ROE) da empresa.a.9.5% líquido do IR. concorda com a proposta? 50 Finanças Corporativas e Valor .a. Atualmente.. Com base na situação descrita. pede-se determinar o índice de dependência financeira da empresa (passivo oneroso/ativo total). Os passivos da empresa têm um custo de 12% a. Há uma proposta em avaliação de reduzir essa distribuição de lucros para 50% nos próximos dois anos. b) Sendo de 66.5% o índice de endividamento medido pela relação entre passivos onerosos e patrimônio líquido. A empresa mantém um índice de endividamento (passivo oneroso/patrimônio líquido) igual a 1. como acionista.a. pedese discutir essa decisão de reduzir a taxa de distribuição de dividendos. e projeta-se que esse percentual irá se manter a longo prazo. O retorno sobre o patrimônio líquido da empresa atual é de 12% a. 9.10 O LPA (lucro por ação) de uma empresa atinge $ 0.9 a) Uma empresa apura. um retorno sobre o investimento (ROI) de 15. a empresa está distribuindo 60% de seus resultados líquidos aos acionistas sob a forma de dividendos. após o benefício fiscal. e 40% posteriormente..0. em determinado exercício social. Os acionistas exigem um retorno sobre o capital próprio investido de 15% a. Você.

ROE e WACC. Finanças Corporativas e Valor 51 .00 7.00) Custo do produto vendido (4.049.60) LUCRO LÍQUIDO 1.640. giro do investimento e margem operacional.920.00) LUCRO OPERACIONAL ANTES DO IR 1. EVA. líquidos do IR: a) b) c) d) ROI.11 Uma empresa apresenta os seguintes resultados ao final do ano de X3: Demonstrativo de Resultados (em $ 000) Vendas 7.00 15% Com base nessas informações.900.00) Despesas com vendas (360.00) LUCRO BRUTO 3. formulação analítica do ROE.500.9.00) Despesas gerais e administrativas (600.00 5.960.00) Imposto de renda (34%) (540.00) Depreciação (480.590.280.00) Despesas financeiras (370. MVA e valor de mercado da empresa. pede-se determinar.400.00) LUCRO ANTES DO IR 1.40) Investimento Médio (em $ 000) Passivo oneroso Patrimônio líquido INVESTIMENTO Custo de oportunidade do capital próprio 2.

captados a uma taxa bruta de 12.9. c) admitindo uma redução do investimento da empresa igual a 8% em razão de uma política mais eficiente de gestão de estoques e cobrança. Considere em sua resposta que a empresa utiliza os recursos financeiros liberados para distribuição adicional de dividendos. Não são previstas alterações no custo de capital da empresa (Ke e Ki) em razão de alterações em seu endividamento. 52 Finanças Corporativas e Valor .400..a. Pede-se: a) calcular o custo total de capital da empresa (WACC).7% a. determinar o impacto desse desempenho sobre o MVA. e $ 840 de capital próprio. A empresa trabalha com uma alíquota de IR de 40%. b) determinar o valor de mercado da empresa e o MVA. A taxa de retorno requerida pelos acionistas para o atual nível de risco é de 16% a. O lucro operacional bruto (antes do IR) atual atinge $ 420/ano.a. sendo financiado por $ 560 de passivos (passivos onerosos).12 Uma empresa possui um investimento total de $ 1.

sabendo que o lucro operacional após o imposto de renda é de $ 1. O investimento total mantido pela empresa é igual a $ 65 milhões. ROMA quer demonstrar aos acionistas que a empresa está agregando valor econômico. 10.000.2 a) Calcular o retorno sobre o investimento de uma empresa que apresenta giro de investimento igual a 0. Sabe-se que o retorno sobre o investimento é igual a 10% e o custo médio ponderado de capital é de 9%.10 MEDIDAS DE CRIAÇÃO DE VALOR 10. b) Determinar o retorno sobre o patrimônio líquido. As despesas financeiras líquidas do IR são de $ 660. Pede-se calcular o valor econômico agregado (VEA) da Cia.440. Finanças Corporativas e Valor 53 . e o investimento total de $ 9.000.1 O administrador financeiro da Cia.000 e os passivos onerosos de $ 5. ROMA e justificar se o administrador financeiro está correto em sua colocação.000.500.000.305 e margem operacional de 25%.

Sendo a alíquota de IR de 40%.3 milhões de despesas operacionais. A empresa projeta ainda uma rentabilidade sobre o capital próprio após o IR de 17. pede-se determinar para o próximo exercício: a) formulação analítica do ROE. A empresa espera manter um investimento médio de $ 27. b) qual o impacto sobre o retorno líquido dos acionistas se a empresa elevar seu endividamento (P/PL) para 0.28% para o período.10.5 milhões de receitas operacionais e $ 3.0 milhões em capital fixo e capital de giro para o próximo exercício.20.3 Uma empresa tem projetado os seguintes valores para o próximo exercício: $ 10.50 e seu custo de captação (após o IR) para 11. e um índice de endividamento (P/PL) igual a 0.3% no próximo exercício. 54 Finanças Corporativas e Valor .

O valor de mercado das dívidas da empresa é de $ 160 milhões.20/ação. Pede-se: a) determinar o valor de mercado e o MVA da empresa com base nos valores de mercado de seu patrimônio líquido (quantidade de ações x valor de mercado) e das dívidas. b) explicar a diferença entre os valores encontrados.5 milhões. e no modelo da Stern Stewart (MVA = EVA/WACC). Os ativos da empresa estão avaliados em $ 400 milhões.4 Uma empresa possui no ano de X1 um volume de 100 milhões de ações emitidas. sendo cotadas no mercado a um preço de $ 3. O valor de mercado das ações representa o valor presente de uma expectativa futura de geração de benefícios econômicos de caixa. O seu WACC está calculado em 17%.10. As demonstrações contábeis publicadas ao final do exercício de X1 revelam que a empresa apurou um EVA negativo de $ 25. Finanças Corporativas e Valor 55 .

Pede-se: a) desenvolver a formulação analítica do ROE.5 Uma empresa apura os seguintes resultados referentes ao exercício social encerrado em 31.669. que a empresa utiliza os recursos financeiros liberados para: • amortização de dívidas. determinar o impacto desse desempenho sobre o valor de mercado da empresa.50 $ 696. c) apurar o EVA e MVA da empresa no período. Sabe-se ainda que os acionistas da empresa exigem um retorno equivalente a 18% ao ano.553.50 A alíquota de IR da empresa é de 40%.X7: Investimento: Passivo Oneroso: Despesas Financeiras (antes IR): Lucro Operacional (antes IR): Patrimônio Líquido: $ 1. 56 Finanças Corporativas e Valor . b) sabendo-se que as vendas do período alcançaram $ 1.50. de forma independente uma da outra. decompor o retorno sobre o investimento (ROI) em giro do investimento e margem operacional.00 $ 1. d) admitindo que uma política mais eficiente de estocagem e cobrança possa reduzir o investimento da empresa em 6%.00 $ 159.077. Considere em sua resposta. • distribuição adicional de dividendos.10.50 $ 592.12.

• redução da margem operacional para 23. 10. os objetivos assinalados abaixo. demonstrar a formulação analítica do ROA.e) partindo da posição inicial descrita no enunciado do exercício. qual o preço mínimo economicamente suportável na venda? Finanças Corporativas e Valor 57 .6 Uma empresa apresenta um ativo (unidade de negócio.90 os passivos de funcionamento (não onerosos) mantidos pela empresa. O ROI corporativo (toda a empresa) é igual a 12%. e tem valor contábil de $ 100 milhões. Esta unidade de negócio é financiada exclusivamente por capital próprio e tem um custo de oportunidade de 16%. se a empresa atingir.85. f) sendo de $ 333. pede-se demonstrar a variação esperada em seu valor de mercado: • elevação do índice de endividamento (P/PL) para 0.6%. por exemplo) que gera um resultado operacional de $ 14 milhões/ano. a) Você recomenda a venda desta unidade de negócio? b) Em caso afirmativo. ao mesmo tempo.

A alíquota de IR da empresa é de 34%. respectivamente.? Justifique sua resposta. Baseando-se nas decisões financeiras de investimento e financiamento. ALTERNATIVA B: captar $ 4 milhões junto a instituições financeiras e devolver aos sócios sob a forma de dividendos. O lucro operacional e a despesa financeira antes do imposto de renda são. Admite-se que a empresa poderá levantar os novos recursos financeiros no mercado de crédito pagando a mesma taxa de captação atualmente praticada. A empresa apresenta $ 8 milhões de passivos onerosos e $ 12 milhões de capital próprio.7 A BAHAMAS Co. a diretoria financeira está analisando duas alternativas para alterar a relação P/PL: distribuição de dividendos aos acionistas ou pagamento de dívidas de financiamento bancário. de $ 6 milhões e $ 520 mil.0% e para a alternativa B de 13. Pede-se: Qual das duas alternativas é a mais interessante visando à agregação de valor econômico para a BAHAMAS Co. As duas alternativas financeiras propostas por analistas financeiros foram: • • ALTERNATIVA A: aumentar o capital próprio em 1/3 e liquidar metade das dívidas.10.5%.. uma grande empresa do setor de bebidas. 58 Finanças Corporativas e Valor . O custo do capital próprio para a alternativa A é de 11. pretende rever sua estrutura de capital.

000 Finanças Corporativas e Valor 59 .000) (60.10. Nessas estratégias.000) (−) CPV (=) Lucro Bruto 150.000 10. EXPERT apresentou as seguintes informações contábeis no último exercício (valores médios): Balanço Patrimonial ($ 000) Ativo Passivo + PL Disponibilidades 10.750) (−) Despesas Financeiras (+) Lucro Operacional 50.662) Sabendo que o custo de oportunidade dos sócios para o nível de risco da empresa (custo do capital próprio) é de 20%.000 15.000 Tributos a Pagar Estoques 85.000 25.000 5. c) a alta administração da empresa está estudando estratégias operacionais e financeiras.000 Total Demonstração de Resultados ($ 000) Receitas Líquidas de Vendas 500. b) apurar o valor econômico agregado (VEA) e a riqueza gerada pela empresa na período (MVA). pede-se: a) apurar o ROE em sua formulação analítica e líquido do Imposto de Renda.000 Empréstimos Imobilizado 100.000 Encargos Contas a Receber 60.000) (−) Despesas Administrativas (9. Suas conseqüências são uma melhora da eficiência no uso dos ativos e a conseqüente redução do investimento total em 15%.000) (−) Despesas Comerciais (30.588) (−) IR/CSLL (=) Lucro Líquido 32.000 260.000 15. 40.000 150.000 Financiamentos (valor líquido) Capital Lucros Acumulados Total 260.000) (350. a direção da empresa decidiu também promover um forte aumento no endividamento.000 Fornecedores Salários e Aplicações Financeiras 5.8 A Cia.250) (17.

000) 3.200) 564.400) 1.12.100) Despesas financeiras (838.6%.400) Despesas com vendas (294.600) (1.900) (111.100) RESULTADO LÍQUIDO DO EXERCÍCIO 842.000) Custo dos produtos vendidos (1.05: Demonstrativo de Resultados em Moeda de 31.05: 31.0.04 31.000) OBS.600) LUCRO BRUTO 2. Os quadros abaixo ilustram as principais informações divulgadas pela companhia referentes aos exercícios sociais encerrados em 31.400) (81.04 e 31. A maior alavancagem financeira determina um aumento do custo do capital de terceiros (antes do IR) para 27. a empresa provisiona um valor bastante reduzido de impostos sobre lucros dos exercícios de 04 e 05.300) 453.12.05 RECEITA OPERACIONAL DE VENDAS 3.400) (242. – Em razão de prejuízos acumulados de exercícios anteriores. 10.400) (586.12.400.626.400) Despesas administrativas (231. Demonstrar qual será o efeito (em $) sobre o VEA e o MVA dessas estratégias.773. 60 Finanças Corporativas e Valor .106.12.12.693.100) IR e CS (25.800.100) Receitas financeiras 126. e do custo do capital próprio para 22%.800) (299.elevando a relação P/PL para 1.700) LUCRO ANTES DO IR/CS 868.9 Este caso se propõe a desenvolver as medidas de retorno e criação de valor dos acionistas a partir das demonstrações financeiras elaboradas por uma empresa.

000 12.12. b) calcular valor econômico agregado (VEA) de cada exercício social pelas três formulações apresentadas. usando a formulação da Stern Stewart.000 PASSIVO ONEROSO 6. em cada exercício social.600. d) determinar o market value added (MVA) e o valor de mercado da empresa.05 19. o genuíno resultado operacional ajustado ao IR.000 6.000 (−) PASSIVOS NÃO ONEROSOS (=) INVESTIMENTO TOTAL 18.000 Custo de Oportunidade do capital Próprio: 31.940.200.6% nidade do Capital Próprio O custo do capital próprio reflete a taxa de retorno mínima exigida pelos acionistas para remunerar o capital investido diante do risco do negócio e financeiro. No exercício de 05 houve um incremento deste custo em função da variação verificada no índice de endividamento da empresa.12.05 Custo de Oportu13.000.04 31.12.000 31. Finanças Corporativas e Valor 61 .Estrutura Patrimonial em Moeda de 31.05: 31.000 1.12.600.900.12.9% 14. c) desenvolver a formulação analítica do retorno sobre o patrimônio líquido (ROE).046.900. Pede-se: a) determinar.04 ATIVO TOTAL 20.000 PATRIMÔNIO LÍQUIDO 12.700 740. para cada exercício social.700 19. revelando um maior risco financeiro.146.

O ativo B tem um retorno esperado de 26% e desvio-padrão do retorno de 25%. HPC deseja realizar investimentos no mercado financeiro utilizando seus excedentes de caixa.1 A Cia.2 Calcular o retorno esperado dos investimentos que oferecem os seguintes resultados e probabilidades: Investimento X Resultados Esperados $ 300 $ 400 $ 500 $ 450 $ 200 Probabilidades 25% 25% 18% 22% 10% Investimento Y Resultados Esperados $ 600 $ 700 $ 200 $ 100 $ 150 Probabilidades 26% 23% 19% 15% 17% 62 Finanças Corporativas e Valor . O ativo A apresenta um retorno esperado de 20% e desvio-padrão do retorno de 16%. O gerente financeiro selecionou dois ativos (A e B) para serem analisados. 11.11 RISCO E RETORNO 11. O gerente financeiro decidiu investir no ativo B. Analise a decisão de investimento tomada.

3 Determinar o desvio-padrão dos títulos X e W: Título X Retorno 08% 10% 11% 18% Probabilidade 15% 20% 30% 35% Título W Retorno 05% 10% 15% 22% Probabilidade 40% 30% 20% 10% 11.4 Uma carteira de ações foi montada considerando quatro estados de natureza.11. As probabilidades dos cenários e os retornos esperados da carteira são apresentados a seguir: Estado de Natureza I II III IV Pede-se: Calcular o retorno esperado e o desvio-padrão da carteira de ações. Probabilidades 20% 30% 40% 10% Retorno Esperado da Ação 25% 12% 0% − 10% Finanças Corporativas e Valor 63 .

11. KMN 18% 12% − 3% 64 Finanças Corporativas e Valor . considerando três cenários prováveis: Cenários Otimista Mais Provável Pessimista Pede-se apurar: a) retorno esperado da ação da Cia. KMN b) retorno esperado do mercado c) desvio-padrão e variância dos retornos da ação da Cia. KMN e do mercado. KMN Probabilidade 30% 50% 20% Retorno de Mercado 24% 16% 6% Retorno da Ação da Cia.5 Abaixo são apresentados os retornos esperados da ação da Cia.

6 São apresentados abaixo os retornos de duas ações em três estados de natureza com probabilidades iguais de ocorrência: Estado de Natureza I II III Pede-se: a) calcular o retorno esperado e o desvio-padrão dos retornos de cada ação. Retorno da Ação P 12.6% 15. Finanças Corporativas e Valor 65 .11.4% 19.8% 27.8% Retorno da Ação Q − 7.1% 9.5% b) se um investidor aplicar 60% de seu capital na ação P e o restante na ação Q. determinar o retorno esperado da carteira desse investidor.

Probabilidade 15% 65% 20% Retorno Esperado da Ação ALFA − 10% − 15% − 30% Retorno Esperado da Ação BETA 15% 25% 30% 66 Finanças Corporativas e Valor .11. para cada estado de natureza possível. são apresentados a seguir: Estado de Natureza Recessão Estabilidade Crescimento Pede-se: Determinar o retorno esperado e o desvio-padrão de cada ação.7 Os retornos das ações da Cia. ALFA e da Cia. BETA.

12 TEORIA DO PORTFÓLIO 12.40 Retorno Ativo X 8% 10% 12% Retorno Ativo W − 5% − 2% 5% 12. e a covariância entre os retornos é de 0.1 Pede-se calcular o risco de uma carteira composta igualmente por dois ativos (A e B).007891.875. e o desvio-padrão do ativo A é de 13% e do ativo B de 18%. sabendo que o desvio-padrão do retorno do ativo M é de 13%. sabendo que a correlação é de 0.3 Determinar o risco de uma carteira constituída por dois ativos (M e N). do ativo N é de 16%. Finanças Corporativas e Valor 67 .2 Determinar a covariância dos ativos X e W abaixo: Estado de Natureza Crescimento Normal Recessão Probabilidade 0. A carteira é formada com 59% do ativo M e 41% do ativo N. 12.25 0.35 0.

12.25 0. 68 Finanças Corporativas e Valor .4 Por solicitação de um investidor. Pede-se calcular: a) covariância entre os retornos das ações. Os resultados esperados são apresentados para cada cenário descrito abaixo: Estado de Natureza Recessão Médio Bom Excelente Probabilidade 0. Determine o risco do investidor dessa carteira que tem a metade de seu capital aplicado em cada título.40 Retorno Esperado do Título I − 10% − 10% − 15% − 20% Retorno Esperado do Título II 05% 05% 08% 10% 12.60. b) retorno esperado de uma carteira constituída por 45% de K e 55% de L.15 0. a Corretora MARKET estruturou uma carteira com dois ativos.20 0.5 Uma ação K apresenta um retorno esperado de 14% e desviopadrão de 7%. Sabe-se que a correlação entre as ações é de 0. A ação L possui um retorno esperado de 24% e desvio-padrão de 40%.

5. a) Calcule o retorno esperado e o risco da carteira do investidor.00 e $ 5. cotadas no mercado respectivamente por $ 6. 15% 10% Presley Co. e 2.00 cada uma. qual será o seu novo retorno esperado e seu risco? O retorno esperado do título público é de 5%. Finanças Corporativas e Valor 69 .6 Um investidor mantém uma carteira formada por 1. b) Caso o investidor resolva vender as ações da Elvis Co.. Os dados das ações são apresentados a seguir: Retorno Esperado Desvio-Padrão Elvis Co. e adquirir o mesmo valor em títulos livres de risco (títulos públicos). 25% 40% O coeficiente de correlação entre os ativos é de – 0.12.500 ações da PRESLEY Co.500 ações da ELVIS Co.

054239 0. Pede-se calcular o retorno esperado e o risco dessa carteira.149823 0.002942 A covariância entre as ações é de – 0.8 O quadro a seguir ilustra o retorno esperado de dois ativos. admitindo-se quatro cenários igualmente prováveis: Cenário Ativo A A 08% B 09% C 14% D 06% Ativo B 10% 11% 12% 18% a) Qual é o retorno esperado de cada ação? b) Qual é a variância dos retornos de cada ação? 70 Finanças Corporativas e Valor .022447 Ação G 18% 0.7 Foi constituída uma carteira com 70% do capital investido na ação F e 30% na ação G. As principais informações dessas ações são apresentadas a seguir: Retorno Esperado Desvio-Padrão Variância Ação F 11% 0.018825. 12.12.

9% 15. com probabilidades iguais de verificação. Retorno da Ação C 08.9 Os retornos esperados de duas ações (C e D) são apresentados a seguir. Estado de Natureza Baixa Normal Alta Pede-se calcular: a) o retorno esperado e o desvio-padrão dos retornos de cada ação.3% b) a covariância e a correlação entre os retornos das duas ações.5% 22. identificados em três estados de natureza da economia.4% 35.8% 09. Finanças Corporativas e Valor 71 .6% Retorno da Ação D − 4.12.

30.10 Os retornos esperados e o desvio-padrão dos ativos R e S são apresentados a seguir: Ativo R Ativo S Pede-se: a) Calcular o retorno esperado e o risco para cada composição de carteira descrita a seguir. 72 Finanças Corporativas e Valor . • 60 % do ativo R e 40% do ativo S. • 100% do ativo R.0).12. • 100% do ativo S. A correlação entre os ativos é de 0. Retorno Esperado 16% 10% Desvio-Padrão 23% 35% b) Recalcule o retorno e o risco de cada carteira sugerida na questão anterior admitindo que a correlação ente os ativos seja perfeitamente negativa (CORR = −1.

Finanças Corporativas e Valor 73 .11 A seguir são apresentados os retornos esperados e respectivas probabilidades de quatro ações. b) A covariância entre as ações B e C e entre B e D. c) O coeficiente de correlação entre as ações B e C e entre B e D. Explique os resultados encontrados. conforme avaliação desenvolvida por um analista financeiro: Probabilidade 10% 20% 40% 20% 10% Ação A 8% 8% 8% 8% 8% Ação B 12% 14% 16% 18% 20% Ação C 20% 18% 16% 14% 12% Ação D 03% 08% 12% 18% 25% Pede-se calcular: a) O retorno esperado e o desvio-padrão de cada ação.12.

65%. e o título com risco apresenta um retorno esperado de 15% a.1 Uma carteira é constituída com 45% de ativo com risco e 55% com títulos livres de risco (títulos públicos).2 Pede-se determinar o coeficiente beta de uma ação. 13. 74 Finanças Corporativas e Valor ..00865. e a covariância entre o retorno da ação e o da carteira de mercado é igual a 0. e desvio-padrão do retorno de 20%. O título público oferece um retorno de 6% a.a.a.13 MODELO DE PRECIFICAÇÃO DE ATIVOS E CUSTO DE OPORTUNIDADE 13. sabendo que o desvio-padrão da carteira de mercado é de 8. Pede-se calcular o retorno e o risco da carteira.

calcule o retorno da Cia.0% 8. ABC como uma função linear do comportamento do mercado (reta característica).4 Calcule o coeficiente beta de uma ação sabendo que o seu retorno esperado é de 14.52% 12.5% 13.a. ANO 1 2 3 4 5 RETORNO DA CIA.9 RETORNO ESPERADO 15.5%. e o prêmio pelo risco de mercado é de 8. ATIVO A B C COEFICIENTE BETA 1.8%.0% 12.6% 9.0% Finanças Corporativas e Valor 75 . ABC 15.5 1.2 0.5% 20.13. 13.a.5% e a taxa livre de risco é igual a 5.5 Identifique na SML (security market line)a posição dos ativos descritos no quadro a seguir.3 A seguir.5%.2% 13.5% 7. ABC e da carteira de mercado referentes aos últimos cinco anos. Sabe-se que a taxa de juro de ativos livres de risco está fixada em 6% a.5% 18.2% 16.2% 15. Sabe-se que a taxa livre de risco atinge 6% a. o retorno esperado da carteira de mercado é de 12.6% RETORNO DA CARTEIRA DE MERCADO 14. Utilizando essas informações. são apresentados os retornos anuais da ação da Cia.

Determinada carteira de ações possui um coeficiente de correlação com o mercado igual a 0.5% e um desvio-padrão de 0.5%.128.6 Diversas informações relativas ao retorno da ação da Cia.13. e a variância de seu retorno é de 0.7 A carteira de mercado tem um retorno esperado de 16. CPD 12% 16% 28% 20% Retorno do Mercado 10% 16% 18% 24% 13. Pede-se determinar o beta dessa ação. A taxa livre de risco é de 6. assim como as probabilidades de ocorrência. são apresentadas na tabela a seguir.0233.60. Pede-se determinar a taxa de retorno esperada dessa carteira de investimento. 76 Finanças Corporativas e Valor . Cenário I II III IV Probabilidade 10% 20% 50% 20% Retorno da Ação da Cia. CPD.

pede-se calcular o beta de uma ação que apresenta um retorno requerido pelos investidores de 18%.3. e o seu retorno esperado é de 18%.90.8 a) O beta da ação de uma empresa é de 1. 13. de 14%. Sendo de 6. d) Sabendo que o retorno exigido de uma ação é de 14. c) Determinar o retorno exigido para uma ação que apresenta um beta de 1.1.13.5% e a taxa de retorno da carteira de mercado.6% a taxa livre de risco.5% a taxa livre de risco e de 15% a taxa de retorno da carteira de mercado.9 Sendo de 6. Finanças Corporativas e Valor 77 . b) Sendo de 7% a taxa livre de risco e de 15% a taxa de retorno da carteira de mercado. sendo o retorno de mercado de 15%.1% e o seu coeficiente beta de 0. Sabe-se que a taxa livre de risco é de 5. pede-se escrever a equação da SML e representá-la graficamente. pede-se determinar a taxa livre de risco. determinar o retorno esperado da carteira de mercado.

e a carteira de mercado apresenta uma taxa de 13.13. A taxa de retorno de títulos públicos está fixada em 5. Investimento I II III IV Beta 1.10 Uma empresa está considerando diversas oportunidades de investimento. b) refazer seus cálculos.42 1. Pede-se determinar a taxa de retorno exigida para cada alternativa de investimento.00 1.12 0. a taxa de retorno requerida consistente com o modelo do CAPM.11 Considerando uma taxa livre de risco de 7% e uma taxa de retorno da carteira de mercado de 15%.2%. pede-se: a) calcular. admitindo que a carteira de mercado tivesse um retorno de somente 12%.78 1.5%. A seguir são apresentados os ativos e seus respectivos coeficientes beta.50 78 Finanças Corporativas e Valor .00 13. Investimento F G H Beta 0.70 1. para as três carteiras a seguir.

Finanças Corporativas e Valor 79 . com base no modelo do CAPM. um retorno esperado de 20% e um coeficiente beta de 2. Pede-se determinar.13.0. O desvio-padrão da carteira de mercado é de 0. de acordo com previsões de analistas de mercado. a taxa de retorno requerida da ação j. Em sua avaliação. b) Considerar ainda um ativo de risco que apresenta. admitindo uma taxa de retorno da carteira de mercado de 16% e taxa livre de risco de 7%. Determinada ação j possui um desvio-padrão de 0. esse ativo está adequadamente avaliado? Explique sua resposta.099568.2% para a carteira de mercado e de 5.12 a) Pede-se desenvolver a equação da SML.60. 13.4% para títulos livres de risco.13 Admita um retorno de 15.143266 e um coeficiente de correlação com o mercado de 0.

0% 10.4% 12. MB e do índice Bovespa: Ano 01 02 03 04 05 Retorno da Ação Cia.15 As ações da Cia. Com base nos parâmetros de mercado. 13.8%.2% 14. LM são negociadas no mercado e apresentam um beta de 1. MB −6.8% 11.4% 9.7% 13. A taxa livre de risco é igual a 6.5.2% e o prêmio pelo risco de mercado é 9. Uma corretora projetou um retorno esperado de 16% para essa ação.14 Nos últimos cinco anos foram registrados os seguintes retornos da ação da Cia. MB.7% Pede-se calcular o coeficiente beta das ações da Cia.3% Retorno do Mercado Índice Bovespa −8. você considera essa avaliação otimista ou pessimista? Explique. 80 Finanças Corporativas e Valor .13.5% 4.1% 10.

5%. Admita que a carteira de mercado (Bovespa) apresenta um retorno de 15.13. a) Qual a taxa de retorno requerida pelos investidores em ações da Cia.89. Finanças Corporativas e Valor 81 .16 Uma análise de regressão efetuada entre as taxas de retorno das ações da Cia. Tree e as do Bovespa para determinado período revelou os seguintes valores: • • Coeficiente angular (beta): 0. Tree? b) Calcule o percentual do risco da ação que pode ser diversificado.5%. e os títulos públicos pagam 7. Coeficiente de determinação (R2): 12%.

5%.18 Ponto de intercepto da regressão: 1.90% R2 da regressão: 32.13.17 Foi efetuada uma regressão estatística entre os retornos das ações de uma Cia. 82 Finanças Corporativas e Valor . a) Qual a proporção do risco das ações que é sistemático e qual a proporção que pode ser diversificada? b) Efetuar uma avaliação do desempenho da ação no período de regressão.4% As taxas de retorno da carteira de mercado e dos títulos livres de risco atingem. apurando-se os seguintes resultados: • • • Coeficiente angular: 1. aberta e o mercado. 14. respectivamente.4% e 6.

( ( ( ( ( ( ( ( ( ) Montante corrente de receitas de vendas da empresa. ) Reduções na venda de outro produto motivadas pela introdução de um novo produto. são relacionados a seguir alguns fluxos financeiros. ) Custos e despesas fixos de administração determinados pelo projeto de investimento. ) Incrementos em estoques e valores a receber provenientes do projeto de investimento.1 Dentro do processo de avaliação de projetos de investimentos de empresas. ) Depreciação de prédio adquirido no passado e usado atualmente na produção de um novo produto. Finanças Corporativas e Valor 83 . ) Receita proveniente da venda de um ativo fixo a ser substituído pelo investimento proposto. Identifique aqueles considerados como relevantes para a decisão de investimento. ) Despesas de instalação de máquinas e equipamentos constantes do projeto de investimento. ) Custo de inatividade da fábrica para instalação dos novos equipamentos e máquinas investidos. ) Amortizações previstas de empréstimos alocados para financiar o projeto de investimento em avaliação.14 DECISÕES DE INVESTIMENTO E DIMENSIONAMENTO DOS FLUXOS DE CAIXA 14.

00) 3.00) (3.00) (500. os resultados determinados somente pela decisão de investimento em consideração.800.500.00) (992. ou seja.00) 2.570.80) 1.500.00) 2.20) Ano 2 8.60) 84 Finanças Corporativas e Valor .00) (450.00) 3.00) (480.927. A empresa projetou seus resultados totais.00) Ano 3 7.00) (400.2 A indústria de sapatos BOASOLA está avaliando um projeto de investimento de expansão de sua atividade visando atender a uma maior demanda prevista de mercado.003.00) (660.947.00) 1.00) (1.100. Com base nesses resultados projetados.000.00) (630.00) 1.950.600.00) (600.00) (2.14.00) 2. As informações dos resultados projetados da empresa são apresentadas a seguir.00) 2.910. os quais incluem os retornos esperados provenientes da decisão de investimento em avaliação e seus resultados determinados pela atual estrutura de atividade. Resultados Atuais Ano 0 Receitas Operacionais Despesas Operacionais Depreciação Resultado Operacional Bruto Despesas Financeiras Lucro Antes do IR IR (34%) Lucro Líquido 5.00) (3.00) (4.00) 3.00) 990.500.550.750.920.000.40) 1920.00) (650.00) (989.100.00) (510.00) ( $ 000 ) Resultados Previstos Ano 1 7. pede-se determinar os fluxos de caixa operacionais incrementais para os três anos a serem utilizados na avaliação do investimento.500.

A vida útil do projeto está estimada em quatro anos.900.00 820. Desse total.00 Ano 4 4.000.00 4. 30% serão aplicados em capital de giro e o restante na aquisição de um novo equipamento a ser utilizado em sua produção.00 874.14.00 Finanças Corporativas e Valor 85 . Ano 1 Receitas de vendas 3.00 2. O equipamento será depreciado pelo método da linha reta durante a vida do projeto e apresenta um valor de revenda previsto de $ 180 mil ao final do quarto ano.120.00 Despesas operacionais 714. pede-se determinar o fluxo de caixa operacional dessa decisão de investimento.680.00 780.2 milhão.00 1.500. Os principais resultados incrementais previstos do investimento são apresentados a seguir. Admitindo uma alíquota de IR de 34%.800.00 1.800.050.00 ( $ 000 ) Ano 2 Ano 3 3.3 A Cia. West está avaliando um projeto de investimento que prevê um dispêndio de capital total de $ 1.00 Custos de produção 1.

00 580. O dispêndio tem uma duração prevista de quatro anos.00 1.00 2.250. e promoverá uma redução de $ 140 mil no capital de giro da empresa.a.00 610..000. O investimento de $ 1 milhão será depreciado pelo critério linear nos quatro anos de duração prevista.00 86 Finanças Corporativas e Valor .900.00 2.700. sendo avaliado ao final desse período. sendo o restante coberto por recursos próprios.500.300.000.00 630.00 Despesas operacionais 560.00 1. ( $ 000 ) Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 Receitas de vendas 2. O investimento será financiado em 45% por um empréstimo bancário negociado à taxa de 16% a. a preço de mercado.00 1.4 A diretoria da Glass Co. A seguir são apresentados outros resultados estimados do projeto de investimento. A empresa trabalha com uma alíquota de Imposto de Renda de 34%.200. Esse capital de giro será reposto ao final do projeto. por $ 120 mil. Pede-se calcular os fluxos operacionais de caixa relevantes para o investimento. está avaliando um investimento de $ 1 milhão em seu sistema de logística e distribuição.00 Custos de produção 1.14.00 2.

060. Admite-se valor residual desprezível. para substituição de mão-de-obra por computadores. A alíquota de Imposto de Renda é de 34%.000 − + $ 25.000 − $ 20. conforme apresentadas a seguir.000 + $ 50.000. 14. que irá proporcionar uma redução total de $ 160 mil por ano nos salários de seu pessoal.000. Pede-se determinar a variação líquida esperada no capital circulante líquido da empresa determinada pela decisão de investimento.000 + $ 40.000 + $ 30.6 Na avaliação de uma proposta de investimento são esperadas diversas alterações nas contas do circulante (ativos e passivos) de uma empresa. O investimento total em computadores é de $ 840 mil e será depreciado pelo método linear durante a vida útil prevista de cinco anos. Elabore os fluxos de caixa operacionais incrementais dessa decisão de investimento.5 Uma empresa está avaliando um investimento na área de tecnologia. e o passivo circulante é igual a $ 790.14.000 + $ 140. Ativo/Passivo Circulante Caixa Valores a receber Fornecedores a pagar Estoques Empréstimos Aplicações financeiras Salários e encargos a pagar Contas a pagar Variação − $ 10.000 Finanças Corporativas e Valor 87 . O ativo circulante total atual é de $ 1.

pede-se determinar o valor presente líquido (NPV).400 ANO 5 $ 3.15 MÉTODOS DE AVALIAÇÃO ECONÔMICA DE INVESTIMENTOS 15.400 Admitindo uma taxa de atratividade de 15% a.600 ANO 4 $ 2.a.1 Considere o seguinte investimento e seus fluxos de caixa esperados: INVESTIM.300 ANO 1 $ 700 ANO 2 $ 1. − $ 5. a taxa interna de retorno (IRR). para o investimento. o índice de lucratividade (IL). 88 Finanças Corporativas e Valor .400 ANO 3 $ 1. a taxa de rentabilidade (TR) e o payback médio e efetivo.

800) (1.100 1.500 Finanças Corporativas e Valor 89 .15. Projeto I II III Investimento Ano 0 (1. d) Sendo os projetos mutuamente excludentes. pede-se: a) Calcular o payback médio e efetivo de cada proposta. calcular o valor presente líquido de cada proposta.2 A seguir são apresentados os fluxos de caixa de três projetos de investimentos selecionados por uma empresa.000 600 500 ( $ 000 ) Final do Final do Ano 4 Ano 5 600 800 1.a.300 2.. Diante dessas informações.200) Final do Ano 1 300 400 800 Final do Ano 2 700 500 700 Final do Ano 3 1. b) Determinar a taxa interna de retorno (IRR) de cada proposta.800) (3. c) Admitindo-se uma taxa de retorno requerida de 18% a. discuta sobre aquele que você recomendaria.000 4.

000. considerando-se as diferentes taxas de reinvestimento (taxa interna de retorno modificada – MIRR). estimando-se um retorno de $ 30. até o final do prazo de vida da alternativa.000. respectivamente. pede-se calcular a taxa interna de retorno dessa operação. 18%. ao final de cada um dos próximos cinco anos.4 Uma empresa está negociando um financiamento de $ 360. $ 50. Admitindo-se que os quatro primeiros fluxos de caixa possam ser reinvestidos.000. e 14%. 90 Finanças Corporativas e Valor . respectivamente.000 cada uma. 16%. às taxas de 20%. $ 60. Pede-se determinar o custo efetivo mensal (taxa interna de retorno) desse financiamento. A operação será realizada para pagamento em seis prestações mensais consecutivas de $ 70.000 e $ 70.000.3 Certa alternativa de investimento requer um dispêndio integral de capital de $ 140. $ 40. vencendo a primeira 120 dias após a contratação do financiamento.15.000 junto a um banco.000. 15.

000 e $ 80. $ 90. $ 140. • 15. onde são previstos fluxos operacionais anuais de caixa de $ 120.000. Determinar o valor presente líquido do investimento. Calcular o montante e a IRR modificada na situação de os fluxos operacionais de caixa serem reaplicados às taxas de 20%.000.15. a partir do primeiro ano. Finanças Corporativas e Valor 91 . $ 200.000 e $ 220. gerando uma estimativa de fluxos operacionais de caixa anuais de $ 140. pede-se: • • Calcular a taxa interna de retorno (IRR) do investimento.000.000.000.000.000 na implantação de um novo projeto.a. 18% e 16%. $ 110.6 Uma indústria do setor de condutores elétricos está analisando a aquisição de uma extrusora. Foram realizados estudos e verificou-se que o investimento no equipamento exigiria dispêndio de capital igual a $ 300.000. A taxa de desconto considerada na avaliação do projeto é de 12% a.5 A empresa JJ investiu $ 400. Explicar a diferença entre os resultados da questão a e da questão b. Com base nessas informações. respectivamente.

15.000. Ele é um profissional da área de saúde e tem definida uma taxa de retorno mínima de 15% a.000. $ 600.2 milhões em novos aparelhos de exames médicos de última geração. são de $ 500. Jean deseja investir $ 2. Os resultados operacionais líquidos de caixa previstos desses novos aparelhos. para cada um dos próximos quatro anos de duração prevista do investimento. Demonstrar se o Sr.a.000. em seus investimentos.000 e $ 1. $ 900.7 Sr. Jean fez um bom negócio.000. 92 Finanças Corporativas e Valor .

000.1 Foram apresentadas ao gerente financeiro de uma empresa.000 $ 2. Ele tomou a decisão correta? Justifique. Finanças Corporativas e Valor 93 .000 $ 2.000 $ 1.000 $ 1. Não há nenhuma restrição orçamentária.000 $ 1.000. A taxa de atratividade é de 15% a.000 O gerente escolheu a alternativa A.a. duas propostas para seleção de apenas uma delas.000.000.16 DINÂMICA DOS MÉTODOS DE AVALIAÇÃO DE INVESTIMENTOS 16.000 BENEFÍCIOS LÍQUIDOS ESPERADOS DE CAIXA Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 $ 1.300.500. responsável pela análise de projetos de investimentos.800. As alternativas são as seguintes: Alternativa A B Investimento $ 2.500.000 $ 1.000 $ 4.500.000 $ 3.000.

000 $ 600.000 $ 750.000 $ 1. você recomendaria os dois investimentos? c) E na hipótese de serem mutuamente excludentes. qual deles seria economicamente mais atraente? 94 Finanças Corporativas e Valor . ou seja.000 $ 600.16.2 Uma empresa está avaliando duas propostas de investimento de capital cujas informações básicas são apresentadas a seguir: Projeto de Investimento Fluxo de Caixa Investimento no Momento Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 Inicial A ($ 1.000) $ 900.700.a.000 $ 1.000) $ 300. b) Admitindo que os projetos possam ser implementados conjuntamente.000 Sabe-se que a taxa de retorno exigida pela empresa atinge 30% a.000 $ 400.300. somente um deles poder ser aceito.300.000 B ($ 1.350. Diante desses valores: a) Determinar a taxa interna de retorno e o valor presente líquido de cada projeto.

ou seja. demonstre a decisão mais correta a ser tomada através de uma análise incremental.000 50. ( $ 000 ) Alternativa Investimento Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 Ano 5 A 180.a.000 50. A taxa de atratividade é de 18% a. A taxa de retorno exigida pela empresa é de 30%.000 Finanças Corporativas e Valor 95 .000 90. Projeto Investimento Ano 1 Ano 2 Inicial X 400 120 160 Y 800 160 240 ($ 000) Ano 3 Ano 4 Ano 5 200 280 240 600 280 920 16.000 80. X e Y.000 100.16. Sabendo que os projetos são mutuamente excludentes. Pede-se determinar a taxa de desconto que promove o mesmo NPV para as duas alternativas (intersecção de Fischer).4 A seguir são apresentados os fluxos de caixa de duas alternativas de investimento.000 40.000 80. a direção da empresa deve decidir-se por somente um deles.000 150.000 20.3 Suponha que estejam sendo avaliadas duas alternativas de investimento.000 70.000 B 220. cujas informações básicas são fornecidas a seguir.

16. Justifique sua escolha.500.000 420.000 Valor Presente dos Benefícios Líquidos de Caixa $ 7.000 $ 1. ($) Projeto Ano 0 Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 ALFA (1. A seguir.680.000 $ 3.530.207.650.851 BETA (840. Se o orçamento for ampliado para $ 12.000.450.750.000) 616.000 $ 2.560 121.500 $ 5. Alternativa de Investimento A B C D E Montante Necessário de Investimento $ 5. são apresentados os valores básicos das alternativas identificadas pela sua direção. pede-se selecionar o melhor projeto (maior atratividade econômica).000 448.475.000 IRR 45% 22% 15% 35% 30% 96 Finanças Corporativas e Valor .851 16.000 $ 4.000 $ 1.000.6 Uma empresa encontra-se em fase de avaliação de propostas de investimentos de capital.635.000 $ 4. você mantém a mesma recomendação anterior.000 560.000 1.. pede-se identificar as alternativas que você recomendaria. Sendo a taxa de atratividade definida de 20% a.000) 392.000 121.150.000 $ 2.300.600.a.5 O diretor financeiro de uma empresa elaborou os fluxos de caixa de dois projetos de investimento: Alfa e Beta. Admitindo que o orçamento de capital da empresa esteja limitado a $ 11.140.722.

0 (40.5 (10.43) (11.1) 08% (00.4) 20% (25.4) (30.7) 12% (09. ( $ milhões ) Taxa de Projeto A Projeto B Projeto C Projeto D Desconto 00% (25.0 (26.2) 00.0) 04% (08. b) Qual a alternativa que apresenta a maior taxa de rentabilidade periódica? c) Qual a IRR da alternativa D? d) O projeto C é mais rentável (apresenta maior IRR) que o projeto D? e) A IRR do projeto B é maior ou menor que 20%? f) A IRR do projeto A é menor que 8%? Finanças Corporativas e Valor 97 .9 (3.8) (21.9 (14.3 (05. indicar as alternativas de investimento que podem ser aceitas.0) Pede-se: a) Se a taxa de desconto mínima aceitável atingir 16%.7 A seguir são apresentados os NPVs de quatro propostas de investimentos admitindo-se diferentes taxas de desconto.0) 16% (18.2) 37.2) 25.1) 07.2) 50.0) (50.0) (00.9) 16.16.9) (13.

a.000 0.0% a.000 ANO 2 $ 850.000 $ 1.000 140.000 140.15 168.1 Uma empresa está avaliando um projeto de investimento.000 510. e os seguintes fluxos de caixa independentes estimados: PROBABILIDADES 0.000 190.000 17.20 0.30 170.a.2 Calcule o desvio-padrão do NPV.000. ($) FLUXOS DE CAIXA Probabilidades Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 0. O investimento total é de $ 600.000 420.20 190.000 $ 700.000 O investimento total previsto é de $ 3.30 0.000 400.000 $ 1.000 $ 600.000. A taxa de atratividade é de 7.000.000 $ 900.000 410.000 160. Os fluxos de caixa esperados e as respectivas probabilidades são apresentados a seguir.17 DECISÕES DE INVESTIMENTO EM CONDIÇÕES DE RISCO 17.000 0.25 ANO 1 $ 900.000 420.000.20 165. 98 Finanças Corporativas e Valor .000.000 200.000 0.000 $ 1.000 $ 970.000 $ 850.25 0.000 210.000 ANO 3 $ 970.000 170.000 0.15 150. adotando uma taxa de desconto de 6% a. Pede-se calcular o valor presente líquido do projeto.000 150.200.000 $ 980.000 200.000 180.

17.3 Um projeto de investimento apresenta os seguintes fluxos de caixa e probabilidades de ocorrência, de acordo com os cenários previstos: Ano 0 (Invest.) 1 2 3 4 Cenário Pessimista Probabilidade: 20% ($ 500.000) $ 125.000 $ 125.000 $ 125.000 $ 125.000 Cenário Mais Provável Probabilidade: 60% ($ 500.000) $ 220.000 $ 220.000 $ 220.000 $ 220.000 Cenário Otimista Probabilidade: 20% ($ 500.000) $ 300.000 $ 300.000 $ 300.000 $ 300.000

A taxa de atratividade definida para esse projeto é de 16% a.a. Pede-se determinar: a) NPV (valor presente líquido) esperado do projeto de investimento (considere que o investimento apresenta risco médio). b) NPV do projeto para o cenário pessimista e para o cenário otimista.

Finanças Corporativas e Valor 99

17.4 Uma empresa está avaliando uma decisão de investimento em cenário de risco. A diretoria financeira realizou a seguinte análise: Cenário Econômico Alta recessão Baixa recessão Baixo crescimento Alto crescimento Probabilidade de Ocorrer 05% 15% 60% 20% NPV ( $ milhões) ($ 320) ($ 35) $ 95 $ 145

A partir dessas projeções, pede-se determinar o NPV esperado do investimento em análise, seu desvio-padrão e coeficiente de variação.

17.5 Uma empresa está estimando o custo de capital próprio de um investimento a partir da SML (security market line). A taxa de retorno livre de risco está fixada em 7,5%, e o prêmio pelo risco de mercado é estimado em 7,0%. O coeficiente beta do projeto é de 1,30. a) Pede-se determinar o custo de capital próprio a ser considerado no projeto de investimento. b) Admita que esse projeto representa 25% do total dos investimentos da empresa. O beta da empresa é de 0,90. Sendo aceito esse projeto, pede-se calcular o novo beta da empresa e seu custo de capital próprio.

100 Finanças Corporativas e Valor

17.6 São apresentados a seguir os resultados operacionais anuais de caixa estimados para dois projetos de investimento e suas respectivas probabilidades. A duração dos projetos é de três anos. Probabilidade 30% 40% 30% Fluxos de Caixa Projeto L Projeto M $ 128.000 ($ 10.000) $ 145.000 $ 140.000 $ 154.000 $ 410.000

O investimento exigido para cada projeto é de $ 130.000. O projeto de maior risco é avaliado a uma taxa de 15% a.a., e o menos arriscado a uma taxa de 12% a.a. Pede-se determinar: a) Fluxo de caixa esperado anual e o desvio-padrão de cada projeto. b) NPV de cada projeto ajustado ao risco.

Finanças Corporativas e Valor 101

102 Finanças Corporativas e Valor .95. referência para a empresa brasileira. O prêmio pelo risco de mercado verificado no mercado dos EUA situa-se em torno de 7.? Determine o custo de oportunidade do capital próprio pelo método CAPM da empresa de telefonia no Brasil. Foi verificado que o título emitido pelo governo brasileiro estava sendo negociado no mercado financeiro a uma taxa de 9. A taxa de títulos emitidos pelo governo norte-americano situa-se em 3.a.75% a. a consultoria resolveu adotar o benchmarking do mercado norteamericano.5% a. Devido ao precário disclosure das companhias abertas no Brasil.75% a.a.a.1 Uma empresa de consultoria está analisando o custo de capital próprio de uma empresa de telefonia no Brasil.18 CUSTO DE CAPITAL E CRIAÇÃO DE VALOR 18. é de 0. O beta médio alavancado do setor de telefonia.

XWZ está medindo desempenho operacional da empresa.000 e $ 93. Pede-se calcular o valor econômico agregado obtido pela Cia. Espera-se que os custos de produção cresçam a partir do primeiro ano à taxa de 6% a.000.000. esperando-se um crescimento constante de 5% a.000.2 Uma empresa está avaliando a possibilidade de adquirir uma máquina para um novo negócio. Finanças Corporativas e Valor 103 . respectivamente.18. sendo 34% a alíquota de Imposto de Renda admitida pelo projeto. 18.9 para o projeto. A vida útil da máquina é de 5 anos. Os indicadores financeiros tradicionais não vislumbram todas as oportunidades de ganhos econômicos. Determine a viabilidade do projeto. sendo que o custo médio ponderado de capital é de 18% e o ROI de 21%. O índice beta é de 0. XWZ.a.a.a. admitindo o benefício fiscal da depreciação. Os custos de produção e as despesas operacionais estimadas para o primeiro ano são de $ 75. e não está previsto valor residual. O valor do investimento é de $ 300. O investimento será depreciado de forma linear em cinco anos. e as despesas operacionais em 8% a.3 O Diretor Financeiro da Cia. através do NPV. A taxa livre de risco é de 5. A empresa pretende utilizar recursos próprios até o limite de 40% do valor do investimento. As receitas previstas para o primeiro ano são de $ 300.. O Diretor sabe que tem investimento total de $ 2 milhões.5% e o prêmio pelo risco de mercado é de 14%.a. O custo efetivo da dívida (antes do Imposto de Renda) é de 15 % a.

1%. O desvio-padrão das taxas de retorno das ações da Parati S.052.0 milhões.a. O capital dos acionistas investido na empresa. e o prêmio histórico de risco de mercado é de 10.A. é uma companhia aberta com ações negociadas em Bolsa de Valores. A Parati considera essa relação entre passivo e patrimônio líquido como adequada.198 e dos retornos de mercado.a. Sabe-se ainda que os títulos públicos pagam 6. a valor de mercado. 104 Finanças Corporativas e Valor .A.0 milhões. As taxas de retorno de suas ações apresentam uma covariância com os retornos de mercado igual a 0.5% a. está estimado em $ 30.0% a. A alíquota de Imposto de Renda é de 34%.4 A Parati S. de 0. Pede-se determinar o custo médio ponderado de capital (WACC) da Parati S.211. captado a uma taxa efetiva bruta (antes do benefício fiscal) de 15. A empresa mantém um endividamento oneroso médio de $ 15. é de 0.18.A.

2%.18. Imposto de renda: 34%. Retorno da carteira de mercado (RM): 15.5% Finanças Corporativas e Valor 105 . Taxa Livre de Risco (RF): 7.5% 15.0%.0%. conforme apresentadas a seguir. b) Calcular o beta e o custo de capital próprio nas alternativas de endividamento (P/PL) apresentadas a seguir: Endividamento P/PL 0% 60% 80% 140% Coeficiente Beta Custo de Capital Próprio – Ke c) Admitindo as seguintes taxas efetivas brutas de juros das dívidas.5% a.16. a taxa bruta dos passivos onerosos mantidos pela empresa.a.5 Foram levantadas as seguintes informações de uma empresa e do mercado: • • • • • Beta alavancado: 1. Endividamento P/PL 0% 60% 80% 140% Custo da Dívida Ki 13. a) Sendo de 14.5% 17. Endividamento (P/PL): 55. pede-se determinar o WACC da empresa para cada alternativa de endividamento.0% 14. determinar o custo médio ponderado de capital (WACC) da empresa considerando as informações acima.

.6 Uma empresa apresenta um coeficiente beta atual de 0. 106 Finanças Corporativas e Valor .8%. e a taxa de retorno da carteira de mercado atinge 15.92. 18. e o da divisão de Construção Civil é de 60%.5% a.5% a. Os títulos públicos pagam juros de 6. BDC. As principais informações de cada setor são apresentadas a seguir: Endividamento (P/PL) Coeficiente Beta Papel e Celulose 80% 0.18. O índice de endividamento (P/PL) da divisão de Papel e Celulose é de 80%.a. A alíquota de Imposto de Renda é de 34%. Você concorda com a manutenção desse beta para a empresa como indicador atual de seu risco em relação ao mercado? Caso não concorde. o endividamento (P/PL) era igual a 70%. indicando um risco total (operacional e financeiro) abaixo do risco de mercado (β = 1). Atualmente. atingindo 240%.06 O custo de captação de recursos de terceiros é de 12.a.80 Construção Civil 40% 1. o índice de endividamento da empresa elevou-se bastante. calcule o beta adequado para a atual estrutura de risco da empresa. BDC atua em dois segmentos de negócios: Papel e Celulose e Construção Civil. Admita que o valor de mercado das duas divisões seja igual.7 A Cia. Considere uma alíquota de Imposto de Renda igual a 34%. antes do benefício fiscal. Pede-se determinar o WACC de cada divisão e o WACC da Cia. Quando da regressão para cálculo do beta das ações da empresa.

179. P/PL = 0. Pede-se determinar o custo total médio ponderado de capital (WACC) da Cia.50.7% a.5% a.40.18. O beta alavancado do setor da empresa GAMA é de 0.500 Os juros das dívidas estão calculados antes do benefício fiscal de 34% de Imposto de Renda.) Capital Próprio (Ke = 17.594.a.9 O diretor financeiro da Cia.25% a.65 e o endividamento médio das empresas (P/PL) é de 0.a. Determine o custo de capital próprio para a Cia.60. O prêmio pelo risco de mercado tem-se situado em torno de 8. Finanças Corporativas e Valor 107 . P/PL = 2.4%) : $ 4. Kilt financia suas atividades com a seguinte estrutura de capital: Financiamento (Ki = 13.200 : $ 2. GAMA supondo os diferentes níveis de alavancagem financeira.9% a.) Debêntures (Ki = 14. P/PL = 0. Os títulos livres de risco estão pagando 7.30.a.006.50. P/PL = 1. GAMA pediu para simular o custo de capital próprio nas seguintes estruturas de capital: P/PL = 0.300 : $ 5.8 A Cia. 18. O Imposto de Renda incidente sobre as operações da empresa é de 34%. Kilt.a.

CLEAR desejam saber se a empresa está auferindo um retorno do capital investido que remunere o risco do investimento.10 Os acionistas da Cia. CLEAR.83. ou seja. é igual a 0.6 milhões. O índice de endividamento (P/PL) da empresa é igual a 0. O lucro operacional líquido do Imposto de Renda apresentado pela CLEAR é de $ 25. se as operações da empresa estão criando valor. a taxa de títulos livres de risco de 7.75% e o retorno de mercado de 15. referência para as decisões da Cia. O capital próprio dos sócios totaliza $ 45. e as despesas financeiras somam $ 5.18. Sabendo que o Imposto de Renda é de 34%.5%. pede-se determinar o valor econômico criado no período. 108 Finanças Corporativas e Valor .87 milhões.0 milhões. O coeficiente beta do setor.55.

85 0.91 1.18.84 1.78% 078. Finanças Corporativas e Valor 109 .60%.5% o prêmio pelo risco Brasil.97% 039. Considere uma alíquota de IR do mercado dos EUA de 36% e do Brasil de 34%.56% 057.74 0.92% 083.08 0.63% Os indicadores básicos do mercado referência são: • Rentabilidade da Carteira de Mercado (Índice S & P): 9.59 0.02% 062.67 1.86 0. Sendo de 6.85 1. pede-se calcular o beta alavancado e o custo de capital próprio para esses setores no Brasil tendo como referência (benchmark) a economia dos EUA.35%. por setor de atividade.30 1.43% 056.53% 023.91% 053.15 P/PL 096.64% 014. • Taxa Livre de Risco (T – Bond): 3.51 0.88 0.81% 046.29% 104.43% 068.11 Foram publicados os seguintes betas alavancados. levantados do mercado dos EUA: Setor Alimento e Bebidas Comércio Construção Eletroeletrônicos Energia Elétrica Máquinas Industriais Mineração Minerais Não Metálicos Papel e Celulose Petróleo e Gás Química Siderurgia e Metalurgia Telecomunicações Têxtil Veículos e Peças Beta 0.02 1.10 0.35% 089.17% 094.

12 Uma empresa de consultoria foi contratada para calcular o valor de mercado de uma empresa brasileira em processo de negociação.86. coeficiente beta médio de empresas norte-americanas do setor: 0. Foram levantadas as seguintes informações do mercado referência: • • • • • taxa média de remuneração dos bônus do governo dos EUA: 5.35%.2%. As empresas do setor trabalham com um índice de endividamento (P/PL) igual a 50%. A partir dessas informações. pede-se calcular o custo de capital próprio (Ke) e o custo médio ponderado de capital (WACC) a ser aplicado à empresa brasileira em avaliação. líquida do IR: 7. taxa média de captação de recursos de terceiros no mercado dos EUA. taxa média de remuneração dos bônus do governo brasileiro: 11.7%.18. retorno médio do mercado acionário dos EUA: 13. Para tanto. 110 Finanças Corporativas e Valor .04%. foi usado o mercado dos EUA como referência para apuração do risco e custo de capital da empresa brasileira em avaliação.

A remuneração exigida pelos investidores é de 16% a.? Estima-se em 5.5% a. Finanças Corporativas e Valor 111 . indeterminadamente.60 para o primeiro e segundo semestres do ano de 20X4. Pede-se determinar o preço da ação no momento atual.19 FONTES DE FINANCIAMENTO A LONGO PRAZO NO BRASIL 19.50/ação.2 Os dividendos por ação a serem distribuídos pela Cia. respectivamente.a. Admitindo que um investidor tenha adquirido essas ações no início do ano por $ 3.1 A Cia.a.50 e $ 0. Os analistas projetam crescimento de 15% a.a. nos dividendos nos próximos quatro anos. de modo que obtenha a rentabilidade real mínima desejada de 15% a.8% a inflação de 20X4. qual deverá ser seu preço de venda ao final do ano de 20X4 (após o recebimento do dividendo previsto no segundo semestre). VRS estão previstos em $ 0.a. HD pagou no ano de 20X5 dividendos no valor de $ 0. 19.80 por ação. e a partir do quinto ano o crescimento estabiliza-se na taxa de 2.

20 no ano de 20X2 e pagou. aberta apresentou lucros por ação de $ 1.4 Uma cia. Calcular o preço dessa ação hoje. Projeções feitas admitem que o crescimento dos lucros e dividendos da empresa alcance a taxa de 3% a. Sabe-se também que o preço de mercado tem-se valorizado anualmente em 5% acima da taxa de inflação.36 de dividendos por ação. A rentabilidade real exigida pelo investidor na aplicação considerada é de 17% a. e após esse período espera-se uma estabilidade de crescimentos nos dividendos em torno de 4. 19. Pela tendência observada nos lucros da empresa.2% ao ano para os próximos três anos. LP será de $ 0. por outro lado. LP por quatro anos. indeterminadamente. Admitindo que o investidor planeje manter inalterada sua posição de acionista da Cia.40/ação para o próximo exercício.2%: a) nas condições descritas acima. A taxa de retorno requerida pelos acionistas atinge 16.3 Um investidor tem projetado que a distribuição de dividendos da Cia. que a taxa de crescimento dos resultados da empresa seja de 10% ao ano nos próximos quatro anos.a. prevendo-se ainda uma taxa média de inflação de 5. admita. no mesmo período.5% ao ano. espera-se também que a taxa de crescimento anual desses dividendos atinja 4% ao ano acima da inflação. b) 112 Finanças Corporativas e Valor .19. pede-se determinar o preço máximo que ele deveria pagar hoje por essa ação. $ 0.. pede-se calcular o preço máximo que um investidor poderia pagar hoje por essa ação.a.

000 solicitados para pagamento em três anos. Finanças Corporativas e Valor 113 . Admita que o IOF incidente sobre a operação seja de 5. pede-se calcular o custo efetivo desse financiamento. que depois de analisar a operação de crédito liberou os $ 600. Considerando a unidade monetária de poder aquisitivo constante (UMC) igual a $ 115 e o pagamento principal ao final do contrato (três anos) e os juros nominais quitados ao final de cada semestre.19. descontado no ato da liberação dos recursos.8%.5 A empresa XWZ necessita de um financiamento para reforço de seu capital de giro. A taxa real de juros cobrada pela instituição financeira é de 7% ao ano e a taxa de inflação prevista é de 8% ao ano. Para levantar os recursos necessários a empresa recorreu a um banco de investimento.

FUNDAX vem apresentando bom crescimento de vendas nos últimos anos. Os engenheiros de produção detectaram “gargalos” na elaboração dos produtos e sua ocorrência foi comunicada à direção da empresa. 114 Finanças Corporativas e Valor . IOF = 3%. sendo ainda concedida uma carência de 6 meses. à taxa de 0.10% ao mês. o qual seria em parte financiado por recursos de terceiros.0% a. Calcule o valor de cada prestação devida ao Finame/BNDES pelo financiamento concedido.. cobrado no ato da liberação dos recursos.6 A Cia.4875. Participação do agente financeiro = 2% ao ano. esse crescimento de sua atividade não está sendo sustentado pelo setor produtivo.19. O prazo de amortização de é 12 meses pelo sistema SAC.000.a. Outras informações da operação de financiamento: • • • • • Taxa Finame = 8. O diretor financeiro resolveu buscar financiamento para adquirir o novo equipamento através do Finame/BNDES. No entanto. O valor do equipamento novo é de $ 875. Os diretores chegaram ao consenso de que deveria ser adquirido um novo equipamento para a produção. Comissão de reserva = 44 dias. UMC =5. sendo que o Finame participa com 80% do valor do bem.

sendo que o contrato prevê seis pagamentos semestrais iguais e sucessivos.38%.. e spread. Os encargos financeiros previstos nas prestações são a taxa Libor. 1% e 0. incidente sobre os encargos financeiros semestrais.500. todas essas taxas nominais. O juro declarado da operação é de 12% a.19. sendo que as debêntures foram colocadas no mercado financeiro através de um deságio de 7% sobre seu valor de face (valor nominal).8 Determinar o custo efetivo anual de uma emissão de 4. registro de contrato e garantia hipotecária de operação correspondem a 5%. A comissão de repasse.7 Elaborar a planilha de desembolso financeiro e determinar o custo efetivo anual de financiamento obtido por repasse de recursos externos.. é de 20%. 19.a.a. O valor nominal das debêntures é de 12 UMC cada.000. O valor do repasse é de $ 1.. de 11% a. de 3% a. incluindo principal e encargos financeiros.a.000 debêntures realizada por uma companhia aberta no mercado. Os juros são pagos trimestralmente e o principal corrigido resgatado ao final do prazo da operação. O imposto de renda da operação. Finanças Corporativas e Valor 115 . comissão de abertura de crédito. e são cobrados no ato da liberação dos recursos. A emissão ocorreu no dia 3-5-05 e foi resgatada no dia 3-8-07. respectivamente.

admitindo. assim como o custo real anual de cada uma das fontes passivas consideradas.2% (após IR) 11. c) 116 Finanças Corporativas e Valor .000 140. determinar o novo WACC. calcular o custo médio ponderado de capital da Cia. na estrutura de capital da empresa. são apresentados a seguir: Fontes de Financiamento Capital Ordinário Capital Preferencial Debêntures Financiamento em Moeda Nacional Montante ($ 000 ) 120. KC.3% (após IR) Sabe-se que a Cia.20 ESTRUTURA DE CAPITAL 20. admitindo-se que o preço de mercado das ações ordinárias seja de $ 13. KC.000 200.1 A composição das fontes permanentes de capital da Cia.50/ação. na hipótese contida em b. ao custo de 20% a. a inclusão de um novo financiamento no valor de $ 150 milhões. KC baseando-se nos valores fornecidos pela Contabilidade.4% 17.6% 14.a.000 Custo Anual 21. comforme extraída de seus relatórios contábeis. Diante dessas informações. pede-se: a) b) determinar o custo médio ponderado de capital (WACC) da Cia.00/ação e das preferenciais $ 10.000 40.. KC tem 12 milhões de ações ordinárias e 4 milhões de ações preferenciais emitidas.

20.2 Determinar o valor de uma empresa alavancada, segundo as proposições de Modigliani e Miller, considerando uma alíquota de Imposto de Renda de 40%. O lucro líquido da empresa alavancada foi de $ 200.000. O custo do capital próprio, se a empresa fosse financiada somente com capital próprio, é de 15%, e o custo do capital de terceiros, de 13%, antes do benefício fiscal, gerando $ 230.000 em despesas financeiras.

20.3 A Cia. Dot.Com obteve no ano corrente um lucro líquido de $ 300.000. Os acionistas desejam conhecer o lucro por ação. A Dot.Com tem um total de 1.000.000 de ações emitidas, sendo 70% ações ordinárias e 30% ações preferenciais. O dividendo mínimo obrigatório previsto no estatuto da companhia é de 25% sobre os resultados líquidos, e o dividendo preferencial mínimo está previsto em 8% sobre o capital preferencial. O valor nominal das ações é de $ 1,00/ação. Determine: a) o LPA do acionista preferencial; b) o LPA do acionista ordinário.

Finanças Corporativas e Valor 117

20.4 O diretor financeiro de uma companhia aberta deseja avaliar a atual estrutura de capital da empresa e, ao mesmo tempo, verificando necessidade, propor uma nova estrutura de capital. O objetivo desta análise é identificar qual estrutura produziria maior benefício aos acionistas. Através da estrutura de capital apresentada na tabela abaixo, determine o nível de equilíbrio financeiro e o ponto de indiferença dos planos (atual e proposta). ESTRUTURA DE ESTRUTURA DE CAPITAL CAPITAL PROPOSTA 800.000 ações 500.000 ações $ 2.000.000 $ 1.500.000 $ 800.000 − 40% 40%

Capital Ordinário Financiamento (13% a.a.) Debêntures (19% a.a.) Alíquota de IR

118 Finanças Corporativas e Valor

20.5 A diretoria financeira de uma empresa deseja determinar o montante necessário de lucro operacional líquido do IR que produz um retorno sobre o patrimônio líquido igual a 15%. A seguir são apresentadas as principais contas patrimoniais da empresa. Pede-se determinar o valor lucro operacional (após IR) que atende ao desejo da empresa. Ativo Circulante $ 2.000.000 Passivo de Funcionamento Realizável a Longo Prazo $ 2.500.000 Financiamentos em moeda nacional Financiamentos em moeda estrangeira Ativo Permanente $ 3.500.000 Patrimônio Líquido TOTAL $ 8.000.000 TOTAL Outras informações: • • • • alíquota de IR: 35%; financiamento em moeda nacional: juros reais de 15% a.a. + correção monetária (CM); financiamento em moeda estrangeira: juros reais de 12% a.a. mais variação cambial (VC); a CM está estimada em 11% e a VC, em 8%. $ 2.500.000 $ 1.500.000 $ 1.200.000 $ 2.800.000 $ 8.000.000

Finanças Corporativas e Valor 119

conforme definido na legislação vigente e previsto no estatuto da companhia. O dividendo mínimo obrigatório. Supondo que a empresa tenha auferido um resultado líquido ajustado para o cálculo dos dividendos de $ 2.000 Ações Preferenciais Classe B (200.000 ações) : $ 1. pede-se: a) apurar o volume de dividendos que efetivamente a cada participação acionária.100.000 ações) : $ 1.000 Sabe-se que os estatutos da companhia fixam um dividendo mínimo sobre o capital preferencial de 12% para as ações de classe A e de 8% para as de classe B.000 Ações Preferenciais Classe A (380. compete 120 Finanças Corporativas e Valor .1 Admita que uma empresa apresente a seguinte composição acionária: Ações Ordinárias (420.000. é de 25% sobre o lucro líquido ajustado.000 ações) : $ 2.900. b) determinar o LPA efetivo de cada capital.21 DECISÕES DE DIVIDENDOS 21.0 milhões no exercício social.

000 Sabe-se que a empresa possui 48.50. Diante dessa situação. b) c) Finanças Corporativas e Valor 121 .000.000 $ 4.000 ($ 400. mediante a incorporação de reservas. admita que a assembléia de acionistas da empresa tenha decidido elevar o capital social em 150%.000 ações ordinárias e 72. Sabe-se que o valor nominal de cada ação emitida pela empresa é de $ 2. Pede-se demonstrar a nova estrutura do patrimônio líquido.000. novas emissões de papéis. as ações não possuem valor nominal. evitando-se.000) ( $ 600. em determinado momento.000 ações preferenciais emitidas. a bonificação se processará mediante alteração no valor nominal das ações. a seguinte composição em seu patrimônio líquido: Capital Social Ações Ordinárias Ações Preferenciais Reservas TOTAL $ 1. após a bonificação.000.2 Uma empresa apresenta.21.000) $ 3. com isso. para cada uma das situações descritas a seguir: a) a bonificação se dará mediante a emissão de novas ações.

40/ação. e a direção da empresa deseja realizar um desdobramento (split) de uma ação em 5 ações de valor nominal de $ 1. Para tanto.00 cada uma. Essa decisão altera o patrimônio líquido da empresa? Justifique sua resposta.400. 21. O valor nominal da ação é de $ 5. dificultando a negociação desses papéis entre os investidores.21.000.000 ações ordinárias e 2. demonstre que o seu patrimônio não sofrerá nenhuma alteração se a ação atingir seu preço de equilíbrio (teórico) no mercado. pede-se determinar o preço teórico de mercado da ação após a distribuição de bonificações. 122 Finanças Corporativas e Valor .000 ações preferenciais.20/ação e o da ação preferencial. Determine o preço teórico de equilíbrio de mercado da ação da Cia. antes da bonificação. Stream constatou que suas ações apresentam valor unitário de mercado muito alto. Stream após a realização do split.3 Com relação ao problema anterior. de $ 2.00/ação. sabe-se que o preço de mercado da ação ordinária antes da bonificação é de $ 3. Admitindo ainda que um acionista possua 1.4 A Cia.

800) 22.000 (20.21. como ficará sua demonstração contábil para fins de publicação aos acionistas.000) (200.000 31/12/X8 20.000) (14.000 137. que ocorrerá daqui a quatro meses.200) 45.000) 125.000 35. Olímpica para ajudar os seus administradores na decisão de pagar juros sobre capital próprio aos sócios.200 164.000) (30.000 10.200) 1) Caso a empresa faça a opção de pagar os juros sobre o capital próprio.000 40. são apresentadas as demonstrações contábeis projetadas para o encerramento do exercício.000 30.200 DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS Receita de vendas (−) CPV (=) Lucro bruto (−) Despesas operacionais (−) Despesas financeiras (=) Lucro Antes do IR/CSLL (−) IR (=) Lucro líquido Ano X9 280. A seguir.000) 37.200) 30/12/X9 30.000) 20.000) (30.000) 164.000 19.000 40. CIA.000 2.000 50.000 15. de acordo com as normas da CVM (Comissão de Valores Mobiliários)? 2) Qual será a economia de Imposto de Renda na empresa? 3) Qual será a economia tributária líquida para os sócios? Observação: A TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo) está prevista em 10% no período.000) 80. OLÍMPICA ATIVO Disponibilidades Contas a receber Estoques Máquinas e equipamentos (−) Depreciação acumulada TOTAL DO ATIVO PASSIVO + PL Fornecedores Empréstimos de CP Empréstimos de LP Capital Reserva de reavaliação LP Acumulados TOTAL P + PL 31/12/X8 2.000 100.000) (13.000 5.000) 137.5 Você foi consultado pela Cia.000 30/12/X9 4.000 20. Finanças Corporativas e Valor 123 .000 40.

f) a depreciação do ativo imobilizado atingiu $ 800 no exercício. d) foi levantado um empréstimo bancário de curto prazo no valor de $ 3. b) amortização de $ 2. e) foram adquiridos bens imobilizados no valor de $ 9. c) ao final do exercício foi apurado um lucro líquido de $ 1.000 e um financiamento de longo prazo de $ 6. 124 Finanças Corporativas e Valor . Pede-se: a variação determinada por essas operações sobre o capital circulante líquido da empresa.400.500 pagos no próprio exercício e $ 5.500 de estoques.000.1 Suponha que uma empresa tenha realizado as seguintes operações em determinado exercício social: a) aquisição de $ 9. sendo $ 4.22 CAPITAL DE GIRO 22. sendo integralmente pagos no exercício.000.000 devidos quatro meses após o encerramento do exercício.800 de dívidas circulantes.

Determine o volume de recursos a longo prazo (próprios e de terceiros) da empresa que se encontra aplicado em itens circulantes. o que corresponde a 60% do seu ativo permanente.000. TEC é de $ 6.2 O patrimônio líquido da Cia. A empresa possui direitos a receber no valor de $ 1.000 para daqui a 24 meses e financiamentos a pagar para daqui a 19 meses no valor de $ 4.000.000.000.000. Finanças Corporativas e Valor 125 .22.

000 Valores a Receber Estoques Por outro lado. para determinado período. pede-se determinar o volume de capital circulante líquido que deve ser mantido pela empresa visando maximizar o seu nível de rentabilidade.000.000 $ 3. demonstre também o nível de capital circulante líquido que ofereça o menor nível de risco (e de rentabilidade) à empresa.000 $ 12.000. também definidas em valores mínimos e máximos.000 Fornecedores Empréstimos Bancários Para um custo de capital de curto prazo inferior ao de longo prazo.500. estão previstas da forma seguinte: Volume Mínimo de Volume Máximo de Captação a Captação a Curto Prazo Curto Prazo $ 3. 126 Finanças Corporativas e Valor .000.000.000 $ 6.3 Uma empresa projetou. as seguintes necessidades mínimas e máximas de investimentos em capital de giro: Investimento Mínimo $ 4.000.000 $ 7.000.000. as suas oportunidades de captação de recursos a curto prazo.000 $ 4. De maneira inversa.000 Investimento Máximo $ 7.22.

4 Com relação ao exercício anterior.000.a. Sabe-se ainda que o custo do dinheiro a curto prazo (aplicável a todo o passivo circulante) atinge 12. Finanças Corporativas e Valor 127 . demonstrar a rentabilidade sobre o capital próprio da empresa para os dois níveis de risco considerados..000 e um patrimônio líquido de $ 26. para um lucro operacional (antes do IR) de $ 7.5% a. Pede-se: a) b) o montante de recursos de terceiros de longo prazo necessários em cada nível de risco considerado (alto e baixo). O seu realizável a longo prazo é nulo.22.a.0% a. admita-se que a empresa mantenha um ativo permanente de $ 35. 15.000. e o de longo prazo.000.700.000. Sabese que a alíquota de IR é de 34%.

b) descrever graficamente a composição de financiamento de capital de giro segundo as abordagens do “Equilíbrio Financeiro Tradicional” e “Risco Mínimo”.22. Necessidades de Financiamento/Investimento $ 20. ou seja: Períodos 1o trimestre 2o trimestre 3o trimestre 4o trimestre Pede-se: a) descrever graficamente o comportamento sazonal (variável) e permanente (fixo) do capital de giro.000.000 $ 38.000 até $ 38.5 Estudos financeiros prospectivos da Cia.000 $ 24. Considere ainda uma abordagem intermediária na qual os recursos passivos de longo prazo financiam também 50% dos investimentos sazonais de capital de giro. vão de um mínimo de $ 20. Giro demonstraram que suas necessidades totais de investimento em capital de giro. para cada trimestre do próximo exercício.000.000.000 $ 27.000.000.000 128 Finanças Corporativas e Valor . c) calcular as necessidades (em $) trimestrais de financiamento a curto prazo e a longo prazo para cada abordagem considerada.000.000.

de 34%.000.000.000 Ativo Permanente $ 80. e a alíquota de IR.000.000 1.000.000 22.000.000 2.500.000 Finanças Corporativas e Valor 129 .6 Pede-se determinar o retorno sobre o patrimônio líquido em três estruturas possíveis de investimento em giro: baixo.000 Ativo Circulante Cíclico $ 60.000 $ 3.000 $ 50. Desenvolva uma análise sobre sua estrutura de equilíbrio financeiro.000 900. cujos principais resultados são apresentados abaixo.000. Ativo Circulante Sazonal $ 20.000 800.000.000 1.000 $ 3. O lucro operacional bruto é de $ 1.000 2.000.000 2. e para o exigível a longo prazo.7 Determine o capital circulante líquido (CCL) e a necessidade de investimento em capital de giro (NIG) da empresa Pró-Forma Ltda.22.000 $ 15.500.000 Passivo Circulante Sazonal Passivo Circulante Cíclico Exigível a Longo Prazo Patrimônio Líquido $ 30. médio e alto.000 $ 4.000.. A taxa de juro para o passivo circulante é de 16%. Ativo Circulante Ativo Permanente TOTAL Passivo Circulante Exigível a LP Patrimônio Líquido BAIXO MÉDIO ALTO $ 1.000 2.500.000.000 1.200.000 $ 65.000.000 1.000 $ 2.750.000. de 22%.000 2.000 $ 5.000 600.

270.000 $ 2. e o financiamento médio concedido pelos fornecedores.170.000 $ 50.000 130 Finanças Corporativas e Valor .000 $ 60.000 Ativo Permanente $ 1. Balanço Projetado para o 1o Trimestre/20X6 Disponível $ 150.000 Financiamentos (LP) $ 470.000 $ 438.000 Resultados Projetados para o 1o Trimestre/20X6 Receitas de Vendas ( − ) CMV $ 3.000 131.270.000 Fornecedores $ 360. : $ 2.232.000 TOTAL: $ 2.000 Empréstimos (CP) $ 70.080 Lucro Bruto: (−) Despesas Operacionais $ (−) Depreciação Lucro Operacional: (−) Despesas Financeiras Lucro Antes do IR: (−) Provisão para IR $ Lucro Líquido: A empresa trabalha com os seguintes prazos operacionais: a) Prazo Médio de Estocagem (PME) b) Prazo Médio de Cobrança (PMC) : : 45 dias 18 dias c) Prazo Médio de Pagamento a Fornecedores (PMPF): 15 dias d) Compras previstas para o trimestre Pede-se: a) calcular os investimentos médios necessários em estoques e valores a receber.038.170.000 Capital $ 1.22. No período projetado são reveladas também informações adicionais de maneira a avaliar-se o equilíbrio financeiro da empresa.8 São apresentados a seguir os resultados projetados para o primeiro trimestre de 20X6 de uma empresa.998.000 Estoques $ 350.000 Dupl.000 $ 388.000 540.000 $ 1.920 $ 256.000 TOTAL: $ 2. a Receber $ 670.000.

...... e) desenvolver uma avaliação conclusiva sobre a situação financeira da empresa.... Finanças Corporativas e Valor 131 . Financiamento (LP) $ 600. a Receber Estoques At............ Permanente TOTAL: $ 200..110..000 $ ....000 Lucros Retidos $ ...b) completar o balanço final do trimestre conforme apurado a seguir..000 Capital Social $ 1..333 Fornecedores $ . TOTAL: $ 3...140..110....502........ $ .... Provisão p/ IR $ ........ d) calcular o EBITDA e os indicadores de cobertura de juros do período..000 c) calcular a necessidade de investimento em giro (NIG) em unidades monetárias e em dias de vendas............... Disponível Dupl.000 Empréstimos (CP) $ 120........ $ 1..000 $ 3.

A produção demanda normalmente um prazo de 30 dias. permanecendo os produtos fabricados estocados 15 dias à espera de serem vendidos. b) calcule o giro de caixa da empresa. Represente-os graficamente.1 A Cia. Sabe-se que o prazo de estocagem de suas matériasprimas é de 45 dias. A política de vendas da empresa adota um prazo de recebimento de 60 dias. XWZ. como o ciclo de caixa e o giro de caixa seriam afetados? 132 Finanças Corporativas e Valor .23 ADMINISTRAÇÃO DE CAIXA 23. e de recebimento de vendas para 45 dias. sendo que os fornecedores concedem um prazo de 30 dias para pagamento das duplicatas. XWZ está efetuando um estudo com relação ao seu ciclo de caixa. Diante dessas informações: a) determine o ciclo de caixa e o ciclo operacional da Cia. c) se a empresa reduzisse seu prazo de estocagem de matériasprimas para 30 dias.

Uma reavaliação rigorosa em seu ciclo de caixa demonstrou que o prazo de estocagem de matérias-primas pode ser reduzido em 10 dias. e o de estocagem de produtos terminados em 15 dias. antes de serem consumidas pela produção. qual o prazo de recebimento adicional que poderá ser concedido a seus clientes? Finanças Corporativas e Valor 133 .2 A Cia. Mantendo em 160 dias o ciclo de caixa máximo da Cia.23. pede-se: a) calcular o ciclo de caixa e o giro de caixa da Cia. e os produtos acabados demandam 60 dias para serem vendidos. TP. b) a empresa vem procurando dinamizar suas vendas através de uma elevação de seus prazos de recebimento. As suas matérias-primas permanecem normalmente 40 dias estocadas. TP mantém um giro de 12 vezes em suas duplicatas a receber e de 24 vezes em suas duplicatas a pagar. e o de produção em 5 dias. Represente graficamente o ciclo de caixa. Visando desenvolver alguns estudos da empresa a partir de seu ciclo de caixa. TP. A empresa gasta ainda 45 dias para a fabricação de seus produtos.

X4.500 Mar.000 • • • no dia 15 de março está prevista a integralização de uma subscrição de capital no valor de $ 16.000 3.23.5 % Fev.500.5 % Mar./X5 : $ 10./X4 : $ 15.000./X5 : $ 14.000 40% das vendas são recebidas a vista. as compras necessárias são normalmente pagas com 30 dias de prazo.: 5. 134 Finanças Corporativas e Valor . o saldo de caixa existente.: 5. e 20% em 60 dias.000 8./X5 • • • ($) 5. atinge $ 4./X4 : $ 16.000 Dez./X4 Jan. as taxas mensais de inflação projetadas para o trimestre são: Jan.0 % • • Pede-se: a) efetuar a projeção mensal e trimestral de caixa em valores nominais. b) efetuar a projeção trimestral de caixa em inflação. em $ 5. 40% em 30 dias. O pagamento ocorre normalmente ao final do mês. as despesas operacionais desembolsáveis mensais estão previstas. Valores Realizados e Previstos das Compras Início do Mês Valor Dez.3 Uma empresa. para cada um dos meses do trimestre de planejamento. levantou as seguintes estimativas: • Vendas Líquidas Estimadas Nov.800./X5 Mar. no início de março a empresa tem programado pagamento de dividendos no valor de $ 6.300.12./X5 : $ 12.000 Fev.: 6. no final de janeiro a empresa deverá liquidar uma dívida bancária no montante de $ 9.500 Jan. em fase de projeção de seus recursos de caixa para o primeiro trimestre de 20X5.000. Admite-se que os recebimentos ocorram na metade de cada um dos meses. em 31.

pede-se: a) o lucro marginal que resultará da adoção da nova proposta de crédito. b) sendo de $ 76. sendo que a participação das vendas a prazo passará de 50 para 55%. Prevê-se. por outro lado.000 por mês as suas vendas para o próximo exercício. Os custos e despesas variáveis mensais.800. das quais metade se realizará a prazo.000 o investimento marginal em valores a receber. manterse-ão inalterados.24 ADMINISTRAÇÃO DE VALORES A RECEBER 24. e os relativos ao crédito.1 Dentro das atuais condições de concessão de crédito. o custo máximo desse capital para que a nova proposta seja considerada atraente. estão previstos em 40% do total das vendas. inclusive os custos e despesas fixos. que uma política de ampliação no prazo de concessão de crédito elevará em 20% as vendas totais da empresa. admitindo que os custos e despesas variáveis relativos ao crédito elevem-se para 7%. c) calcular o lucro marginal e retorno marginal. referentes a custos de produção e despesas administrativas gerais. Estima-se ainda que os demais valores considerados. uma empresa estima em $ 12.000. em 5% das vendas a prazo. Finanças Corporativas e Valor 135 . Admitindo que os custos e despesas fixos não irão se alterar com a nova proposta.

Como reflexo. passando as vendas a vista a representar 50% dessas receitas. a empresa tem normalmente concedido um desconto financeiro de 4% nas vendas realizadas a vista. a direção da empresa vem desenvolvendo estudos sobre os reflexos que uma elevação nos descontos financeiros produziria sobre os resultados. supondo-se que: • • não haja alteração no investimento em valores a receber? a situação proposta requeira $ 800. ainda. Dentro dessas condições. custos e despesas variáveis relativos às despesas gerais de crédito e calculados sobre as vendas a prazo: 8%. A proposta em consideração é a de um incremento dos descontos para compras a vista de 4 para 8%. Com isso. efetuou as seguintes projeções: • • • vendas: $ 26.000/mês.24. espera-se uma ampliação de 5% no total das vendas. espera-se uma redução das despesas gerais variáveis de crédito para 6%.000 a menos de investimento em valores a receber comparativamente à situação original? 136 Finanças Corporativas e Valor .000.2 Uma empresa. b) que decisão você recomendaria para as propostas apresentadas. custos e despesas variáveis referentes a despesas de vendas e administrativas: 45% das vendas totais. definindo sua política de crédito para o próximo exercício. Paralelamente à elaboração dessas previsões. a) determine o lucro marginal resultante da adoção da nova política de crédito. sendo 40% recebidos a vista e 60% a prazo.

determinar o custo máximo que a empresa poderia incorrer para que a proposta em consideração seja atraente. Da mesma forma.5% das vendas a prazo.000.000. Não se esperam igualmente alterações nos custos e despesas fixos. b) considerando um custo de oportunidade de 12% no período. admitindo-se que o investimento necessário seja financiado integralmente por recursos monetários disponíveis no ativo da empresa. Os custos e despesas variáveis relativos aos custos de produção e despesas administrativas permanecerão fixos em 45% das vendas totais.000. espera-se que a provisão para devedores duvidosos passe de 2 para 3% das vendas a prazo e as despesas de cobrança baixem para 5.000 para $ 17. Atualmente.000. a conveniência econômica da proposta de afrouxamento na política de cobrança. assim como as despesas gerais do departamento de crédito em 4% sobre as vendas a prazo. pede-se: a) determinar o lucro marginal e o retorno marginal. Estudos prospectivos ainda estimaram em $ 8. Finanças Corporativas e Valor 137 . Estima-se que uma maior liberalidade nas cobranças eleve as vendas a prazo de $ 15.3 Uma empresa está avaliando os benefícios econômicos em afrouxar sua política de cobrança. essas despesas atingem 8% das vendas realizadas a prazo.000 o montante do investimento marginal em valores a receber decorrente de uma maior liberalidade na política de cobrança.24. não se verificando nenhuma influência sobre o montante das vendas a vista. principalmente pelas elevadas despesas de cobrança que vêm normalmente ocorrendo. Pelos dados e informações apresentados. c) caso a empresa deseje financiar seu investimento marginal através de uma operação de captação.

conseqüentemente. considera você viável a proposta formulada de alteração da política de crédito? 138 Finanças Corporativas e Valor . despesas variáveis de cobrança: 3. Junto com essas projeções. a direção da empresa. esperase que o prazo médio de cobrança se eleve para três meses.5% sobre as vendas a crédito. as despesas variáveis de cobrança para 5% e a provisão para devedores duvidosos para 3%. seus resultados. Outros dados projetados pela empresa são os seguintes: • • • • custos e despesas variáveis (produção e despesas administrativas): 36% sobre as vendas totais. Desse total.000 no próximo exercício.4 Como decorrência de sua política tradicional de crédito. está avaliando a implantação de medidas de afrouxamento nos padrões de crédito. c) admitindo-se um custo de oportunidade de 2.5% sobre as vendas a crédito. 40% serão recebidos a vista e 60% em dois meses. custos e despesas fixos: $ 2. Pede-se: a) baseando-se nos valores projetados. Sabe-se que esta proposta trará uma elevação de 20% das vendas a prazo. permanecendo as vendas a vista inalteradas. visando melhor dinamizar suas vendas e.m. ainda.000.24. Como conseqüência. determinar a contribuição marginal proveniente da proposta de afrouxamento nos padrões de crédito.0% a. b) calcular o investimento marginal em valores a receber..100. uma empresa estima que suas vendas mensais atingirão um valor médio de $ 5.000. provisão para devedores duvidosos: 1.

25
ADMINISTRAÇÃO DE ESTOQUES
25.1 A empresa STYLE adquiriu de seu fornecedor um lote de roupas para ser vendido por $ 80.000, e um prazo de cobrança de 75 dias. A mercadoria tarda, em média, 30 dias para ser vendida. O fornecedor concede um desconto de 18% para pagamento em 30 dias, 28% para pagamento a vista, ou 60 dias com preço fixo de $ 60.000. Sabe-se que o custo de captação (Kc) está atualmente em 2,2% a.m. Com base nestas informações, analise as opções para pagamento ao fornecedor a vista, 30 dias e 60 dias.

25.2 Pede-se determinar o custo total de uma mercadoria vendida a prazo sabendo-se que seu custo de compra a vista é de $ 2.500 e seu custo de captação financeira (Kc) de 1,2% a.m. O prazo de pagamento a fornecedor é de 90 dias e o prazo de estocagem da mercadoria atinge 120 dias.

Finanças Corporativas e Valor 139

25.3 A empresa LEG recolhe ICMS na alíquota de 12%, sendo o desembolso do tributo efetuado no mês seguinte ao de sua incidência. A LEG apresenta ainda as seguintes transações em determinado mês: • 15.03 – pagamento da mercadoria ao fornecedor a vista: $ 558.000; • 15.04 – venda da mercadoria por $ 803.520; • 15.05 – pagamento da mercadoria ao fornecedor se a compra foi a prazo: $ 656.580; • 15.06 – recebimento da venda da mercadoria: $ 803.520. A empresa vem captando recursos à taxa de 1,8% a.m. e aplicando seus excedentes eventuais de caixa à taxa de 1,1% a.m. Após ter verificado as transações, pede-se calcular o resultado da operação de venda admitindo que a compra da mercadoria tenha sido realizada: a) a vista;

b) a prazo.

25.4 Admita que uma empresa esteja avaliando uma decisão de compra de mercadorias, devendo optar entre adquirir a vista e a prazo. O preço de compra da mercadoria é de $ 4.000 por unidade, sendo que a prazo atinge $ 4.800, para pagamento em 60 dias, e $ 5.500 para 90 dias. O prazo de estocagem da mercadoria é estimado em 60 dias. O prazo de recebimento das vendas normalmente praticado pela empresa é de 90 dias, sendo o preço de venda, nessas condições, de $ 10.000. Admitindo-se um custo de captação de 1,3% a.m., pede-se definir a melhor opção de compra da mercadoria para a empresa.

140 Finanças Corporativas e Valor

25.5 Uma empresa está estudando as condições de pagamento oferecidas pelo seu fornecedor. Sabe-se que o preço da mercadoria, para pagamento em 90 dias, atinge $ 5.000, sendo concedido um desconto de 25% para pagamento a vista. A empresa prevê um prazo de estocagem de 2,5 meses para a mercadoria em consideração. Sabe-se que o custo corrente de mercado de captação e aplicação atinge, respectivamente, 1,3% e 1,1% ao mês. Admitindo que a empresa venda a vista a mercadoria por $ 6.000, pede-se determinar a melhor opção de compra para a empresa (compra a vista ou compra a prazo). Manteria você a mesma decisão de compra, ao se supor prazo de estocagem de três meses e prazo de pagamento de dois meses?

25.6 Admitindo no problema anterior que as vendas sejam realizadas a prazo, pelo preço de $ 7.500 a unidade, demonstre até que preço vale a pena adquirir a mercadoria a vista. Suponha um prazo de recebimento de três meses.

Finanças Corporativas e Valor 141

b) determinar o custo efetivo mensal se a instituição financeira liberar o valor líquido da operação somente três dias após a data de realização do negócio.9% a. 142 Finanças Corporativas e Valor .d. Pede-se: a) calcular o custo efetivo mensal e anual da operação.1% a.26 FONTES DE FINANCIAMENTO E APLICAÇÕES FINANCEIRAS A CURTO PRAZO NO BRASIL 26.0041% a.000. 26.m.000 e pretende descontá-lo junto a uma instituição financeira 42 dias antes de seu vencimento.m. Calcule o valor liberado e o custo efetivo mensal da operação de desconto. sendo cobrada uma taxa de juros de 2. Incide ainda sobre a operação IOF de 0.2 Uma empresa possui um título no valor de $ 200. A taxa nominal de desconto cobrada pelo banco é de 1. Esse título é descontado três meses antes de seu vencimento.1 O valor nominal de um título é de $ 60.

pede-se: a) dimensionar o capital líquido liberado ao cliente. antes do vencimento.d.26. Determinar o custo efetivo mensal dessa operação de desconto considerando a reciprocidade (saldo médio) exigida pela instituição financeira. b) determinar o custo mensal efetivo da operação pelo critério de juros simples e juros compostos.4 A empresa JKM apresenta a um banco quatro duplicatas no valor nominal de $ 22. A empresa WRS possui duplicatas que totalizam $ 2.000 cada.000.6 milhões para vencimento em 30 dias. além de IOF de 0. 26.0% a. 50.m. $ 40. respectivamente. pede-se determinar o custo efetivo mensal da operação. e deseja negociá-las com o banco.000..d.9% a. Finanças Corporativas e Valor 143 .000 e $ 70.0041% a.3 Um determinado banco múltiplo determina a manutenção de um saldo médio igual a 3% do total de créditos descontados de seus clientes. Admitindo-se que o IOF seja de 0. 56 e 63 dias. e a taxa de desconto cobrada pelo banco. $ 50. A taxa de desconto definida para essas operações é de 2. c) calcular o custo efetivo anual do desconto pelo critério de juros compostos. Sendo a taxa nominal de desconto de 23% ao ano. 26.0041% a.5 Uma empresa descontou uma duplicata de $ 800. para serem descontadas 38. 1.m.000 114 dias antes de seu vencimento..

despesas diversas: 1% sobre o valor nominal do título a ser cobrado. quanto deverá solicitar de empréstimo ao banco. Calcule.6 Um banco múltiplo fornece aos seus clientes as seguintes condições em suas operações de desconto: • • taxa de desconto: 1.0041% a. identicamente aos demais encargos. o custo efetivo (mensal e anual) do empréstimo pelo critério de juros compostos.m.26. • • Sabendo-se que a empresa irá necessitar de $ 6..d.0 milhões para pagamento de uma dívida. IOF: 0. também. dadas as condições estipuladas? O prazo do empréstimo é de 120 dias..7% a. 144 Finanças Corporativas e Valor . no ato da liberação dos recursos. reciprocidade: retenção de 10% sobre o valor nominal do título pelo prazo da operação.

7 Em 6.000 090.000 145.11 20. pede-se determinar: a) o valor do desconto processado pelo banco e o valor líquido liberado ao cliente. b) custo racional (simples) mensal.8% a.000 109. e que o IOF incidente sobre essa operação de crédito atinge 0.0041% a.10 06. Finanças Corporativas e Valor 145 .10 Sabe-se que a taxa de desconto utilizada pelo banco é de 1. c) custo efetivo mensal composto.26. Admitindo que o banco tenha liberado os recursos no dia da apresentação do borderô.m.d. Esses encargos são descontados do principal no ato da liberação dos recursos.09 19.000 Data de Vencimento do Título 20.08 uma empresa apresenta a um banco comercial um borderô de duplicatas com as características seguintes: Duplicatas I II III IV Valor Nominal ( $ ) 126.

35% 1.50% 1. A taxa é de 2.1% a.000 5.9 Determine a taxa efetiva mensal de uma aplicação de 33 dias corridos que inclua 23 dias úteis.26.500.000 4.000. (ao mês over). 26. utilizando-se de seus excedentes monetários de caixa: Valor da Aplicação 2. pede-se determinar as receitas líquidas auferidas pela empresa no semestre.000.20% 1.000.000 Prazo da Aplicação (dias) 36 23 40 11 70 Taxa Mensal (Efetiva) Contratada 1.000 6.m.8 No segundo semestre de 20X6.000 7.000. uma empresa efetuou as seguintes aplicações financeiras em títulos de renda fixa. 146 Finanças Corporativas e Valor .65% Admitindo que o imposto de renda retido na fonte (IRRF) incidente sobre os rendimentos dessas aplicações seja de 20%.55% 1.o.

10 A empresa NOK solicitou um empréstimo bancário para 7 dias corridos. A taxa de negociação é de 2.7% para todo o período da operação. Finanças Corporativas e Valor 147 .m. Determine o custo efetivo mensal sabendo que são identificados cinco dias úteis.26.8% a.o. (ao mês over) e o spread do banco é de 0.

a.1 A empresa FUND possui 180 unidades de mercadorias no seu estoque. O preço pago por essas mercadorias foi $ 80/unidade. 148 Finanças Corporativas e Valor . resultado corrente corrigido dessa operação de venda. apresenta atualmente fluxos de caixa de $ 25.000. A taxa de atratividade do investimento é 15% a.27 AVALIAÇÃO DE EMPRESAS 27.000.3 Um determinado ativo. Em determinada data foram vendidos 70% do estoque pelo preço de $ 150/unidade. e a inflação do período (momento da compra – momento da venda) atinge 9%.5%. 27.a.2 Determinar o valor de um ativo cujo fluxo de caixa operacional atual é de $ 50. com duração indeterminada. Calcule o resultado histórico corrigido. Determinar a taxa de crescimento anual desses fluxos de caixa que justifica o seu valor de mercado. 27. Sabe-se que o custo de reposição dessas mercadorias na data da venda é de $ 100/ unidade. Admite-se uma taxa de crescimento anual indeterminada nesses fluxos de caixa igual a 2.000. Sabe-se que a taxa de atratividade para esse investimento é de 16% a. Esse ativo está avaliado no mercado por $ 235. resultado corrente puro.

Do 4o ano até o 8o estima-se que esses fluxos crescerão à taxa constante de 3. Finanças Corporativas e Valor 149 . $ 630.000.0% a.5% indeterminadamente. Sendo de 18% a.a.a. pede-se calcular o valor da empresa.5 Uma empresa apresenta fluxos operacionais de caixa anuais de $ 200.000 para os próximos três anos.000. $ 570. espera-se que os fluxos de caixa cresçam perpetuamente a uma taxa constante de 2. A partir do 9o o crescimento será de 1.000. Pede-se determinar o valor dessa empresa.000. $ 240. respectivamente.4 Um analista está utilizando o método do fluxo de caixa descontado para avaliar uma empresa.000. a taxa de desconto desse investimento.27. $ 280.5% a. A taxa de desconto aplicada nessa avaliação é de 16.000 e $ 770. Após esse período de maior crescimento.5% a.a.a. As projeções dos fluxos de caixa anuais para os próximos quatro anos são de $ 500. 27.

Sabe-se que os títulos da dívida externa brasileira estão pagando rendimentos de 9.0%. Outras informações do mercado referência: • prêmio pelo risco de mercado: 6.28 METODOLOGIA BÁSICA DE AVALIAÇÃO – APLICAÇÃO PRÁTICA 28. de 34%.2 Refaça seus cálculos do WACC admitindo que a empresa brasileira mantenha um endividamento menor que o setor admitido como referência.5%. e no Brasil. • coeficiente beta aplicado a empresa brasileira: 1. e a empresa brasileira pretende manter P/PL = 0. 150 Finanças Corporativas e Valor . considerados de mais baixo risco).. Admita que a alíquota de imposto de renda na economia dos EUA para esse setor de empresas é de 36%. • alíquota de IR de 34%.a.5% a.0%. BRASIL efetuando um benchmark com o mercado norteamericano. • P/PL: 163.1 Determine o custo total médio ponderado de capital (WACC) da Cia. • custo do capital de terceiros (Ki) antes do Imposto de Renda: 14.63. O do setor admitido como referência apresenta um P/PL = 1. equivalendo a 5% acima dos T-Bonds (títulos de dívida dos EUA.35.90. 28.

sabendo que suas despesas financeiras são de $ 38.000 e o lucro operacional de $ 140.5%. O diretor financeiro apurou um fluxo de caixa operacional disponível de $ 600.000. de 34%.0%. O custo do financiamento da empresa está previsto em 14..000. é de $ 190. Finanças Corporativas e Valor 151 .5%. sendo o endividamento de 40%.a.4 Determinar o ROI (retorno sobre o investimento) e o WACC (custo médio ponderado de capital) de uma empresa. O custo do capital próprio e de 18% e a alíquota de Imposto de Renda. gerador dos encargos financeiros.a. prêmio risco país: 4. ou seja.660. antes do benefício fiscal. para os próximos 5 anos. ambos valores medidos antes do Imposto de Renda. P/PL = 0. 28. retorno da carteira de mercado: 10. Espera-se que esse fluxo de caixa cresça à taxa constante de 14% a.000 no corrente ano. deseja identificar o goodwill da empresa.5%.000. A empresa mantém um índice [P/(P+PL)] igual a 42. Determine o goodwill da empresa admitindo ainda os seguintes indicadores aplicados à avaliação da TOOLS: • • • • coeficiente beta: 1. e após esse período a taxa anual de crescimento reduz-se para 2.2% a.3 O diretor presidente da TOOLS Co.1.4. O valor total dos investimentos da empresa está avaliado em $ 6. prêmio pelo risco de mercado: 5.5% perpetuamente. Admita uma alíquota de IR de 34%. O total do passivo oneroso.28.

28.5 A empresa GLOBAL está obtendo lucro operacional (líquido do IR) de $ 280. O diretor financeiro está propondo que a retenção dos lucros líquidos para reinvestimento passe de 40% para 60%. O custo total de capital da empresa (WACC) é de 17% ao ano.5% a.000. justificando que a empresa vem gerando valor econômico. Determine o valor da empresa.6 A empresa CABLE gera atualmente lucro líquido anual de $ 1.500.000 ao ano. A empresa vem mantendo uma taxa de reinvestimento líquido (investimento menos depreciação) aproximadamente de 60% de seus resultados operacionais. 28. O retorno sobre o patrimônio líquido é de 13% e o custo de seu capital próprio de (Ke) de 16.a. Os lucros operacionais anuais investidos em seus negócios têm proporcionado um retorno (ROI) médio de 13% ao ano. 152 Finanças Corporativas e Valor . A empresa vem distribuindo atualmente 60% de seus resultados líquidos sob a forma de dividendos. Calcule os resultados de agregação de valor das duas propostas (retenção de 40% e de 60%) e comente se existe agregação ou destruição de valor.

a.0%.000.0%.000. sendo a depreciação do mesmo ano de $ 100.690 : (45. o crescimento esperado dos resultados operacionais da empresa é de 8.000. e em capital de giro.450) : $ 133. indeterminadamente. • • Finanças Corporativas e Valor 153 .000.200) : (2. de 5.340 : (66. após esse período estima-se um crescimento de 2.600 no corrente ano.8 Pede-se calcular o fluxo de caixa operacional disponível para o período explícito de 10 anos e a perpetuidade (período contínuo) de uma empresa a partir das informações abaixo: • • lucro operacional atual (antes do IR): $ 172. do 5o ao 10o ano. para os próximos 4 anos. Alíquota de IR: 34%.5% a. Espera-se que tanto as necessidades de investimentos fixos como a depreciação cresçam à taxa de 6.236 No exercício. os investimentos de capital totalizaram $ 126.a. até o 10o ano. 28.7 A seguir são apresentados os resultados de uma empresa ao final de determinado exercício: EBITDA Depreciação Despesas Financeiras Lucro Antes do IR/CSLL Imposto de Renda (34%) Lucro Líquido : $ 202. de $ 13. indeterminadamente. o capital investido em ativos fixos da empresa foi de $ 69. e a partir do 11o ano essa taxa cai para 4.a.0% a.454) : $ 88. não são previstas necessidades de investimento em giro.5% a. Pede-se determinar o fluxo de caixa operacional disponível da empresa.28.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->