P. 1
Política de Segurança do Trabalho

Política de Segurança do Trabalho

4.67

|Views: 9.485|Likes:
Publicado porSergio Lima

More info:

Published by: Sergio Lima on Apr 05, 2009
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/01/2013

pdf

text

original

DIRETORIA ADMINISTRATIVA DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS AREA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO

DIRETRIZES
-

A Segurança do Trabalho é prioritária. Em hipótese alguma serão colocadas em risco à saúde e a integridade física e mental dos empregados.

- O empregado é responsável pela utilização e guarda dos equipamentos e ferramentas de trabalho, equipamentos de proteção individual e de proteção coletiva.
-

Todo empregado deve proceder á execução segura de suas tarefas, devendo também adiar ou recusar a realização destas tarefas em que as condições de segurança, não estejam devidamente satisfeitas.

- Os equipamentos de proteção individuais e coletivos são de uso obrigatório na execução de tarefas em áreas de risco constituindo-se em falta grave a recusa de seu uso, podendo o empregado ser demitido por justa causa.
-

As empresas prestadoras de serviço que não se enquadrarem no Anexo II da Norma Regulamentadora Nº. - 04 da Portaria Nº. 3.214 de 08/06/1978 do ministério do trabalho, devem cumprir as normas internas e legais relativas à saúde, higiene e Segurança do Trabalho. Cabendo as chefias envolvidas a responsabilidade de providenciar e fiscalizar o atendimento a este dispositivo. O Departamento de Recursos humanos – RH, através do SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho), é o órgão normativo, orientador e responsável pela supervisão das ações das Áreas e das CIPAs (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes).

-

- A Diretoria da Empresa priorizará o atendimento a estas diretrizes. E convoca todos os empregados para se empenharem no cumprimento das suas obrigações.

ATRIBUIÇÕES COMPETE À DIRETORIA. - Apoiar as diretrizes de Segurança do Trabalho no âmbito de suas área de responsabilidade, assegurando o desenvolvimento contínuo do exercício do trabalho. - Estimular a participação ativa dos empregados nos programas e campanhas de Segurança do Trabalho. - Exigir permanentemente das chefias a obediência das Normas de Segurança. COMPETE AO DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS ATRAVÉS DO SESMT. - Orientar o desenvolvimento das Políticas de Segurança do Trabalho. - Normatizar e divulgar as instruções de Segurança do trabalho. - Realizar Inspeções de Segurança , examinando as práticas e as condições que possam causar acidentes , interrompendo os trabalhos considerados sem segurança. - Elaborar e participar dos programas de Treinamento de Segurança e Medicina do trabalho. - Programar e realizar as Campanhas Internas de Prevenção de Acidentes de Trabalho em conjunto com as CIPAs. - Supervisionar o cumprimento das normas regulamentadoras da Portaria n.º 3.214, de 08/06/1978, do Ministério do Trabalho. COMPETE ÀS CHEFIAS - Responsabilizar-se diretamente pela segurança de seus subordinados exigindo a obediência das Normas de Segurança do Trabalho.

- Participar ativamente dos Programas de Prevenção de Acidentes, motivando seus subordinados a se interessarem pelo assunto. - Apoiar as ações dos representantes das CIPAs, motivando a participação dos seus subordinados nas reuniões da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes.
-

Respeitar e fazer serem respeitadas as normas de Segurança do Trabalho.

- Supervisionar o trabalho de seus subordinados, exigindo que todos os empregados usem Equipamentos de Proteção Individual e Coletiva. COMPETE AOS EMPREGADOS. - Executar as tarefas com a máxima atenção, garantindo segurança a sua pessoa , ao seu colega de Trabalho e ao Público em geral. - Exigir da Chefia o fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual e Coletiva responsabilizando-se pela guarda e conservação dos mesmos. - Respeitar as Normas de Segurança do Trabalho e praticar os ensinamentos adquiridos em treinamentos. - Seguir as instruções das chefias e analisar a tarefa que lhe for designada, observando se existe segurança na sua execução, evitando executar tarefas sem condições físicas e psicológicas.
-

Informar a chefia imediata às ocorrências de Acidentes do Trabalho de que tenha sido vítima.

- Participar ativamente das Campanhas de Prevenção de Acidentes do trabalho e das eleições das CIPAs, candidatando-se como representante da sua área. - Ao dirigir veiculo da empresa seguir rigorosamente as leis de trânsito. Alcenir Mozart Nunes Técnico de Segurança do Trabalho

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->