P. 1
53-EQUILÍBRIO IÔNICO NA ÁGUA

53-EQUILÍBRIO IÔNICO NA ÁGUA

|Views: 12.012|Likes:
Publicado pornv77vnm

More info:

Published by: nv77vnm on Apr 02, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/10/2014

pdf

text

original

Equilíbrio iônico na água

Estômago 878. (UnB-com adaptações) Especialistas em diversas áreas do conhecimento estudam a química do leite, que se tornou muito importante para a garantia de qualidade e para o desenvolvimento industrial de produtos laticínios. O leite é composto basicamente de água, lactose, gordura, proteínas, ácidos orgânicos e substâncias minerais. Entre estas, formando sais orgânicos e inorgânicos, apresentamse teores consideráveis de cloro, fósforo, potássio, cálcio e magnésio e baixos teores de ferro, alumínio, bromo, zinco e manganês. Devido a diversos fatores, incluindo o teor de gordura, a densidade do leite, a 15ºC, varia de 1,023 g/mL a 1,040 g/mL e seu pH varia entre 6,6 e 6,8. Com o auxílio das informações apresentadas, julgue os itens a seguir. a) O pH é uma medida de acidez que, em geral, independente da temperatura. b) O leite deve ser utilizado para combater casos de gastrite e úlcera gástrica, pois e um meio básico. 879. (UnB) Calcule o pH de uma solução de NaOH na concentração de 1 mol a 25ºC. Desconsidere a parte fracionária do resultado, caso exista. 880.(ITA) A 60ºC o produto iônico da água, [H+] x [OH-1], é igual a 1,0 . 10-13. Em relação a solução nesta temperatura são feitas as seguintes afirmações: I) Soluções ácidas são aquelas que têm pH < 6,5. II) Soluções neutras têm pH 6,5. III) Soluções básicas têm pH > 6,5. IV) pH + pOH tem que ser igual a 13,0. V) Solução com pH 14 é impossível de ser obtida. Das afirmações anteriores estão corretas: a) apenas V. b) apenas I e III. c) apenas II, IV e V. d) I, II, III e IV. e) nenhuma. 881. (Unicamp/2000) Quando ingerimos uma substância qualquer, alimento ou remédio, a sua absorção no organismo pode se dar através das paredes do estômago ou do intestino. O pH no intestino é 8,0 e no estômago 1,5, aproximadamente. Um dos fatores que determinam onde ocorrerá a absorção é a existência ou não de carga única na molécula da substância. Em geral, uma molécula é absorvida melhor quando não apresenta carga, já que nessa condição ela se dissolve na parte apolar das membranas celulares. Sabe-se que o ácido acetil-salicílico (aspirina) é um ácido fraco e que o paminofenol, um outro antitérmico, é uma base fraca. a) Complete a tabela a seguir com as palavras alta e baixa, referindo-se as absorções relativas das substâncias em questão. Local de absorção H2C2O4  Intestino

Físico - Química

Sabendo-se que a p-hidroxiacetanilida (paracetamol), que também á um antitérmico, é absorvida eficientemente tanto no estômago quanto no intestino, o que pode ser dito sobre o caráter ácido-base dessa substância? 882.(Unicamp/2000) No tratamento da água a fase seguinte à de separação é sua desinfecção. Um agente desinfetante muito usado é o cloro gasoso, que é adicionado diretamente a água. Os equlíbrios químicos seguintes estão envolvidos na dissolução desse gás: Cl2(aq) + H2O(aq) = HClO(aq) + H+(aq) + Cl-(aq) HClO(aq) = ClO-(aq) + H+(aq) (I) (II)

A figura a seguir mostra a distribuição aproximada das concentrações das espécies químicas envolvidas nos equilíbrios acima em função do pH.

a) Levando em conta apenas as quantidades relativas das espécies químicas presentes nos equilíbrios acima, é correto atribuir ao Cl2(aq) a ação bactericida na água potável? Justifique. b) Escreva a expressão da constante de equilíbrio para o equilíbrio representado pela equação II. c) Calcule o valor da constante de equilíbrio referente à equação II. 883.(Fuvest) As constantes do equilíbrio de ionização dos ácidos carbônico e oxálico são:

H2CO3 

K = 4,3 x 10 −7  1 K2 = 6,4 x 10 −11  K = 5,9 x 10 −2  1 K2 = 6,4 x 10−5 

a) Supondo uma solução 1 mol/L dos dois ácidos, coloque em ordem crescente de abundância os ânions HCO3-, CO32-, HC2O4- e C2O42-. b) Qual dos ácidos é o mais forte? Justifique. 884. (Fatec) Analisando as constantes de ionização dos

Aspirina

p-aminofenol

www.alcidesquimica.com.br

151

Alcides Ribeiro – Curso Especial de Química
monoácidos abaixo, a uma dada temperatura, KHA = 2,5 x 10-2 KHB = -3,0 x 10-4 KHC = 5,0 x 10-6 solução 0,01 mol/L de ácido acético. Dado: Ka = 1,6 x 10-5

podemos concluir que a ordem crescente do grau de ionização, para a mesma concentração em mol/L, é: a) HA < HB < HC b) HA < HC < HB c) HC < HB < HA d) HC < HA < HB e) HB < HC < HA 885. Complete. a) pH = 5 pOH = [H ] =
+

892. Sendo α o grau de ionização de um ácido fraco HA, em solução de concentração em mol/L (M), pedem-se: a) o valor de Ka em função de α e M; b) o valor da [H+] em função de α e M; c) o valor de α em função de Ka e M. 893. (Fatec) O grau de ionização de um ácido numa solução 0,1 mol/L, cuja constante de ionização é 9,0 x 10-7 a 25ºC, vale aproximadamente: a) 0,3% b) 0,9% c) 3,0% d) 9,0% e) 30,0% 894. Calcule a constante de ionização de NH4OH sabendo

[OH-]=

b) [H ] = 10 mol/L pH = pOH = [OH-] =
+ -9

que o seu grau de ionização é de 1,3% em uma solução 0,10 mol/L. 895.Calcule x 10-4. 896.(Fuvest) Em uma solução aquosa de gás amônia existe o equilíbrio: NH3(g) + H2O(l)  NH4+(aq) + OH-(aq) A adição de hidróxido de sódio a essa solução: a) diminui o pH da solução. b) mantém inalterado o pH da solução. c) aumenta a concentração de íons amônio. d) mantém inalterada a concentração dos íons amônio. e) aumenta a liberação do gás amônia. a concentração hidrogeniônica de uma

solução 1 mol/L de ácido nitroso, sabendo que c) pOH=6 pH = [H+]= [OH-] =

Ka = 4,0

d) pH=0 pOH = [H+]= [OH-]=

886. Calcule o pH de uma solução 0,1 mol/L, em HNO2 10% ionizado. 887. Uma solução tem pH = 7. Quais as concentrações dos íons H+, OH- nessa solução? 888. Uma solução tem pH = 3. Quais as concentrações dos íons H+, OH- nesta solução? 889. Calcule o pH das seguintes soluções: a) 0,01 mol/L de HCl; b) 0,01 mol/L em NaOH; c) 1 mol/L HCl; d) HNO2 0,1 mol/L, 10% ionizado; e) NH4OH 0,1 mol/L, 1% dissociado. 890. O ácido nitroso em uma solução 0,02 mol/L está 10% ionizado. Qual a sua constante de ionização? 891. Calcular a concentração hidrogeniônica (H+) em uma

897.(Fuvest) Adicionou-se hidróxido de sódio a uma solução diluída de ácido clorídrico, suficiente para diminuir a acidez dessa solução de pH = 4 para pH = 6. Qual o valor da relação [H+] inicial/[H+] final? 898. (Fuvest) Calcule a concentração hidroxiliônica e o pH de uma solução aquosa 0,01 mol/L de hidróxido de sódio a 25ºC. Dado: [H+][OH-] = 10-14 (a 25ºC). 899.(Fuvest) Ao ser adicionado ácido a uma solução aquosa de pH = 4, verifica-se que esta passou a apresentar pH = 2. Por que número foi multiplicada a concentração hidrogeniônica dessa solução? 900. (Fuvest) A 25ºC, cinco soluções aquosas apresentam as seguintes concentrações em mol/litro: Solução 1  [H+] = 9 . 10-9 Solução 2  [H+] = 5 . 10-5 Solução 3  [OH-] = 9 . 10-5 Solução 4  [OH-] = 5 . 10-9

152

www.alcidesquimica.com.br

Alcides Ribeiro – Curso Especial de Química
Solução 5  [OH ] = 0,0000001
-

HAc  H+ + AcDentre elas, quais têm caráter ácido, básico e neutro? Justifique. Produto iônico da água a 25ºC = 1,0 . 10-14. Considerando uma solução aquosa de ácido acético 0,100 mol/L, julgue os itens. a) As espécies presentes na solução são: H3O+, Ac-, HAc, OH-, e H2O. 901. (Fuvest) As seguintes substâncias são solúveis em água: I) CH3 – COOH II) Hl III) NH3 A 25ºC, o pH das respectivas soluções é: a) menor que 7 para I, II e III. b) menor que 7 apenas para I e II. c) menor que 7 apenas para I e II. d) menor que 7 apenas para II e III. e) maior que 7 para I, II e III. 902. (UnB) O pH padrão da água da chuva em áreas não poluídas é 5,6. Chuvas com pH abaixo desse valor são denominadas chuvas ácidas e causam sérios problemas ambientais. Sobre esse assunto, julgue os itens. a) As chuvas ácidas destroem monumentos, florestas e causam a mortandade de peixes. b) O dióxido de enxofre proveniente das caldeiras e fornos das indústrias é um dos principais responsáveis pelas chuvas ácidas. c) A água da chuva em áreas não poluídas é mais ácida do que a água pura. d) A água da chuva que apresenta concentração de H3O+ igual a 10-2 mol/L não é considerada ácida. e) A concentração de dióxido de carbono na atmosfera não influi no pH da chuva. 903.(UnB) Um estudante estava digitando o seu trabalho didático de Química e, inadvertidamente, comia um sanduíche, cujo molho continha vinagre. Acidentalmente, o molho caiu no teclado. Sabendo que a constante de dissociacão do ácido acético é igual a 1,8 x 10-5 mol/L, julgue os itens a seguir, a respeito dos conceitos relacionados às conseqüências químicas provocadas pelo acidente. a) A concentração hidrogeniônica da solução derramada sobre o teclado provavelmente deve ser maior do que 1 x 10-7 mol/L. b) Se um aluno fizesse a limpeza do teclado; com algum material contendo ácido, provavelmente deslocaria o equilíbrio de dissociação do ácido acético para o lado da forma não-ionizada (CH3COOH  CH3COO- + H+). c) Após o ácido acético atingir o seu estado de equilíbrio na solução derramada, inalterada, a concentração de de acetato acetato 907.(FEI-SP) A chuva ácida ocorre em regiões de alta concentração de poluentes provenientes da queima de combustíveis fósseis. Numa chuva normal, o pH está em 904. (UnB) A reação de dissolução do ácido acético (HAc) em água pode ser representada pela equação: torno de 5,0 e, em Los Angeles, já ocorreu chuva com pH em torno de 2,0. A concentração de íons H+ dessa chuva permanece apesar íons Tem caráter ácido apenas: a) o leite e a lágrima. b) a água de lavadeira. c) o café preparado e a Coca-Cola. d) a água do mar e a água de lavadeira. e) a Coca-Cola. e) A constante de equilíbrio da reação acima é igual à constante de dissociação do ácido acético. f) Na água pura, o pH é diferente do pOH. g) Soluções que resistem a variações do pH, quando a elas são adicionados ácidos ou bases fortes, chamam-se soluções tampões. h) O pH não varia com a temperatura. 905. (ITA) Um copo, com capacidade de 250 mL, contém 100 mL de uma solução aquosa 0,10mol.L-1 em ácido acético na temperatura de 25ºC. Nesta solução ocorre o equilibro: HOAc(aq)  H+(aq) + OAc-(aq); Kc = 1,8 x 10-5 A adição de mais 100 mL de água pura a esta solução, com a temperatura permanecendo constante, terá as seguintes conseqüências: I) Concentração de íons acetato (mol/litro) II) Quantidade de íons acetato (mol) a) (I) vai aumentar, (II) vai aumentar. b) (I) vai aumentar, (II) vai diminuir. c) (I) fica constante, (II) fica constante. d) (I) vai diminuir, (II) vai aumentar. e) (I) vai diminuir, (II) vai diminuir. 906.(Fuvest-SP) Observe os líquidos da tabela Líquido Leite Água do mar Coca-cola Café preparado Lágrima Água de lavadeira 1,0 1,0 1,0 1,0 1,0 1,0 [H+] . . . . . . 10 10-8 10-3 10-5 10-7 10-12
-7

b) A concentração de H+ no equilíbrio, [H+], é 0,100 mol/L. c) [Ac-] > [HAc]. d) O pOH da solução é 1.

[OH-] 1,0 1,0 1,0 1,0 1,0 1,0 . . . . . . 10-7 10-6 10-11 10-9 10-7 10-2

continuarem reagindo com íons H+.

www.alcidesquimica.com.br

153

Alcides Ribeiro – Curso Especial de Química
ocorrida em Los Angeles em relação à chuva normal é: a) 1.000 vezes maior b) 1.000 vezes menor c) 3 vezes maior d) 3 vezes menor e) 100 vezes maior 908.(Cesgranrio) Entre os antiácidos caseiros, destacam-se o leite de magnésia e o bicarbonato de sódio. Quantas vezes o leite de magnésia (pH = 11) é mais básico do que uma solução de bicarbonato de sódio (pH = 8)? Ca5(OH)(PO4)3(S) + 4H+(aq)  5Ca2+(aq) + 3HPO43-(aq) + H2O(l) A a) 3 b) 19 c) 88 d) 100 e) 1.000 909. (PUC-MG) Ao analisar um determinado suco de tomate, um técnico determinou que sua concentração hidrogeniônica é igual a 0,001 mol/L. Assim, o pH desse suco de tomate é: a) 2 b) 3 c) 4 d) 9 e) 11 910.(PUC/Campinas-SP) Uma área agrícola foi adubada com amônia, nitrato e fosfato de amônio. Na amostra das águas residuais da irrigação dessa área verifica-se que a concentração de íons OH-(aq) é igual a 8 . 10-5 mol/L, a 25ºC. Pode-se afirmar que a amostra tem pH igual a: a) 9,9 b) 8,5 c) 7,0 d) 6,9 e) 3,9 (Dados: log 8 = 0,90; Kw = [H+][OH] = 1 . 10-14 a 25ºC) 911. (UFPE) A concentração hidrogeniônica do suco de limão puro é 10-3M. Qual o pH de um refresco preparado com 20 mL de suco de limão e água suficiente para completar 200 mL? a) 2,5 b) 3,0 c) 3,5 d) 4,0 e) 4,5 912.(Fesp-PE) O vibrião colérico não sobrevive em meio de pH = 3, ou mais ácido. O número de gotas de uma solução 1,0 M de ácido clorídrico que se deve introduzir em 10 litros de água, a fim de eliminar o vibrião colérico é: 914.(ITA) Considere soluções aquosas diluídas de ácido acética, a 25ºC, em equilíbrio. A equação a seguir, na qual HA significa ácido acético e A- o íon acetato, representa este equilíbrio: HA(aq)  H+(aq) + A-(aq); Kc = 1,8 x 10-5 b) diminui o pH, devido à formação de ácidos. c) aumenta o pH, porque consome H+(aq). d) diminui o pH, porque produz sais ácidos. e) aumenta o pH, porque produz água. adição de hidroxiapatita em determinados locais 913.(PUC-Campinas) ácido a reação A hidroxiapatita, fosfato naturalmente encontrado no solo, apresenta em meio (Admita que não há alteração de volume e que o volume de uma gota é 0,05 mL) a) 10 gotas b) 100 gotas c) 30 gotas d) 200 gotas e) 50 gotas

modifica o solo, pois: a) aumenta o pH, devido à formação de ácidos.

Considerando um comportamento ideal das soluções e a notação [H+], [A-] e [HA] para representar as respectivas concentrações em mol/L e definindo: α = [A-] / {[HA]} e C = {[A-] + [HA]}, assinale a opção cuja afirmação está errada: a) a pressão parcial do HA sobre a solução é proporcional ao produto (1 - α ). C. b) a condutividade elétrica é proporcional ao produto α . C. c) o abaixamento da temperatura do início de solidificação no resfriamento é proporcional ao produto (1 + α) . C. d) o produto α . C é uma função crescente de C. e) considerando também a dissociação do solvente, conclui-se que a [H+] é menor do que a[A-]. 915. A determinação de acidez ou basicidade de uma solução pode ser realizada por um pHmetro ou por meio de substâncias denominadas indicadores ácido/base. Uma grande parte dos indicadores são ácidos orgânicos fracos, que podem ser representados genericamente por Hln. A classificação da substância como sendo ácida ou básica é possível devido à diferença de cor das espécies Hln e ln -, de acordo com o equilíbrio a seguir: Hln (aq)  H+(aq) + ln-(aq) Cor A = Hln(aq) Cor B = ln(aq)

154

www.alcidesquimica.com.br

Alcides Ribeiro – Curso Especial de Química
Com base nas informações anteriores, julgue os itens. a) Se adicionarmos um pouco deste indicador em um suco de limão, a solução apresentará cor A. b) Hln não é um ácido de Arrhenius. c) A expressão da constante de equilíbrio para o sistema é Ka = ([H+][ln-])/[Hln]. Esse valor nos dá uma informação quantitativa equilíbrio. d) Quanto maior for o número de hidrogênios na fórmula do ácido, maior será sua força. 916. (UnB) Por apresentar cores diversas conforme a acidez ou basicidade do meio em que se encontra, o extrato de repolho roxo pode constituir-se em bom indicador universal de pH. Neste experimento serão testados alguns materiais de uso doméstico para se determinar a acidez ou basicidade dos mesmos. Para isso, você colocará em cada tubo de ensaio 5 mL de água destilada e 5 mL de extrato de repolho roxo. Acrescentará cinco gotas do material a ser testado e comparará a cor obtida com a escala-padrão. (Estudando o equilíbrio ácido-base. In: Química Nova na Escola, nº 1, maio/1995 com adaptações.) das espécies presentes no estado de 918. (Fuvest) Na água pura as concentrações dos íons H+ e OH- são iguais e o seu pH é 7 a 25ºC. O pH da água do mar é aproximadamente 8, à mesma temperatura. a) Qual dos íons citados está em maior concentração no mar? Justifique. 919.(Unicamp) O ferro é um dos elementos mais abundantes na crosta terrestre. O íon ferro-III em solução aquosa é hidrolisado de acordo com a equação: Fe3+(aq) + 3H2O(l)  Fe(OH)3(s) + 3H+(aq) a) Com base nessa equação, explique por que na água do mar (pH = 8) não há íons Fe3+(aq) presentes. b) O que se pode dizer sobre as águas de determinados rios que são ricas em íons Fe3+(aq)? 920. (Vunesp) As drogas aspirina e anfetamina apresentam os seguintes equilíbrios em solução aquosa:

Com o auxílio do texto, julgue os itens. a) O indicador utilizado no experimento é um catalisador, não participando, portanto, do equilíbrio ácido-base. b) Se os materiais testados forem ácidos, a adição de substâncias básicas a eles consumirá os íons H+, deslocando o equilíbrio no sentido da ionização dos ácidos presentes nos materiais. c) Uma reação ácido-base cessa ao atingir o equilíbrio. d) Entre os materiais ácidos, considerando-se concentrações idênticas, apresentará o menor valor de pH o que contiver um ácido com menor valor de constante de ionização. 917.(Unicamp) Há uma certa polêmica a respeito da contribuição do íon fosfato, consumido em excesso, para o desenvolvimento da doença chamada osteoporose. Esta doença se caracteriza por uma diminuição da absorção de cálcio pelo organismo, com conseqüente fragilização dos ossos. Sabe-se que alguns refrigerantes contêm quantidades apreciáveis de ácido fosfórico, H3PO4, e dos ânions H2PO4-, HPO42- e PO43-, originários de sua dissociação (ionização). A diminuição da absorção do cálcio pelo organismo deverse-ia à formação do composto fosfato de cálcio, que é pouco solúvel. a) Sabe-se que H2PO4 e HPO4
2-

Sabe-se que a absorção de drogas no corpo humano ocorre mais rapidamente na forma dissociada, e que os pH do estômago e do intestino são iguais a 2 e 7, respectivamente. Em qual órgão cada uma das drogas será absorvida mais rapidamente? Justifique a resposta. 921. (Unicamp) Alcalose e acidose são dois distúrbios fisiológicos caracterizados por alterações do pH no sangue: a alcalose corresponde a um aumento enquanto a acidose corresponde a uma diminuição do pH. Essas alterações de pH afetam a eficiência do transporte de oxigênio pelo organismo humano. O gráfico esquemático a seguir mostra a porcentagem de oxigênio transportado pela hemoglobina, em dois pH diferentes em função da pressão de O2.

são ácidos fracos, que o

pH do estômago é aproximadamente 1 e que o do intestino é superior a 8. Nestas condições, em que parte do aparelho digestivo ocorre a precipitação do fosfato de cálcio? Justifique. b) Escreva a equação química da reação entre os cátions cálcio e os ânions fosfato.

www.alcidesquimica.com.br

155

Alcides Ribeiro – Curso Especial de Química
883. a) CO32- < HCO3- < C2O42+ < HC2O4b) 884. C 885. a) 9, 10-5 mol/L e 10-9mol/L, respectivamente b) 9, 5 e 10-5 mol/L, respectivamente c) 8, 10-8 mol/L e 10-6 mol/L, respectivamente d) 14, 1 mol/L e 10-14 mol/L, respectivamente 886. pH = 2 887. [H+] = [OH-] = 10-7mol/L 888. [H+] = 10-3 mol/L e [OH-] = 10-11 mol/L a) Em qual dos dois pH há uma maior eficiência no transporte de oxigênio pelo organismo? Justifique. b) Em casos clínicos extremos, pode-se ministrar solução aquosa de NH4Cl para controlar o pH do sangue. Em qual desses distúrbios (alcalose ou acidose) pode ser aplicado esse recurso? Explique. 889. 890. 891. 892. a) 2; b) 12; c)0; d) 2; e) 11 2 x 10-4 4 x 10-4 mol/L a) Ka=M.α2 ; b) [H+]=M. α c) 893. A 894. Kb = 1,69 x 10-5 895. 2 x 10-2 mol/L 896. E 897. 100 898. [OH-] = 10-2 mol/L e pH = 12 899. 100 900. Ácido: 2 e 4, pois [H+] > [OH-] Básico: 1 e 3, pois [H+] < [OH-] Neutro: 5, pois [H+] = [OH-] 901. B 902. C C C E E 903. C C C 904. 905. 906. 907. 908. 909. 910. CEEEEECE D C A E B A α= H2O2O4, pois possui o maior valor de Ka

Ka M

Gabarito :
878. E E 879. 14 880. D

911. D 912. D 913. C 914. A 915. C E C E 916. E C E E 917.a) No intestino, pois [OH-] > [H+]. Dessa forma os íons OH- consomem os íons H+ deslocando o equilíbrio no Aspirina Alta Baixa p-aminofenol Baixa Alta sentido da ionização do ácido fosfórico. H3PO4  3H+ + PO43A concentração do íon fosfato é grande e precipita o Ca 2+ na forma de Ca3(PO4)2. b) 3Ca2+ + 2PO43- Ca3(PO4)2 918. a) pH = 8 ∴ [H+] = 10-8mol/L e [OH-] = 10-6 mol/L. Assim, [H+] < [OH-]. b) 919. a) 100 vezes. pH = 8 ∴ [H+] < [OH-], que produz o deslo-

881. a) Local de absorção Estômago Intestino

b) Apresenta baixo caráter ácido-básico, pois não se ioniza significativamente em meio ácido ou básico nas condições do corpo humano. 882. a) Não, pois a concentração de cloro é muito

camento do equilíbrio para a direita. Com isso os íons Fe3+ são retirados do equilíbrio. b) [H+] > [OH-], portanto, pH < 7 920. O pH do estômago é igual a 2. A absorção da anfetamina é mais rápida nesse órgão, pois a concentração de OH- é menor. Já o pH do intestino é igual a 7, o que facilita a absorção da aspirina, pois a

pequena no pH da água potável.

[ClO ][H ] [HClO]
b) Kc = c) Kc = 1 . 10-8

+

156

www.alcidesquimica.com.br

Alcides Ribeiro – Curso Especial de Química
concentração de OH- é maior. 921. a) A maior eficiência na absorção do oxigênio é no pH = 7,6, pois a curva que representa o processo é mais inclinada do que em pH = 7,2. b) Na alcalose, pois o NH4Cl se hidrolisa em meio aquoso deixando a solução ácida diminuindo o pH. 922. E C E C

www.alcidesquimica.com.br

157

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->