Você está na página 1de 2

5.

Estado de stio As cidades fecham em si mesmas O argumento da degradao das relaes humanas Cria o elogio a violncia Que alm de espiada e pensada Coloca-se cada vez mais presente No grande mundo atravs de guerras No mundo interior na forma de discriminao Uma srie de pequenas maldades Se destilam em nossas almas e mentes Desejos ntimos de execues sumrias Admirao a justiceiros genocidas Vem a nos preencher o interior vazio da conscincia Como um elixir entorpecente Transborda nossas grutas interiores Com desejo de morte e odor ptrido Pra tudo aquilo que no entendemos Que no conhecemos Sem que isso crie em mim ou em voc Necessidade alguma de maior compreenso Nem mesmo capacidade de sentir ou colocar-se no lugar do outro E novamente tomados de desejos egostas e assassinos Clamamos: penas de morte e chacinas em nome de segurana Cidades cada vez mais fechadas, condomnios, ruas particulares Milcias, shoppings e torres de vidro blindado Que nos assegurem de nossa prpria vontade demente De punir infratores As infraes so sempre alheias Estamos quase sempre ungidos de inocncia e boa vontade No h nada de errado em se dar bem No hei de me tornar alvo por ser bem sucedido E assim fecho-me em muralhas O imperativo nos isolarmos cada vez mais com nossas migalhas Que se limpe a cidade: de rudos noturnos, esmolantes, dos sujos, Dos cados, da alegria subversiva das meninas e meninos de rua, Do vigor da prostituio, do apagado colorido dos bares populares Dos ces de rua e seus respectivos donos, dos catadores de reciclvel, da permissividade boemia, da essncia humana que coabita na coexistncia dos diferentes.

Vamos limpar das cidades o desejo humano do prazer do sexo Permeados em olhos famintos que desejam e comem O Brasil que tem fome Nos isolando na reclusa solido de nossas casas e apartamentos Gozando a mais profunda perverso de nossos sentidos solos Engaiolando nossas splicas e desejos numa orao profana Cada vez mais egostas, solitrios nefandos A ordem se constri de entradas e sadas Ausgang-Eingang Nossas cidades esto se tornando stios dentro de gaiolas Ser que o Ibama conseguir libert-las? Sendo assim, mestios, negros e nordestinos devem saber Colocar-se, e apreciar as entradas de servio Pois isso corrobora para a segurana das pessoas normais.