P. 1
25-CINÉTICA (LEI E VELOCIDADE)

25-CINÉTICA (LEI E VELOCIDADE)

|Views: 4.413|Likes:
Publicado pornv77vnm

More info:

Published by: nv77vnm on Apr 02, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/10/2014

pdf

text

original

Lei da ação das massas

407. (Fuvest-SP) O estudo cinético, em fase gasosa, da reação representada por NO2 + CO  CO2 + NO Mostrou que a velocidade da reação não depende da concentração de CO, mas depende da concentração de NO2 elevada ao quadrado. Esse resultado permite afirmar que: a) o CO atua como catalisador. b) o CO é desnecessário para a conversão de NO2 em NO. c) o NO2 atua como catalisador d) a reação deve ocorrer em mais de uma etapa e) a velocidade da reação dobra se a concentração inicial de NO2 for duplicada. 408. Determine a variação da velocidade da reação: N2(g) + 2H2(g)  2NH3(g) Se, simultaneamente, forem duplicadas as concentrações do N2 e do H2. 409. (Mack) A reação A + B  C apresenta uma velocidade de reação igual a k [A]2 [B]. Se triplicarmos as concentrações de A e B e mantivermos todas as outras condições constantes, a velocidade da reação: a) permanecerá constante b) ira triplicar c) ficará 18 vezes maior d) ficará 27 vezes maior e) ficará 9 vezes maior 410. A reação 2A + 2B  2AB processa-se, em fase gasosa, em etapas: 1ª etapa: A + 2B  AB2 (lenta) 2ª etapa: AB2 + A  2AB (rápida) A lei da velocidade é: a) V = K.[A]2.[B]2 b) V = K.[A].[B] c) V = K.[A].[B]2 d) V = K.[A] e) V = K.[B]2 411. A reação, em fase gasosa, 2A + 3B  A2B3, realiza-se com velocidade V. Se a concentração de A for triplicada e a de B for reduzida à metade, a nova velocidade da reação será: a) 0,825V b) 1,000V c) 1,125V d) 1,400V e) 1,825V 412. (UnB) Para a reação hipotética: A+BC Tem-se os seguintes dados: [A] inicial mol/L 2,0 6,0 6,0 [B] inicial mol/L 3,0 3,0 6,0 Velocidade inicial mol/L.s 0,10 0,90 0,90

Físico - Química

a) b) c) d)

e)
f)

A expressão de velocidade da reação é v= K.[A].[B]. A reação é de 2ª ordem A velocidade da reação é independente da concentração de A. A velocidade da reação depende da concentração de A e da concentração quadrática de B. A constante de velocidade da reação é K= v/[A]2. A adição de um catalisador não altera a velocidade da reação.

413. (IME-RJ) No estudo da cinética da reação: 2NO(g) + H2(g)  N2O(g) + H2O(g) ocorrendo à temperatura de 700ºC, dados constantes da tabela a seguir. C(concentração inicia)] (mol/L) NO H2 0,025 0,01 0,025 0,005 0,0125 0,01 foram obtidos os

Velocidade inicial (mol/L.s) 2,4 x10-6 1,2 x10-6 0,6 x10-6

Pede-se: a) a ordem global da reação b) a constante de velocidade a esta temperatura 414. Um determinado defensivo agrícola, quando exposto ao meio ambiente, decompõe-se através de uma reação química. Considerando que a velocidade de decomposição medida em laboratório apresenta os resultados a seguir: Concentração inicial (g/L) 0,1 0,2 0,6 Velocidade inicial de decomposição (g/L/mês) 0,002 0,004 0,012

Julgue os itens a seguir: a) A decomposição deste defensivo segue uma cinética de segunda ordem. b) O tempo para que a concentração do defensivo se reduza a valores desprezíveis independe da sua concentração inicial. c) A constante de decomposição do defensivo é de 0,02 mês-1. d) O tempo de meia vida do defensivo é de [0,02/In 2] mês. e) A velocidade inicial de decomposição do defensivo é de 0,006 g/L/mês para uma concentração inicial de 0,3 g/L.

Analise-os e julgue os itens a seguir.

www.alcidesquimica.com.br

66

ALCIDES >>>>> Curso de Química

Gabarito:
407. 408. 409. 410. 411. 412. 413. 414. D Ficará 16 vezes maior D C C ECEECE a) 3; b) 0,384 ECCEC

67

www.alcidesquimica.com.br

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->