P. 1
David Plano de Anual Filosofia 1 ANO- EEEFM Moacyr Caramello

David Plano de Anual Filosofia 1 ANO- EEEFM Moacyr Caramello

|Views: 374|Likes:
Publicado porSimone Meijon

More info:

Published by: Simone Meijon on Mar 21, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/01/2015

pdf

text

original

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO ESCOLA ESTADUAL ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO MOACYR CARAMELO

PLANO ANUAL DE FILOSOFIA 1⁰ANO
OBJETIVO GERAL: O estudo da Filosofia deve incentivar o aluno a buscar seu censo crítico, levando-o a indagar sobre as diversas questões sociais, culturais e econômicas da sociedade atual, preparando-o da melhor forma possível para ultrapassar os obstáculos que vão surgir ao longo de sua jornada. Incentivar o aluno a se perceber com agente ético e concretizaste do meio. Provocar o raciocínio, a reflexão e a crítica, cultivando o interesse pela cultura e o prazer da interrogação que a filosofia nos propõe. Compreender o processo de surgimento da filosofia e do pensamento ocidental, evidenciando a passagem de um modelo mitológico para um modelo racional, e como esta transição influenciou os rumos dos conhecimentos criados pelo homem. Conhecer e identificar os grandes temas e problemas relacionados aos sistemas ético-filosóficos. Sempre tencionando a criação e recriação dos saberes. Compreender a Filosofia como forma específica de pensamento destinada a apreensão do real (sob a forma conceitual, cuja finalidade é a superação das fragmentações oriundas de impressões não fundamentadas). Desenvolver a capacidade de reflexão crítica sobre os problemas que afetam o homem, tanto em suas atividades, como em relação ao conhecimento atual e ao longo da história, particularmente dos processos de ensinar e aprender, com vistas á compreensão do conhecimento e da própria filosofia como processo reflexivo acerca do real. Contribuir para a compreensão dos elementos que interferem no processo social através da busca do esclarecimento dos universos que tecem a existência humana: trabalho, relações sociais e cultura simbólica. Formar o hábito da reflexão sobre a própria experiência possibilitando a formação de juízos de valor que subsidiem a conduta do sujeito dentro da escola e fora dela. Estimular a atitude de respeito mútuo e o senso de liberdade e responsabilidade na sociedade em que vive considerando a escola como parte da vida do aluno. Desenvolver procedimentos próprios do pensamento crítico: apreensão de conceitos, argumentação e problematizarão.           OBJETIVOS ESPECÍFICOS Desenvolver o senso crítico filosófico para que o aluno possa refletir sobre a vida e para a vida como sujeito atuante da sociedade. Levar a discussão dos valores morais pessoais e sociais e sua relação com o tempo Desenvolver o respeito mútuo sobre raças, sexo, religiões, sexualidade ou gênero. Compreender que o nascimento da filosofia representou uma ruptura com as formas míticas de pensar e agir, que foi se consolidando com o decorrer da história; entre a formação. Identificar na prática pedagógica antiga e medieval os vínculos com o pensamento filosófico, com vistas a compreender a relação necessária entre o pensamento escolar e o pensamento de uma época histórica. Compreender a concepção moderna da filosofia, ciência e educação, enquanto processo de ruptura com os fundamentos políticos medievais, visando favorecer a descoberta de que as transformações da realidade concreta ocorrem em sintonia com a formação de teorias explicativas deste real. Compreender a natureza do processo educativo, enquanto ideal explicitado por cada pensador, a partir de suas convicções sobre a sociedade e indivíduo, com vistas á compreensão da não neutralidade prática pedagógica. Refletir sobre as questões filosóficas contemporâneas, visando à apreensão crítica da realidade, assim como a convicção e da necessidade da participação coletiva como atributo básico da cidadania. Debater, tomando uma posição, defendendo-a argumentativamente e mudando de posição em face de argumentos mais consistentes. Contextualizar conhecimentos filosóficos, tanto no plano de sua origem específica quanto em outros planos: o pessoal, o entorno sociopolítico, histórico e cultural; a sociedade científico-tecnológica.

O que é Filosofia. Material de apoio: Quadro Branco.Diferentes modos de conhecer. Livros. Material impresso: Textos. O que é a filosofia .A Filosofia e o conhecimento em si A atividade racional e suas modalidades A razão: inata ou adquirida? A razão na filosofia contemporânea Ignorância e verdade .Reflexão filosófica .as mudanças na concepção da verdade em decorrência de mudanças internas à filosofia.Atitude crítica . panfleto. observação.Perspectivado conhecimento . Bolas. folder. bambolê. papel diverso.A filosofia e o conhecimento em si. Sala de informática.O que é mito.Mito e Filosofia. aulas multimídia e a sala de informática onde serão feitas pesquisas.Do senso comum ao pensamento filosófico: Ironia e maiêutica. pesos.O problema do conhecimento .Os socráticos e a busca de um saber universalmente válido. Principais períodos da história da filosofia . . .A concepção pragmática da verdade. Serão utilizados vídeos.As funções do Mito / A consciência mítica .as mudanças na concepção da verdade em decorrência de mudanças sociais e históricas. História da filosofia Razão e verdade 1º BIMESTRE 2º BIMESTRE 3º BIMESTRE 4º BIMESTRE A atitude filosófica . visualização multimídia e experimentação. alunos. . Aspectos da filosofia contemporânea .Filosofia e método .Os deuses da Mitologia grega.A contradição do mito. cordas.Do mito para o logos. Serão feitas leituras. . .O nascimento da Filosofia ou Surgimento da Filosofia .Que é a verdade segundo alétheia. rede.O relativismo antropológico dos sofistas. pesquisa.A cosmologia dos gregos pré-socráticos. . . . RECURSOS Material Humano: Professor. canetas para quadro branco.Mitos contemporâneos.Momentos de crise . continuidade e ruptura. .Filosofia. mito e senso comum.O mito como forma de explicação da realidade. jornal. . SITUAÇÃO DIDÁTICA A construção do conhecimento será feito através de aulas expositivas e praticas com a participação ativa dos alunos e integração entre as diversas experiências pessoais. . DVD. Os vários sentidos da palavra razão . Som. .Cosmogonia e Cosmologia (Filósofos pré-socráticos). Material Multimídia: TV. mesa de tênis de mesa.O mito da Filosofia. Períodos e Campos de investigação da filosofia grega . . raquetes. .EIXO TEMÁTICO    Introdução à filosofia. Computador. . veritas e emunah? Buscando a verdade . Revista. .Atitude filosófica .O Mito da Caverna .Em busca de uma definição da Filosofia A origem da filosofia .O deserto do real.

São Paulo: Moderna. DEM. Metodologia Filosófica. Convite à Filosofia. História da Filosofia. História da Filosofia. Marilena. 1970. REALE. 1999. Giovanni. História da Filosofia. WUNEMBURGER. Gilberto. observando e analisando as atitudes e compreensões sobre cada tema. Rio de Janeiro: Zahar. A História da Filosofia. Paraná. São Paulo: Paulinas. São Paulo: Martins Fontes. Filosofia para principiantes: a existência humana no mundo. Coleção Os Pensadores. Dominique. s/d. José Roberto & VELOSO. São Paulo: Cortez. 2006. CORO I. Will. COTRIM. 8 vol. ________. avaliações praticas e avaliações escritas (objetiva e dissertativa). SEVERINO. NOVA CULTURAL. 1999. 1991. com respeito pelos mesmos. Dicionário de filosofia. 1993. Arcângelo. 1997.PROJETOS Encapamento do livro didático Dia de prevenção e combate às Drogas Semana de combate a indisciplina Projeto dia das Mães Projeto de combate ao Bullyng Projeto de Meio ambiente Projeto dia dos pais e estudantes Consciência negra Semana da cidadania / Ética e Cidadania Semana esportiva Feira cultural Projeto sete de setembro Dia do índio Educação para o Trânsito AVALIAÇÃO A avaliação será executada de forma contínua a fim de fazer o acompanhamento do desenvolvimento do processo de aprendizagem. 1995. São Paulo: Martins Fontes. Fundamentos da Filosofia: Historia e Grandes Temas. GARCIA. FOLSCHEID. BUZZI. CHÂTELET. Curitiba: junho. 2000. Filosofia. 6a ed. Maria Lúcia de Arruda. CHAUI. 4a ed. São Paulo: Moderna. Coleção Os Pensadores. Cassiano et alI. atividades de pesquisa. DIRETRIZ CURRICULAR DE FILOSOFIA. 2000. ideias e doutrinas . Valdecir Conceição. Nicola. Para Filosofar. São Paulo.. Maria Helena Pires. Petrópolis: Vozes. DURANT. São Paulo: Saraiva 2005. volumes I. Departamento do Ensino Moderno. ABBAGNANO. II e III. MARTINS. São Paulo: Ática. Lisboa: Editorial Presença. Antonio Joaquim. BIBLIOGRAFIA ARANHA. Temas de Filosofia. Eureka: construindo cidadãos. Livro Didático Público de Filosofia. 1993. __________. 1996.. F. 2005. Para tal serão utilizadas a postura em sala. Rio de Janeiro: Nova Cultural. Secretaria de Estado da Educação. Paraná: 2006. com a observação dos diferentes tempo e progresso cognitivos dos alunos.o século XX. Florianópolis: Sophos. São Paulo: Scipione. 2007. Jean-Jacques. Filosofando: Introdução à filosofia. . 2a ed.

E.E.M.GOVERNO DO ESTADO DE RONDONIA SECRETARIA DO ESTADO DA EDUCAÇÃO REPRESENTAÇÃO DE ENSINO – VHA – SEDUC E.F. MOACYR CARAMELLO PLANEJAMENTO ANUAL EM FILOSOFIA PROFESSOR (A): David de Freitas Araújo Séries: 1⁰Ano – Turma: A Período: MATUTINO Chupinguaia/ RO – Fevereiro/2013 .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->