P. 1
O SEGREDO DE UM CORAÇÃO AMOROSO

O SEGREDO DE UM CORAÇÃO AMOROSO

|Views: 11|Likes:

More info:

Published by: Cássio Luiz Castilho Gomides on May 02, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/01/2014

pdf

text

original

O SEGREDO DE UM CORAÇÃO AMOROSO - GRATIDÃO

Saber dar valor a tudo é um dos dons mais raros e preciosos do mundo. As pessoas que vivem em comunidade aprendem a discernir e a expressar com palavras o valor de outros seres humanos. Sabem que cada pessoa carrega consigo a etiqueta de Deus: “Feito à minha imagem”. Valor comparável a vida do meu Filho. Minha preciosa propriedade, de valor incalculável.
Lc 7.36-50

E rogou-lhe um dos fariseus que comesse com ele; e, entrando em casa do fariseu, assentou-se à mesa. E eis que uma mulher da cidade, uma pecadora, sabendo que ele estava à mesa em casa do fariseu, levou um vaso de alabastro com ungüento; E, estando por detrás, aos seus pés, chorando, começou a regar-lhe os pés com lágrimas, e enxugava-lhos com os cabelos da sua cabeça; e beijava-lhe os pés, e ungia-lhos com o ungüento. Quando isto viu o fariseu que o tinha convidado, falava consigo, dizendo: Se este fora profeta, bem saberia quem e qual é a mulher que lhe tocou, pois é uma pecadora. E respondendo, Jesus disse-lhe: Simão, uma coisa tenho a dizer-te. E ele disse: Dize-a, Mestre. Um certo credor tinha dois devedores: um devia-lhe quinhentos dinheiros, e outro cinqüenta. E, não tendo eles com que pagar, perdoou-lhes a ambos. Dize, pois, qual deles o amará mais? E Simão, respondendo, disse: Tenho para mim que é aquele a quem mais perdoou. E ele lhe disse: Julgaste bem. E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês tu esta mulher? Entrei em tua casa, e não me deste água para os pés; mas esta regou-me os pés com lágrimas, e mos enxugou com os seus cabelos. Não me deste ósculo, mas esta, desde que entrou, não tem cessado de me beijar os pés. Não me ungiste a cabeça com óleo, mas esta ungiu-me os pés com ungüento. Por isso te digo que os seus muitos pecados lhe são perdoados, porque muito amou; mas aquele a quem pouco é perdoado pouco ama. E disse-lhe a ela: Os teus pecados te são perdoados. E os que estavam à mesa começaram a dizer entre si: Quem é este, que até perdoa pecados? E disse à mulher: A tua fé te salvou; vai-te em paz.
Jesus é convidado para comer na casa de um homem. Determinadas regras de etiqueta deveriam ser obedecidas. Um beijo era um gesto educado para saudar a chegada de um convidado. O beijo era dado de formas diferentes:   Mesmo nível social – Beijo no rosto Mestre / Aluno – Beijo na mão

Negligenciar esse ritual equivalia a desprezar alguém. Lavar os pés era uma obrigação antes das refeições:     Convidado muito importante – Anfitrião lavava os pés Convidado comum – Servo lavava os pés Anfitrião arrogante – Oferecia água ao convidado O anfitrião solícito oferecia azeite a seus convidados.

1

Jesus chega naquela casa e não recebe nada. Não são omissões sutis, difíceis de ser notadas. Nesse caso, foi uma bofetada no rosto. O insulto a Jesus foi intencional, foi declarada guerra e todos queriam ver a reação de Jesus.

DOMINADA PELO AMOR Há uma mulher presente, uma prostituta. As palavras de Jesus tocaram profundamente em seu coração. Aquela mulher por alguma razão tinha se tornado uma prostituta. E carregava dentro de si enormes feridas de rejeição. Ninguém falava com ela ou notava a sua presença, ela era nada para a sociedade da época. Quando aquela mulher ouve os ensinamentos de Jesus, um pensamento lhe ocorre. “Talvez eu seja amada por Deus, apesar da minha vida de pecado”. Não é tarde demais... Nem mesmo para ela. Fica sabendo da presença de Jesus naquela refeição e entra no pátio da casa, um ato de muita coragem. Ela tinha certeza que não seria bem vinda. Observa o tratamento dado por Simão a Jesus. Aquele que lhe deu nova vida foi desprezado e insultado. A mulher não tolera esse comportamento rude. Seu amor, devoção e raiva vêm à tona. Ela tem uma ideia: Pode beijar os pés de Jesus. Lavar os pés de alguém era um ato de humilhação; beijá-los seria ato de absoluta humilhação. Ela se ajoelha e beija-lhes os pés como se tivesse cumprimentando-o, homenageando-o. Em seguida, com muita coragem, olha para Jesus, em vez de ver condenação, julgamento, desprezo, ela vê amor.

Lágrimas brotam em seus olhos, muitas e correm pelo rosto. Lágrimas de tristeza pelo que ela tem feito Lágrimas de gratidão porque Jesus oferece perdão Lágrimas de alegria pela sua nova vida

Os pés de Jesus, que não foram lavados por Simão, estão molhados de lágrimas. Como enxugá-los? Em uma atitude corajosa, a mulher solta os cabelos e enxuga os pés de Jesus com seus cabelos. Ela pega um frasco de alabastro e o esvazia nos pés de Jesus, e os beija repetidas vezes. Subjugada e prostrada diante da genuína bondade de Jesus, ela se esquece de quem é e de onde está e se derrama perante ele em adoração e gratidão, sem envergonhar-se de sua atitude. Simão observa a cena, aquilo não estava em seus planos. Lc 7.39 – Simão duvida que Jesus é uma profeta, pois Jesus permite que aquela mulher pecadora lhe toque.

2

O mais surpreendente de tudo é a diferença entre a reação de Simão e a reação da mulher perante Jesus. Jesus conhecendo o coração de Simão e daquela mulher, procura mostrar a Simão o valor daquela mulher. E lhe conta uma parábola. Lc 7.41 Ambos deviam dinheiro e não tinham como pagar. Só que um devia muito e o outro pouco. As duas dívidas são perdoadas Agora, Jesus pergunta a Simão, qual deles vai ver seu mundo se modificar completamente? Simão responde como se tivesse alguma dúvida. Jesus agora com os olhos na mulher continua a falar com Simão. Jesus está convidando Simão a olhar para aquela mulher que está no chão, alguém muito apreciado por Deus, de valor incalculável. Jesus vira-se para a mulher e mostra-lhe que as suas palavras são dirigidas também para ela. Todos no pátio olham para ela. Além de perdoá-la, Jesus tornou-se seu protetor, advogado e amigo. Ela queria defendê-lo; agora ele é seu defensor. Jesus diz: “Vê esta mulher?” Simão vê um objeto, algo sujo, sem dignidade. Veja as pessoas como Jesus vê. Abençoe as pessoas, como Jesus abençoa.  Jesus esta abençoando o dia de hoje, e por isso olha para aquela mulher que não derramou somente lágrimas, mas derramou toda a sua unção, ungüento (perfume). Não dê esmolas a Deus, e isso não significa só dinheiro, é adoração, louvor, culto, separe um tempo ao Senhor, dê exclusividade ao Senhor. Não deixe ninguém lhe tirar a alegria de fazer a obra do Senhor, encontrarás muitos obstáculos, pessoas querendo lhe atrapalhar, mas nunca desista, reúna mais forças e continue o seu trabalho para o Senhor.

- “Você não me deu água para lavar os pés” – Jesus fala com humildade e moderação, ele não
foi tratado nem como um convidado comum.

Mas aquela mulher transformou um ato de cortesia em uma expressão de amor. - “Você não me saudou com um beijo” – A modéstia de Jesus é surpreendente, ele poderia ter dito: “Você não beijou a minha mão”. Os pés eram a parte mais desprezível do corpo. Beijá-lo era impensável. Mas aquela mulher não parava de beijar os pés de Jesus.

3

Você sabe o que significa beijo nos pés? E beijo nos pés é dado somente aos Reis. Ela chegou e beijou-o como Rei, ela estava diante dos Reis dos Reis. Rei somente é Jesus. - “Você não ungiu minha cabeça com óleo”. Mas aquela mulher usou o que tinha de melhor, algo que lhe custou tudo. Jesus diz a ela que os seus pecados estão perdoados. Dá para você imaginar a alegria no coração daquela mulher?

Aquele a quem foi muito perdoado, muito ama. Aquele a quem pouco foi perdoado, pouco ama.
É por isso que a mulher ama Jesus de maneira tão intensa. Simão se considera um homem com poucos pecados, que Deus não o julga um homem com poucos pecados. Ele se considera um pequeno devedor. O que existe naquele lugar não é o pecado da mulher.

É O PECADO Dos lábios que não beijam Dos joelhos que não se dobram Dos olhos que não choram Das mãos que não servem Do perfume que nunca sai do frasco

É o pecado do coração que não se arrepende, de uma vida que não muda, de uma alma que não ama.
O maior mandamento de todos é o mandamento do amor. O maior pecado de todos é a recusa em obedecer ao grande mandamento. Jesus está mostrando para Simão: Você é o maior devedor de todos. Jesus diz para cada um de nós: Você é o maior devedor de todos. Se ao menos pudesse ver, ser humilde e compreender que Jesus o ama de qualquer maneira, mesmo reconhecendo sua incapacidade de amar.

Ela necessita de graça para o coração quebrantado. Ele necessita de graça para o coração
endurecido. Quem é o grande devedor? Você, eu. Complicamos nossa fé e vida de muitas maneiras, mas, no fundo, nosso propósito é simples: Fomos chamados para amar.

4

Jesus mostra aquela mulher que a ama. Jesus deixou que ela o tocasse, algo proibido naquele tempo. Ele aceitou as suas impurezas, tomou para si os seus pecados. Ele aceitou sofrer por ela, ser humilhado, ridicularizado. E ele faz o mesmo por você e por mim. Jesus diz: “Sua fé a salvou; vá em paz”. Ela já tinha sentido muitas emoções, mas paz, jamais. Na verdade, Jesus está dizendo a ela: - Vá em paz, a paz que não pode ser sentida por todos esses que a julgam e a condenam. Levante a cabeça. Não saia daqui sentindo-se desprezada e impura, nem envergonhada por causa desses homens. Saia daqui como filha do Rei. Esse é o poder do amor. Você e eu temos esse poder. Vamos romper nossos limites e chegar aos pés de Jesus. Que ele não seja apenas um convidado...mas um hóspede em nossas vidas... Vamos honrá-lo não por aquilo que Ele pode nos dar...mas pelo que Ele É. Reconhecê-lo como nosso Sacerdote e deixar que Ele nos MUDE...nos TRANSFORME!!!

5

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->