P. 1
31-SOLUÇÕES E SOLUBILIDADE

31-SOLUÇÕES E SOLUBILIDADE

4.0

|Views: 9.800|Likes:
Publicado pornv77vnm

More info:

Published by: nv77vnm on Apr 02, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/10/2014

pdf

text

original

Soluções e coeficiente de solubilidade

490. (UnB) Uma das substâncias mais abundantes e muito utilizada pelo Homem é o cloreto de sódio, o principal componente do sal de cozinha. Esquematicamente, os íons Na+ e Cl- mantêm-se presos uns aos outros num cristal de cloreto de sódio da seguinte forma: a) b) c) d) e) 25ºC 45ºC 60ºC 70ºC 80ºC

Físico-Química

493. (UnB) Considere temperatura constante.

o

seguinte

sistema

sob

Julgue os itens. a) O cloreto de sódio não conduz corrente elétrica porque, no cristal, os íons Na+ e Cl- formam um retículo e são impedidos de se movimentarem. b) Quando se dissolve uma substância iônica em água, há destruição da estrutura cristalina e os íons dispersam-se por toda a solução. c) A solução aquosa de NaCl, apesar de ser eletricamente neutra, conduz corrente elétrica. 491. A tabela abaixo fornece os valores de solubilidade do cloreto de sódio e do hidróxido de sódio, em água, a diferentes temperaturas: Soluto NaCl NaOH Solubilidade (g soluto / 100 g H2O) 0ºC 20ºC 50ºC 100ºC 35,7 36,0 37,0 39,8 42,0 105,0 145,0 347,0

A solubilidade ao gás CO2 em água pode ser representada pelos seguintes processos: CO2(g) ⇔ CO2(aq) CO2(aq) + H2O ⇔ H+(aq) + HCO3-(aq) Julgue os itens abaixo. a) O aumento de pressão produz um aumento da quantidade de CO2 dissolvido na água provocando, com isso, a redução do pH. b) Os refrigerantes contêm gás carbônico em solução aquosa. Nas fábricas, o CO2(g) é dissolvido em bebidas refrigerantes, à alta pressão. c) O aumento da temperatura aumenta a solubilidade de CO2 na água. d) A influência da pressão no estudo da solubilidade de gases em líquidos é estabelecida pela lei de Henry. Os exercícios são relativos ao gráfico a seguir, que representa curvas de solubilidade de quatro substâncias representadas por A, B, C e D.

Com base nas informações acima e em conhecimentos sobre soluções, julgue os itens. a) Solução saturada é uma mistura heterogênea. b) O hidróxido de sódio é mais solúvel em água que o cloreto de sódio. c) Soluções concentradas são soluções saturadas. d) Adicionando-se 145 g de NaOH a 100 g de água, a 20ºC, obtém-se um sistema bifásico, que, após, aquecido a temperatura acima de 50ºC, apresenta-se monofásico; e) Uma solução aquosa de cloreto de sódio que contêm 36 g de NaCl em 1 kg de H2O deixa de ser saturada quando aquecida a 100ºC. 492. (Fuvest) O gráfico a seguir mostra a solubilidade (S) de K2Cr2O7 sólido em água, em que função da temperatura (t). Uma mistura constituída de 30g de K2Cr2O7 e 50g de água, a uma temperatura inicial de 90ºC, foi deixada esfriar lentamente e com agitação. A que temperatura aproximada deve começar a cristalizar o K2Cl2O7 ?

494. Qual (quais) dessas substâncias tem sua solubilidade diminuída com a elevação da temperatura? 495. Qual dessas substâncias apresenta maior aumento de solubilidade para uma mesma variação de temperatura? 496. Entre as substâncias A e B, qual delas é mais solúvel na água? 497. Entre as substâncias B e C, qual delas é mais solúvel na água? 498. Qual a quantidade de A que satura 250 g de água a 0ºC?

www.alcidesquimica.com.br

84

Alcides Ribeiro – Curso Especial de Química
499. Qual a quantidade mínima de água necessária para dissolver 80 g de B, na temperatura de 40ºC? 500. 80g de uma solução saturada de B a 60ºC são resfriados até 40ºC. Qual a massa de B sólido que precipitou? 501. Para que um soluto se dissolva em determinado solvente é preciso que haja “compatibilidade química” entre ambos. De modo geral, vale a regra semelhante dissolve semelhante, ou seja, substância apolar é solúvel em substância apolar. Além da compatibilidade química, é preciso levar em conta a temperatura, fator que interfere diretamente na capacidade de dissolução de um soluto em um determinado solvente. O diagrama a seguir representa as curvas de solubilidade de alguns sais em água.

Calcule: a) a massa do sal que precipitou; b) a massa do sal que permaneceu em solução. 505. (ITA-com adaptações) Considerando sistemas termodinamicamente estáveis, baseando-se no gráfico a seguir, e errado afirmar que:

A partir do diagrama e do conhecimento sobre soluções, julgue os itens. a) A 25ºC, aproximadamente, a solubilidade do CaCl2 e do NaNO2 são iguais. b) O NaCl é menos solúvel que o CaCl2 à temperatura ambiente. c) A adição de 60 g de NaNO2 em 100 mL ou H2O a 10ºC resultará em uma solução saturada com corpo de fundo. d) Adicionando-se 50 g de KCl a 100 mL de H2O a 20ºC, obtém-se um sistema bifásico que, após aquecido a temperatura acima de 90ºC, apresenta-se monofásico. 502. Classifique, quanto ao estado de agregação, as seguintes soluções: a) ar atmosférico filtrado; b) NaCl dissolvido em água; c) acetona e água; d) iodo dissolvido em clorofórmio. e) liga de cobre e zinco. 503. A uma solução de cloreto de sódio foi adicionado um cristal desse sal, e verificou-se que este não se dissolveu, provocando, ainda, a formação de precipitado. Pode-se inferir que a solução original era: a) estável. b) diluída. c) saturada. d) concentrada. e) supersaturada. 504. (Unicamp-SP) Uma solução saturada de nitrato de potássio (KNO3), constituída, além do sal, por 100 g de água, está à temperatura de 70ºC. Essa solução é resfriada a 40ºC, ocorrendo precipitação de parte do sal dissolvido.

a) a 25ºC, a solubilidade em água do NaNO 3 é maior que a do Na2SO4.10H20. b) a 25ºC, uma mistura de 120g de NaNO3 com 100g H2O é bifásica, sendo uma das fases o NaNO3(s) e a outra a H2O(l). c) a 0ºC, uma mistura de 20g de NaCl com 100g de gelo é monofásica, sendo esta fase uma solução aquosa não saturada em NaCl. d) a 25ºC, a concentração de íons de sódio existente na fase líquida de uma mistura preparada pela adição de 6g de NaCl à 100g de H2O é aproximadamente 1 mol/L. e) a 25ºC, a quantidade (mol) de íons de sódio presente em uma solução preparada pela dissolução de 1,0 g de Na2SO4 em 10 g de H2O é maior do que a existente em outra solução preparada pela dissolução de 1,0g de Na2SO4.10H2O na mesma quantidade de água. 506. A solubilidade de um sal em água varia linearmente com a temperatura. A 3ºC, 30g desse sal formam com água 180g de uma solução saturada. Tal solução, quando aquecida a 70ºC, exige o acréscimo de mais 45 g do sal para manter a saturação. Calcule o Cs do sal. a) a 300C; b) a 700C; c) a 500C. Admita 100 g como quantidade padrão de água. 507. Os dados abaixo referem-se à massa máxima de KCl que um quilograma de água pode dissolver a diferentes temperaturas. Massa(g) 310 340 370 Temperatura(0C) 10 20 30

85

www.alcidesquimica.com.br

Alcides Ribeiro – Curso Especial de Química
400 40 carbono em água pura é da ordem de 0,86 litro por litro de água. A 0ºC, ela praticamente dobra, passando ao valor de 1,7 litro de gás por litro de água. Portanto, a manutenção do gás no refrigerante deve ser atribuída a um efeito de temperatura, e não a possíveis efeitos de superfícies metálicas. Em soluções contendo sais ou açúcares, a solubilidade do gás carbônico é menor do que em água pura. Assim, em uma solução contendo 60 gramas por litro de cloreto de sódio (sal de cozinha) a solubilidade do dióxido de carbono diminui em aproximadamente 25%. A tendência de variação da solubilidade com a temperatura se mantém”. (Folha de São Paulo) Baseando-se no texto e em conhecimentos sobre soluções, julgue os itens. a) A solubilidade do gás carbônico em água pura aumenta com o aumento da temperatura. b) abaixamento da temperatura provoca um efeito na superfície metálica da colher, que retarda a saída do gás. c) A 20ºC a solubilidade do dióxido de carbono é de 86 mL em 100 g de água. d) A solubilidade do gás carbônico em água pura a 0ºC é quase duas vezes maior que a 20ºC. e) Quando se separa o soluto do solvente, obtêm-se substâncias diferentes daquelas que foram inicialmente misturadas. Dado: dH2O = 1,03 g/mL a 20ºC.

Qual o acréscimo de massa do sal que se dissolve, por quilograma de água, para cada aumento unitário de temperatura? a) 30g b) 10g c) 5g d) 3g e) 1g 508. Evapora-se completamente a água de 40 g de solução de nitrato de prata, saturada, sem corpo de fundo, e obtém-se 15 g de resíduo sólido. O coeficiente de solubilidade do nitrato de prata para 100 g de água na temperatura da solução inicial é: a) 25g b) 30g c) 60g d) 15g e) 45g 509. (UnB) Com base nos dados fornecidos a seguir, onde a solubilidade em água é dada em gramas de soluto/100 g de H2O e a pressão é 1atm, julgue os itens a seguir. Solubilidade Soluto AgNO3 Li2CO3 O2 0ºC 122 1,54 0,007 10ºC 170 1,52 0,005 20ºC 222 1,33 0,004 30ºC 300 1,25 0,003 40ºC 376 1,17 0,002

a) Um decréscimo de temperatura favorece a solubilização de Li2CO3 e O2. b) A solução resultante da adição de 200 g de AgNO 3 a 100g de água, a 20ºC, será saturada. c) Resfriando-se, com agitação, a solução do item 2 até a temperatura de 10ºC, haverá precipitação de 30 g do soluto. d) A uma dada temperatura, a solubilização do oxigênio, em água, poderá ser aumentada com o aumento da pressão. e) A 10ºC, uma solução saturada de Li 2CO3 conduzirá melhor a corrente elétrica que uma solução saturada de AgNO3 à mesma temperatura. 510. (Fuvest-SP) Quatro tubos contêm 20mL (mililitros) de água cada um. Coloca-se nestes tubos dicromato de potássio (K2Cr2O7) nas seguintes quantidades: Tubo A Massa K2Cr2O7(g
)

512. (UFPE) É comum se ouvir a seguinte afirmativa: “enfiando-se o cabo de uma colher e equilibrando-se a mesma na boca de uma garrafa de refrigerante, o gás não escapa”. Com relação a esta afirmativa, qual das alternativas abaixo é correta? a) O gás não escapa porque a colher obstrui parcialmente o gargalo da garrafa. b) As moléculas do gás são atraídas e retidas pelo metal da colher e depois retornam ao líquido. c) A pressão de vapor do líquido diminui com a presença do metal e o gás não escapa. d) A pressão do ar entre a superfície do líquido e a boca da garrafa aumenta e o gás não escapa. e) A afirmação não é verdadeira, pois não há razão para o gás não escapar.

Tubo B 3,0

Tubo C 5,0

Tubo D 7,0

1,0

A solubilidade do sal, a 20ºC, é igual a 12,5 g por 100 mL de água. Após agitação, em quais tubos coexistem, nessa temperatura, solução saturada e sólido? a) Em nenhum. b) Apenas em D. o) Apenas em C e D. d) Apenas em B, C e D. e) Em todos. 511. “ Se colocarmos uma colher de aço inoxidável no gargalo de uma garrafa de refrigerante, ela é capaz de retardar a perda de gás? José Atílio Vanin, do Instituto de Química da USP, responde: O gás contido no refrigerante é o gás carbônico ou dióxido de carbono. Na realidade, o truque da colher no gargalo para retardar a perda de gás nem sempre funciona. Quando funciona é porque, adicionalmente, o refrigerante foi colocado na geladeira. Nessas condições, a solubilidade do gás carbônico aumenta muito. A 20ºC, a solubilidade do dióxido de

www.alcidesquimica.com.br

86

Alcides Ribeiro – Curso Especial de Química

Gabarito :
490. CCC 491. ECECC 492. D 493. CCEC 494. D 495. A 496. A 497. Até 60ºC  C; após 60ºC  B; em 60ºC  B e C possuem a mesma solubilidade. 498. 100 g 499. 200 g 500. 10 g 501. CCEC 502. a) gasosa, b) líquida; c) líquida; d) líquida; e) sólida. 503. E 504. a) 46g; b) 32g ] 505. B 506. a) 20g sal/100g H2O (30ºC); b) 50g sal/100g H2O (70ºC); c) 35g sal/100g H2O (50ºC); 507. D 508. C 509. CECCE 510. d 511. EEECE 512. E

87

www.alcidesquimica.com.br

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->