Você está na página 1de 1
Liberdade: pela Qualidade das Nossas Escolas Entregar aos pais a liberdade de escolherem a escola dos

Liberdade: pela Qualidade das Nossas Escolas

Entregar aos pais a liberdade de escolherem a escola dos seus filhos é devolver-lhes a possibilidade de gerirem o seu futuro e de o definirem de acordo com as suas características, os seus interesses, os seus projectos e as suas necessidades. É, enfim, dar-lhes acesso a um dos princípios básicos da cidadania democrática: a liberdade.

Quando assim acontece tudo muda no sistema educativo. A bitola utilizada para medir o desempenho da escola e a qualidade das aprendizagens dos alunos passa a ser efectivamente a da qualidade, sendo certo que, porque da escolha que os pais fizerem dependerá o futuro dos seus filhos, as escolas verão aumentar a sua procura de uma forma proporcional à qualidade que conseguirem introduzir no seu funcionamento.

Lá fora, muitos foram os países que perceberam esta situação e que corajosamente testaram modelos educativos baseados na Liberdade de Escolha. Na Florida, por exemplo,os resultados foram desde logo evidentes e todos os estudos efectuados apontam para um significativo aumento da qualidade no ensino. Na Holanda, na Suécia, na Dinamarca, na Nova

Click to edit Master subtitle style

Zelândia, no Canadá e em tantos outros locais, as reformas educativas

foram sinónimo de grande sucesso e, em termos de resultados, são inquestionáveis as melhorias que essas reformas trouxeram para os alunos.

Em Portugal as queixas relativamente à qualidade de algumas escolas são permanentes e reiteradas, mas os pais continuam a estar impedidos de escolher de forma livre a escola dos seus filhos.

Porquê? ...

Liberdade: pela Qualidade das Nossas Escolas Entregar aos pais a liberdade de escolherem a escola dos

3/24/13

FLE – Fórum para a Liberdade de Educação