Você está na página 1de 1

5º Capítulo – Por que os bebês nascem?

Joãzinho, como sempre, estava futricando a natureza. Observava algumas formigas que trotavam na
parede de seu quarto e se perguntava: “Por que elas andam assim umas atrás das outras?”. Pensou, pensou e... nem
deu tempo de pensar direito porque sua mamãe o chamou:
- Joãzinho, venha cá fora! Sua querida tia Lúcia veio nos visitar!
- Querida tia Lúcia? – pensou Joãzinho. Quem é essa mulher? Eu não me lembro de nenhuma querida tia
Lúcia. Então, começou a pensar: Quem será essa tia Lúcia? Pensou e pensou e pensou e pensou e ... sua mamãe o
chamou de novo:
- Menino, tenha modos! Venha cá cumprimentar a sua tia!
Joãzinho logo parou de tanto pensar e foi cumprimentar a sua tia.
Quando chegou ao quintal, percebeu que tia Lúcia tinha uma barriga enorme!
- Nossa! O que tem dentro dessa barriga?! – pensou.
- Oi, Joãzinho, você se lembra de mim? Sou a tia Lúcia. Da última vez que te vi você estava tão pequeninho!
Agora, você está um menino forte! Venha cá me dar um beijo!
- Meu Deus! Como a barriga dela é grande! – pensou Joãzinho ao se aproximar da tia para beijá-la.
Mamãe e tia Lúcia foram para dentro conversar. Joãzinho continuou no quintal a pensar: O que será que
tem dentro daquela barriga?!
De tão curioso e peralta foi expiar as duas conversando na cozinha. Pela fechadura da porta, expiava tudo!
Seu Antônio, ao perceber que Joãzinho isso fazia, o advertiu:
- Menino, que coisa feia expiar conversa dos outros!
- Mas,vovô...
- Não tem “mas, vovô”! É muito feio o que você está fazendo!
- Mas, vovô! Eu queria saber o que tem dentro da barriga da tia Lúcia...
- Menino! Seria muito melhor você ter perguntado para ela do que ter ficado expiando as duas
conversando! Nunca mais faça isso, entendeu?
- Tá bom, vovô! Eu não vou fazer isso nunca mais! Mas, me diga, o que tem dentro da barriga da tia Lúcia?
- Êta menino custoso! Eu vou te dizer, mas me prometa de novo que nunca mais vai expiar ninguém pela
fechadura.
- Eu prometo, vovô.
- Então, Joãzinho, o que tem dentro da barriga da sua tia é um bebê.
- Um bebê?
- É, Joãzinho, um bebê! Da onde você acha que você veio?
- Hum... Sei lá...
- Joãzinho, você veio da barriga da sua mãe!
- É mesmo?
Seu Antônio não agüentou - deu uma risada gostosa e respondeu:
- É. Todos viemos da barriga de alguma mãe. Nós saímos do plano espiritual e reencarnamos na barriga das
nossas mães!
Joãzinho fez aquela cara de que não estava entendendo nada.
- Joãzinho, quando o nosso corpo morre, para onde vamos?
- Para o céu.
- Isso, para o plano espiritual. Lá nós ficamos um bom tempo até podermos encarnar de novo. Aí, a gente
vem para a barriga da nossa mãe, ficamos lá por nove meses e nascemos!
- É mesmo? Hum... Mas, por que os bebês nascem?
- Joãzinho, a gente não pode ficar no plano espiritual para sempre porque nós temos que nos tornar
pessoas melhores. A gente vem para a Terra para evoluirmos e um dia sermos tão bons quanto Jesus!
- Hum... E por que as formigas andam umas atrás das outras?
- Ah, Joãzinho! Chega de perguntas por hoje! Vá tomar banho pois que daqui a pouco sua mãe nos chamará
para a janta.
- Mas, vovô! Por que as formigas andam umas atrás das outras?
- Joãzinho!

Flávia Santos