Gabarito – Caderno do Aluno

Língua Portuguesa

1a série – Volume 1

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 1 COMUNICAÇÃO: PALAVRAS NO MURAL

Para começo de conversa
Páginas 3-4

2. a) A opção 4. Palavras, na letra da música, são promessas falsas de amor que não serão cumpridas, o que deixaria o momento presente de paixão sem sentido. b) Aqui, espera-se que o aluno responda algo semelhante a: “Uma pessoa está muito feliz. O motivo dessa felicidade é sua nova paixão. Ela deseja que essa paixão não acabe”.

Discussão oral
Página 4

Incentive os alunos a refletir sobre as possíveis associações entre a expressão “palavra mágica” e os gêneros poéticos.

Páginas 4-5

1. Reforça a ideia de que se trata de uma palavra que não é fácil encontrar. 2. Há várias possibilidades de resposta aqui. Sugestão: “Vou procurá-la a vida inteira” ou “procuro sempre”.

Páginas 6-7

2. (c) (a)
1

Gabarito – Caderno do Aluno

Língua Portuguesa

1a série – Volume 1

(d) (f) (b) (e) Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção desta questão.

Discussão oral
Página 7

Espera-se que os alunos cheguem a conclusões sobre organização e finalidades dos murais escolares.

A notícia informativa circula por aí afora...
Páginas 8-9

1. Espera-se que os alunos respondam: “Notícia significa transmitir informações sobre algo novo”. Verifique aspectos da resposta que antecipam o próximo exercício. 2. Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção desta questão. 3. (x) A presença de um título no texto. (x) A objetividade e clareza das informações. (x) O uso da norma-padrão da língua portuguesa.

Discussão oral
Página 9

A ideia principal é informar sobre o trânsito de uma grande cidade. Desejaria ler esse texto alguém que tenha a Avenida Paulista como parte de seu itinerário.

2

a linguagem verbal é predominante. reportagens. Discussão oral Página 11 Conduza a discussão procurando retomar conhecimentos prévios dos alunos sobre o gênero conto de fadas. Notícias. Se os alunos trouxerem textos que são apenas imagens. . Página 10 1 e 2. • Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu 3 olhar na correção desta questão. (x) Precisam transmitir uma imagem apropriada da escola. ainda que complementares. lembre-os de que na maior parte dos casos elas estão associadas a textos escritos. (x) Precisam respeitar a norma-padrão da língua portuguesa.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 A linguagem do mural Página 10 (x) Claros e objetivos. Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção destas questões. Páginas 11-12 2. gêneros publicitários frequentemente associam texto e imagem. O mesmo acontece com alguns gêneros jornalísticos como o editorial e o artigo de opinião. Discussão oral Página 10 Em alguns gêneros como romances ou poemas.

certamente. desejar ler muito mais. solta a imaginação e facilita a conversa sobre vários assuntos.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 • A leitura de contos de fadas faz sonhar. 4 . o que se torna uma característica do gênero. ajuda a lidar melhor com a agressividade. no plural. ou seja. Ambos. • Um estudo foi realizado na Universidade Católica de Pernambuco e envolveu três pesquisadores.”. Páginas 13-14 Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar para a correção das questões 1. Páginas 12-13 I. “ir para o plural”. além de 80 meninos e meninas entrevistados em diferentes escolas.. Após a realização da pesquisa. aqueles que gostam de um bom conto de fadas vão.. afasta da violência. obrigam os verbos “gostar” e “ir” a concordar em número. O uso de “os” ou “aqueles” é indiferente. 2 e 3. • A maioria dos contos de fadas começa com a expressão “Era uma vez.

Que nome damos às mudanças que ocorrem no português falado no mundo? Páginas 16-17 Oriente a pesquisa indicando fontes confiáveis.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 2 LUSOFONIA – SIM. Página 16 1. Cabo Verde. Relembre as características essenciais do gênero biografia. Portugal. Brasil. NÓS FALAMOS PORTUGUÊS! Discussão oral Página 15 Conduza a discussão de forma que os alunos compreendam que a língua portuguesa é falada em diferentes países e que concluam que não há um único modo adequado de usá-la: isso depende da situação. Que acontecimento espalhou a língua portuguesa pelo mundo? 4. São Tomé e Príncipe e Timor Leste? 3. Quantos falam português no mundo? 2. O que há de comum entre Angola. Reforce o sentido dos critérios adotados para a correção. Guiné-Bissau. Moçambique. 5 .

• Texto presente em um jornal que registra fatos ocorridos sem emitir a opinião do autor. Sábado. chapa MMB 85-45.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 Notícias de jornal em Moçambique Páginas 17-18 1. de marca Toyota Hiace. 3. capotando em seguida. (x) Uso do presente. conhecida como “lotação”. 6 . Testemunhas que se encontravam no local na hora da ocorrência disseram que o acidente resultou do excesso de velocidade com que a van circulava. da rota Patrice Lumumba/Museu. Maputo. na manhã de ontem. 2. saiu da pista e capotou em seguida. porque o motorista começou a perder o controle do veículo um pouco depois de passar a ponte para travessia de pedestres naquela rodovia. 4. a não ser que se refira a fatos distantes no passado ou no futuro. (x) Presença de uma ideia-chave que sintetize a notícia. Resposta pessoal. na cidade de Maputo. Estimule-os a buscar o sentido das palavras pela situação em que se encontram no texto antes de recorrerem ao dicionário ou outras fontes. subiu nos separadores colocados naquela estrada e perdeu a direção. em frente ao Cemitério de Lhanguene. de preferência na voz ativa. Naquele momento. quando uma viatura de transporte de passageiros. na Avenida de Moçambique. (x) Presença de verbos. que circulava em direção do Museu. Sugestão de resposta: Lotação capota e fere 12 pessoas Pelo menos doze pessoas ficaram feridas. duas das quais com alguma gravidade. o motorista procurava evitar bater em um caminhão que ali estava estacionado. 20 de outubro de 2007 :: Notícias O fato ocorreu minutos antes das nove horas quando a van. • Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar para a correção desta questão.

manifestar opiniões pessoais. A resposta a essas perguntas deve estar presente já quando começamos a examinar o que resumiremos. Página 19 2. Promova uma discussão sobre as palavras que poderiam causar estranhamento a um viajante brasileiro em Moçambique. Resposta pessoal. 3. O resumo é um gênero textual que sintetiza o conteúdo de outro texto (visual ou verbal) sem. Discussão oral Página 18 Retome com os alunos as palavras da notícia moçambicana que assumem sentidos diferentes do comumente atribuído a elas no Brasil. 3. identifique as ideias-chave (aquelas que se repetem e sem as quais se compromete a compreensão do que se lê). as vítimas foram levadas para o Hospital Geral José Macamo.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 Em seguida. Página 19-20 1. contudo. onde receberam os primeiros socorros. O primeiro passo é ter um objetivo em mente. Em um encontro realizado entre políticos portugueses e moçambicanos reforçou-se a importância de combater o HIV em Moçambique. Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção desta questão. 7 . Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção desta questão. Durante esse exame. Em outras palavras. a resposta para as perguntas “Para que estou fazendo isso?” e “Quem lerá meu texto?”.

Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 Página 20 Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção desta atividade. Página 20 Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção destas questões. 8 .

b) Há diversas possibilidades de resposta que giram em torno do fato de que o texto teria ficado menos informal. As palavras-chave serão mídia e comunicação de massa. 2. a) A televisão é uma parte da mídia. com base no título. Página 23 1. contudo. o leitor apenas pode “adivinhar” essa informação. Páginas 23-24 9 . Página 22 Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção das questões 1 e 2.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 3 VOCÊ ESTÁ NA MÍDIA? Discussão oral Páginas 21-22 Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção destas questões. Neste momento.

10 . 4. “A mídia usa tecnologia para promover a comunicação” é uma possibilidade de resposta. jornalismo. fotografia. MÍDIA → TECNOLOGIA → COMUNICAÇÃO Página 24 Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção desta questão. Página 25 1. Imagem.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 2. sociedade. (V) (F) (V) (V) (F) (V) 3. informação.

como também sua esposa. o sol e os barquinhos. aparecerão. a) Uma quantidade de moedas caiu no chão. IMAGEM FOTOGRAFIA INFORMAÇÕES SOCIEDADE JORNALISMO 3. Possibilidade de resposta: A imagem captada pela fotografia ocupa um lugar muito importante no jornalismo porque transmite informações à sociedade. no horizonte. f) 2.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 2. (votar) Cada folha. cada livro e cada prova virou pó. 11 . e) Um ou outro fazia a lição de casa. d) Daqui a pouco. (ir) d) Ainda não chegaram o diretor e a professora de Artes. c) O professor e os alunos visitaram o museu. (chegar) e) Votaram não só Paulo. (cair) b) A maioria dos alunos estudou para a prova. Páginas 25-26 1. (estudar) c) Pedro e suas filhas foram ao circo. a) Um grupo de alunos fez o trabalho. b) Os maiores responsáveis somos nós.

Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 Página 27 Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção desta questão. 12 .

língua de Roma.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 4 A HISTÓRIA DA LÍNGUA PORTUGUESA Para começo de conversa Página 27 Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção da questão. Ana! Eh simples! Primeiro que não é meio social que o texto dizia. Ana Luísa☺ diz: Tah! E dae? Pedro diz: Isso significa que sozinho ninguém é gênio. 13 .. Discussão oral Página 27 Os alunos provavelmente conhecerão alguma coisa sobre Roma e a civilização romana. Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção desta questão. Esse lance de meio social de que foi socializado. Páginas 28-29 Ana Luísa☺ diz: naum tendi nada da aula de hj de ptg. Ali se falava que o homem se torna um ser social a partir do meio cultural em que ele se encontra. Explique que o latim. Mó confuso! Pedro diz: Nada.. Página 28 2. foi imposto aos povos dominados por ela.

O quê? Os romanos desembarcam Quando? 218 a. por exemplo.C. A palavra “peça”. 14 A língua falada é o Entre 218 a. Se ela usa sabiamente tais conhecimentos. Páginas 29-31 2. Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção desta questão. assume diferentes sentidos em uma aula de laboratório. O romance é uma língua intermediária entre o latim falado pelo povo e as línguas neolatinas atuais. Pedro. e o Em toda a romance ou romanço Península Ibérica século XI . Discussão oral Página 29 O aluno costuma sentir dificuldades com os vários sentidos que as palavras assumem nas diversas disciplinas. uma aula de anatomia. essa comunidade prospera. Há ainda conceitos específicos para cada área do conhecimento. 3.C. em um texto dramático. o latim. Brigadão. Agora fiko bem + claro. Onde? Península Ibérica Observações importantes Impõem sua cultura e sua língua. Ana Luísa☺ diz: Legaw. Ana Luísa☺ diz: E o que isso tem a ver com aula de português? Pedro diz: Resposta pessoal.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 Ana Luísa☺ diz: Como assim? Pedro diz: Tudo depende de como uma determinada comunidade trata do patrimônio cultural que recebeu de seus antepassados.

Página 31 Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção desta questão. Páginas 32-33 3. Reconquista do território ocupado Expansão ultramarítima portuguesa A partir do século Península Ibérica XI Séculos XV e XVI Vários lugares da Ásia. Às viagens portuguesas pelo mar. Península Ibérica A língua árabe torna-se a língua oficial.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 Invasão árabe 711 d. 15 . Chegada dos portugueses ao território brasileiro 1500 América Surgem as variedades brasileiras do português. 4. nos séculos XV e XVI. África e América Surgem novos reinos. 5. Alternativa a. inclusive Portugal.C. Discussão oral Página 31 Atente para a necessidade de associar conhecimentos sobre o gênero poema e sobre o poeta com conhecimentos históricos a respeito da expansão marítima portuguesa. mas a maioria continua a falar romance. A língua portuguesa se espalha pelo mundo.

Na sequência. você pode dividir a sala em grupos. ninguém chega mais perto de Deus do que aqueles que vencem as grandes dificuldades da vida. a morte e a dor. solicitando que cada grupo produza um único texto. b) Às dores de mães que choraram. mas representa também a verdadeira herança de Portugal: um espelho do céu. d) O mar representa o desafio. Segundo o poema. Página 34 Oriente seus alunos para que façam a pesquisa em fontes confiáveis. Concentre-se na expressão “alma pequena” como indicadora de pouca generosidade e pequena compreensão de mundo. Discussão oral Página 33 Reflita com os alunos sobre o sentido que a palavra alma pode assumir nos campos filosófico e poético. c) Às navegações portuguesas de expansão do Império.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 a) O comentário é verdadeiro. de filhos que rezaram em vão. produzindo um texto mais elaborado. de moças que ficaram sem casar com aqueles que partiram para alto-mar. 16 . Para a produção do texto. os grupos apresentam os textos criados e você faz uma síntese com os dados deles. pois o poeta registra a vontade divina de que somente os que enfrentaram o abismo e o perigo possam receber o céu.

o texto fica menos formal. o mar é apenas um lugar onde está algo maior: a lua. em Guimaraens. notamos que. 17 . Mas. o mar é ao mesmo tempo libertação e dor. Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção da questão. Página 36 Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção da questão. 3. Além disso. Comparando o sentido do mar entre Mar português e Ismália. Perde-se a estrutura poética.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 Páginas 35-36 1. 2. perdendo parte de sua dramaticidade. uma herança. nos dois poemas. enquanto no poema de Pessoa a dor que o mar provoca para que os portugueses tomem posse dele faz com que ele mesmo se torne o grande prêmio. tanto no que diz respeito à métrica como à rima com os primeiros versos das demais estrofes.

É cada linha do poema.. Três. 18 . 3. exigindo responsabilidade de quem faz o movimento. 1 e 2. Páginas 38-39 1. Doze. 5. 4. Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção destas questões. Páginas 37-38 Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção das questões 2 e 3. Mudo. Discussão oral Página 37 Oriente a discussão para o fato de que cada movimento na direção do outro provoca uma resposta. Lago e brisa.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 5 A PALAVRA ME FAZ EU.. 2.

da métrica e da sonoridade do poema. o sentido do poema não será o mesmo.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 Página 39 1. cada palavra permite a construção de sentidos novos e diferentes. Discussão oral Página 41 Explique aos alunos que nenhum poema é fruto apenas de inspiração. 19 . Discussão oral Páginas 39-41 Considere as alterações na construção da rima. Páginas 41-42 Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção da questão. 2. Verdadeira. Na poesia. Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção desta questão. No verso “contemplo o lago mudo”. Consulte o Caderno do Professor. 5. mesmo trocando-a por um sinônimo. 4. o adjetivo mudo pode referir-se tanto ao lago como ao eu poético. 3. Alternativa a.

Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção da questão. a) Norma-padrão.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 Discussão oral Página 42 Oriente a discussão para que os alunos compreendam que. 2. b) Possibilidade de resposta: Há diversas variedades de português. sociedade. 20 . embora os diferentes modos de usar a língua sejam legítimos. variedades de português. mas a sociedade valoriza a norma-padrão para situações consideradas importantes. Página 44 Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção desta atividade. todos precisam ter acesso à norma-padrão e à literatura em situações formais ou que exijam ampliação do horizonte de conhecimentos. Páginas 42-43 1.

alguém que conta a história.” Discussão oral Página 47 Promova a aproximação da palavra “esponsais” de outras que possam ser conhecidas pelos alunos. (d) Espaço e tempo. 2.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 6 QUEM SOUBER QUE CONTE OUTRA! Discussão oral Página 45 Fábula é uma narrativa com estrutura enxuta. apresentando. narrador. espaço e tempo. personagens. Página 46 “Ao executarmos qualquer atividade. 21 . ou seja. ou cenário. Sim. Improvisar faz com que nossas ações dependam da sorte e não de nossa competência. (b) As personagens. devemos considerar que nada é tão urgente que não possa ser planejado. que são responsáveis pela ação da trama dentro da história. pois apresenta os elementos integrantes de uma narração como enredo. uma cena que resulta em uma avaliação ética e em uma moral que a sintetize. Em que lugar. em geral. se de fato quisermos obter bons resultados. e quando acontece a ação das personagens. que nos apresenta seu enredo. (a) Um narrador. Páginas 45-46 1.

3 a 6. Página 52 Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção da questão. Página 52 Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção da questão. Páginas 51-52 Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção das questões. 22 . Alternativa b. Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção da questão. Verifique orientações no Caderno do Professor sobre como direcionar o seu olhar na correção das questões. 2.Gabarito – Caderno do Aluno Língua Portuguesa 1a série – Volume 1 Páginas 47-51 1.