P. 1
Guia Prático - SEGURANÇA SOCIAL

Guia Prático - SEGURANÇA SOCIAL

|Views: 333|Likes:
Publicado porhollyghost

More info:

Published by: hollyghost on Apr 29, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/09/2015

pdf

text

original

GUIA PRÁTICO

SEGURANÇA SOCIAL DIRETA
INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

ISS, I.P. – Departamento/Gabinete

Pág. 1/36

Guia Prático – Segurança Social Direta

FICHA TÉCNICA

TÍTULO Guia Prático – Segurança Social Direta (N47 – v4.35)

PROPRIEDADE Instituto da Segurança Social, I.P.

AUTOR Instituto da Segurança Social, I.P.

PAGINAÇÃO Gabinete de Comunicação

CONTACTOS Telefone: 808 266 266 (n.º azul), dias úteis das 08h00 às 20h00. Estrangeiro: (+351) 272 345 313 Site: www.seg-social.pt, consulte a Segurança Social Direta.

DATA DE PUBLICAÇÃO 19 de junho de 2012

ISS, I.P.

Pág. 2/36

Guia Prático – Segurança Social Direta

ÍNDICE A – O que é?............................................................................................................................................................ 4 B – O que é necessário para aceder à Segurança Social Direta? ........................................................................... 4 C – Como posso aderir? .......................................................................................................................................... 5
Pessoas singulares (desde que não tenham empregados a cargo) .........................................................................................5 Entidades empregadoras (inclusive pessoas singulares) .........................................................................................................6

D – Qual o horário de funcionamento da Segurança Social Direta?........................................................................ 7 E – Que opções estão disponíveis para pessoas singulares (que não tenham trabalhadores a cargo)?................ 7
Consultar dados de identificação .............................................................................................................................................8 Alteração de NIB (Número de Identificação Bancária) .............................................................................................................8 Candidatura ao Programa Pares .............................................................................................................................................9 Carreira Contributiva................................................................................................................................................................9 Cartão Europeu de Seguro de Doença ....................................................................................................................................9 Contribuições ........................................................................................................................................................................10 Pensões ................................................................................................................................................................................14 Prestações ............................................................................................................................................................................14 Mensagens e alertas .............................................................................................................................................................19 Regime Público de Capitalização ..........................................................................................................................................19 Perguntas Frequentes ...........................................................................................................................................................20 Politica de Privacidade e Termos de Aceitação .....................................................................................................................20

F – Que opções estão disponíveis para as entidades empregadoras (pessoas coletivas e pessoas singulares)?20
Consultar dados de identificação ...........................................................................................................................................21 Admissão de trabalhadores ...................................................................................................................................................21 Candidatura ao programa PARES .........................................................................................................................................23 Consultar declarações de remunerações entregues ..............................................................................................................24 Consultar dívidas em execução fiscal ....................................................................................................................................24 Consultar membros dos órgãos estatutários (MOEs).............................................................................................................25 Contribuições ........................................................................................................................................................................25 Documentos eletrónicos ........................................................................................................................................................27

G – Que opções estão disponíveis para os trabalhadores independentes? .......................................................... 30 H – Glossário ......................................................................................................................................................... 30 Perguntas Frequentes ........................................................................................................................................... 31

ISS, I.P.

Pág. 3/36

Autenticação na Segurança Social Direta – Cartão de Cidadão NOTA: Para instalação do Cartão de Cidadão deverá seguir as instruções disponíveis em http://www. basta aceder ao site da Segurança Social na internet em www. I.pt e clicar em “Segurança Social Direta – Aceda Aqui” (no centro da página). Cartão de Cidadão Ver em C – Como posso aderir? o que é preciso fazer para obter uma palavra-chave. B – O que é necessário para aceder à Segurança Social Direta? • • • O Número de Identificação da Segurança Social (NISS) do utilizador. Pág.pt/ Após instalação do software do Cartão de Cidadão. Surgem os dados do Cidadão registados em IDQ. Deverá confirmar a morada. eficaz e seguro que permite às pessoas e às empresas. rápido. através da internet. Apenas caduca no caso de solicitar outra palavra – chave. pois é enviado um pin para a morada para aceder à Segurança Social Direta sem Cartão. Nota: A palavra-chave não caduca.cartaodecidadao. deverá tomar conhecimento da política de Privacidade e termos de utilização e fazer registar. ao fim de alguns segundos (se a configuração do leitor e da aplicação do Cartão de Cidadão tiver sido corretamente efetuada) é solicitado o pin de AUTENTICAÇÃO. Quando tiver a palavra-chave. Este canal permite: • • Consultar informação registada no sistema de informação da Segurança Social Alterar essa informação (ou propor que seja alterada). 4/36 . ISS. usufruir dos serviços da Segurança Social sem terem de se deslocar aos Serviços de Atendimento da Segurança Social.segsocial.P. o Cidadão terá ao dispor a autenticação na Segurança Social Direta através do Cartão de Cidadão Para registar adesão à Segurança Social Direta através do Cartão de Cidadão.Guia Prático – Segurança Social Direta A – O que é? A Segurança Social Direta é um canal direto. basta colocar o cartão no leitor de cartão e fazer aceder. A sua palavra-chave de acesso. sendo que a segunda anula a primeira.

5. C – Como posso aderir? Pessoas singulares (desde que não tenham empregados a cargo) Se vai usar a Segurança Social Direta pela primeira vez e ainda não tem uma palavrachave Se ainda não tiver um NISS com 11 números Cartão de Cidadão Entidades empregadoras (inclusive pessoas singulares) Se já tiver uma palavra-chave para entregar as declarações de remunerações por internet/online Se ainda não tiver aderido ao serviço de entrega de declarações de remunerações por internet/online Pessoas Coletivas sem trabalhadores a cargo (exemplo entidade sem fins lucrativos sem trabalhadores) Pessoas singulares (desde que não tenham empregados a cargo) Se vai usar a Segurança Social Direta pela primeira vez e ainda não tem uma palavrachave 1. poderá entrar na Segurança Social Direta de imediato.seg-social.P. 5/36 . I. 2. escolha a opção “Se é Beneficiário da Segurança Social e ainda não tiver acesso a este serviço. Registe-se Aqui!”. 4. Se a morada estiver certa. Clique em “Segurança Social Direta – Aceda Aqui” (no centro da página). Consulte o documento de “Política de Privacidade e Termos de Utilização . Os seus dados são comparados com os existentes nos registos da Segurança Social. aparece no ecrã a morada que está registada na Segurança Social e para onde será enviada a palavra-chave. Nota: Em caso de emigrantes: ISS. clique em “Confirmar” e receberá a palavra-chave na sua morada dentro de 8 dias úteis.Guia Prático – Segurança Social Direta Após a adesão à Segurança Social Direta com o Cartão de Cidadão. se a referida consulta não permite prosseguir com a adesão. Se a morada não estiver certa. deve ir a um Serviço de Atendimento da Segurança Social para fazer as alterações necessárias. Preencha os seus dados. Pág. Se estiverem corretos. Aceda ao site da Segurança Social na internet. em www.pt. 3. Em Outras Opções.

entra diretamente na área reservada da Segurança Social Direta Entidades empregadoras (inclusive pessoas singulares) Se já tiver uma palavra-chave para entregar as declarações de remunerações por internet/online 1.pt. coloque o NISS da empresa e a palavra-chave que utiliza para a entrega das declarações de remunerações por internet (DRI) ou online (DRO).seg-social. Clique em “Segurança Social Direta – Aceda Aqui” (no centro da página). Se ainda o não tiver: 1. 3. escolha a opção “Se não possui o Nº de Segurança Social de 11 dígitos. deu o número de passaporte. I. Caso se trate de uma Pessoa Singular – Clique em “Novo NISS – Pessoa Singular” 4. 6/36 . devem utilizar o número que está registado no Serviço de Informação da Segurança Social. Deve colocar o alfanumérico em maiúsculas. em www. Acesso à Segurança Social Direta com o Cartão de Cidadão Basta colocar o cartão no leitor de cartão e fazer aceder.Aceda ao site da Segurança Social na internet. Em “Dados de Acesso”. Pág. no campo onde é pedido o BI/Nº Identificação. Exemplo: P000344545 e não p000344545 • Se aquando da sua inscrição na Segurança Social. É-lhe dado automaticamente o novo NISS. 5.pt.segsocial. Se não estiver na SSD . 2. Solicite-o Aqui!” 3.Guia Prático – Segurança Social Direta Para aderir à SSD. Se estiver na página inicial da SSD. Aceda ao site da Segurança Social na internet. ao fim de alguns segundo (se a configuração do leitor e da aplicação do cartão de cidadão tiver sido corretamente efetuada) é solicitado o pin de AUTENTICAÇÃO Deverá introduzir o PIN de AUTENTIFICAÇÃO Ao fazer OK. terá de o fazer para ter acesso à Segurança Social Direta. em www. Se ainda não tiver aderido ao serviço de entrega de declarações de remunerações por internet/online Se ainda não tiver aderido ao serviço de entrega das declarações de remunerações por internet (DRI) ou online (DRO). em Outras Opções. é este número que deve colocar quando aderir à SSD. Deve colocar o alfanumérico em maiúsculas.P. • Se aquando da sua inscrição na Segurança Social. Exemplo: AH123456 e não ah123456 Se ainda não tiver um NISS com 11 números Para se registar na Segurança Social Direta precisa de um NISS com 11 números. é este número que deve colocar quando aderir à SSD. no campo onde é pedido o BI/Nº Identificação. deu o número de visto de residência. 2. ISS. Introduza o NISS antigo e clique em “Obter”.

Aceda ao site da Segurança Social na internet. 2. 4. Pessoas Coletivas sem trabalhadores a cargo (exemplo entidade sem fins lucrativos sem trabalhadores ) Uma entidade que não tenha trabalhadores a cargo. 2.pt. exceto nos momentos em estejam a decorrer intervenções (programadas ou não) na infraestrutura que suporta o SISS ou SSD. NOTA: Entidade não tem trabalhadores a cargo.pt. 3. Faça o seu Pré-Registo. Clique em “Declaração de remunerações” (no centro da página). não há qualquer obrigatoriedade de entregar declarações de remuneração.Guia Prático – Segurança Social Direta 1. A palavra-chave do serviço de entrega de declaração de remunerações serve também como palavra-chave de acesso à Segurança Social Direta.seg-social. alterações ou pedidos. I. 1. em www. Clique em “Adesão aos serviços” (DR On-line) 4. a qualquer hora. se tiver menos de 10 trabalhadores. Faça o seu registo. se tiver 10 ou mais trabalhadores). 7/36 . Clique em “Adesão aos serviços” (DR Online. DRI. necessita de efetuar o registo no serviço DRO para poder aceder à Segurança Social Direta. Clique em “Declaração de remunerações” (no centro da página). E – Que opções estão disponíveis para pessoas singulares (que não tenham trabalhadores a cargo)? Consultar dados de identificação Alteração do NIB (Número de Identificação Bancária) Candidatura ao programa PARES Carreira Contributiva Cartão Europeu de Seguro de Doença Contribuições Declaração de situação contributiva Declaração de não aplicação de sanções Consentimentos a entidades públicas para consultar a sua situação contributiva Consultar Movimentos de conta corrente ISS.seg-social. a SSD está disponível todos os dias. em www. Aceda ao site da Segurança Social na Internet.P. A palavra-chave do serviço de entrega de declaração de remunerações serve também como palavra-chave de acesso à Segurança Social Direta. D – Qual o horário de funcionamento da Segurança Social Direta? Para consulta de informações. Pág. 3.

cuja data de óbito está registada no Sistema de Informação da Segurança Social (SISS). Para os Beneficiários que possuam Cartão de Cidadão. ISS. I.Guia Prático – Segurança Social Direta Consultar valores em divida e emitir documentos de pagamento Emitir 2ª via do documento de pagamento Débitos Diretos Documentos eletrónicos Pensões Prestações Emitir declaração de prestações pagas pela Segurança Social Abono de família Requerer Abono para Criança e Jovens Requerer Abono Pré-Natal Verificar Majoração Monoparental Prova Escolar Fazer Prova de Situação Escolar Consultar o estado da Prova Escolar Emissão de declaração de situação – Prestações Familiares Desemprego Doença Impressão através da Segurança Social Direta da Declaração de ITPT (GIT 18) Parentalidade no âmbito da eventualidade Maternidade. não é possível aceder à Segurança Social Direta (SSD).P. Nota: Em caso de falecimento. Alteração de NIB (Número de Identificação Bancária) Permite consultar e alterar os NIB(s) registado(s) no sistema de informação da Segurança Social. Paternidade e Adoção Prestações familiares Pagamentos Mensagens e alertas Regime público de capitalização Perguntas Frequentes Politica de Privacidade e Termos de Aceitação Consultar dados de identificação Permite consultar os seus dados de identificação e alterar: • • • • morada (se morar em Portugal) palavra-chave e-mail telefone A alteração de morada é imediata no sistema de informação da Segurança Social. Pág. não é possível alterarem a morada através da Segurança Social Direta. 8/36 .

Se quiser alterar uma candidatura anteriormente submetida. Quando submeter o formulário e receber um código SIPARES constituído por 10 dígitos (Ex: 0802. I. 9/36 . O seu histórico de remunerações anuais existentes no sistema de informação da Segurança Social (tem disponível toda a carreira contributiva informatizada. considera-se que a candidatura foi entregue e deixa de poder fazer alterações. aparece no histórico de remunerações o registo por equivalências pelo valor da remuneração de referência e não o que recebeu efetivamente de Subsídio. A alteração do NIB é registada de imediato no sistema de informação da Segurança Social Direta. Pág. pode alterar ou corrigir a sua candidatura. todos as prestações que esteja a receber . Se estiver a receber por carta-cheque. Doença ou Parentalidade. e desde que ainda estejam abertas as candidaturas ao programa. deve gravar os seus dados página a página para não correr o risco de perder toda a informação. Nota: Caso esteja a receber. poderá existir histórico de anos anteriores). Enquanto estiver a preencher.Guia Prático – Segurança Social Direta Se alterar o NIB. ISS. deverá registar uma nova candidatura com as alterações pretendidas. Cartão Europeu de Seguro de Doença Permite: • • Pedir o Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) Renovar o Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) – só quando faltar menos de 1 mês para terminar a validade do seu cartão CESD O cartão é enviado para a sua morada no prazo de 5 dias úteis. em alguns casos. esta alteração será válida para todas as prestações. Entregar a candidatura ao programa Pares Como precaução. ou se recebeu subsídio no âmbito de prestações de Desemprego. ao registar um NIB deixa automaticamente de receber por carta-cheque e começa a receber por depósito bancário. Candidatura ao Programa Pares Permite: • • Entregar a candidatura ao Programa Pares (programa de alargamento das redes sociais e equipamentos sociais) sempre que esteja aberta uma fase de candidatura Consultar as candidaturas já entregues. enquanto estiver a preencher o formulário. ou seja. ou seja.P.exceto Pensões e Rendimento Social de Inserção .XXXX). desde 1980.0X. Carreira Contributiva Permite consultar: • • O seu histórico de remunerações mensais do ano em curso e do ano anterior.passam a ser pagas para a conta bancária associada ao novo NIB.

Pressione ok para confirmar. a situação é analisada pelos Serviços da Segurança Social e. ISS.P. Quando a informação se encontra em itálico. Se aparecer na página um V verde. 10/36 . Se tiver um ponto de interrogação amarelo. a assinatura digital que tem de ser validada da seguinte forma: 1. a declaração fica disponível para impressão na Segurança Social Direta. Coloque o cursor sobre a assinatura digital 2. Pressione o botão direito do rato 3. Declaração de não aplicação de sanções Permite: • • Pedir uma declaração de não aplicação de sanção Consultar os pedidos efetuados Pedir uma declaração de não aplicação de sanções O pedido é feito na Segurança Social Direta e as declarações são passadas pelo Centro Distrital da área de residência no prazo de 10 dias úteis. Atenção: A declaração tem uma assinatura digital que tem de ser validada antes de imprimir. a assinatura digital está validada e a declaração pode ser impressa.Guia Prático – Segurança Social Direta Contribuições Declaração de situação contributiva Permite: • • Pedir uma declaração da sua situação contributiva Consultar e imprimir as declarações emitidas Pedir uma declaração da sua situação contributiva Quando pede uma declaração da sua situação contributiva através da Segurança Social Direta. A declaração da situação contributiva deverá ficar pronta no prazo de 10 dias úteis a contar da data em que foi pedida. significa que o pedido foi feito por uma entidade pública autorizada por si. Pág. passado uns dias. NOTA: Para ver como proceder para validar assinaturas eletrónicas em documentos obtidos através da Segurança Social Direta deve consultar menu “Perguntas frequentes” Consultar e imprimir as declarações emitidas Quando a declaração de situação contributiva se encontrar concluída. pode imprimi-la clicando em “Imprimir”. e enviadas para a sua morada. a contar da data em que fez o pedido. I. Selecione a opção “validate signature” 4. O NISS indicado é o NISS dessa entidade pública.

Guia Prático – Segurança Social Direta Consentimentos a entidades públicas para consultar a sua situação contributiva Permite: • • • Dar e retirar consentimento a entidades públicas para consultar a sua situação contributiva Consultar a lista de entidades públicas com consentimento ativo e imprimir um comprovativo Consultar o histórico de consultas efetuadas pelas entidades públicas. I. Quando uma destas entidades públicas lhe pedir uma Certidão Comprovativa da Situação Contributiva Regularizada. Clique em “Dar Consentimento” 2. Introduza o Número de Identificação de Segurança Social (NISS) ou Número de Identificação Fiscal (NIF) da entidade a quem quer dar consentimento.Produtores Agrícolas dos Açores e SSV Seguro Social Voluntário. Pág. Como usar o serviço 1. dar autorização a essa entidade para consultar diretamente a informação. clique em “Consentimentos Ativos” para ver a lista de entidades com consentimento. Consultar Movimentos de Conta Corrente Nota Importante: Esta funcionalidade encontra-se temporariamente indisponível. Permite: Consultar os movimentos de conta corrente de trabalhadores: • Independentes ISS. 11/36 . 3. suas associações ou federações. Como retirar consentimento Se quiser que uma ou várias entidades deixem de ter acesso à sua situação contributiva.P. De seguida. basta clicar em “Revogar” junto ao nome da entidade pública pretendida. Mantendose disponíveis para os PAA . Autarquias locais. já não tem de lha apresentar em papel. bem como das áreas metropolitanas. a entidade pública faz um pedido de consulta da sua situação contributiva e a informação fica disponível no prazo de 10 dias úteis. através da Segurança Social Direta. Pode. A quem se destina este serviço Se precisar de apresentar uma Declaração de Situação Contributiva Regularizada às seguintes entidades públicas: • • • Serviços de administração direta do Estado. Com o seu consentimento. Organismo da administração indireta do Estado.

Pág. O valor a pagar corresponde ao total de movimentos selecionados. I.Guia Prático – Segurança Social Direta • Com Seguro Social Voluntário A Segurança Social disponibiliza a conta corrente de um período de um ano anterior à data corrente (data do sistema). 12/36 . O botão anular seleção permite anular a seleção efetuada pelo botão selecionar tudo. Após seleção dos movimentos a pagar e fazer seguinte é apresentado um botão com a indicação de Emitir Documento. Clausulas do contrato de adesão: Aderir Consultar ISS. fazer clique em Seguinte. O documento de pagamento é assinado digitalmente. Permite: Selecionar os movimentos a pagar e emitir o respetivo documento de pagamento. Nota: Este Serviço não se encontra disponível para a Região Autónoma da Madeira Consultar Valores em Dívida e Emitir Documento de Pagamento Nota Importante: Esta funcionalidade encontra-se temporariamente indisponível. É apresentado o botão selecionar tudo. consta no documento de pagamento a referência Multibanco para que a PS proceda ao respetivo pagamento por Multibanco ou nas Tesourarias da Segurança Social Emitir 2ª via do documento de pagamento Permite: Emitir 2º via do documento de pagamento dentro do prazo de validade(48 horas) Débitos Diretos Este serviço destina-se ao pagamento de contribuições de: Trabalhadores Independentes Seguro Social Voluntário Permite • • Aderir Para aderir tem de celebrar o contrato de adesão. Mantendose disponíveis para os PAA . que permite selecionar todos os movimentos. é apresentado o contrato de adesão aos sistemas de débitos diretos com todas as cláusulas do contrato de adesão.Produtores Agrícolas dos Açores e SSV Seguro Social Voluntário. este botão gera um documento de pagamento para os movimentos selecionados. Poderá emitir o extrato de conta corrente que é assinado digitalmente. O documento de pagamento tem a validade de 48 horas.P.

PDF) ISS.DOC) Documentos PDF(. • • consultar os documentos enviados para a Segurança Social consultar os documentos recebidos da Segurança Social. O valor máximo corresponde ao valor máximo que permite que seja feito o débito direto.pt/tpl_intro_destaque. 13/36 .JPG) Documentos Word (. é impresso também as cláusulas do contrato. são elementos que o cliente poderá indicar através do Multibanco. nunca a meses em atraso ou valores em divida. Pág. a data de validade. A data de validade e valor máximo apresentado na consulta. acordadas entre o ISS e o contribuinte: Após o beneficiário ler e aceitar as cláusulas do contrato de adesão.seg-social. Após confirmar a adesão. o cliente recebe uma mensagem na SSDirecta com a indicação de débito ativo. Consultar Após adesão aos débitos diretos. I. o cliente recebe uma mensagem na SSDirecta com a data e montante a retirar. Quando o débito direto estiver ativo. é apresentada informação de identificação do PS. O montante do débito direto é sempre referente ao mês em questão. Esta funcionalidade só está disponível para trabalhadores independentes e seguro social voluntário. Documentos eletrónicos Permite: • enviar em formato digital os documentos necessários aos pedidos de subsídios ou pensões feitos através da SSDirecta. o cliente pode efetuar consulta e imprimir o formulário de autorização para débito direto (Formulário ADC). é a data que até à qual o cliente considera o débito direto válido. Por cada pagamento efetuado por débito direto.asp?36250 Para enviar documentos Os ficheiros a enviar não podem ter mais de 5 mega bytes e podem ser: • • • Imagens (. Ao imprimir o formulário ADC.Guia Prático – Segurança Social Direta O contrato rege-se pelas cláusulas. Como também enviar o requerimento de majoração do montante do subsídio de desemprego.P. poderá imprimir o formulário de autorização para débito direto (Formulário ADC). Nota: Para mais informações sobre a forma de requerer a majoração do montante do subsídio de desemprego deverá consultar http://www.

de 16 de junho. ISS. Deve conservar os documentos originais e apresentá-los nos serviços da Segurança Social. pelos menos. indeferido=recusado).Guia Prático – Segurança Social Direta • Ficheiros comprimidos em formato zip (. com a diferença de que. Consultar o processo Se o pedido tiver sido feito através da Segurança Social Direta. Prestações Emitir declaração de prestações pagas pela Segurança Social Abono de família Desemprego Doença Parentalidade no âmbito da eventualidade Maternidade. deferido=aceite e processado. I.P.ZIP). na qual consta o montante que recebeu para efeitos do Decreto – Lei n. Este simulador também está disponível no site da Segurança Social na internet. não há acesso à carreira contributiva da pessoa. Se pedir a pensão através da Segurança Social Direta o pagamento é feito por depósito bancário para o NIB indicado. Pensões Permite: • • • Simular o valor da pensão Pedir a pensão de velhice Consultar o estado do processo (se o pedido tiver sido feito através da Segurança Social Direta) Simular o valor da pensão A simulação é feita com base nas remunerações registadas no sistema de informação da Segurança Social e numa projeção das remunerações que ainda vai receber. 14/36 . pode ver o número do processo. Pedir a pensão de velhice Para pedir a pensão de velhice através da Segurança Social Direta tem de ter. 65 anos ou completar os 65 nos próximos 3 meses. a data em que foi feito o pedido e o estado do processo (em análise. no site. Paternidade e Adoção Prestações familiares Emitir declaração de prestações pagas pela Segurança Social Permite: Consultar ou pedir a emissão de Declaração de prestações sociais atribuídas pelo sistema de segurança Social (incluindo pensões). Pág. sempre que lhe sejam pedidos.º 70/2010.

Fazer a prova da situação escolar relativamente ao jovem com direito ao abono de família que.º ou 2.P.Guia Prático – Segurança Social Direta Abono de família: Permite: • • • • Pedir o abono para crianças e jovens Pedir o abono de família pré-natal Verificar majoração monoparental (esta funcionalidade está temporariamente indisponível). Provas Escolares Fazer Prova de Situação Escolar Consultar o estado da Prova Escolar Emissão de declaração de situação – Prestações Familiares Pedir o abono para crianças e jovens ou o abono pré-natal Se tiver pedido abono de família para crianças e jovens a outra Instituição. Se a morada não estiver certa. Atenção: se já tiver um pedido de abono pendente. Pág. Tenham idade inferior a 18 anos no início do ano escolar. Os jovens com idade inferior a 16 anos no início do ano letivo. Prova Escolar Fazer a Prova de situação escolar O serviço permite: 1. superior. Estejam no 1. ou em situação equivalente (curso de formação profissional que dê equivalência) 2. matriculado(s) no ensino básico. Depois de entregar o pedido. para manter esse direito durante o ano letivo 2011/2012. A Prova Escolar vai também permitir atribuir a Bolsa de Estudo que é paga pela Segurança Social aos jovens que no ano letivo 2011/2012: • • • Estejam matriculados no 10. I. poderá corrigi-la em “Dados de Identificação”. terá de indicar qual. Se clicar no botão "Seguinte" vai encontrar o(s) nome(s) do(s) titular(es) de abono de família que necessita(m) de fazer a prova escolar em 2011/2012.º escalão de abono de família. não poderá fazer outro pedido. Indique o seu NIB e confirme se os seus dados estão corretos. O requerimento de abono pré-natal deverá ser feito pela grávida. secundário. Fazer Prova Escolar do(s) titular(es) de Abono de Família com idade igual ou superior a 15 anos até 31-12-2011. 15/36 . não estando obrigados a fazer a prova escolar para efeito de abono de família. tenha de estar matriculado no ensino básico. ou em situação equivalente. secundário. devem fazer a prova ISS. superior. são-lhe indicados quais os documentos que deve enviar usando a opção “Documentos Eletrónicos”.º ano de escolaridade.

Pedir o subsídio de desemprego (esta funcionalidade está temporariamente indisponível). • Abono de família pré-natal. Atenção: mas só com autorização do trabalhador. Se houver mais de um titular. I. não preencha os dados Distrito. Desemprego Permite: • • • • • Entrega da declaração da entidade empregadora que comprova o desemprego. Caso a prova escolar já tenha sido efetuada é apresentada a data da entrega. • Subsídio por assistência a terceira pessoa.Guia Prático – Segurança Social Direta escolar para efeito de atribuição de bolsa de estudo se estiverem matriculados no 10º ou 11º ano de escolaridade e caso se encontrem no 1º ou no 2º escalão do abono de família. • Entrega da declaração da entidade empregadora que comprova o desemprego e indica a data da última remuneração (RP5044). faça uma Prova Escolar de cada vez. devendo o empregador entregar uma cópia ao trabalhador. • Subsídio por frequência de estabelecimento de educação especial. Se estudar no estrangeiro. Concelho e Freguesia. titular ou recebedor dos seguintes tipos de abono ou subsídios: • Abono de família para crianças ou jovens.Subsidio de desemprego Entrega da declaração da entidade empregadora que comprova o desemprego.P. Para começar a Prova Escolar clique no botão "Fazer Prova”. • Subsídio mensal vitalício. Consultar os subsídios pedidos e o respetivo estado Consultar o detalhe do processo Emissão de Declaração de Situação . ISS. 16/36 . • Bonificação por deficiência. • Subsídio de funeral. Consultar o estado da Prova Escolar Destina-se a consultar e imprimir o comprovativo da prova escolar que efetuou. Emissão de declaração de situação – Prestações Familiares Neste serviço pode obter declarações relativas ao estado de qualquer processo em que seja requerente. Pág.

poderá ver o número de dias de subsídio a que tem direito e o valor que recebe por dia. o tipo de subsídio. Selecione a opção “validate signature” 4. poderá ver também a data em que deixa de receber o subsídio. Prestações Compensatórias e Subsídio de Parentalidade). Se aparecer na página um V verde. Atenção: A declaração tem uma assinatura digital que tem de ser validada antes de imprimir. Coloque o cursor sobre a assinatura digital 2. I. deferido = aceite e processado. Pressione ok para confirmar. a data em que deixa de receber e o estado do processo (em análise.P. Se clicar no número do processo. 17/36 . o tipo de subsídio. indeferido=recusado). a assinatura digital que tem de ser validada da seguinte forma: 1. Impressão através da Segurança Social Direta da Declaração de ITPT (GIT 18) Permite a impressão de uma Declaração da situação do beneficiário perante o sistema de Impedimentos Temporários para o Trabalho (Subsídio de Doença. Pág. deferido=aceite e processado. a data em que ficou desempregado. onde constam o número do processo.Guia Prático – Segurança Social Direta Consultar o processo Pode consultar os pedidos de prestação de desemprego. Ao pedir esta declaração é possível indicar o período pretendido (intervalo temporário). Paternidade e Adoção Permite: ISS. Se clicar no número do processo. NOTA: Para ver como proceder para validar assinaturas eletrónicas em documentos obtidos através da Segurança Social Direta deve consultar menu “Perguntas frequentes”. Se tiver um ponto de interrogação amarelo. a data em que começou a receber. a data em que começou a receber e o estado do processo (em análise. a assinatura digital está validada e a declaração pode ser impressa. Parentalidade no âmbito da eventualidade Maternidade. Emissão de Declaração de Situação . indeferido = recusado).Subsidio de desemprego Situação do Beneficiário perante o sistema Desemprego Doença Pode ver o número do processo. Pressione o botão direito do rato 3. o número de dias de subsídio a que tem direito e o valor que recebe por dia.

o NISS do titular. requerer antes da data de nascimento do descendente) Consultar estado Requerer Subsidio Risco clínico durante a gravidez Risco especifico Interrupção da gravidez Parental Inicial Parental inicial Alargado Parental inicial exclusivo do Pai Adoção Adoção alargado Assistência a Filhos. 18/36 . deferido=aceite. o valor processado e estado. a data em que foi pedido e o estado do processo (em análise enquanto não existe decisão. beneficio. Os períodos de Impedimento indicam a data de início. logo no início do pedido. através da Segurança Social Direta. o tipo de benefício. data inicio. a respetiva certificação deverá ser feita pela Entidade Empregadora também por este canal. Consultar estado São apresentados no formulário os processos e requerimentos de Maternidade(anterior á legislação) e Parentalidade (Nova Legislação). a situação e o sistema a que pertence. é fundamental indicar o NIB. remuneração média diária. nº de dias.P. pendente. No caso de requerer o subsídio por risco clínico. ISS. para que o mesmo seja efetuado com sucesso. indeferido=recusado). data fim. No caso dos processos. a data do requerimento. data de fim. não é possível antecipar o requerimento do subsídio parental. O respetivo pagamento será efetuado por depósito em conta. ou seja. vê detalhes como mudanças de escalão no abono. os dados disponíveis para consulta são: nº do processo. Prestações familiares Pode ver o número do processo. Assistência a Neto por nascimento (esta funcionalidade não permite efetuar o pedido caso o filho tenha mais de 16 de idade).Guia Prático – Segurança Social Direta • • Requerer Subsidio (através da SS Direta. I. a data do facto e o estado do requerimento. Assistência a Neto por doença ou acidente No caso de requerer as prestações através da Segurança Social Direta. o tipo de subsídio. Se clicar no número do processo. e processado. Pág. Assistência a Filhos com Deficiência ou Doença Crónica. Para requerimentos é apresentado o nº do requerimento.

Paternidade e Adoção. Para aderir deve indicar: • • • Os seus dados de contacto (número de telemóvel e/ou email) Se prefere ser contactado por sms (mensagem para o telemóvel) ou email Se prefere ser contactado de manhã.Guia Prático – Segurança Social Direta Pagamentos Permite: • • • Consultar pagamentos de prestações Consultar notas de reposição Consultar planos prestacionais Mensagens e alertas Permite: • • Aderir ao serviço de alertas e alterar as suas opções Consultar as mensagens enviadas pela Segurança Social Direta (novas e antigas) Aderir ao sistema de alertas Sistema gratuito de alerta dos pagamentos das prestações de Maternidade. Pág.P. recebem via e-mail ou SMS os valores a receber e datas de disponibilização para pagamentos das prestações de: • • • • • • • • • • • Maternidade Paternidade e Adoção Doença Subsidio de Desemprego Abono de Família para Crianças e Jovens Subsídio de Funeral Subsídio Mensal Vitalício Bonificação por Deficiência do Abono de Família para crianças e jovens Subsídio por Assistência a Terceira Pessoa Subsídio por Frequência de Estabelecimento de Educação Especial Subsídio de Lar Regime Público de Capitalização Permite: • • • • Registar Adesão Emitir Comprovativo de Adesão Consultar Saldo Conta Individual Consultar Extrato da Conta Individual ISS. à tarde ou à noite No final deve ativar o sistema de alertas. I. 19/36 . assinalando a caixa “Sim”. e clicar em “Confirmar”. Os beneficiários que aderirem às mensagens/alertas. Doença e Desemprego (data de pagamento e valor a receber).

Guia Prático – Segurança Social Direta • • • Registar Suspensão Alteração de Dados (Suspender por manifestação de vontade expressa ou Alterar Dados de Renovação .disponível apenas em fevereiro) Simuladores • Simular Adesão • Simular Capital e Renda Vitalícia Perguntas Frequentes Permite: Consultar o documento com as regras para validação da assinatura eletrónica Politica de Privacidade e Termos de Aceitação Permite: Consultar e imprimir o documento com a Politica de Privacidade e Termos de Aceitação. Pág. 20/36 .P. F – Que opções estão disponíveis para as entidades empregadoras (pessoas coletivas e pessoas singulares)? Consultar dados de identificação Admissão e cessação de atividade de trabalhadores Admissão de trabalhadores Celebração de Contrato de trabalho de muito curta duração Cessação de atividade de trabalhadores Candidatura ao programa PARES Consultar declarações de remunerações entregues Consultar dívidas em execução fiscal Consultar membros dos órgãos estatutários Contribuições Declaração de situação contributiva Declaração de não aplicação de sanções Consentimentos a entidades públicas para consultar a sua situação contributiva Entidades públicas Conta Corrente Consultar valores em divida e Emitir documento de Pagamento Emitir 2ª Via do documento de Pagamento Documentos eletrónicos Incentivos à Contratação Prestações Certificação da entidade empregadora para efeitos de requerimento de Parentalidade Abono de Família ISS. I.

Admissão e cessação de atividade de trabalhadores Admissão de trabalhadores Permite: • • • Comunicar a admissão de novos trabalhadores (disponível de segunda a sexta. A admissão do novo trabalhador fica imediatamente registada no sistema de informação da Segurança Social. 21/36 . Pág. I. clique em “Confirmar”. Não é possível alterar estes dados. Comunicar a admissão de um trabalhador Indique: • • • • • NISS do trabalhador Data de nascimento do trabalhador A taxa total (contribuição para a Segurança Social) acordo com o estatuto da Entidade Empregadora.75 % e 32% De seguida é-lhe apresentado o nome do trabalhador. Se tiver dúvidas sobre os dados de identificação. Nestes constam: ISS. das 8h da manhã às 10h da noite) Consultar admissões de trabalhadores comunicadas através da Segurança Social Direta Imprimir um comprovativo da admissão de trabalhadores. Consultar admissões de trabalhadores Pode consultar os 100 últimos registos de admissão de trabalhadores comunicados através da Segurança Social Direta. Se os dados estiverem corretos.Guia Prático – Segurança Social Direta Provas Escolares Fazer prova de situação escolar Consultar o estado da prova escolar Emissão de declaração de situação – Prestações Familiares Instituições com crianças ou jovens a cargo Perguntas Frequentes Politica de Privacidade e Termos de Aceitação Consultar dados de identificação Permite consultar os dados de identificação da entidade e dos vários estabelecimentos (se houver estabelecimentos). pode enviar um pedido de esclarecimento.P. Código do estabelecimento onde vai trabalhar Data de início da atividade aparece o valor de Nota: Apenas estão disponíveis as taxas de 34.

2 . Segurança Social". Celebração de Contrato de trabalho de muito curta duração A Entidade Empregadora deverá fazer o download do ficheiro modelo Mod.segsocial. 3 . anexar o ficheiro e enviar.pt. Este documento irá ficar disponível ao respetivo Centro distrital para tratamento. ISS.Enviar através do serviço Segurança Social Direta (SSD).05. RV 1009 . 4 .Guia Prático – Segurança Social Direta • • • NISS e nome do trabalhador Data de início de atividade Data de operação (quando foi comunicada a admissão) Pode imprimir uma segunda via do comprovativo destas admissões.seg-social.Digitalizar o documento 5 . Comunicar a cessação da atividade de um trabalhador (com ou sem declaração de situação de desemprego – DSD) Indique: • • • • NISS do trabalhador Data de nascimento do trabalhador Código do estabelecimento Se quer ou não uma declaração de situação de desemprego (DSD).Assinar e recolha a assinatura do trabalhador.asp?01. Celebração de Contrato de Trabalho de Muito Curta Duração. Pág. Se não quiser uma DSD (comunicação para efeitos de desemprego) Indique apenas a data em que o trabalhador terminou a atividade e o motivo por que terminou. 22/36 . I. opção "Inscrição na De seguida deverá: 1 .Preencher o formulário. Cessação de atividade de trabalhadores Permite: • • • Comunicar a cessação de atividade de trabalhadores Consultar cessações comunicadas através da Segurança Social Direta Consultar declarações de situação de desemprego comunicadas através da Segurança Social Direta.P.pt/do_formulario.DGSS na internet em http://www. nesta funcionalidade. através do endereço: www.Imprimir.

Guia Prático – Segurança Social Direta Se quiser uma DSD (comunicação para efeitos de desemprego) Indique a data em que o trabalhador terminou a atividade e o motivo de desemprego. Nestas constam: • • NISS. Pode também ter de justificar o desemprego e indicar se o trabalhador foi ou não informado que a quota disponível se encontra excedida. considera-se que a candidatura foi entregue e deixa de poder fazer alterações. pode alterar ou corrigir a sua candidatura. Atenção: não é possível comunicar a cessação de atividade de membros dos órgãos estatutários (MOEs) através desta opção.P. Enquanto estiver a preencher. Se os dados estiverem corretos. Candidatura ao programa PARES Permite: • • Entregar a candidatura ao programa Pares (programa de alargamento das redes sociais e equipamentos sociais) sempre que esteja aberta uma fase de candidatura Consultar as candidaturas já entregues. Pág.XXXX).0X. A cessação de atividade do trabalhador fica imediatamente registada no sistema de informação da Segurança Social. clique em “Confirmar”. 23/36 . ISS. enquanto estiver a preencher o formulário. Entregar a candidatura ao programa Pares Como precaução. Consultar declarações de situação de desemprego Pode consultar as declarações de situação de desemprego comunicadas através da Segurança Social Direta. Nestas constam: • • • NISS e nome do trabalhador Data de fim de atividade Data de operação (quando foi comunicada a cessação) Pode imprimir uma segunda via do comprovativo de cessação de atividade. data de nascimento e nome do trabalhador Data de entrega da declaração Pode imprimir uma segunda via da declaração de situação de desemprego. deverá fazer uma proposta de alteração através da opção “Consultar membros dos órgãos estatutários (MOEs)”. Quando submeter o formulário e receber um código SIPARES constituído por 10 dígitos (Ex: 0802. Consultar cessações de atividade de trabalhadores Pode consultar as cessações comunicadas através da Segurança Social Direta. deve gravar os seus dados página a página para não correr o risco de perder toda a informação. I. De seguida é-lhe apresentado o nome do trabalhador.

Informação disponível Para cada declaração de remunerações são apresentados: • • • • • • • • • Ano e mês de referência Total de remunerações declarado Taxa Total de contribuições declarado Se clicar no ano/mês de referência são também apresentados: Número do documento Data de entrega e data de processamento Origem da declaração (como foi entregue) Total de remunerações declarado e calculado Total de contribuições declarado e calculado Consultar dívidas em execução fiscal Permite: • • Consultar informação sobre dívidas em execução fiscal (fase do processo de execução fiscal. da área da sede ou domicílio profissional da empresa. Pode também indicar o estabelecimento que pretende consultar. I. a data de fim não pode estar a mais de um ano da data de início. Deve o beneficiário. juros e custas em dívida). pode surgir a mensagem "Dívida do executado em processamento". os quais funcionam com o seguinte horário: 9. Como consultar Em “Data de início” coloque o ano e o mês da primeira declaração que quer consultar.00H – sem interrupção para o almoço ISS. ser encaminhado para Secções de Processo Executivo. quantia. 12 meses cada vez. ao consultar a dívida. ou seja. deverá registar uma nova candidatura com as alterações pretendidas. Pode consultar.P.00H – 16. Consultar declarações de remunerações entregues Permite consultar as declarações de remunerações entregues desde 2003. 24/36 .Guia Prático – Segurança Social Direta Se quiser alterar uma candidatura anteriormente submetida. NOTA: Nesta funcionalidade. Pág. e desde que ainda estejam abertas as candidaturas ao programa. para mais esclarecimentos. Emitir o DUC (documento único de cobrança) necessário para pagar as dívidas na tesouraria. Em “Data de fim” coloque o ano e o mês da última declaração que quer consultar. no máximo.

A declaração da situação contributiva deverá ficar pronta no prazo de 10 dias úteis a contar da data em que foi pedida. Pág. Atenção: se for impressa tal como é apresentada. Para retirar um membro da lista. Contribuições Declaração de situação contributiva Permite: • • Pedir uma declaração da situação contributiva Consultar e imprimir as declarações emitidas Pedir uma declaração da situação contributiva Quando uma entidade pede uma declaração da sua situação contributiva através da Segurança Social Direta. clique em “Vincular novo membro” e introduza o NISS. Quando propõe alterações à lista dos membros de órgãos estatutários tem de nos enviar os documentos que as comprovam (ata da assembleia geral registada. Coloque o cursor sobre a assinatura digital 2. NOTA: Para ver como proceder para validar assinaturas eletrónicas em documentos obtidos através da Segurança Social Direta deve consultar menu “Perguntas frequentes” ISS. têm de ser analisadas pelos serviços da Segurança Social. Propor alterações à lista de MOEs Para adicionar um membro à lista. A declaração tem uma assinatura digital que tem de ser validada da seguinte forma: 1. Pressione o botão direito do rato 3.Guia Prático – Segurança Social Direta Consultar membros dos órgãos estatutários (MOEs) Permite: • • Ver os membros de órgãos estatutários registados no sistema de informação da Segurança Social Propor alterações à lista de membros de órgãos estatutários. escritura e/ou certidão da conservatório do registo comercial). 25/36 . a situação é analisada pelos Serviços da Segurança Social e. passado uns dias. Selecione a opção “validate signature” 4. I. a data de nascimento e a data de início do novo membro.P. Só pode fazer uma nova proposta de alteração quando a anterior estiver concluída. Estes documentos podem ser enviados eletronicamente através da opção “Documentos eletrónicos”. clique em “Modificar MOEs” e apague-o. A entidade pode consultar o estado do processo na Segurança Social Direta (em análise. Pressione ok para confirmar. aceite ou não aceite). As alterações não ficam automaticamente registadas no sistema de informação da Segurança Social. a declaração não é válida. a declaração fica disponível para impressão na Segurança Social Direta.

Autarquias locais. já não tem de lha apresentar em papel. 26/36 . Pág. Quando uma destas entidades públicas lhe pedir uma Certidão Comprovativa da Situação Contributiva Regularizada. através da Segurança Social Direta. Pode.P. Clique em “Dar Consentimento” 5. I. Quando a informação se encontra em itálico. significa que o pedido foi feito por uma entidade pública autorizada por si. A quem se destina este serviço Se precisar de apresentar uma Declaração de Situação Contributiva Regularizada às seguintes entidades públicas: • • • Serviços de administração direta do Estado. dar autorização a essa entidade para consultar diretamente a informação. bem como das áreas metropolitanas. ISS. Consentimentos a entidades públicas para consultar a sua situação contributiva Permite: • • • Dar e retirar consentimento a entidades públicas para consultar a sua situação contributiva Consultar a lista de entidades públicas com consentimento ativo e imprimir um comprovativo Consultar o histórico de consultas efetuadas pelas entidades públicas. Organismo da administração indireta do Estado. O NISS indicado é o NISS dessa entidade pública. pode imprimi-la clicando em “Imprimir”. suas associações ou federações. Introduza o Número de Identificação de Segurança Social (NISS) ou Número de Identificação Fiscal (NIF) da entidade a quem quer dar consentimento.Guia Prático – Segurança Social Direta Consultar e imprimir as declarações emitidas Quando a declaração de situação contributiva se encontrar concluída. Declaração de não aplicação de sanções Permite: • • Pedir uma declaração de não aplicação de sanção Consultar os pedidos efetuados Pedir uma declaração de não aplicação de sanções O pedido é feito na Segurança Social Direta e as declarações são passadas pelo Centro Distrital da área da sede no prazo de 10 dias úteis. a contar da data em que fez o pedido. Como usar o serviço 4. e enviadas para a sua sede.

Nota: Para mais informações sobre a forma de requerer a majoração do montante do subsídio de desemprego deverá consultar http://www. Como também enviar o requerimento de majoração do montante do subsídio de desemprego. Com o seu consentimento. O valor a pagar corresponde ao total dos movimentos selecionados O documento tem a validade de 48horas Emitir 2ª via de documento de pagamento Depois de selecionar na listagem o ano/mes pretendido. premindo o botao “Seguinte” surge o ecra: Confirmação de Emissão de Documentos de pagamento.seg-social. Pág. Entidades públicas Permite a algumas entidades públicas consultar a situação contributiva de pessoas coletivas ou singulares (é necessário que lhes tenha sido dada autorização para o fazerem). I. • • Consultar os documentos enviados para a Segurança Social Consultar os documentos recebidos da Segurança Social. a entidade pública faz um pedido de consulta da sua situação contributiva e a informação fica disponível no prazo de 10 dias úteis. Esta consulta permite selecionar os movimentos a pagar e emitir o respetivo documento de pagamento. basta clicar em “Revogar” junto ao nome da entidade pública pretendida.P.asp?36250 ISS. 27/36 . De seguida. clique em “Consentimentos Ativos” para ver a lista de entidades com consentimento.Guia Prático – Segurança Social Direta 6. premir o botao “Emitir Documento” surge o seguinte documento PDF .pt/tpl_intro_destaque. Conta Corrente Consultar valores em dívida e emitir documentos de pagamento Disponibiliza a consulta dos valores em divida que não foram alvo de participação para execução fiscal desde janeiro de 2006. Como retirar consentimento Se quiser que uma ou várias entidades deixem de ter acesso à sua situação contributiva.Adobe Acrobat Reader Nota: Este Serviço não se encontra disponível para a Região Autónoma da Madeira Documentos eletrónicos Permite: • Enviar em formato digital os documentos necessários aos pedidos de subsídios ou pensões feitos através da SSDirecta.

PDF) Ficheiros comprimidos em formato zip (. Isenção do pagamento de contribuições de 36 meses ou 24 meses em acumulação com apoio direto à contratação no montante de € 2.º 130/2009. Pág.00 Redução da taxa contributiva Registar o pedido Antes de registar o pedido tem de comunicar a admissão do trabalhador (pode ser feita através de Segurança Social Direta). de 30 de janeiro. de 30 de janeiro –Medidas de apoio ao emprego.Guia Prático – Segurança Social Direta Nota: Para mais informações sobre a forma de requerer a majoração do montante do subsídio de desemprego deverá consultar http://www.pt/tpl_intro_destaque. que regula as medidas especificas de incentivo ao emprego para o ano 2009. Deve conservar os documentos originais e apresentá-los nos serviços da Segurança Social.ZIP).DOC) Documentos PDF(.asp?36250 Para enviar documentos Os ficheiros a enviar não podem ter mais de 5 mega bytes e podem ser: • • • • Imagens (.P.seg-social.º 89/95. I. sempre que lhe sejam pedidos. 28/36 .JPG) Documentos Word (.000.º 89/95. Indique: • • • • • • • O âmbito da medida constante no Decreto-Lei n. de 6 de maio. de 6 de maio ou da Portaria n. Incentivos à Contratação Permite: • • Registar um pedido de dispensa temporária de pagamento de contribuições Consultar o estado do pedido Situações possíveis se o âmbito da medida for Decreto-Lei n. que regula a atribuição de incentivos à contratação de jovens numa das seguintes situações: Desemprego de longa duração Primeiro emprego Situações possíveis se o âmbito da medida for Portaria n.º 130/2009. Tipo de medida NISS do trabalhador Data de nascimento do trabalhador Tipo de contrato Data em que foi assinado o contrato Data em que entra em efeito o contrato ISS.

ISS. Se não conseguir enviar todos os documentos. tem de indicar a data de início e a data de fim do pagamento. A entidade empregadora deve certificar se foi paga ou não remuneração ao trabalhador. Subsídio por assistência a terceira pessoa. 29/36 . “em curso” (está a ser tratado pelos serviços de Segurança Social) ou “concluído”. paternidade e adoção (Antiga Legislação). Pág. através da opção “Incentivos à Contratação > Consulta do Pedido”. Subsídio de funeral. poderá fazê-lo para a parentalidade (nova legislação) ou maternidade. Se tiver sido paga. Bonificação por deficiência. Abono de Família Provas Escolares Permite: • • Fazer provas escolares por instituições com crianças ou jovens a cargo Consultar provas escolares Emissão de declaração de situação – Prestações Familiares Neste serviço pode obter declarações relativas ao estado de qualquer processo em que seja requerente. Subsídio mensal vitalício. titular ou recebedor dos seguintes tipos de abono ou subsídios: Abono de família para crianças ou jovens. pode fazê-lo mais tarde.Guia Prático – Segurança Social Direta Envie os documentos necessários em formato digital através da opção “Incentivos à Contratação”. Subsídio por frequência de estabelecimento de educação especial. Consultar o estado do pedido Indique: • • • • • O âmbito A medida NISS do trabalhador Número do processo Data de início e de fim O pedido por estar “em análise” (foi recebido pelos serviços da Segurança Social). Abono de família pré-natal.P. I. Prestações Certificação da entidade empregadora para efeitos de requerimento de Parentalidade Permite: • Certificar a situação profissional do trabalhador por conta de outrem. • • Consultar as certificações feitas através da Segurança Social Direta Imprimir uma segunda via do comprovativo da certificação.

Perguntas Frequentes Permite: Consultar o documento com as regras para validação da assinatura eletrónica Politica de Privacidade e Termos de Aceitação Permite: Consultar e imprimir o documento com a Politica de Privacidade e Termos de Aceitação. É obrigatório indicar o NISS do titular ou a data de pagamento. Imprimir ou exportar os resultados para Excel É possível pesquisar por estabelecimento. idosos e pessoas com deficiência. a todas as opções).P. G – Que opções estão disponíveis para os trabalhadores independentes? Têm acesso às opções das pessoas singulares e às opções das entidades empregadoras (ou seja. nome e data de nascimento do titular Ano e mês de pagamento Ano e mês de referência Tipo de prestação Valor. I. Programa Pares O Programa PARES visa alargar. data de pagamento ou NISS do titular. Pág.Guia Prático – Segurança Social Direta Instituições com crianças ou jovens a cargo Permite: • • Consultar o mapa de pagamento de abonos de família e outras prestações familiares. apostando nomeadamente na criação de novos lugares em respostas sociais nas áreas da infância. desenvolver e consolidar a rede de equipamentos sociais. 30/36 . Os dados apresentados são os seguintes: • • • • • • Estabelecimento NISS. prestação. H – Glossário Segurança Social Direta Segurança Social Direta. ISS.

3 .É possível alterar a morada na Segurança Social Direta? As pessoas singulares (exceto trabalhadores independentes) podem alterar a morada através da Segurança Social Direta. Pág. 4 . Se a entidade quiser ter informação atualizada sobre as dívidas que não estão em execução fiscal. Pressione OK para confirmar. A alteração fica imediatamente registada no sistema de informação da Segurança Social.Até esta data eram enviadas pelo correio. I.Através da Segurança Social Direta é possível ver exatamente o montante da dívida de uma entidade empregadora? Através da Segurança Social Direta consegue ver as dívidas que estão em execução fiscal. 5 . Coloque o cursor sobre a assinatura digital. ISS. Nota para operador: pede o NISS e o nome da entidade pública a quem o cliente pretende dar o consentimento e envia para o II (Instituto de Informática) para ser adicionada à lista (se se tratar de facto de uma entidade pública). 2 .Guia Prático – Segurança Social Direta Perguntas Frequentes 1 .P. Selecione a opção “Validate Signature” 4. 2. empresas ou organizações) e os trabalhadores independentes têm de alterar a morada nos Serviços de Atendimento. 6 .Como posso pedir uma 2ª via da palavra-chave? Aceda à página de entrada da Segurança Social Direta e clique em “Faça aqui o pedido da 2ª Via da Palavra-Chave”. 31/36 . é válida? A DSC com o ponto de interrogação não é valida. Pressione o botão direito do rato 3. As entidades empregadoras (quer sejam pessoas.Quando a Declaração de Situação Contributiva (DSC) fica com um ponto de interrogação. deve pedir uma declaração de situação contributiva (DSC). Não vê diretamente as dívidas que estão na conta corrente mas que ainda não estão em execução fiscal (que estão do dentro do prazo para pagar).Porque é que vejo a Declaração de Situação Contributiva (DSC) na Segurança Social Direta e não a consigo imprimir? Só estão disponíveis para imprimir as DSC com data posterior a 1 de outubro de 2007.Quando tento dar consentimento a uma Entidade Pública surge a mensagem “Não foi encontrada entidade com os dados que indicam”. Para fazer validar: 1. O que há a fazer? Significa que a entidade em causa não faz parte da lista de entidades públicas da Segurança Social Direta.

Quando na Consulta de Declarações de Situação Contributiva aparece”dentro do prazo legal de resposta”. um dos pedidos está em itálico. Deverá solicitar ao Centro Distrital que efetue o cálculo para a pessoa singular (PS) através da operação GR histórico anual calcular para a PS. O que significa? Significa que a declaração foi pedida por uma entidade pública a quem foi dado consentimento para o fazer. 9 . terá de o fazer para ter acesso à Segurança Social Direta.Guia Prático – Segurança Social Direta 7 . 11 . tem de estar no estado de “concluído”. pode usar essa senha. Pág. 12 . I.Não consigo registar o pedido de desemprego. O que significa? Significa que não está inscrito no Centro de Emprego (tem de estar inscrito para poder pedir o subsídio através da Segurança Social Direta) ou que. 14 . 13 . Para imprimir. 10 . 8 .Como é que uma entidade empregadora se regista na Segurança Social Direta? Se entregar as declarações de remunerações por DRI/DRO. Isto só deverá ocorrer nos anos de 2000 a 2007.Posso consultar todas as comunicações de cessação de vínculo (cessação de atividade de um trabalhador)? Só pode consultar os últimos 100 registos. Só pode pedir o subsídio de desemprego pela Segurança Social Direta se já estiver inscrito no Centro de Emprego.A declaração de situação contributiva (DSC) regularizada emitida através da Segurança Social Direta tem validade no estrangeiro? Sim. para que a Segurança Social Direta veja os valores corretos. 32/36 . têm a mesma validade que as declarações emitidas pelos serviços de atendimento. no momento.Quando consulto a Declaração de Situação Contributiva. as DSC emitidas pela Segurança Social Direta. ou seja.P. isto significa o quê? Significa que ainda não pode imprimir a declaração mas que ainda não terminou o prazo legal de 10 dias para a declaração ficar disponível. por documento eletrónico.A minha carreira contributiva está errada na Segurança Social Direta.Estou a tentar pedir o subsídio de desemprego através da Segurança Social Direta mas ao fim do 3º formulário aparece uma mensagem que diz ”Sistema temporariamente indisponível”. ISS. não temos acesso aos dados do IEFP (que gere os Centros de Emprego) e não podemos confirmar se está inscrito no Centro de Emprego. Se ainda não tiver aderido ao serviço de entrega das declarações de remunerações por internet (DRI) ou online (DRO).

I.Quando uma entidade pública consulta os dados de uma determinada entidade. é preciso preencher a data de início e a data de fim do período em causa? Só no caso da entidade empregadora ter pago remunerações durante esse período. a data que indiquei no campo “início de atividade” não foi aceite. 33/36 . causa um erro? Não. para que sejam considerados apenas 42 dias para a mãe. Na maioria dos casos é a partir de 1980. Como posso pedir o subsídio por apenas 42 dias? Na Segurança Social Directa é possível fazer pedidos de subsídio parental inicial da mãe por períodos diferentes dos apresentados. diz que não se encontra registado. 16 . Deve verificar se o código de estabelecimento está correto. o sistema apresenta o período de impedimento a que a mãe teria direito. O formato da data tem de ser dd/mm/aaaa. o tempo mínimo obrigatório por lei.Não consigo efetuar a cessação de um trabalhador.Ao pedir uma declaração de situação contributiva. não é possível fazer registos para o futuro. No caso de pretender gozar uma licença com um período menor ao apresentado só terá de alterar a data termo do período de impedimento.É possível uma entidade empregadora registar um trabalhador através da Segurança Social Direta com uma data de admissão posterior à data atual? Não. 20 .Não consigo ver a minha carreira contributiva anual anterior a 1980 Na Segurança Social Direta é apresentada toda a carreira contributiva que está registada no sistema informático. ISS. Mediante o tipo de situação selecionado. O que acontece é que na fase inicial do preenchimento do pedido o beneficiário terá de selecionar o tipo de situação de parentalidade (120 ou 150 dias) que pretende escolher. 18 . após o parto).Quando a entidade empregadora faz a certificação para efeitos de pedido de subsídio de maternidade ou paternidade.Guia Prático – Segurança Social Direta 15 . Pág.Durante quanto tempo é válido o consentimento dado a uma entidade pública para consultar uma situação contributiva? O consentimento fica ativo até a pessoa ou entidade que o deu o anular. ao voltar a consultar gera um novo pedido. 17 .P. se não imprimir de imediato e tiver de voltar a consultar. 22 . mas na Segurança Social Direta só me dão as opções de 120 ou 150 dias. Se a entidade pública não imprimir quando fizer a consulta.Quero tirar apenas 6 semanas de Subsídio parental inicial da mãe (42 dias. 21 . 19 . não causa erro.

Pedi uma declaração de situação contributiva (DSC) via Segurança Social Direta e a declaração indicava que havia uma dívida.Como alterar a palavra-chave da Segurança Social Direta duma entidade empregadora? Em DR-Online: Dados da entidade empregadora > Palavra-chave atual > Palavra-chave nova > Confirmação da nova palavra-chave.No caso de ser ao mesmo tempo trabalhador por conta de outrem e trabalhador independente. só dele próprio". Entretanto a dívida foi paga mas a declaração ainda está dentro do prazo de validade.Guia Prático – Segurança Social Direta 23 .Porquê enviar o pin para a morada se a adesão foi efetuada com o Cartão de Cidadão? ISS.O mandatário com a senha de acesso ao serviço DRI pode vincular ou desvincular trabalhadores das entidades representadas? Não. 30 . Posso pedir outra DSC pela Segurança Social Direta? Numa situação destas deverá pedir a DSC no serviço de atendimento. Pode imprimir uma segunda via através da opção “consulta de admissões comunicadas”.Qual a vantagem de fazer a adesão à Segurança Social Direta com o Cartão de Cidadão? Pode entrar de imediato na sua área reservada da Segurança Social Direta. 24 . Em DRI: Área reservada > menu personalização > palavra-chave. 29 . 27 .Posso aceder alternadamente à Segurança Social Direta com o Cartão de Cidadão e com o pin que é enviado para a morada? SIM. como é que consulto na Segurança Social Direta os dados de ambas as situações? Na Segurança Social Direta. 31 . I. aparece “Entidade Empregadora” (mesmo que não tenha empregados a cargo) e “Beneficiário”.A entidade empregadora não imprimiu o comprovativo da comunicação de admissão de um trabalhador.Só é possível imprimir via Segurança Social Direta declarações de situação contributiva regularizada? Podem ser impressas declarações de situação contributiva regularizada e não regularizada (com contribuições em dívida e juros de mora em dívida) 26 . Pode consultar os dados de ambos os casos. 34/36 . 28 . se fizer a adesão sem Cartão de Cidadão terá de aguardar 5 dias até receber o pin de acesso. em “Dados de Identificação”. O mandatário com a senha de acesso ao serviço DRI não poderá vincular ou desvincular funcionários das entidades representadas.P. "A vinculação e/ou desvinculação de funcionários só é possível de efetuar com senha de acesso da entidade. Pág. 25 .

Pág. CC_MSG03: O certificado chegou ao servidor mas dá um erro (403 . I. Mensagem Acesso Negado. ISS. O Certificado de Autenticação não se encontra válido.forbbiden). Mensagem O acesso via Cartão de Cidadão está temporariamente desativado.provavelmente um erro temporário. CC_MSG04: O serviço de IDQ utilizado para obter a informação associada ao possuidor do cartão e ao estado do mesmo não está a devolver essa informação . Mensagem Acesso Negado. Por favor tente mais tarde ou. Caso possua um NISS/palavra-chave registado na SSD. Por favor reveja as configurações do seu leitor de cartões e software associado. Mensagens de Erro Mensagens de Erro CC_MSG01: Por qualquer razão foi decidido inibir temporariamente o login via Cartão de Cidadão. 35/36 . CC_MSG05: O serviço de SSD utilizado para obter os dados de acesso de utilizador não está a devolver essa informação .Guia Prático – Segurança Social Direta Para possibilitar aceder à Segurança Social Direta em caso de não estar na posse do cartão. Mensagem Serviço temporariamente indisponível. Por favor dirija-se aos serviços do Cartão de Cidadão para verificar o estado do seu Cartão de Cidadão. aceda usando esses elementos.provavelmente um erro temporário.P. CC_MSG02: Problemas com extração do certificado do cartão e envio do mesmo ao servidor. Certificado provavelmente inválido. por favor tente aceder ao serviço desta forma. caso possua um NISS/palavra-chave registado na SSD.

por favor tente aceder ao serviço desta forma.Não consigo preencher o campo da data no formato (dd/mm/aaaa). O constrangimento é ultrapassado usando a combinação de teclas Shift+7 no teclado principal de forma a inserir a barra ( / ). Trata-se de um constrangimento. ISS. I. CC_MSG06: O serviço de IDQ dá o cartão como não válido. resultando impossível colocar a barra ( / ) entre o dia/mês/ano.P. Caso possua um NISS/palavra-chave registado na SSD. Mensagem Tem que aceitar os termos de privacidade e utilização para prosseguir com o seu registo e primeiro acesso à SSD. CC_MSG07: No registo via CC o utilizador não leu o documento com os termos de privacidade. Por favor tente mais tarde. 36/36 . Pág. em vez de usar a barra ( / ) do teclado numérico. Mensagem Não foi possível validar os dados do seu Cartão de Cidadão. 32 .Guia Prático – Segurança Social Direta Mensagem Serviço temporariamente indisponível.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->