Você está na página 1de 26

Geografia:

Indústria
Professor: Jakes Paulo
Geografia - Indústria

A EVOLUÇÃO DA INDÚSTRIA

Resultado das
Espaço transformações
geográfico introduzidas pela
contemporâneo Revolução
Industrial em suas
diferentes etapas
Independentemente do fato de um lugar abrigar, ou não, a indústria em
seu espaço físico, ela está presente nos produtos consumidos pela
população local, nos meios de comunicação e nos meios de transporte.
www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

A EVOLUÇÃO DA INDÚSTRIA

Indústria é o conjunto das atividades


realizadas na transformação de objetos
em estado bruto, as chamadas matérias-
primas naturais ou não -, em produtos
que tenham uma aplicação e satisfaçam
as necessidades do homem.
Três estágios fundamentais: o artesanato, a
manufatura e a maquinofatura.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

A EVOLUÇÃO DA INDÚSTRIA

Estágio em que o produtor


Artesanato (artesão) executava
sozinho todas as fases da
produção e até mesmo a
comercialização do
produto. Não havia divisão
do trabalho nem o
emprego de máquinas,
Produtores levando seus grãos ao
somente de ferramentas
moinho. Imagem: Le Point
simples. (até o séc. XVII)
www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

A EVOLUÇÃO DA INDÚSTRIA
A manufatura corresponde ao
Manufatura estágio intermediário entre o
artesanato e a maquinofatura.
Nesse estágio já ocorria a divisão
do trabalho (cada operário
realizava uma tarefa ou parte da
produção), mas a produção ainda
dependia fundamentalmente do
trabalho manual, embora já
houvesse o emprego de máquinas
simples. Esse estágio corresponde
Imagem capturada no endereço -
http://paginas.terra.com.br/arte/mundoantigo/industrial/cang
a fase inicial do capitalismo. (1620-
1.htm
1750).
www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

A EVOLUÇÃO DA INDÚSTRIA

É o estágio atual, iniciado


Indústria com a Revolução Industrial.
Podendo ser caracterizado
pelo emprego maciço de
máquinas e fontes de energia
modernas (carvão mineral,
petróleo, etc.), produção em
larga escala, grande divisão e
especialização do trabalho.
http://www.jornallivre.com.br/49396/revolucao- (1750 até hoje).
industrial.html

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

Profundas transformações resultantes


do progresso da técnica aplicada à
indústria, ou seja, a passagem de uma
sociedade rural e artesanal para uma
sociedade urbana e industrial.
indústria se expande da Inglaterra, estabelecendo-se em outros países
europeus, como Alemanha, Bélgica, França e, mais tarde para outra
áreas fora da Europa Ocidental como Japão, Estados Unidos, Rússia,
etc.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

PRINCIPAIS CAUSAS DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

• Acumulação de capitais provenientes da expansão


comercial e da política mercantilista.
• Transformações na estrutura agrária, liberando mão-de-
obra para a cidade.
• Acelerado processo de urbanização.
• Ascensão da burguesia
• Invenções mecânicas e a utilização de fontes de energia
modernas

Essa etapa da expansão industrial dos países desenvolvidos (séc. XVIII


e XIX) é denominada de industrialização clássica, enquanto o
processo de industrialização dos países desenvolvidos (segunda
metade do séc. XX) é chamada de industrialização tardia ou
retardatária.
www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

PRIMEIRA E SEGUNDA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

Introdução da indústria moderna na Inglaterra

Início do capitalismo industrial (concorrencial ou liberal).

Modificou as relações sociais e territoriais, difundiu cultura e


técnica, aprofundou a competição entre os povos,
concentrou a população no espaço e provocou o
crescimento cada vez maior das cidades

Trabalhadores eram obrigados a trabalhar conforme o ritmo


das máquinas, de maneira padronizada

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

O “lucro” não advinha mais da exploração


das colônias, mas sim, da produção de
mercadorias pelas indústrias, que trazia
embutido a exploração dos trabalhadores
através da mais-valia.

Dentro das fábricas, mudanças importantes


aconteceram: a produtividade e a capacidade de
produzir aumentaram velozmente; aprofundou-se a
divisão do trabalho e cresceu a produção em série.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

Segunda Revolução Industrial


Introdução de novas tecnologias e novas fontes de energia
no processo produtivo.

Tendo como pioneiros a Alemanha e os Estados


Unidos, a ciência era apropriada pelo capital, sendo
posta a serviço da técnica, ao contrário da primeira
revolução industrial onde as tecnologias eram
resultados espontâneos e autônomos. Agora
empresas eram criadas com o fim de descobrirem
novas técnicas de produção.
Expansão imperialista na Ásia e na África
www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

No final do séc. XIX, a fusão entre o capital industrial


e o financeiro e, mesmo a fusão entre indústrias,
levou ao aparecimento de empresas gigantescas, os
monopólios e oligopólios (empresas de grande
porte que se associam para controlar o mercado),
ocorrendo, com isso, um enfraquecimento da livre
concorrência. Pela baixa competitividade, as
pequenas empresas, que não acompanharam essa
nova tendência do desenvolvimento econômico
capitalista, faliram ou foram absorvidas pelas
grandes.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

A REVOLUÇÃO TÉCNICO-CIENTÍFICA

CIÊNCIA
ESTREITAMENTE LIGADA À
ATIVIDADE INDUSTRIAL E ÀS
OUTRAS ATIVIDADES
ECONÔMICAS: AGRICULTURA,
PECUÁRIA, SERVIÇOS.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

TECNOPÓLO
Centro que reúne, num mesmo lugar, diversas
atividades de alta tecnologia, pesquisa &
desenvolvimento, empresas e universidades,
centros de pesquisa, etc. que facilitam os contatos
pessoais entre esses meios, produz efeito de
sinergia de que podem surgir inovações técnicas e
novas idéias. Os tecnopólos concentram grande
quantidade de mão-de-obra altamente qualificada.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

TECNOPÓLO
São originários dos Estados Unidos,
quando a Universidade de Stanford, na
Califórnia, criou o Silicon Valley e têm
espalhado-se em outros lugares como
Europa e Japão. Podemos considerar
Tecnopólis (cidades tecnopólos):
Tsukuba (Japão) e Campinas (Brasil).

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

INVESTIMENTOS EM NOVAS TECNOLOGIAS

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

TECNOPÓLOS

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

OS TIPOS DE INDÚSTRIA

Indústrias de bens de produção ou de base


(indústria pesada)

São principalmente as siderúrgicas, as metalúrgicas, as


petroquímicas e as de cimento. Essas indústrias transformam
grande quantidade de matéria-prima e por isto costumam
localizar-se próximas a portos, ferrovias e fontes de matéria-
prima para facilitar o recebimento desta última e facilitar o
escoamento da produção.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

OS TIPOS DE INDÚSTRIA

Indústria de bens de capital ou bens


intermediários

A principal função dessas indústrias é equipar


indústrias de todos os tipos: elas produzem
máquinas, ferramentas, autopeças e outros bens.
Localizam-se próximo aos centros de consumo, isto
é, em grandes regiões industriais.

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

OS TIPOS DE INDÚSTRIA

Indústrias de bens de consumo (leve)

Estão mais ligadas ao mercado consumidor e à oferta de mão-


de-obra, por isto estão mais dispersas espacialmente. O destino
de sua produção é o grande mercado consumidor (população
em geral). Temos indústrias de bens de consumo duráveis
(eletrodomésticos, aparelhos eletrônicos, móveis e automóveis)
e de bens de consumo não-duráveis (alimentos, bebidas,
vestuário, calçados).

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

OS TIPOS DE INDÚSTRIA

As indústrias de ponta

Denominam-se indústrias dinâmicas ou de tecnologia de ponta


aqueles setores nos quais a pesquisa exerce um papel
fundamental. Sua atividade depende em grande parte das
inovações que geram. Estas indústrias necessitam de grandes
investimentos para funcionar e dedicam grande parte deles ao
desenvolvimento de novas pesquisas, para criar novos
processos de produção e novos produtos. Esta denominação
engloba setores como o farmacêutico, o da informática, o
aeroespacial e o das telecomunicações.
www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

www.scribd.com/professor_jakes
Geografia - Indústria

www.scribd.com/professor_jakes