Você está na página 1de 6

Prof.

Antonio Flvio Andrada

A palavra tica originada do grego ethos, (modo de ser, carter) atravs do latim mos (ou no plural mores) (costumes, de onde se derivou a palavra moral). Em Filosofia, tica significa o que bom para o indivduo e para a sociedade, e seu estudo contribui para estabelecer a natureza de deveres no relacionamento indivduo sociedade

Define-se Moral como um conjunto de normas, princpios, preceitos, costumes, valores que norteiam o comportamento do indivduo no seu grupo social. Moral e tica no devem ser confundidos: enquanto a moral normativa, a tica terica, e buscando explicar e justificar os costumes de uma determinada sociedade, bem como fornecer subsdios para a soluo de seus dilemas mais comuns. Porm, deve-se deixar claro que etimologicamente "tica" e "moral" so expresses sinnimas, sendo a primeira de origem grega, enquanto a segunda sua traduo para o latim.

A tica tambm no deve ser confundida com a lei, embora com certa frequncia a lei tenha como base princpios ticos. Ao contrrio do que ocorre com a lei, nenhum indivduo pode ser compelido, pelo Estado ou por outros indivduos, a cumprir as normas ticas, nem sofrer qualquer sano pela desobedincia a estas; por outro lado, a lei pode ser omissa quanto a questes abrangidas no escopo da tica

Modernamente, a maioria das profisses tm o seu prprio cdigo de tica profissional, que um conjunto de normas de cumprimento obrigatrio, derivadas da tica, freqentemente incorporados lei pblica. Nesses casos, os princpios ticos passam a ter fora de lei; note-se que, mesmo nos casos em que esses cdigos no esto incorporados lei, seu estudo tem alta probabilidade de exercer influncia, por exemplo, em julgamentos nos quais se discutam fatos relativos conduta profissional. Ademais, o seu no cumprimento pode resultar em sanes executadas pela sociedade profissional, como censura pblica e suspenso temporria ou definitiva do direito de exercer a profisso.

Tanto ethos (carter) como mos (costume) indicam um tipo de comportamento propriamente humano que no natural, o homem no nasce com ele como se fosse um instinto, mas que adquirido ou conquistado por hbito (VZQUEZ). Portanto, tica e moral, pela prpria etimologia, diz respeito a uma realidade humana que construda histrica e socialmente a partir das relaes coletivas dos seres humanos nas sociedades onde nascem e vivem.

Você também pode gostar