Você está na página 1de 5

Aos Microligados

Alunos: Omar Kassen Zebian Filho N: 10921EMT019

A indstria brasileira comea a acompanhar a tendncia mundial pela substituio de aos convencionais por aos microligados, que recebem pequenas quantidades de elementos como o nibio (Nb), o vandio (V) e o titnio (Ti).

Os aos microligados so especificados pela sua resistncia mecnica, e no pela sua composio qumica. So desenvolvidos a partir dos aos de baixo carbono, com pequenas adies de Mn (at 2%) e outros elementos em nveis muito pequenos. Estes aos apresentam maior resistncia mecnica que os aos de baixo carbono idnticos, mantendo a ductilidade e a soldabilidade, e so destinados s estruturas onde a soldagem um requisito importante (Carbono baixo), assim como a resistncia.

1. Aumentar a resistncia mecnica, permitindo um acrscimo da carga unitria da estrutura ou tornando possvel uma diminuio proporcional da seo, ou seja, o emprego de sees mais leves; 2. Melhorar a resistncia corroso atmosfrica. Este um fator importante a considerar, porque a utilizao de sees mais finas pode significar vida mais curta da estrutura, a no ser que a reduo da seo seja acompanhada por um aumento correspondente da resistncia corroso do material; 3. Melhorar a resistncia ao choque e o limite de fadiga; 4. Elevar a relao do limite de escoamento para o limite de resistncia trao, sem perda aprecivel da ductilidade.

Os mecanismos de endurecimento utilizados nos aos microligados incluem: refino de gro; precipitao; subestrutura de discordncias; endurecimento por soluo slida; envelhecimento com deformao.