Você está na página 1de 40

www.santificando.blogspot.

com

A ORAÇÃO EM LINGUAS

Este texto é retirado dos ensinamentos


do pastor Dave Roberson através de
suas cartas, enviadas aos fiéis de seu
ministério.

Queridos amigos esta apostila é parte de um trabalho que estamos


elaborando e precisamos de recursos.
Para ajudar-nos simplesmente acesse este link em baixo e click em
um dos anúncios da google e estará nos ajudando.
PARA MAIS INFORMAÇÕES E TEXTOS ACESSE O NOSSO SITE
www.santificando.blogspot.com
1. UM GRANDE MESTRE

Aqui vão algumas boas notícias: Todo filho de Deus tem direto acesso ao Pai
Celestial. Tanto faz se tal pessoa é chamada para ser um apóstolo todo
poderoso ou simplesmente o “Sr. José” qualquer, todas as pessoas têm o
direito de ouvir a voz de Deus.

De fato, Deus disse que debaixo da Nova Aliança, não seria como na Antiga
Aliança, quando os homens ensinavam outros homens para conhecerem o
Deus deles através de ordenanças, preceitos, dias santos, e os Sábados.
Agora, em vez disso, todos os que são nascidos de novo recebem a natureza
de Deus e então irão conhecê-Lo por si mesmos – do menor ao maior, desde a
Mariazinha até a Primeira Dama!

“Não ensinará jamais cada um ao seu próximo, nem cada uma ao seu irmão,
dizendo: Conhece ao Senhor, porque todos me conhecerão, desde o menor até
ao maior deles, diz o Senhor. Pois perdoarei as suas iniqüidades e dos seus
pecados jamais me lembrarei”. JEREMIAS 31:34

A voz de Deus não está apenas reservada para poucos pregadores como
William Branham, que costumava operar profundamente com a palavra de
conhecimento, mesmo dizendo às pessoas através do Espírito detalhes como o
nome delas e seus endereços. A voz de Deus está totalmente disponível para
TODOS OS SEUS FILHOS – não apenas para o propósito de um ministério,
mas também para guiar a todos os cuidados da vida. Todos os crentes
precisam aprender como o Espírito Santo se comunica com eles, bastando
apenas desenvolver seus ouvidos espirituais, para ouvi-Lo.

Deus se comunica conosco em quatro tipos básicos. O primeiro jeito e o mais


comum é O TESTEMUNHO INTERIOR. Este método de comunicação
basicamente envolve uma, de duas coisas: tanto um senso de paz interior que
nos indica “vá em frente” em uma determinada situação ou o que é sempre
chamado “dar uma checada em nosso espírito”. Segundo, Deus se comunica
através de REVELAÇÃO. Este é o jeito mais efetivo que Ele usa para se
comunicar.

O testemunho interior lhe dá uma direção geral em sua vida. Parece que você
já sabe dentro de você o que é para fazer, “Ah sim!, já sei é para eu fazer isso
mesmo” ou “Não, não! Eu estou para fazer alguma coisa que eu não deveria
fazer”. Mas quando Deus se comunica com você através de revelação, é o
equivalente de se compreender uma revelação global no espírito “como o chip
de um computador”; então é enviado pelo Espírito Santo para o seu espírito,
aonde todo o conteúdo é liberado de uma só vez. Há poucos momentos atrás
você era apenas um simples computador que não tinha nada em seu “disco
rígido” com relação àquela revelação. Mas de repente o Espírito Santo faz o
‘download’ para o disco rígido do computador e libera um programa inteiro
contendo sabedoria de revelação dentro de você, e você percebe, AGORA EU
SEI TUDO SOBRE ESSE ASSUNTO!
Deus tem o máximo prazer de se comunicar com o seu espírito humano
através de revelação porque Ele pode por uma revelação inteira dentro do seu
espírito em uma fração de segundo. Subitamente você acaba de entender tudo.

Por muitas vezes eu já recebi uma revelação inteira em menos de um segundo.


Deus simplesmente fez o ‘download’ em meu espírito, e então eu levei três
meses para pregar o que eu recebi.

Deus não reservou esta experiência somente para os pregadores. Por


exemplo, se uma pessoa possui um negócio, Deus pode fortalecê-lo em um
milésimo de segundo através deste jeito de revelação. Naquele minúsculo
espaço de tempo, Ele pode mostrar para aquela pessoa o que ele precisa fazer
para ganhar um milhão de dólares num espaço, de apenas, um ano.

A questão é, Deus pode se comunicar com você daquele jeito? Mais para
frente eu vou falar com você como se posicionar para ouvir de Deus através de
revelação orando em línguas. Mas primeiro vamos olhar o TERCEIRO JEITO
que Deus usa para se comunicar com você: através de SUA PRÓPRIA LÍNGUA
NATIVA – isto é, na língua (vernáculo) em que você pensa.

Há muito tempo atrás, quando Deus profetizava através de mim ou falava


comigo, Ele sempre falava comigo perfeitamente em Inglês da tradução King
James. Se Ele não falasse dessa maneira eu pensaria que não era Deus.

No meu espírito eu ouvia o Senhor dizendo assim: “Assim diz o Senhor...”


Então eu falava alto aquela declaração, e então o resto da profecia continuava.
Mas hoje, Deus profetiza através de mim por revelação. Primeiro Ele me alerta
do que Ele quer profetizar, então Ele despeja uma revelação inteira e me deixa
escolher as minhas próprias palavras para explicar aquela revelação.

Eu me lembro do dia quando Ele quebrou os limites da minha percepção que


todas as profecias de Deus vinham em Inglês da tradução King James. Ele me
perguntou, “Filho, poderia um japonês profetizar em inglês através da tradução
King James?” Eu fiquei pensando naquilo e vi que era impossível. Foi então
quando eu percebi que Deus se comunicaria com um crente em qualquer que
fosse o idioma em que ele pensasse.

O QUARTO jeito que Deus se comunica conosco é através de VISÂO. O mais


dramático tipo de visão que tem é a visão aberta. Esta é quando tudo
desaparece da sua frente e é trocado pelo o que você está vendo na região do
Espírito. Pessoalmente, eu tive apenas três ou quatro dessas visões em todos
esses anos.

Mas, a visão mais comum é aquela que Deus põe em seu espírito como se
tivesse pintado um quadro. Assim que você se tornar mais familiarizado com
esse canal no qual Deus se comunica com você, vai ser difícil perder esse tipo
de visão. Ele irá, literalmente, materializar uma figura, um quadro, bem dentro
do seu espírito, lá no fundo, então ele irá passar aquilo para sua mente natural.
Quando isto acontece comigo, muitas das vezes, eu estou debaixo de uma
tremenda unção de Deus, mas mesmo assim com consciência plena da região
física. Eu poderia estar olhando diretamente para uma pessoa, e de repente,
Deus pinta um quadro sobre aquela pessoa em meu espírito, se manifestando
através da palavra de sabedoria.

Por exemplo, eu estou lá em pé diante de alguém, e de repente poderia se


materializar em meu espírito um coração com uma válvula preta. Eu sei então
que Deus quer realizar um milagre no coração daquela pessoa,
especificamente em uma daquelas válvulas daquele coração. Ou algumas
vezes, o diagnóstico do médico irá se materializar na minha frente enquanto eu
estou ministrando a uma pessoa doente, e eu irei ler aquele diagnóstico no
qual o médico disse sobre os problemas físicos daquela pessoa.

Outras vezes, eu estou testemunhando para alguém, e um quadro é


materializado dentro de mim mostrando que não tem nada a ver com o que eu
estou falando. Por exemplo, uma vez eu estava querendo que uma mulher se
tornasse salva, mas ela se mostrava muito indiferente. Eu disse a ela,”De fato,
você precisa ser salva”.

“Hum, hum”.
“Você precisa conhecer Jesus”.

“Ah! Está certo”.

“Você quer receber Jesus como seu Salvador?”

“Ah sim, com certeza”.

De repente, eu vi em meu espírito um guarda-louça vazio e uma cama sem


lençol e sem colchão. Foi isso, então soube como ajudá-la! Imediatamente eu
era capaz de ministrar especificamente para a condição de sua vida tão
machucada pela pobreza e conduzi-la ao Senhor.

Este tipo de visão pode também acontecer mesmo quando você não está sob
uma unção. Contudo, neste caso é mais difícil de dizer a diferença entre o tipo
de visão que a sua mente produz e a manifestação de uma visão, que ocorre
num nível bem profundo dentro de você.

Algumas vezes Deus me surpreendeu mostrando-me pequenas coisas que eu


deveria saber. Por exemplo, uma vez Ele me mostrou aonde eu tinha perdido a
minha carteira.

Eu tinha acabado de voltar de uma viagem e estava descarregando a minha


bolsa de mão do carro, quando sem perceber, a minha carteira caiu do bolso
da minha calça dentro desta bolsa que estava com o zíper aberto. Eu a fechei e
a coloquei dentro do closet. Mais tarde comecei a procurar pela minha carteira.

Então eu procurei, procurei e procurei a tal carteira perdida. Finalmente eu


parei de procurar e orei por alguns momentos pela carteira perdida – então
imediatamente Deus me deu uma visão. Na visão eu vi a bolsa parcialmente
aberta. Então eu olhei dentro dela e lá estava a minha carteira!

Eu corri para o closet e peguei a bolsa. Quando eu a abri e vi a carteira lá, eu


desejei ter orado por aquilo três horas antes!

Outra vez foi com a chave do carro que meu filho havia perdido. Eu orei e pedi
para o Senhor ajudar-nos a achar a chave perdida. De repente tive uma visão
materializada dentro de mim, onde vi a chave sobre a máquina de refrigerante
localizada no mesmo prédio onde nós estávamos. Meu filho tinha deixado a
chave lá no momento em ele estava comprando uma lata de soda. Eu disse a
ele, “Olha, vai lá e veja em cima da máquina de refrigerante”. Ele foi e com toda
certeza a chave estava lá!

Então vamos ver um pouco mais adiante sobre ouvir a voz de Deus. O tempo
todo as pessoas estão me perguntando, “Qual é a coisa que eu mais preciso
para ouvir a voz de Deus?”

E eu sempre respondo, “ A paz de Deus – pois se você não desenvolver a sua


habilidade de viver na paz de Deus, você nunca conseguirá discernir o
testemunho interior”.

Pense nisso – se você estiver se sentindo com problemas o tempo todo, como
Deus irá se comunicar com você? Como Ele poderá lhe dar um testemunho
interior com a paz para você ir para certa direção se você constantemente está
atormentado? Como Ele poderá falar para você o jeito certo que você tem que
fazer para superar uma situação difícil sendo que você está vivendo em
completo medo de seguir a direção de Deus? Se você estiver totalmente
convencido da sua destruição, como Deus poderá lhe mostrar dentro de você
como sair daquela situação e ficar livre do seu problema? Esta é então a
maneira mais poderosa de promover a habilidade para ouvir a voz de Deus,
desenvolvendo constantemente o hábito de viver na divina paz.

Agora vamos ver o papel da oração em línguas quando vem para ouvir Deus.
Em primeira Coríntios 14:14 diz, Porque se eu orar em outras línguas, o meu
espírito ora de fato, mas a minha mente fica infrutífera. Então em Isaías 28,
Deus diz, Pelo que por lábios gaguejantes e por língua estranha falará o
Senhor a este povo, ao qual ele disse, Este é o descanso, daí descanso ao
cansado, e ESTE É O REFRIGÉRIO...

O Espírito Santo estava testificando em Isaías 28 que um dia os homens


nasceriam de novo e o Espírito de Deus viria habitar no espírito deles. Seria
então naquele tempo onde o povo de Deus seria capaz de entrar no
“descanso” falado pelo profeta através da oração em línguas.

Quando você ora bastante em línguas, Deus irá trazer aquele descanso
sobrenatural e passará a dominar toda a sua alma. Então Ele será capaz de se
comunicar com você num nível em que você irá vencer tudo para o resto de
sua vida.
Agora me siga atentamente para isso. Na primeira Coríntios 14:14, Paulo diz
que se eu orar em outras línguas, será o meu espírito que ora, mesmo que o
nosso entendimento mental seja infrutífero. Veja isso, “o espírito” aqui não está
em letra maiúscula porque neste verso Paulo estava falando do espírito
humano, e não do Espírito Santo.

Paulo estava dizendo isto: Quando eu, Dave Roberson, oro em outras línguas,
é literalmente o meu espírito que está orando. Mas por ser eu o que está
orando – o Espírito Santo em primeiro lugar tem que me mostrar algum jeito
como transferir a linguagem Dele que é sobrenatural para mim. Ele faz isso
criando esta linguagem desconhecida dentro de mim.

Anos atrás Deus me deu uma daquelas visões interiores para me mostrar como
Ele faz aquilo. Naquela visão, eu vi como o Espírito Santo traz essa linguagem
desconhecida na minha mente espiritual (a qual é parte do meu homem
espiritual). E aquilo fez sentido pelas vezes quando eu ouvi a voz de Deus.
Parecia que vinha de algo muito profundo e entrava em minha mente natural.
Eu tinha absoluto senso de que a voz de Deus não provinha da minha mente,
de preferência ela vinha PARA a minha mente.

Então eu queria adivinhar, da onde vem a voz de Deus quando eu A ouço? Veja
você que eu queria ouvir a voz de Deus com mais exatidão, eu queria mesmo
descobrir como localizar o canal através do qual Ele fala para que eu pudesse
monitorar e ouvi-Lo a qualquer hora que eu quisesse.

Hoje eu sei localizar esse canal. Eu sei a origem da voz de Deus dentro de
mim. Eu sei da onde aquelas visões vem quando elas explodem em minha
mente. Eu sei aonde Ele se comunica comigo dando-me revelação. Todos os
métodos de comunicação do Espírito Santo vêm do mesmo lugar dentro de
mim.

Irmão Roberson onde fica isso? Você poderia me perguntar. “De onde vem a
voz de Deus?”.

Ela vem do lugar dentro do seu espírito onde o Espírito Santo cria aquelas
línguas. Ele tem que transferir as línguas para você porque é o seu espírito que
faz a oração. De algum modo Ele tem que depositar aquela linguagem
sobrenatural dentro do seu espírito.

“Por que Ele faz isso?”.

A razão é simples – é requerido uma divina transferência de autoridade. Para


que a sua autoridade esteja em operação quando você ora em línguas, o
Espírito Santo não pode ser o único a fazer a oração. Ele tem que transferir a
linguagem sobrenatural a você para garantir que você é quem está orando com
sua própria autoridade e também que são os outros dois membros da
Santíssima Trindade que estão respondendo a oração.

Assim, Um dos membros da Trindade de Deus cria perfeitamente a oração


para você através da mente de Cristo, e os outros dois membros da Trindade
de Deus respondem a oração. Deus está orando por você, e Deus está
respondendo a sua oração. Então por qual razão você está falhando em
alguma área da sua vida?

Bem, por uma razão, você precisa aprender a viver na paz de Deus. Talvez
você esteja pensando, Bem, eu estou orando bastante em línguas, então
Deus irá mover tudo fora do meu caminho. Ah Sim! Mas, talvez o maior
obstáculo da sua vida seja V O C Ê! Ou, você pode estar orando, “Senhor,
ensina-me a oração que muda todas as coisas”. Mas, e se é você a coisa que
mais precisa ser mudada em sua vida?

Entendeu? Porque nós somos criaturinhas carnais, nós queremos ter nosso
bolo e comê-lo também! Em outras palavras, as nossas atitudes podem ser
resumidas freqüentemente desse jeito: Deus, você não poderia me deixar
aqui em paz e mudar todas as outras pessoas?

Então o Espírito Santo transfere Sua linguagem sobrenatural para o seu


espírito porque você é o único que tem a autoridade. Ele mesmo tem que ter a
sua permissão para orar para você porque você é o único que tem a
autoridade.

Alguns anos atrás eu tive uma dramática experiência com Deus na qual a
manifestação da Sua Presença esteve em mim por uma hora e meia. Eu vou te
dizer uma coisa – foi uma outra lição de autoridade! Durante aquela
experiência espiritual, o Senhor disse, “Filho, você é o único que tem a
autoridade aqui, mas Eu sou o ÚNICO que tem o poder! É por isso que Eu
preciso da sua autorização para orar para você, e certamente é por isso que
você precisa de Mim!”.

Ele continuou, “Eu preciso da autoridade que você tem para operar nessa terra.
Mas Eu tenho os milagres e o Poder que você precisa. Quando o dia vier em
que nós estivermos em perfeita comunhão, você simplesmente verá o que Eu
posso fazer em sua vida!”.

Quando o Espírito Santo transfere aquela língua sobrenatural para o seu


espírito, a mente toda de Cristo é depositada em você. Veja você, o Espírito
Santo foi autorizado a orar a mente toda de Cristo, mas Ele mesmo assim
necessita da sua autorização para tal. Isto é o que acontece quando você diz,
“Humm – Eu acho que vou orar!”. Então você começa a orar em outras línguas.
Você simplesmente deu ao Céu a autorização para criar aquela oração no seu
espírito para que você possa orar a mente de Cristo!

Não pare agora, porque você está um passo mais perto daquela busca de ouvir
mais claro a voz de Deus. Você está aprendendo como abrir o canal através do
qual Deus fala para você. Então permaneça orando MUITO no Espírito Santo!

2. COMO OUVIR A DEUS


A porção de ensino desta carta, na qual eu vou falar com você sobre como
ouvir a Deus, foi escrita antes do terrível atentado terrorista em 11 de Setembro
de 2001. Mais tarde eu percebi que neste ensino havia uma importante e
relevante mensagem – não apenas para a vida em geral, mas para os
momentos em que nós precisamos reconhecer claramente a voz do Espírito
Santo, a fim de sermos guiados por Ele contra situações perigosas ou qualquer
circunstância.

Mas, primeiro, eu quero dizer que nós aqui em nossa igreja ‘THE FAMILY
PRAYER CENTER’, como você, e muitos outros, temos orado especificamente
pelas famílias atingidas pelo horrendo fato, contra a nossa nação, e contra o
nosso Presidente. Acredite-me, este não foi um ato de julgamento de Deus.
Muito pelo contrário, eu diria que nós estamos mais em direção a um
reavivamento do que a um julgamento. Nós temos um Presidente que tem
uma nova criatura e está rodeado de boas pessoas para aconselhá-lo. Alguns
destes conselheiros são novas criaturas também – e mesmo alguns deles oram
em línguas!

Eu também quero que você saiba que você está certo se se sentiu em paz
enquanto via as notícias. Eu também me senti em paz, assim como muitas
pessoas com as quais eu conversei. Muitos ficaram pasmados com isso e se
desesperaram ao acompanhar os noticiários deste evento.

Não é o fato que não nos afligimos com a grande perda das vidas ou deixamos
de prestar atenção a isso tudo. Acredite, nós fizemos isto mesmo! Mas, é
certamente bem clara a experiência da ausência total do medo e tormento,
mesmo no meio de tão grande tragédia.

Este tipo de paz sobrenatural indica que você tem orado e permanecido na fé,
fazendo as coisas que você sabe que deve fazer. É também um indicador de
que você está ouvindo a Deus. Eu quero explicar em mais detalhe sobre este
indicador, porque é tão importante desenvolver a habilidade de discernir a voz
do Espírito Santo – Seu Mestre (Professor) enviado por Jesus para guiá-lo,
dirigi-lo e dizer-lhe as coisas que virão (João: 16:13).

Quando eu era jovem no Senhor, eu ouvia as pessoas dizendo: “O Senhor


falou comigo”. Quando eu ouvia aquilo, eu perguntava a eles, “Mas onde Ele
falou com você?”.
“Ele falou bem fundo, aqui no fundo do meu espírito”.
“Você poderia identificar aproximadamente este lugar?”.
“Bem, eu acho que é nesta área da barriga, ou um pouco mais
acima da barriga. Além do que, Jesus disse, “Do seu interior fluirão rios de
água viva”.

Tal resposta não me satisfez, então eu comecei a perguntar a Deus que me


respondesse tal questão. Exatamente onde é que Deus se comunica
conosco? Eu gostaria de saber. E onde é que o Espírito Santo cria a Sua
linguagem sobrenatural em nosso espírito?
Então mais de vinte anos atrás, Deus esclareceu esta confusão para mim.
Enquanto eu estava orando no meu quarto, Ele me deu uma visão interior, na
qual eu vi o homem interior e o homem exterior de um indivíduo. O homem
exterior, o homem carnal, era onde estava a parte mais escura das imagens. A
alma era uma sombra mais clara, e o homem espiritual era totalmente claro.
Assim que eu vi isso tudo, vi também o Espírito Santo criando ou trazendo para
a existência a Sua linguagem sobrenatural em minha mente espiritual, na qual
era ela encaixada perfeitamente dentro da mente natural do meu homem
exterior.

Veja, o que a ciência tem rotulado de subconsciente é precisamente a mente


espiritual. Os cientistas dizem que ele (o subconsciente) contém uma
habilidade incrível que excede além da capacidade operacional do cérebro
físico.

Então quando o Espírito Santo cria a linguagem Dele que é sobrenatural em


você, aquelas línguas vêm das profundas reentrâncias da sua mente espiritual
que fica junto a sua mente física. É lá que o Espírito Santo cria sua língua e a
transfere para o seu espírito.

Agora, quando você está orando em línguas, sua mente está livre para pensar
outras coisas enquanto você deixa aquela língua sobrenatural vir para a sua
boca. Por exemplo, você pode ler a Palavra enquanto você ora no Espírito.
Enquanto você lê a Palavra e ora em línguas ao mesmo tempo, o Espírito
Santo irá sempre trazer revelação para a sua mente ou ao seu entendimento.

“Eu posso orar em línguas somente em minha mente? Sim, isso é possível. A
linguagem do Espírito Santo pode passar por sua língua (sem orar) e desviá-la
para a sua mente, isto é, ter a intenção em sua mente de orar, podendo até
mesmo “ouvir“ as línguas em sua mente natural.

Contudo, para que se complete esse canal da oração, você não pode apenas
orar em línguas em sua mente. Eventualmente sua mente passará a pensar
em outra coisa qualquer e dispensará as línguas, até que você perceberá não
estar mais orando.

Esta língua sobrenatural deverá vir para a sua boca afora. A sua língua age
como uma porta que por sua autorização libera do seu espírito humano para
este mundo natural. Quando esta autorização é liberada, as suas orações
trazem o propósito de Deus para esta terra.

Isto não significa que você tenha que falar alto quando você ora em línguas.
Veja então o que Primeira Coríntios 14:28 diz com referência ao orar em
línguas: “Mas não havendo intérprete, fique calado na igreja, falando consigo
mesmo e com Deus”.

Você pode falar consigo mesmo quando você ora em línguas. Em outras
palavras, você pode orar silenciosamente a ponto de ninguém ao seu redor
poder escutar. Você está se edificando porque está falando consigo mesmo e
esta língua está vindo pela sua boca afora.
Veja, quando você ora em línguas por um tempo, abre-se um canal numa parte
do seu espírito onde Deus se comunica com você. É por isso que você irá
achá-la, se você orar em línguas por um minuto ou dois e então parar, porque
aquelas línguas continuarão vindo para a sua mente. Se então, Deus fala com
você em sua língua nativa, as palavras Dele virão naquele mesmo exato canal
onde as línguas vêm para a sua mente. É deste jeito que Deus traz
freqüentemente a interpretação das línguas as quais você está falando. Uma
vez que as línguas abrem o canal para o espírito, a interpretação deve vir pelo
mesmo canal.

Agora que eu já sei como abrir este canal, Deus fala comigo o tempo todo. Eu
sei como fechar os meus sentidos naturais no meio de todo tipo de confusão e
monitorar aquela parte do meu espírito donde vem a voz de Deus para a minha
mente natural. Eu consigo ouvir as Suas palavras em inglês. Eu posso receber
uma visão ou discernir o Seu testemunho interior ou conferir tudo em meu
espírito. Independentemente de qualquer tipo de tormento ao meu redor, eu
consigo ficar à parte e esperar alguma coisa vir através deste canal do meu
espírito – e você também pode ter isso!

Agora, por favor, entenda-me, por uma única razão pela qual eu posso te
ensinar isso com detalhes, é exatamente por que Deus me ensinou tudo isso
em detalhes. Mas Deus não poderia ter feito isso a menos que eu tivesse
aprendido como abrir este canal entre eu e Ele através da oração em línguas.

Se você for persistente em orar em línguas, a comunicação de Deus para você


através deste canal se tornará mais forte, mais clara e mais definida. Quanto
mais você se der à oração, mais Ele será capaz de trazer descanso para a sua
nova natureza. Quanto mais você viver neste descanso, você será muito mais
capaz de isolar os seus sentidos naturais, monitorando aquele canal e
escutando a voz de Deus.

Através deste canal Deus fala com você na sua língua nativa; Ele guia você
através do testemunho interior; Ele lhe dá visões; e Se comunica com você
através de revelação. Tudo vem do mesmo canal, através do qual as línguas
fluem para a sua mente natural.

Assim, eu encorajo você a orar mais em línguas. Apenas dê a sua autorização


ao Espírito Santo e deixe esta língua sobrenatural fluir. Depois de orar um
pouco, pare e ouça com os seus ouvidos espirituais. Você perceberá que as
mesmas línguas irão continuar vindo para a sua mente por um minuto ou dois.
E é então que você será capaz de identificar este canal através do qual o
Espírito Santo transfere a linguagem Dele para o seu espírito.

Agora vamos ver algo mais que Paulo disse em Primeira Coríntios 14:2: Pois
quem fala em outra língua não fala a homens, senão a Deus, visto que
ninguém o entende, e EM ESPÍRITO FALA MISTÉRIOS.

Quando você fala em línguas você se coloca no Espírito porque você se abre
para um outro mundo – o reino do Espírito, onde você pode ter contato direto
com o Próprio Espírito Santo. Assim, você se coloca imediatamente no
Espírito, sempre que uma crise o atinge. Mesmo quando aflição e caos estão
ao seu redor, simplesmente comece a orar em línguas, pois isto abrirá aquele
canal onde Deus poderá se comunicar com você.

Se a sua mente começar a devagar e venha a cortar esse canal por um


momento, recomece e se entregue outra vez à oração. O canal se abrirá outra
vez, possibilitando que Deus se comunique com você.

Em Primeira Coríntios 14:14, Paulo diz algo que nos ajuda a entendermos
melhor este conceito: Porque, se eu orar em outra língua, o meu espírito ora de
fato, mas a minha mente fica infrutífera. Se eu Dave Roberson, oro em outra
língua, o meu espírito humano está fazendo a oração. O Espírito Santo tem
que transferir as línguas ao meu espírito através deste canal.

Veja, abra o seu entendimento para receber esta verdade: Alguma coisa
fenomenal aconteceu quando você recebeu a sua nova natureza. Você
recebeu a capacidade de entender coisas espirituais. De acordo com a Lei, no
Antigo Testamento, os santos somente tinham a mente carnal. A Bíblia diz que
a mente carnal é inimiga de Deus porque as coisas de Deus são discernidas
espiritualmente (Romanos 8:7, 1 Coríntios 2:14). É por isso que o Céu mandou
o Mestre dos mestres a você, para que você tivesse a certeza de todo
discernimento, sabedoria e entendimento de tudo o que Deus é.

Em Primeira Coríntios 14:2 está escrito que nós oramos mistérios quando
oramos em outra língua. Que mistérios? Os mistérios que estavam
escondidos em Deus do outro lado da morte espiritual. Agora que nós
nascemos de novo, aqueles mistérios estão disponíveis para a Igreja – os
mistérios de Cristo em nós, para nós e através de nós, a esperança da glória!

Você não pode passar uma hora orando em línguas sem que o Espírito Santo
esteja trabalhando no mistério pessoal e trazendo a mente de Cristo referente a
você. Você tem o Mestre dos mestres, e o seu canal está aberto. Ele não só
irá guiar e dirigir você nas coisas do dia a dia da sua vida, mas irá também lhe
ensinar como se chegar a Deus.

Na medida em que o Espírito Santo traz aquela nova natureza – o você real
(verdadeiro) – um passo à frente, Ele irá passar por todo lixo da alma e da
carne e Se colocará em seu espírito, no seu íntimo. Então Ele dirá, “Eu irei
trabalhar na sua nova natureza e trarei o seu novo homem à frente, com toda a
sua autoridade em Cristo”.

O Espírito Santo vai fazer com que a carne deseje morrer! Com o tempo o
Espírito Santo faz com que tudo o que está impedindo você de crescer em
Deus apareça.

Deus se comunicou muito por revelação com o apóstolo Paulo através deste
canal do qual estamos falando – mais do que para qualquer outra pessoa. As
palavras de Paulo em Primeira Coríntios 14:18 são muito significantes: “Dou
graças a Deus, porque falo em outras línguas mais do que todos vós”.
Em outras palavras, ele estava dizendo, “Eu agradeço a Deus por orar mais do
que qualquer outro homem em uma linguagem sobrenatural que inclui o
entendimento dos mistérios de Cristo”.

Antes disto, Paulo falou no versículo 17 sobre a ordem divina para as línguas
nos cultos. Ele disse, Porque tu, de fato, dás bem as graças, mas o outro
não é edificado? Paulo estava dizendo, “Como o que não sabe pode dizer
amém a sua oração em línguas, se ele não tem a mínima idéia do que você
está falando?”. Então ele segue dizendo, “Se você bendisser apenas em
espírito, como dirá o indouto o amém?”. Esta oração em línguas não era para
interpretação.

Então no versículo 18, Paulo está falando da sua própria vida de oração. Ele
diz, “Veja então, a que fim é designada a oração em línguas – para a sua vida
de oração pessoal. E eu agradeço a Deus que eu oro em línguas mais que
todos vocês!”.

Saiba que Paulo não estava se elogiando por isso. Se alguma vez ele se
exaltou foi com respeito as suas enfermidades – foi um termo usado para se
referir à oposição do diabo que veio contra ele em sua carne pelas
circunstâncias. Paulo disse do efeito disso, “Pelo que sinto prazer nas
fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas
angustia, por amor de Cristo. Porque, quando sou fraco, então sou
forte!”. (2 Coríntios 12:10).

Embora Paulo não tenha se exaltado, ele fez um comentário muito positivo
sobre a vida de oração pessoal quando em Primeira Coríntios 14:18 disse,
“Dou graças a Deus, porque falo em outras línguas mais do que todos
vós”. Como saberemos se ele estava fazendo referência a orar em línguas em
casa, entre os cultos ou enquanto se dirigia a qualquer outro lugar? Porque no
versículo seguinte, ele faz um contraste com o que havia dito numa situação
diferente: CONTUDO, PREFIRO FALAR NA IGREJA cinco palavras com o meu
entendimento, para instruir os outros, a falar dez mil palavras em outra língua.

Aqui nós temos apenas uma idéia de como era a vida de oração pessoal de
Paulo. Ele diz, “Eu agradeço a Deus porque eu oro mais nestes mistérios do
que todos vocês. Mas na igreja, eu prefiro falar cinco palavras com o meu
entendimento para que os outros possam entender e serem edificados!”.

Veja o que Paulo diz, “...que com a minha voz eu possa ensinar os outros
também...” A palavra chave neste versículo é “também”. Esta palavra
“também” significa que quando ele orava em outras línguas, ele recebia uma
revelação do Senhor. Então, se o aprendizado dele estava baseado nas
revelações para sua edificação, ele tinha que vir e partilhar com todos nos
cultos, na língua nativa deles.

Paulo estava dizendo isto: “A minha oração particular na minha vida, tem sido
em orar mais em línguas do que todos vocês, pois vocês têm usado esse dom
muito mal em suas igrejas. Vocês usam-no quando menos deveria ser usado –
durante os cultos. Vocês não estão usando-o ao máximo como deveria ser feito
– em sua oração pessoal”.

“Como para mim, na igreja, eu prefiro falar cinco palavras que eu possa
entender para que os outros sejam edificados pela revelação que Deus tem me
dado. Mas eu estou TAMBÉM muito contente porque eu oro em línguas mais
que todos vocês na minha oração pessoal”.

Paulo disse que seria de maior benefício a uma pessoa não salva, que viesse
participar de um culto na igreja sem saber de nada, ouvir o pregador dizer
apenas cinco palavras, tais como “Jesus pode salvar você agora”, do que ouvir
dez mil palavras em uma língua desconhecida. Por quê? Porque a
edificação daquela pessoa não-salva acontece quando ela ouve aquelas cinco
palavras.

Uma vez eu li o versículo 19 e orei, “Deus me ajude a entender isto. Por que
Você diz DEZ MIL PALAVRAS em uma língua desconhecida?”. Deus é tão
gentil que quando eu O perguntei, Ele me respondeu através daquele canal,
dizendo, “Espere um pouco e você irá entender. Descubra quanto tempo leva
para se orar dez mil palavras”.

Então eu orei em línguas por um minuto, falando numa velocidade normal, do


jeito que eu presumi que o apóstolo Paulo tivesse orado também. Então,
contei as palavras que tinha falado em línguas naquele período e fiz a
multiplicação. Fiz assim porque não quis contar dez mil palavras
individualmente. Descobri então, que leva cerca de duas horas para orar dez
mil palavras.

(Alguém me perguntou: “Se eu orar mais rápido em línguas, eu terei orado


mais? Eu posso ter orado duas vezes mais os mistérios em línguas para que
Ele me responda na mesma proporção?”. Você pode, mas deixe-me lhe dizer
uma coisa. Se você orar mais rápido do que a velocidade normal, irá exigir toda
energia mental para que você possa registrá-la. A melhor coisa a fazer é achar
uma velocidade confortável para que a linguagem sobrenatural venha fluir
automaticamente.)

Então, Paulo estava dizendo isto: “Quando eu oro os mistérios de dez mil
palavras em línguas desconhecidas, eu recebo revelação de Deus. Mas, se eu
quero que você seja abençoado por aquela revelação, eu não posso me
levantar na sua frente em um culto e falar aquelas dez mil palavras
desconhecidas por quase duas horas. Eu tenho que falar na sua língua nativa
para que eu possa passar para você a revelação que eu recebo no meu tempo
pessoal de oração em línguas!”.

Vá em frente e abra este canal dentro de você orando em línguas. Assim que
você estiver familiarizado com o testemunho interior, a primeira coisa que o
Espírito Santo irá lhe ensinar é como Ele se comunica com você através da
revelação.
O Espírito Santo vai começar a trazer-lhe grandes revelações através deste
canal para a sua mente natural. Um ano se passará, e alguns dos seus antigos
pregadores não parecerão mais serem tão bons como você pensava que eles
fossem. Você irá pensar, MEU DEUS, ELES NÃO ESTÃO ENSINANDO DO
MESMO JEITO!

Mas a verdade é que não são os seus pregadores que irão mudar – será você!
Uma vez que você abrir este canal de comunicação, você começará a receber
revelação do Espírito Santo. Naquele momento, você não irá se importar com
o que está acontecendo no mundo ao seu redor – você irá andar nele em
vitória e paz por ouvir a voz do Espírito Santo e seguir Sua liderança em cada
passo do seu caminho!

3. COMO BUSCAR A DEUS

A família da nossa igreja aqui em Tulsa designou que os primeiros quatro


meses deste ano estariam estabelecidos como o nosso tempo de “busca a
Deus” anual, quando acrescentamos o jejum como algo comunitário para a
nossa lista de objetivos espirituais. Em outras palavras, junto com a adoração,
a oração em línguas, e a confissão e meditação da Palavra de Deus, nós
fizemos questão, durante este tempo de busca a Deus, de jejuarmos.

Assim que o ano começou, eu falei com alguns membros sobre alguns
ajustes que teriam de ser feitos, a fim de terem maior tempo para buscar a
Deus. Muitos deles disseram a mesma coisa: Quanto mais tentaram achar
mais tempo para buscar mais a Deus, mais coisas apareceram para serem
feitas, tomando todo seu tempo diário. Eu mesmo passei o ano todo tentando
desmarcar a minha agenda para este momento especial, dedicado a buscar a
Deus.

Eu sabia que eu estava sob a direção de Deus ao fazer isso. Contudo,


comecei a pensar, do que o diabo tem tanto medo quando estamos
buscando mais a Deus?

Então, neste momento em que comecei a deixar de lado as distrações


para ficar na presença de Deus, A MINHA CASA PEGOU FOGO! O fogo
começou na garagem e as chamas estavam subindo para o teto quando eu
percebi. Nós só tivemos tempo de pegar nossos animais (todos menos o
pequeno Gaio, uma ave azul) e sair salvos de lá, mas a maior parte da casa foi
destruída pelo fogo.

Eu não me lembrei disto na hora, mas alguém mais tarde me lembrou da


questão que sempre faço para a minha congregação: “O que você faria se a
sua casa se queimasse e você ficasse apenas com a roupa do corpo? Você
ainda assim adoraria a Deus? O seu relacionamento com Deus está baseado
nas circunstâncias ou em ter comunhão com Ele?”. Eu estou feliz em dizer que
mesmo quando os bombeiros estavam tentando acabar com as labaredas, eu
estava em paz dentro de mim e capaz de adorar o Senhor.
Mas, foi pura coincidência isto ter acontecido logo antes do tempo que
eu tinha determinado para buscar a Deus? Não, isto foi uma mensagem vinda
direta do inferno dizendo “EI, CARA, PARE AGORA!”.

Mas eu não parei mesmo – aliás, eu fiz exatamente o contrário. Eu


disse, “Diabo, você é um estúpido. Você pensa que vai roubar o meu tempo
que já determinei para me dedicar buscando a Deus sem me preocupar com
nada?” Eu não estipulei uma data para finalizar este tempo especial, é melhor
assim, porque senão, não consigo fazer nada!

Você sabe, que Deus tem um jeito de desfazer os maiores esforços do


diabo para nos derrotar, misturando-os todos juntos como uma mistura de bolo
e então, levando-os para assar para que com o tempo você receba o produto
final, é como um delicioso bolo, em vez daquele prato amargo que Satanás
estava pronto para nos dar. Contudo, você tem que tomar cuidado para não
pensar que Deus trará “o bolo assado” automaticamente para você, só porque
você é Seu filho.

Este é o erro que muitas pessoas cometem, os quais pregam a doutrina


da Soberania de Deus em toda situação. Estas pessoas citam Romanos 8:28:
Sabemos que todas as coisas cooperam par o bem daqueles que amam a
Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.

Quando você pergunta para eles, “Você poderia me definir melhor ‘todas
as coisas’?”
“É claro”, eles dizem. “Acidentes de carro, ficar aleijado, doenças,
cegueira, crianças deformadas. Você diz que – tudo concorre para o bem”.

Mas, tudo o que você tem que fazer é voltar alguns versículos atrás
neste mesmo capítulo, e você perceberá a verdadeira mensagem que Deus
está tentando passar. Ele está dizendo, “Todas coisas funcionam juntas para o
bem daqueles que andam no novo nascimento espiritual (na nova natureza) e
não na carne, os quais permitem ao Espírito Santo – o Único que conhece o
plano de Deus para nós – perscrutar nossos corações e fazer intercessão por
nós de acordo com a vontade de Deus”.

Só então, por causa da intervenção (intercessão) do Espírito Santo em


nossas vidas, é que podemos saber que todas as coisas concorrerão juntas
para o que é bom para nós que amamos a Deus. Quanto ao mais, nós nos
encaixamos numa parte diferente neste mesmo capítulo onde Paulo diz,
Porque se viverdes segundo a carne, caminhais para a MORTE... (v.13).

Alguns poderiam dizer, “Bem, mesmo que eu ande na carne, de algum


modo isto me levará para o bem também”.

Entrar no Céu sem galardão parece ser algo BOM para você?

É muito interessante como o diabo tenta entrar no caminho onde Deus


tem um plano para você, lançando tudo em sua vida, para distorcer tudo. O
inimigo irá soprar ameaças de derrota e desastres em cada passo que você der
para colocar as suas emoções em desespero, em direção a uma grande ruína.
Então, em um momento você está lá em cima: “Hehê! Eu consegui tudo. Eu
sou um campeão da fé!”. E a seguir você está para baixo, gritando, “Deus, me
ajuda! Eu vou morrer!”.

Assim, o inimigo entra no caminho dos planos e propósitos de Deus para


a sua vida, os quais estão sendo trabalhados pelo Espírito Santo. O diabo vai
lançar todos os obstáculos que ele puder no seu caminho, fazendo tudo para
desanimar e aterrorizar você.

Mas não importa o que o inimigo faz, Deus ainda tem todo o poder para
trabalhar Seu plano em você. Satanás pode tentar embaçar tudo, lançar tudo
contra você, gritar, pôr as suas emoções lá no alto, ele pode levar você a todo
tipo de prova e tentação. Mas, assim como você mistura todos os ingredientes
de um bolo de chocolate para fazer uma deliciosa sobremesa, Deus irá tirar
todos os ataques do inimigo que forem lançados contra você, misturando-os
todos com a Sua Palavra para produzir o cumprimento do Seu plano em sua
vida. Isto é o que Ele prometeu fazer – SE você entrar na Palavra rapidamente
e permanecer diligentemente em oração!

Suponha que um marido entre na cozinha querendo saber o que a


esposa está fazendo e pergunta, “O que você está fazendo aí, minha querida
esposa?”.
“Um bolo de chocolate”.
“Mas o que você está pondo na tigela?”.
“Isto é chocolate em pó”.
“Mas chocolate em pó é amargo! Não vai sair um bolo gostoso”.
“Porque você não vai embora da cozinha, querido?”.
“E o que você está pondo na manteiga agora?”.
“Uma pitada de sal”.
“Ah, ah! Sal no bolo? Ah me dá um tempo, querida esposa. Há mais de
cinqüenta anos eu sei que bolos vêm prontos nas caixas!”.
“Por favor, quer ir embora da cozinha, marido?”.
“Sinto muito queridinha, você pode misturar todos os ingredientes que
você quiser, mas eu estou cansado de saber que deste jeito não vai sair um
bolo de chocolate saboroso”.

Mais tarde o marido volta e a sua mulher diz, “O bolo está em cima da
mesa da cozinha, experimente um pedacinho”. Ele pega um pedacinho e
pensa, Meu Deus! Todos aqueles ingredientes sozinhos não têm nenhum
sabor de bolo de chocolate. Mas certamente alguma coisa boa acontece
quando eles se misturam e vão para o forno!

Bem, é deste jeito que Deus faz. Considere isto: Você pensa que o
diabo pode fazer o que ele quiser com você sem que Deus acabe com ele?
Você pensa que qualquer estratégia demoníaca é demasiadamente difícil para
que Ele venha lhe ajudar, vencendo-o? Eu estou lhe dizendo, Deus pode por a
mão em qualquer problema, em qualquer obstáculo, e em todo ataque que o
inimigo tentar pôr contra você e misturar tudo com as Suas promessas, para
que na hora certa Ele venha lidar com tudo para você e o sabor será tão bom
quanto o de um bolo de chocolate!

O diabo cometeu um engano quando me encurralou o quanto pôde,


queimando a minha casa. Eu estou determinado em sair dessa, comendo um
delicioso bolo de chocolate!

Como eu posso ser tão confiante em um resultado vitorioso? Porque eu


sei que é impossível continuar orando em línguas sem que Deus não se mova
em meu benefício. A Bíblia promete que Aquele que perscruta os corações
sabe qual é a mente do Espírito, ou o Plano de Deus para mim. Portanto, orar
em línguas leva o Espírito Santo a fazer intercessão por mim e me apresentar
individualmente diante da Grande Sala do Trono da Graça.

A mesma verdade é para você. O Espírito de Deus que mora dentro de


você sabe qual é a mente e o plano de Deus para você nesta geração. Assim,
por você orar diligentemente em línguas, você leva o Espírito Santo a fazer
intercessão por você diante da Grande Sala do Trono da Graça, de acordo com
o plano de Deus. É deste jeito que você vai saber que todas coisas concorrem
para o bem, para você, que ama a Deus e é chamado de acordo com o Plano
Dele. Por quê? Porque o Plano Dele para a sua vida está em todo o propósito
Dele e o Espírito Santo é Aquele que o traz à existência!

Esta revelação é suficiente para fazer você orar em línguas a noite toda,
ou não?

Você pode me perguntar, “O que o Espírito Santo irá fazer por mim se eu
fielmente orar em línguas?”. Ele irá à sua frente. Ele começará a trabalhar o
plano de Deus para você, iluminando a sua mente para aquilo que Deus tem
para você nos meses e anos que virão. Por que o Espírito Santo fará isto para
você? Simplesmente porque você é um filho ou filha de Deus comprado pelo
sangue. Deus pensou tanto em você que Ele enviou a terceira Pessoa da
Santíssima Trindade para morar dentro de você e para elaborar Seus
propósitos, tudo Dele para você e Seus planos para sua vida!

E o que o diabo vai fazer com tudo isto? Ele virá guerrear comigo?”.

Entenda isto: o diabo não está apenas planejando guerrear com você,
ele quer A C A B A R com você. E o que ele irá fazer? Bem, como um bom
general, ele sabe que se ele cortar a linha de suprimento, ele poderá vencer
você sem ao menos um tiro de fogo. Se ele cortar a linha de suprimento, você
vai dormir de touca e vai acordar chorando igual a um bebê, vai sair correndo
em busca de ajuda igual a um gato escaldado (você vai marcar bobeira).

Ah, como o diabo gostaria muitíssimo de cortar a sua linha de


suprimento e neutralizar você a um nada, a um daqueles membros religiosos
sem poder algum que nunca fazem nada para Deus. Entenda, Satanás não se
importa muito se você apenas se senta na igreja como um bebê, se
imaginando lá no Céu. Ele quer roubar qualquer coisa do seu caminhar com
Deus trazendo ameaças do seu reino das trevas – coisas tais como o prazer de
impor as mãos nos doentes e vê-los dar um salto, curados; a paz e a alegria
que você experimenta quando a fonte de todo suprimento de sua vida muda
deste mundo para Deus; e o profundo contentamento que vem em saber que o
suprimento divino é intocável.

“E, se o diabo tirar as bênçãos de Deus, as coisas materiais que Ele me


deu?”.

Quando você tem Deus, você tem tudo, você tem o suficiente – você tem
milhares de outras saídas. É certeza que o inimigo quer neutralizar você. Ele
jamais vai querer que você saiba o prazer que é ministrar nas pessoas sob o
poder de Deus. Satanás não vai querer que você saiba o que é ir para um
lugar de trevas e assistir a Deus liberar sobrenaturalmente através de você
poder como Ele fez com os filhos de Israel no deserto. O diabo vai querer que
você morra depois de viver uma vida mundana, apenas imaginando quem
Deus realmente é.

Então vemos que o que Satanás faz é o mesmo que um bom general
faria – ele vai para a fonte de suprimento. Quando um general quer cortar a
linha de suprimento de um exército inimigo, ele ordena que sejam destruídas
pontes e estradas para que os suprimentos não possam ser levados aos
soldados inimigos. Veja, mesmo um general não sendo um habitual levantador
de peso, ele será sempre um grande estrategista. É por isso que ele sabe que
o melhor jeito de ganhar uma guerra é cortar a linha de suprimento, se
possível, por completo.

Satanás também é um grande estrategista. Ele é muito bom no que faz,


e sabe que tirar a religiosidade não é o melhor jeito de derrotar a humanidade.
As pessoas sempre acharão ALGUMA COISA para adorar, então o diabo
apenas coloca objetos alternativos de adoração para pacificá-las enquanto a
vida vai passando. Então, quem é que você tem para cancelar as estratégias
do diabo em SUA vida? Você tem O MAIOR morando dentro de você! Primeira
João 4:4 que diz:... Maior é aquele que está em vós do que aquele que está
no mundo. O Espírito Santo veio como parte da sua herança para fazer que
você tenha certeza de que já recebeu tudo o que você precisa do Céu. Ele
veio para lhe ensinar e lhe suprir com o poder de Deus, para que você venha
vencer e superar tudo, em qualquer situação da vida.

Você quer fazer o diabo ficar bravo? Então comece a entrar na Palavra
e ore em línguas como uma meta diária! Você vai assustar o diabo se fizer isso
com persistência. Isto faz com que a Palavra de Deus se torne viva em você.
Você o deixa muito preocupado. Ele não gosta que você use o seu tempo com
o Provedor. Ele não quer que você armazene dentro de você todo o arsenal de
Deus. Então o que o inimigo faz para parar isso? Ele vai para a linha de
suprimento.

Talvez você já tenha pensado antes POR QUE tudo de mal parece vir
quando você toma decisões de qualidade, tais como, “eu acho que vou orar
fielmente em línguas como nunca!” Assim que você toma tal decisão de
qualidade, você simplesmente decide abrir a linha de suprimento vinda do Céu.
E você acha que o diabo fica feliz com esta decisão? Eu posso lhe garantir
que ele fica muito entusiasmado! Ele vai fazer tudo o que puder para que você
desista. O diabo não tem nenhuma escolha. Ele tem que tentar fazer você
desistir, de outro modo, você se tornará um perigosíssimo inimigo!

“Você está tentando me assustar, irmão Roberson?” Não, eu apenas


estou dizendo o quão importante é não negligenciar o dom de revelação de
orar em línguas.

Lembre-se, as outras sete operações de Deus listadas em Primeira


Coríntios 12:28, todas tem o seu suporte na oitava operação da diversidade
das línguas: apóstolo, profeta e mestre, pastor e evangelista, representados
pelas obra de milagres e dons de cura, e finalmente, socorros e governos. A
palavra “diversidade” simplesmente significa manifestação sobrenatural
diferente das línguas. Esta manifestação particular de que eu estou falando
nesta carta é aquela que edifica você, trazendo o crescimento espiritual. E por
que você está se edificando quando você ora em línguas? Porque aquele que
ora em outras línguas fala não a homens, mas a Deus (I Coríntios 14:2).

Esta manifestação das línguas não é a que deve ser interpretada, porque
nós estamos falando a Deus enquanto oramos em línguas para edificação
pessoal. Nenhum homem nos entende. Por quê? Porque nós estamos
falando mistérios. Estes mistérios são os mesmos que estão escondidos
dentro de Deus do outro lado da morte espiritual e agora, estão disponíveis
para a Igreja. Estes são os mistérios de tudo, Cristo, a esperança da glória, em
nós e para nós.

Você não pode orar uma hora em línguas sem deixar de expressar
qualquer aspecto do mistério que Cristo é em você. “E se eu orar a noite
toda?” Então você vai expressar oito ou nove horas do que Cristo é em você,
movendo você para aquele dia em que você entenderá estes mistérios como a
palma da sua mão.

O diabo está morrendo de medo de você. Ele está preocupado e com


medo por você começar a andar na mente de Cristo, entendendo o Seu poder.
O diabo está também com medo de que você perceba que a cidade em que
você vive não tem que ir para o inferno. E ele está com mais medo ainda, de
que você se levante e comece a fazer alguma coisa sobre isso, contra ele!

Você pode perguntar: “O que acontece quando eu oro em línguas?” Em


primeiro lugar, o Espírito Santo empresta a autoridade do seu espírito humano
para orar através de você. Então você ora um entendimento total de algum
mistério que está na mente de Cristo. A revelação começa a vir ao seu espírito,
então, o Espírito Santo começa a alimentar sua mente com aquela revelação.
Você começa a saber o que Deus quer que você faça com a sua vida. Você
começa a saber que tudo é possível para aqueles que crêem. Você começa a
saber estas coisas melhor do que você sabe o seu próprio nome.
“Então, o diabo está mesmo com medo da minha vida de oração? Ele
está com medo da minha linha de suprimento?”

É lógico que ele está. E ele tem uma boa razão para isso! Você não
está parando, nem irá ceder ou sair fora do caminho porque você determinou
que atingiria o plano de Deus para a sua vida. Você não irá desistir, você irá
parar de orar, e você não irá se abalar. Você triunfará, porque Aquele que é O
Maior está dentro de você, continuamente lhe suprindo com sabedoria e com o
poder de Deus!

4. A LIDERANÇA DO ESPIRÍTO SANTO

Eu quero partilhar com você um dos ensinos mais importantes que


alguém pode receber, referente a liderança do Espírito Santo. Com o passar
dos anos eu tenho me convencido da importância deste ensino, porque tenho
visto muitos cristãos aparentemente sinceros, que são continuamente “guiados”
de uma situação sem sucesso para outra. Essas pessoas acabam sendo
totalmente confundidas sobre esses resultados sem sucesso, imaginando
como Deus pode falar alguma palavra que acabe em um resultado sem
sucesso.

Se você tem sido uma dessas vítimas com essa “liderança”, você sabe
que não há nada mais confuso do que isso. Você não sabe o que pensar
quando crê que tomou uma decisão vinda direta de Deus, mesmo que todas as
evidências falem o contrário.

Eu tenho visto muitas pessoas tropeçarem e caírem nesta situação,


sempre cometendo os mesmos erros. O local em que essas pessoas moram
não faz nenhuma diferença, pois tenho visto pessoas de todos os lugares do
país cometerem o mesmo erro.

Levei muitos anos ensinando, pregando e orando no Espírito Santo para


que aparecesse um padrão sobre este problema no Corpo de Cristo.
Finalmente eu percebi que o diabo usar sempre as mesmas táticas para os
infinitos problemas sobre todos os cristãos por toda parte do globo terrestre.

O que existe em nosso potencial de sermos guiados pelo Espírito Santo


que assusta tanto o diabo? Seja o que for, Satanás usa de todo seu esforço
para nos manter em confusão. Ele quer ter certeza que não somos guiados
Espiritualmente, assim ele usa todo o engano com seu arsenal para fazer-nos
andar no caminho errado.

E como é que o diabo faz isso? Em primeiro lugar, ele não é nada burro
quando diz que você NÃO PODE ser guiado pelo Espírito. Ele sabe que você
sabe que isso é mentira. Por isso, a única chance que o inimigo tem para
neutralizar você é fazer-lhe crer no que é errado, colocando programas errados
dentro de você onde as suas emoções, ou os sinais das suas circunstâncias,
se tornam a base da liderança de Deus e a direção da sua vida, em vez do
testemunho interior através do Espírito Santo.
Com isso, Satanás envia muitos daqueles baixos e secundários diabos
para confundir você. Esses demônios param muitos crentes em suas
caminhadas, aqueles que dizem serem guiados pelo Espírito em tudo o que
fazem, mesmo sofrendo derrotas uma após a outra. E do mesmo jeito, o diabo
tem tido muito sucesso em confundir as pessoas quanto à cura, fazendo-as
ouvir sobre todos os crentes que creram em Deus para receberem a cura e não
a receberam. Quando ele faz isso, expondo as suas derrotas nas vidas das
outras pessoas, o inimigo tenta fazer você crer que não existe a menor chance
de sermos guiados pelo Espírito.

O fato de que o diabo está tão ávido em se opor à liderança do Espírito


Santo em sua vida, deve significar alguma coisa! A oposição do inimigo
demonstra quão poderosa e perigosa deve ser esta liderança divina!

Quando a liderança do Espírito Santo vem, os crentes podem ser


divididos em três categorias. A primeira categoria inclui aqueles que
aprenderam a serem guiados pelo Espírito. Estes crentes vivem suas vidas de
um jeito que produzem muitos testemunhos poderosos e são causa da
salvação de muitos.
A segunda categoria inclui todos os crentes que foram doutrinados de maneira
errada pelo diabo, para viverem no âmbito das emoções. Estas pessoas nunca
aprendem a operar em seu espírito. Conseqüentemente, elas não somente
experimentam maravilhosas emoções quando as coisas estão indo bem, como
também sofrem todas as baixas emocionais – como os tormentos, medos e
inseguranças causadas pela pressão desta vida. Esta é a categoria onde
muitos dos cristãos caem porque os sentidos querem dizer muito, como a parte
vital de uma pessoa.

Se você é ou não guiado pelo testemunho interior ou pelos enganos do


diabo, depende do quanto você é suscetível às pressões ou às seduções dos
desejos carnais. E por que isto? Porque o primeiro método de receber direção
se origina no seu espírito, mas o segundo é Satanás tentando guiar você
através das suas emoções fazendo com você pense ser uma direção de Deus.
Mas antes de irmos com esse assunto mais adiante, eu preciso
mencionar a terceira categoria na qual muitos cristãos caem – NENHUMA
LIDERANÇA DIVINA.

Esses cristãos não acreditam na possibilidade de serem guiados pelo


Espírito Santo. Aliás, eles não acreditam que uma pessoa possa ter qualquer
intimidade de relacionamento com Deus. Sim, Deus existe e sim, eles vão para
o Céu. Mas de acordo com o ponto de vista religioso deles, é como se Deus os
tivesse abandonado neste planeta terra. O caminhar cristão deles consiste em
fazer o melhor que podem enquanto estão vivendo aqui na terra e então,
finalmente verão Jesus.

Mas nós sabemos que não é este o caso; absolutamente. Todo o desejo
do nosso Pai Celestial é ter comunhão conosco e nos guiar através do Seu
Espírito. Isto foi-nos demonstrado quando não somente nos salvou, mas nos
encheu com o Espírito Santo. Então vamos ver como o Espírito Santo pode Se
manifestar para nós. Em nossa caminhada, vamos aprender alguns jeitos de
identificar o que é Deus e o que não é, nesta área de liderança e direção.

Primeiramente, vejamos o que Romanos 8:14:16 tem a dizer sobre esse


assunto:
Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de
Deus.
Porque não recebestes o espírito de escravidão, para viverdes,
outra vez atemorizados, mas recebestes o espírito de adoção, baseados
no qual clamamos: Aba, Pai.
O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos
de Deus.

Muitos de nós queremos ser guiados pelo Espírito Santo. Afinal, quando
somos capazes de receber direção do Espírito Santo, nós temos o conselho e
sabedoria de Deus disponíveis a nós para tudo o que vamos fazer! Eu não
estou falando em apenas receber Sua direção referente ao ministério. Eu
estou falando sobre receber a divina liderança e conselho que precisamos para
prosperar em nosso trabalho ou negócio, ou como educar e criar os filhos e
cuidar da família.

Mas a fim de entendermos como funciona o testemunho interior,


precisamos primeiro entender o que Deus planejou com o testemunho interior
para ser realizado em nossas vidas e como nos entregamos a ele. Vamos
começar pela identificação da diferença entre o espírito humano e o âmbito
emocional.

O que acontece quando o Espírito Santo traz o testemunho para o seu


espírito humano? Eu vou lhe dizer isto: é uma experiência totalmente diferente
daquelas horas onde as suas emoções guiam você! O âmbito emocional da
alma pode variar de um bom ânimo, quando tudo vai bem, para depressão,
quando as coisas vão mal. Por outro lado, o espírito humano manifesta
continuamente a certeza absoluta, a firmeza, e qualidade estabilizada.
Por exemplo, você já tentou em vão desistir de Deus? Alguma coisa bem
dentro de você simplesmente não o deixou, não importa o quanto você tentou
ou o quanto as coisas ficaram difíceis. As pressões podem ter sido
insustentáveis, mas algo dentro permaneceu clamando, “ABA, PAI” ou
“DEUS, MEU PAI”.

Bem, eu não quero dizer que as pessoas estão andando por aí ouvindo
as palavras “ABA PAI” dentro de seus espíritos. Mas, alguma coisa dentro
simplesmente se recusa a desistir, mesmo quando a carne está gritando e o
diabo está tentando dominar suas emoções com pressão em forma de
escravidão ou medo.

Então aqui está como fazer a diferença entre as horas em que você está
operando pelo seu espírito humano versus as horas quando você opera em
suas emoções. A parte em você que se recusa a se render às pressões da
vida é o espírito. A parte em você que age negativamente àquelas pressões é
a emoção, o âmbito da alma.
Veja o que Romanos 8:16 diz:
O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos
de Deus.

Este versículo confirma exatamente o que eu acabei de dizer: O seu


espírito é a parte de você que o Espírito Santo fortalece quando as coisas vão
mal, você se sente como se estivesse desistindo. Quando você sente a força
divina, o seu espírito responde, confirmando a salvação. Isto é a que o
versículo 15 está se referindo quando diz: ...nós clamamos, ABA, PAI.

A carne, o diabo e o mundo podem jogar uma pilha de condenação


contra você, pressionando-o a desistir. Mas o Espírito Santo irá combater esta
pressão, dando testemunho no seu interior, dentro do seu espírito, de que você
é um filho de Deus. Ele não somente virá testemunhar no nosso interior a
respeito da salvação, mas também testemunhará se estamos pensando certo
ou errado, tomando decisões certas ou erradas, ou crendo em doutrinas certas
ou erradas.

Por isso, quanto mais rápido você conseguir diferenciar as emoções no


âmbito da alma e estabilizar a qualidade do seu espírito humano, mais rápido
você será capaz de ser guiado pelo testemunho interior através do Espírito
Santo. Provérbios 20:27 lhe ajudará a tomar esta distinção:
O espírito do homem é a lâmpada do Senhor, a qual esquadrinha
todo o mais íntimo do corpo.

Deus compara o espírito do homem com uma lâmpada porque o seu


espírito é a parte em você que Ele ilumina, ou é onde Ele guia você ou Se
comunica com você. E a força presente mais dominante dentro do seu espírito
que opera esta divina liderança é o TESTEMUNHO INTERIOR.

Ainda que o Espírito Santo ilumine o espírito de cada filho de Deus,


muitos cristãos continuam caindo nas armadilhas do diabo com seus enganos,
sendo guiados pelas emoções. E por confundir emoções com a liderança do
Espírito Santo, eles acreditam que Deus está guiando-os de um lado para o
outro ou de uma situação para outra.

É por isso que o Espírito Santo quer levar você além da experiência do
novo nascimento. Ele quer desenvolver o seu caráter em tamanha extensão
que mesmo a mais silenciosa voz dentro do seu íntimo será maior que o
barulho das pressões e mais forte do que as tentações do pecado.

Então, deixe-me dizer que, uma pessoa que não se convenceu ainda da
significância da oração em línguas, está diante de uma grande desvantagem
quando se fala a respeito de ser guiado pelo Espírito Santo.

Veja, é naquele lugar quieto de onde as línguas vêm, que o Espírito


Santo mora. É lá onde Ele silenciosamente espera que você feche ou abra a
porta para a mais incrível força de mudança de vida que você pode imaginar.
Neste lugar quieto, o Espírito Santo cria aquela língua sobrenatural que vem
para a sua boca para firmar um forte fundamento no seu caráter. Seu objetivo
é construir este fundamento muito profundamente para que as pressões a que
você tem sido submetido não tenham mais importância. Apesar da oposição,
Deus irá guiar você da terrível dificuldade para a vitória e liberdade.

Por quê? Porque orar em línguas fortalece aquela parte em você que
origina a força para resistir o pecado. E também forma o seu discernimento
para diferenciar entre emoções e a operação pacífica do testemunho interior.

Pense então em algo como procurar por um único indivíduo perdido no


mar. As chances de achar aquela pessoa antes que ela se afogue são
mínimas. Mas quando a busca é bem sucedida, o helicóptero vem do
horizonte, e vê um minúsculo pontinho no meio daquele vasto oceano, e joga
para a pessoa um salva-vidas.

Às vezes você se sente como se VOCÊ estivesse sendo afogado com


os cuidados desta vida. Estes são os momentos de começar a orar em
línguas, pois este é um jeito importante pelo qual o Espírito Santo joga para
você um salva-vidas.

Quando eu nasci de novo, fiquei entusiasmado quanto a ser guiado pelo


Espírito Santo. Como muitos, o meu conceito de liderança do Espírito era
aquele que Ele me guiaria de um lugar para outro e mesmo da pobreza para
riqueza. Mas, mais tarde eu descobri, como muitos já tinha descoberto antes
de mim, que é quase impossível ao Espírito Santo guiar um crente desta
maneira se o diabo ainda acha acesso nas emoções que podem abafar a voz
do testemunho interior.

Assim, milhares de cristãos vivem suas vidas oscilando em suas


emoções durante todo tempo. Eles correm de um lugar para outro, afirmando
que Deus os enviou, mas tudo o que fazem é causar confusão, porque eles
mesmos já são confusos. Eles profetizam dando direção às vidas dos outros,
mesmo que as suas vidas estejam em bagunça.

Estes cristãos não entendem que não têm proveito para Deus enviá-los
a lugar algum se o diabo pode sufocar o testemunho interior, quando eles
estiverem lá. Por que haveria Deus de enviar uma pessoa a um lugar onde ela
viria a falhar inevitavelmente, porque não está pronta para enfrentar a pressão
das tentações que terá que lidar? Ou por que Deus enviaria uma pessoa
sabendo que os seus medos e incertezas irão criar a mesma situação sempre?

É por isso que a principal preocupação de Deus é nos guiar em uma


caminhada desde o nascimento novo a um lugar de desenvolvimento de
caráter, onde nossas decisões, direção e ponto de vista, em todas as situações
sejam afetados apenas pela Palavra de Deus. Mas nós nunca vamos achar
uma passagem neste caminho para a vitória que não nos leve através de algo
mais poderoso do que nossas emoções – isto é, a operação da paz do nosso
íntimo.
Isto nos traz a operação do espírito humano, da alma e do corpo e um
estudo de onde vem a emoção. Vamos começar pela criação do primeiro
homem, Adão:
Então formou o Senhor Deus ao homem do pó da terra e lhe soprou
nas narinas o fôlego de vida, e o homem passou a ser alma vivente.
(Gênesis 2:7)

Quando Deus criou Adão, Ele elaborou o corpo de Adão de acordo com
algo que já existia – o pó da terra. Mas quando veio o tempo da criação do
espírito humano de Adão, Deus foi para dentro Dele mesmo e literalmente
trouxe o espírito do homem à existência. Quando Deus pôs o espírito de Adão
dentro de seu corpo, o espírito ativou os sinais vitais, e o homem se tornou
uma alma vivente.

A criação de Deus do corpo humano foi um dos seus mais incríveis


feitos. O corpo do homem foi como se fosse um casaco que vestiu bem com
absoluta harmonia com as leis que governam o que é natural e físico em todo o
universo. Este corpo físico deu a Adão, uma existência espiritual, a habilidade
de coexistir em dois níveis de criação – O Reino de Deus natural e espiritual –
bem como uma roupa de astronauta permite a uma pessoa operar tanto no
espaço como na Terra.

Não houve nada maior criado por Deus como o corpo humano,
designado para ser a casa espiritual de Adão em todo aspecto. A mão
espiritual dele se encaixou com cada dedo – dedo com dedo – os olhos
espirituais se encaixaram com os olhos naturais, e os ouvidos espirituais se
encaixaram com os ouvidos naturais. De fato Deus fez o corpo humano para
armazenar a operação do homem interior tão perfeitamente que se você
pusesse um diante do outro eles se mostrariam quase idênticos.

Bem, muitos de nós não temos nenhum problema em entender o fato de


que Deus criou o corpo natural do homem para habitar ali o corpo espiritual.
Mas nós sempre falhamos em entender uma verdade similar a respeito da alma
humana. Veja, quando Deus criou o espírito do homem, Ele colocou dentro
dele certas forças espirituais, tais como, amor, paz e alegria. Estas forças
fazem a natureza do homem interior.

Então do mesmo jeito que Deus criou as mãos e os pés físicos do


homem para serem receptáculos de suas mãos e pés espirituais, Ele criou uma
alma física para agir como um receptáculo para as forças espirituais como o
amor, a alegria e a paz. Assim, quando Deus colocou o espírito dentro do
corpo físico de Adão, a mão espiritual se encaixou como uma luva dentro dele
com a mão física, o pé espiritual com o pé físico, e a alma espiritual se
encaixou com a SUA alma física.

Qual é a diferença entre a alma espiritual e a alma física? É simplesmente


isto:

• A alma espiritual tem a FORÇA DO AMOR.


• A alma física tem o AMOR NA EMOÇÃO.
Assim como a sua mão física está designada a servir como receptáculo
para a sua mão espiritual, as emoções físicas da alma são designadas para
servirem como receptáculo para as forças espirituais do homem interior.

Quando um animalzinho de uma família, como um gato ou um cachorro


morre, é certo que os seus donos sentirão sua falta. Um animal domesticado
pode ser tão amigo que as emoções da sua alma física podem quase estar
paralelas à operação da alma espiritual. Mesmo quando um animal morre, a
alma física permanece nele. Contudo, quando uma pessoa morre, o seu
interior é desconectado do seu homem exterior, e simplesmente sai do seu
corpo. Do mesmo jeito, a alma espiritual, a qual consiste das forças espirituais
do amor, alegria e paz, também se desconectam da alma física, a qual consiste
das emoções do amor, alegria e paz.

É claro que Deus originalmente não designou isto assim. A morte física
nem mesmo existia no Éden. Através de uma única operação do espírito, alma
e corpo, as forças espirituais do amor, alegria e paz foram divinamente
designadas para afetar o ser total de Adão, inclusive seu corpo físico, através
do âmbito emocional da alma.

Contudo, quando Adão caiu da graça de Deus e morreu espiritualmente, ele


recebeu a natureza do pecado dentro do seu espírito. Daquele momento em
diante, o espírito do homem não só era capaz dos atos do pecado, como odiar,
matar e mentir, mas a sua natureza pecadora também entrou nos seus
cromossomos FÍSICOS. Isto quebrou o ciclo de auto-renovação perpétua do
corpo físico de Adão, causando-lhe a queda e a morte cerca de novecentos e
trinta anos mais tarde.

Então, Jesus veio para redimir a humanidade. Através do novo nascimento,


a natureza de Deus se fez disponível a nós, recebida dentro do nosso espírito
quando nascemos de novo. Por causa desta nova natureza, nosso homem
interior não tem mais a capacidade de se dividir em amor e ódio, verdade e
mentira, paz e desejo de matar. Mais uma vez, o homem espiritual permanece
constantemente nas forças espirituais do amor, paz e alegria.

Contudo há apenas um problema; a alma espiritual, com as suas forças de


amor, paz e alegria, deve operar com a alma física. A alma física do homem
ainda tem a capacidade de se dividir entre o amor emocional e o ódio
emocional porque a morte ainda trabalha dentro dela, herdada do primeiro
Adão – e continuará tendo essa capacidade até o dia da sua glorificação.

É dentro do âmbito emocional da alma que o diabo constrói as fortalezas. É


por isso que as suas emoções flutuam para frente e para trás quando os
cuidados desta vida vêm e os tormentos do medo tentam prender e controlar
você no âmbito da alma. Mas não importa o que seja, o espírito do homem
permanecerá constante, como que dizendo: “você pode vacilar para frente e
para traz entre ódio e amor se você quiser, mas eu não vou te seguir mesmo!”.
Eu lhe digo, quando você entrar num lugar em sua caminhada espiritual
onde suas ações não são controladas pelos altos e baixos emocionais da alma,
mas pelo o que é estável, estabilizado nas forças do seu espírito, você
começará a experimentar uma vida completamente diferente. Então aqui está
a chave – VOCÊ PRECISA APRENDER A ULTRAPASSAR A ALMA E ABRIR
UM CANAL DIRETO PARA O HOMEM ESPIRITUAL.

Primeira Coríntios 14:14 diz, Porque, se eu orar em outra língua, O MEU


ESPÍRITO ORA DE FATO – Embora Aquele que cria as línguas seja o Espírito
Santo, o seu espírito humano está fazendo a oração. O Espírito Santo está
verdadeiramente criando a linguagem sobrenatural das línguas dentro do seu
espírito humano conforme você vai orando. Por isso, a sua oração não é
influenciada pelos altos e baixos da alma que você está vivendo.

Quando uma pessoa começa o processo de mudança dos seus


fundamentos saindo do âmbito emocional para o espiritual, suas emoções vão
gritar tão alto que vão sufocar o quieto lugar onde o espírito opera. De fato, a
operação do homem interior pode parecer fraca em comparação a da alma.

Mas quando um homem joga um salva-vidas para o seu homem interior ao


orar em línguas, ele se edifica por estar permitindo ao Espírito Santo cultivar as
forças espirituais residentes em sua nova natureza. Estas forças, de amor, paz
e alegria vão crescer e se desenvolver até que seja fácil para ele notar a
diferença entre a força do amor e a emoção do amor, a força da paz e a
emoção circunstancial de bem-estar, ou a força da alegria e a emoção
circunstancial da felicidade.

Você pode jogar esse salva-vidas para o seu homem interior. Você PODE
aprender a ser guiado pelo Espírito Santo e operar em seu espírito todos os
dias de sua vida. Você pode chegar a um lugar em sua caminhada espiritual
onde as suas emoções LHE servirão, ao invés de você servi-las. É aí então, a
sua vida vai começar a ser rica e plena. Será quando os gigantes de Canaã
não o controlarão através do medo e Deus terá condição de lhe liderar para a
vitória.

Então, saia do âmbito emocional e se entregue ao testemunho interior


daquele quieto lugar do seu próprio espírito. E assim, esteja preparado para
POSSUIR A SUA TERRA!

5. A MEDITAÇÃO EFICAZ

Gostaria de falar com você sobre o tipo de meditação que não apenas
faz com que a Palavra de Deus se torne parte de você, mas também faz com
que VOCÊ se torne parte da PALAVRA DE DEUS. Era sobre isso que Jesus
estava falando em João 15:7 quando Ele disse, Se permanecerdes em mim, e
as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e
vos será feito.
Jesus estava se referindo a quando o Espírito Santo se levanta em
nossa nova natureza e leva a nossa alma a revelar Jesus em nós. Quando
isso acontece, uma fome intensa de conhecer Jesus começa dentro de nós,
dando ao Espírito Santo a liberdade que Ele precisa para habilitar nossa alma
com a nova natureza que recebemos ao nascermos de novo.

Antes de ir adiante com esse assunto, quero considerar isto: Se Deus


quer que você saiba o que eu sei sobre a meditação na Palavra (e Ele quer),
você pensa que ele vai limitar você a receber esse conhecimento apenas
através de mim – em outras palavras, simplesmente por um único caminho de
ensino? Deus não usaria de toda oportunidade para transformar você na
Palavra Dele? Sim, Ele usaria o poder do Espírito Santo, Ele usaria de
exemplos naturais, Ele usaria TUDO para a sua transformação.

A verdade é que, todos nós que somos ministros não temos “algo
especial” quando se trata de revelação e o conhecimento, nós apenas somos
chamados para ajudar na transformação da sua alma que vem através da
Palavra de Deus. Eu posso lhe dizer agora mesmo – Deus irá dar o
conhecimento da revelação de qualquer jeito. Você pode entrar no Santo dos
Santos, entrar na Presença de Deus, e tomar um banho da revelação sem
nenhum envolvimento de qualquer pessoa. Você pode receber tudo o que
você quiser Dele, só porque você quer.

Veja, Deus não erra, e o que Ele disse em sua Palavra não muda.
Contudo, é por SUA conta descobrir o que Ele diz, então você deve permitir
que a Palavra Dele transforme você de dentro para fora.

Quando você aprende como extrair a revelação das páginas da Palavra


de Deus, tal revelação finalmente começará dentro do seu coração. Aos
poucos, a mente de Deus se tornará a SUA mente, assim como tal eterna
mente fala SEUS pensamentos imutáveis – o ajuste eterno da Palavra de Deus
– para o seu espírito. Eu estou lhe dizendo que quando a Palavra começa a se
abrir dentro de você, isso passa a ser a viagem mais empolgante que você já
fez! Você começa a perceber quando a revelação está para explodir.

Eu sei o que é ler um capítulo da Bíblia noventa e nove vezes sem


quase perceber nada do que Deus está falando. Então na centésima vez,
alguma coisa acontece – e quando naquele momento a revelação vem, é
melhor que você não esteja perto de mim! Eu fico tão empolgado dentro de
mim que a primeira pessoa que me aparece na frente vai ter que ficar ali me
ouvindo compartilhar toda a revelação que recebi até acabar!

A sua transformação vai acontecer aos poucos, não é do dia para a


noite, ou seja, é um processo que vai acontecendo de fase em fase e de glória
em glória, onde Deus vai pondo Seu poder sob o comando do Espírito Santo
revelar Jesus em você através da nova natureza. E eu posso lhe dizer com
toda experiência – é glorioso quando você tem uma olhadela em toda
revelação que está disponível a você dentro da Palavra de Deus!
Provavelmente você não ficará surpreso em aprender que a ajuda mais
valiosa para meditação, que eu saiba, é a ORAÇÃO EM LÍNGUAS. Quando
você ora no Espírito, você está falando mistérios (l Cor. 14:2) – os mistérios de
Cristo, a esperança da glória, EM você, PARA você, e ATRAVÉS de você. E
por você orar, é iniciado o processo de transformação no qual a mente de
Cristo é revelada em você para edificação. Eventualmente os mistérios sobre
os quais você está orando serão respondidos na forma de interpretação. É tão
simples assim.

Deus arrumou este dom sobrenatural de um jeito que beneficia você não
apenas quando você está fechado em seu quarto, mas também quando você
está guiando seu carro, arrumando a casa ou cuidando dos seus negócios
diários. Veja, Deus deixou a sua mente de lado por uma razão: para edificar o
seu espírito e não permitir qualquer invasão da alma até aquele dia em que
você começar a entender os mistérios de Cristo em você.

O dia em que você toma a decisão de orar muito em línguas, será o dia
em que você decidirá entrar para a sala de aula do Espírito Santo. Este será o
dia em que o Espírito Santo se tornará o Ministro da sabedoria divina dentro de
você – Aquele que lhe dá todo o entendimento dos mistérios que você está
orando.

O processo da minha própria transformação começou nos primeiros dias


da minha caminhada cristã, mas com o passar dos anos, eu descobri que havia
certas coisas que eu podia fazer para ajudar o Espírito Santo neste processo.
Por exemplo, eu descobri que quanto mais eu orava no Espírito Santo, mais a
minha nova natureza parecia invadir minha alma. Quanto mais eu orava no
Espírito Santo, mais intensa era minha fome de me entregar todo a Deus.

Por outro lado, eu aprendi que eu poderia dificultar a ministração do


Espírito Santo em minha vida negligenciando a Palavra, embora eu estivesse
orando regularmente em línguas. Então uma das primeiras coisas que o
Espírito Santo me ensinou foi como meditar e me entregar a Palavra de Deus.

Jesus disse, “As minhas palavras são ESPÍRITO e VERDADE” (João


6:63). Assim, se você está procurando a vida de Deus, você a achará em Suas
palavras. Se você quiser que o Espírito Santo ande com você e transforme a
sua vida, você não tem que olhar muito além da Bíblia. As palavras de Deus
são espírito e vida, e elas provêem as instruções necessárias para a sua
transformação.

Então, o jeito de descobrir a sua chamada divina é orar excessivamente


no Espírito Santo. Mas para ser preparado para essa chamada divina, você
precisa aprender como ajudar o Espírito Santo através da meditação na
Palavra de Deus. Se você vai obter sucesso ou não em sua chamada,
dependerá de você, se você vai ou não se tornar tudo o que Deus diz que você
tem que ser em Sua Palavra.

Deus compromissou e autorizou os sessenta e seis livros da Bíblia e os


deixou como um legado, cada um destes livros pode lhe ajudar a entrar no
começo da sua chamada. Cada livro contém verdades que ajudarão ao
Espírito Santo na sua transformação na Palavra.

Com isto em mente, considere a enorme contribuição que o apóstolo


Paulo deu à fundação da Igreja através de suas epístolas. Paulo ministrou
cerca de cinqüenta anos, se doando em seu ministério e escrevendo suas
cartas às igrejas. Tudo que Paulo aprendeu quanto ao que Deus considerou
pertinente à Igreja, ao todo, está contido naquelas poucas epístolas. E mesmo
assim os cristãos dizem que não tem tempo de ler a Bíblia!

Por favor, não seja um destes cristãos. Aprenda como meditar na


Palavra para que você se torne preparado para a sua chamada divina. Você
pode ajudar ao Espírito Santo em sua transformação, acelerando o processo
quatro ou cinco vezes mais rápido do que normalmente aconteceria. Você
pode assimilar a Palavra até que ela se torne parte de você. Então o Espírito
Santo irá usar o que a sua alma assimilou para lhe ensinar dia e noite e
transformar você em um andar que jorra revelação da Bíblia!

É deste tipo de pessoa que o salmista fala no Salmos 1:2:


...Antes o seu prazer está na lei do SENHOR e na sua lei medita de dia e de
noite.
Veja o que o próximo versículo diz:
Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo,
dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha, e tudo quanto ele faz será bem
sucedido. Salmos 1:3

Vamos entender o que o salmista está dizendo aqui. O homem que


medita na Palavra dia e noite ...será como árvore plantada junto a corrente de
águas... Essas “correntes de água” se referem ao Espírito Santo.

Quando você desenvolve um sistema profundo de meditação, suas


raízes crescem profundamente até acharem as correntes de águas vivas,
mesmo no período de seca. Isto significa que, está previsto à árvore dar fruto
em TODAS as estações do ano. Suas folhas nunca murcham, e em tudo o que
você puser a sua mão prosperará – tudo porque você medita dia e noite na
Palavra!

A raiz deste sistema de meditar reside fundo dentro dos rios de água
viva de onde ele tira sua vida. Porque suas folhas são continuamente
alimentadas pelo rio, não faz nenhuma diferença se os ventos do outono
sopram quentes demais – esta árvore não vai morrer. Sempre haverá colheita
na próxima “estação” porque esta árvore é próspera!

Por que esta pessoa do Salmo 1 é tão abençoada? Porque ela


definitivamente se recusou a buscar conselhos no mundo. Ela se recusa a agir
do jeito que os pecadores agem e abandonou seu jeito absurdo de viver. Agora
esta pessoa gosta tanto da revelação, que é demais para ela sufocar os rios de
água viva em sua vida, sentando-se junto ao ímpio (aqueles que julgam os
outros, os que têm malícia em suas conversas e aqueles que causam
contendas entre os outros).
E assim será em nossas vidas se decidirmos não buscar os conselhos
no mundo. Nós temos que nos aconselhar com alguém. Por isso, o nosso
próximo passo é nos alegrar na Palavra e meditar nela dia e noite.

Com esta frase – “meditar dia e noite” – o Espírito Santo abriu o meu
entendimento para o que é realmente a meditação. Ele falou ao meu coração:
“Eu posso lhe dizer o que é meditação, dizendo-lhe o que a meditação NÃO É.
Não é ler, não é estudar, e muito menos memorizar. Todas estas coisas
AJUDAM a meditação, mas elas não tomam o lugar da meditação, pois você
não pode fazer essas coisas DIA E NOITE”.

Eu entendi o que o Espírito Santo estava me dizendo. Eu não posso ler


a Palavra dia e noite, eu não posso estudar a Palavra dia e noite, e eu não
posso memorizar a Palavra dia e noite. Mas eu POSSO meditar na Palavra dia
e noite!

Quando você lê, estuda ou memoriza a Palavra de Deus, você está


oferecendo sua alma no altar da Palavra, preparando-a para a meditação. É
por isso que eu recomendo a você que deliberadamente leia um livro da Bíblia,
ou uma porção de versículos, cinqüenta vezes antes que tente meditar no que
aqueles versículos da Palavra dizem.
Leia cada versículo deliberadamente e dando ênfase a eles, aceitando o
conteúdo de cada um, mesmo que você não esteja entendendo nada. Este
não é o momento de fazer um estudo e uma análise das palavras dentro do
versículo. Mas se você encontrar uma palavra que não entende, vá em frente
e procure-a no dicionário porque assim a sua definição ficará mais clara pelo
conteúdo do versículo na próxima vez que você for ler. Se sua mente quiser
divagar – pois esta é a tendência normal – traga-a de volta para o último
versículo que você se lembra de ter prestado atenção e comece de novo. O
objetivo é obter a imagem do livro ou daquela porção da Escritura dentro de
você.

Este é o meio mais efetivo achado para ativar o processo pelo qual você
começa a assimilar a Palavra de Deus. Este é também o primeiro passo para
preparar o seu espírito para meditar dia e noite a Palavra, pela qual você será
transformado.

Quando você assimila a Palavra de Deus, você está dando ao Espírito


Santo o que Ele necessita para se levantar a qualquer hora ou em qualquer
lugar, em seu espírito, para transformar você dentro do significado daquela
Palavra. Você armazenou dentro da sua alma a Palavra, assim, você deu ao
Mestre de todos os mestres acesso contínuo à matéria-prima que Ele precisa
para cumprir Seu principal propósito: PINTAR A REVELAÇÃO DA MENTE DE
CRISTO NA TELA DO SEU CORAÇÃO.

Agora que você tem uma nova natureza, você tem a habilidade de
entender Deus. Eu estou tentando convencer você a não negligenciar esta
habilidade e nem a desprezar. Se você cooperar na transformação da sua
alma, você e Deus juntos se tornarão um problema para o diabo. De fato, você
se tornará extremamente perigoso para o inimigo!

Deus enviou-lhe pessoalmente um Mestre com o compromisso de guiar


você a toda a verdade. Esta verdade será sempre baseada na Palavra de
Deus, de acordo com João 17:17, onde está escrito que ...a Palavra (de Deus)
é a verdade. O seu Instrutor pessoal não irá ensinar a sua mente, Ele irá
ensinar a verdade para a nova criatura, a qual você recebeu de Deus, pois é a
sua nova natureza que é capaz de entendê-Lo.

O Espírito Santo está dizendo, “Está na hora de eu me tornar o Seu


Instrutor pessoal. Eu quero que você aprenda como meditar na Palavra, e
então Eu poderei me aproximar de você com o entendimento da Palavra.
Quando a Minha revelação queimar o seu coração, você fará o diabo bater o
pé de raiva, e se tornará cheio de fé, movendo-se em poder! Mas, primeiro Eu
tenho que lhe convencer em tirar a sua Bíblia da estante e parar de depender
do seu entendimento natural”.

A ajuda mais valiosa que você tem é a transformação da sua alma na


verdade da Palavra de Deus. Por isso, não deixe que NINGUÉM errado
interfira neste processo em sua vida!

Eu decidi que NINGUÉM vai tirar a Palavra de Deus de mim. A Palavra


é a minha vida. É o que Deus quer que eu seja e é para onde Ele quer que eu
vá. Por isso, eu vou me doar à Palavra. Eu vou usar todo o tempo que for
preciso para meditar nela dia e noite.

Você precisa tomar a mesma decisão. Você não pode viver apenas da
Palavra que você ouve duas vezes por semana nas pregações do púlpito.
Você tem que se doar à Palavra para que o Mestre possa ativar o processo de
transformação da sua alma. Você deve ler, estudar e memorizar a Palavra e
assim você estará ajudando sua habilidade para meditar na Palavra dia e noite.

Você tem um papel muito importante na transformação da sua alma.


Então, determine-se a fazer a sua parte, equipando o Espírito Santo para a sua
própria edificação!

6. AS FONTES AMARGAS E DOCES

Você gostaria de operar no Espírito, cheio do poder de Deus e ser usado


por Ele para a Sua Glória? Eu acredito que sim, então preste bem atenção no
que eu vou dizer. Eu quero lhe falar sobre a presença das fontes que são
amargas e doces no Reino de Deus. Você deve ter um entendimento sobre
este assunto se você quiser obter o que é de mais alto e melhor de Deus nesta
vida.

Nosso assunto está pautado em Tiago 3:


Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não
tropeça no falar, é perfeito varão, capaz de refrear também todo o corpo...
Ora, a língua é fogo, é mundo de iniqüidade, a língua está situada entre
os membros de nosso corpo, e contamina o corpo inteiro, e não só põe em
chamas toda a carreira da existência humana, como também é posta ela
mesma em chamas pelo inferno.
Pois toda espécie de feras, de aves, de répteis e de seres marinhos se
doma e tem sido domada pelo gênero humano;
A língua, porém, nenhum dos homens é capaz de domar; é mal
incontido, carregado de veneno mortífero.
Com ela, bendizemos ao Senhor e Pai, também, com ela,
amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.
De uma só boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não é
conveniente que estas coisas sejam assim.
Acaso, pode a fonte jorrar do mesmo lugar o que é doce e o que é
amargoso?
Acaso, meus irmãos, pode a figueira produzir azeitonas ou a
videira, figos? Tampouco fonte de água salgada pode dar água doce.
Tiago 3:2, 6-12

Esta passagem esclarece isto: SEM A INTERVENÇÃO DIVINA, A


LÍNGUA NÃO SERÁ DOMADA, POIS ELA NÃO PODE SER DOMADA PELOS
MEIOS NATURAIS.

Mas o versículo 12 parece uma contradição do versículo 9. Tiago diz


que com nossa língua nós bendizemos a Deus, então nos voltamos para os
homens e os amaldiçoamos, os quais foram criados a Sua imagem. Tiago
então declara que nunca devemos permitir que usemos nossa língua em
função disso, para o mal. Qual é a razão que ele dá? Porque é absolutamente
impossível brotar da mesma fonte água doce e amarga.

Anos atrás eu perguntei isso a Deus, “Se é impossível da mesma fonte


brotar água doce e amarga, como pode um crente amaldiçoar os homens os
quais são feitos a Sua imagem e se voltar a Você e Lhe bendizer segundos
depois?”.

Talvez você pense na mesma coisa, mas aqui está o que todos nós
temos que entender: Quando a Palavra de Deus diz algo, isto significa
exatamente o que está dizendo. Esta é a regra número um para a meditação
na Palavra de Deus. Não importa se nós cremos ou mesmo entendemos o que
a Palavra diz. Se Deus diz alguma coisa em Sua Palavra, nós devemos
considerar o assunto resolvido, porque é exatamente deste jeito que Ele vê a
situação.

Temos que entender que o Reino de Deus não é uma democracia. Deus
não está esperando nosso voto para determinar se é verdade. Se Ele disse,
está dito. Ele já estabeleceu a verdade. A Palavra é o modelo para tudo o que
nós medimos neste universo. Ela é o discernimento das intenções e dos
pensamentos do nosso coração. Se nós não tivéssemos o modelo da Palavra
em como medir tudo o que se passa em nossas vidas, nós não saberíamos
como mudar para o melhor, muito menos no que crer.

Então com isso em mente, vamos falar sobre o que realmente acontece
com você ao ver alguém amaldiçoando outro alguém e no domingo de manhã
estar de mãos dadas adorando a Deus na igreja. Então você ouve falar desta
fonte de água salgada jorrando palavras tais como “Oh, como eu Te amo
Jesus”, e você pensa quando esta pessoa ofendeu outras pessoas com suas
palavras. Então você começa a pensar, “Isto não faz sentido”. Eu pensei que
água salgada e doce não podiam jorrar da mesma fonte.

Mas a verdade é que água salgada e doce não podem jorrar da mesma
fonte porque Deus disse em Sua Palavra que não podem. Uma chave para
entender esta passagem em Tiago, pode ser encontrada em Mateus 7:17-20,
onde Jesus declara QUE TODA ÁRVORE SE CONHECE PELO SEU
PRÓPRIO FRUTO.
Assim, toda árvore boa produz bons frutos, porém a árvore má
produz frutos maus.
Não pode a árvore boa produzir frutos bons.
Toda árvore que não produz bom fruto é cortada e lançada ao fogo.
Assim, pois, pelos seus frutos os conhecereis.

Veja, uma árvore é uma companhia produtiva. Ela começa com uma
semente e tem que passar por muitas mudanças. Ela tem o seu próprio
sistema circulatório, e a água é o seu próprio “sangue”. As raízes da árvore
puxam todo os minérios da terra para a água, e também misturam a luz solar
com o monóxido de carbono onde é produzida uma substância chamada
oxigênio.

Quando tudo isto está feito, a árvore funciona em direção a um objetivo –


produzir o fruto que irá, enfim, se manifestar em seus galhos. É inevitável que
os furtos venham. Como Jesus explicou, seja lá o que foi feito dentro daquela
árvore, com certeza será revelado em seus galhos.

O mesmo princípio se aplica em nossas vidas. Seja lá o que está sendo


feito dentro de nós, irá conseqüentemente aparecer. O que nós realmente
somos será manifestado. As fortalezas que estão dominando nossas vidas
serão expostas, seja uma fortaleza que a Palavra de Deus está transformando
em nossa vida, ou uma fortaleza do pecado que nos leva às fontes de água
salgada. No último caso, a pessoa tenta ignorar tal problema por um instante.
Mas com o passar do tempo, a fortaleza será revelada porque a Palavra de
Deus sempre servirá como um discernimento das intenções e pensamentos do
coração (Hebreus 4:12).

Com toda ingenuidade no começo, quando nasci de novo, eu não


era capaz de detectar os poços de água salgada quando eles vinham para
a minha vida. Mesmo depois de estar no ministério por muitos anos, eu
ainda ficava chocado quando um poço de água salgada finalmente
expunha meu caráter em todo o meu ser.
Tenha em mente que não pode fluir da mesma fonte água doce e
salgada. A razão do porquê eu nunca percebi o poço de água salgada quando
ele vinha na minha presença era porque aquela água amarga estava se
manifestando em engano. Em outras palavras, a pessoa estava pintando um
falso quadro de quem ela era para mim, porque ela queria que eu acreditasse
que ela era cheia de água doce. Mas na realidade, aquela pessoa era tão
salgada como parecia ser tão doce, quando o seu caráter verdadeiro era
revelado – quando o fruto era verdadeiramente manifesto nos galhos daquela
árvore.

Com a minha ingenuidade eu deixei muitos poços de água salgada


saírem de mim antes que aprendesse a lição. Talvez isto tenha acontecido com
você também. Talvez você se depare com um poço de água salgada e perceba
um testemunho interior que diz, “Não o toque”. Mas então aquela pessoa possa
lhe dizer quão rico você poderia ficar se você simplesmente seguisse seu
conselho, então você imediatamente se torna o seu melhor amigo. Então
quando aquele poço de água salgada jorra no seu jardim, você percebe, Bem
que Deus me avisou. Eu simplesmente não O ouvi. Eu mereço esta confusão.

Bem a verdade é esta: Um poço de água salgada será sempre um poço


de água salgada, mesmo quando não parecer. Aquela pessoa só está
transparecendo ser água doce. Quando você deixar de servir o propósito
daquela pessoa, ela irá descartar você e irá para outra. Provavelmente você
fica surpreso por estar vendo fluir da mesma fonte tanto água doce como
salgada. Mas isto não é verdade. A pessoa que magoou você nunca foi poço
de água doce, o engano dela era apenas uma manifestação da água salgada
dentro dela.

Com o tempo eu aprendi como não ser o Sr. Inocente. Um poço de água
salgada só irá me magoar se eu permitir, não porque eu não sei com que tipo
de pessoa eu estou lidando.

“Como você distingue a diferença?”.

Não é sempre fácil e não posso fazer isso sem orar. Se eu não orar
sobre o meu relacionamento com certa pessoa, eu não tenho muito
discernimento. Em vez disto, fico tomado com a “majestade” da personalidade
daquela pessoa. Eu acho que arrumei o melhor amigo, alguém em quem eu
posso confiar. Então a água salgada começa a derramar através do caráter da
pessoa, e de repente eu estou machucado de novo.

Bem, eu não estou falando de alguém que acabou de sair das drogas ou
acabou de ser salvo depois de ter sido mal tratado e machucado pelo mundo.
Eu entendo que uma transformação está começando nestes tipos de pessoas.
Elas ainda são bebês que precisam do leite da Palavra. Elas podem dar um
passo para frente e um para trás antes de mostrar o caráter de Deus, mentindo
sobre os seus erros; mas apesar disso eu sei que elas estão em processo de
crescimento.

Mas não é disto que eu estou falando. Eu estou falando sobre pessoas
que já cresceram e que já passaram da fase de bebês e ainda não mostraram
nenhuma mudança de caráter. Estas pessoas apenas aprenderam a
linguagem religiosa. Elas apenas sabem como deve agir um cristão.Quando
você começa um versículo elas terminam para você. Elas parecem ser tudo o
que você está procurando em um cristão. Então, bem lá no fundo da sua
mente você quer saber por que elas deixaram a última igreja que
freqüentavam.

Com o passar dos anos o Espírito Santo tem me purificado de muita


água salgada. Primeiro eu tive que passar pela purificação das tentações
comuns que os cristãos enfrentam, tais como não querer ir a igreja e nem
adorar a Deus. O Espírito Santo começou a purificar os vestígios da água
salgada que ainda estavam escondidos em mim.

Aos poucos, Deus foi purificando mais e mais aquela água salgada da
minha vida. Eu percebo que de vez em quando, ainda flui alguma água
salgada de mim. Mas pelo menos eu entrei em um lugar onde odeio a
manifestação da água salgada em minha vida. Este é um passo importante
para se tornar um poço de água doce!

Uma área de água salgada que tinha que sair da minha vida era a
tendência de ser menos que absolutamente verdadeiro com as pessoas a
respeito da minha motivação em situações diferentes. Muitos de nós queremos
aparentar ser mais espiritual do que realmente somos aos outros. É por isso
que freqüentemente damos desculpas, só para encobrir as áreas fracas de
nossas vidas.

Por exemplo, alguém pode perguntar a um amigo crente, “Por que eu


não o vi no culto ontem à noite?”. Ao invés de responder apenas a verdade
dizendo, “Bem, eu simplesmente não quis ir”, mas responde, “Eu tive que
trabalhar horas extras ontem à noite”. Este tipo de desculpa é tão comum no
Corpo de Cristo que os cristãos não sabem o que fazer quando alguém
responde honestamente! A verdade é que quando os cristãos não vão aos
cultos, a razão é simplesmente porque não querem ir. E com freqüência elas
dão desculpas para encobrir os motivos verdadeiros ou a própria falta de
espiritualidade.

Eu aprendi que quanto mais verdadeiro eu for em uma situação, ao invés


de querer que as pessoas pensem algo de mim, mais eu me torno poço de
água doce – o desejo de Deus para mim.
Então água doce e salgada não podem fluir da mesma fonte. O que uma
pessoa realmente é irá eventualmente aparecer em seus galhos. Quando um
poço de água salgada aparece demonstrando ser água doce, é o engano da
água salgada fluindo. Isto é o que faz a língua ser tão perigosa. Como Tiago
disse, a língua é o menor membro do corpo humano capaz de mandar
iniqüidade para o mundo inteiro!

Tudo o que uma fonte de água faz é mandar água de seu reservatório.
Então se o reservatório tem um arsenal dentro dele, a fonte, a qual nesta
analogia é a língua, irá eventualmente envenenar todos os que beberem dela.
É por isso que Tiago falou do poder da língua – porque a língua tem a
habilidade de por para fora tudo o que a pessoa tem dentro do reservatório. E
se o reservatório está cheio de contenda e inveja, Tiago diz em 3:16 que a
língua irá liberar confusão e TODA obra maligna.

Tiago até fez ligação entre a língua e o leme de um navio. O navio é


maciço, mas o pequeno leme pode até mesmo colocar o navio na rota certa
dentro de uma tempestade, ou guiá-lo com segurança dentro de uma
tempestade. Do mesmo jeito, a sua língua pode criar uma tempestade ou
acalmar uma tempestade que ameaça romper sua vida.

Contudo, você não pode domar sua língua pelos meios naturais. A única
coisa que pode domar sua língua é a sua nova natureza sob o poder na
Palavra de Deus. Estas são as armas da sua guerra que podem puxar as
fortalezas na sua vida que não são de Deus e colocá-las com a revelação que
o deixarão livre.

Tiago nos exorta a nos aperfeiçoarmos neste objetivo, pois se


vencermos a nossa língua, poderemos colocar um freio em todo o nosso corpo
(Tiago 3:2). Em outras palavras, vencer a língua é trocar o conteúdo do nosso
reservatório interior. No entanto, há somente um jeito de vencermos o que tem
dentro do nosso reservatório, para que nossa língua não envenene as pessoas
ao nosso redor: NÓS DEVEMOS DEPENDER COMPLETAMETE DO PODER
SOBRENATUAL DO ESPÍRITO SANTO.

Lembre-se: água amarga e doce não podem jorrar da mesma fonte.


Eventualmente o que há dentro do seu reservatório virá para fora. Se você
quiser ficar na igreja, você ficará na igreja. Se você não quiser ficar lá, você
eventualmente irá parar de ir lá. Se você quiser orar, você irá orar. Se você
não quiser orar você irá parar de orar. Você irá fazer exatamente o que você
quer fazer, porque toda árvore é conhecida pelos seus próprios frutos. Tiago
faz a pergunta em Tiago 4:1, ‘De onde vem estas águas amargas – estas
guerras e brigas entre vocês?”. Então ele mesmo responde: ÁGUA AMARGA
SE ORIGINA SEMPRE NOS DESEJOS DA CARNE. Uma pessoa que é um
poço de água salgada está numa condição de queda, de voltar atrás. Ela não
pode pedir nada de Deus com qualquer sucesso porque quando ela o faz é a
fim de usá-lo para os seus próprios desejos.

Como você pode ter certeza de não estar nesta categoria? Os


versículos de 6 a 10 dizem o que você deve fazer. Você deve se humilhar
DIANTE DE DEUS, não DIANTE DOS HOMENS. Veja, Deus não se importa
no que o homem está olhando. Isto não faz a mínima diferença para Ele. Ele
quer que você se humilhe diante Dele e se torne aberto para ser ensinado,
trazendo frutos dignos de arrependimento. Somente assim Ele transformará
você em uma fonte de água doce. Só então você será capaz de resistir o diabo
e fazer o inimigo fugir de você.

Tiago também diz no versículo 8, ... purificai as mãos pecadores, e vós


que sois de ânimo dobre, limpai o coração. Nós vemos aqui que uma pessoa
que não tem um coração puro é de ânimo dobre. Ela é um poço de água
salgada. Ela irá o amaldiçoar com uma palavra e com a outra irá bendizer a
Deus. É por isso que Tiago diz que esta pessoa tem que primeiro parar de
pecar e depois purificar o seu coração.

Jesus falou sobre purificar o coração em Mateus 5:8, Bem-aventurados


os limpos de coração, porque verão a Deus. Quem está na categoria do
“coração puro”? Aquele que opera em total ausência de engano.
Natanael foi tal pessoa. Jesus disse sobre ele, “Eis um verdadeiro
israelita, em quem não há dolo”. (João 1:47-49).
A resposta imediata de Natanael foi: “Jesus, Você é o Filho de Deus”.

Então, por que a declaração de Jesus confirmaria a Natanael que este


Homem falando com ele era o Filho de Deus? Eu posso lhe dizer exatamente
o porquê. Em Deus não há treva nenhuma. Em sua imutabilidade, Deus não
pode mudar ou ser mudado, e nem é possível a Ele mentir. Isto significa que
Ele não pode se juntar com uma pessoa que mente, não importa quão
insignificante seja a mentira.

Então este israelita ficou impressionado quando ouviu Jesus dizer, “Você
não tem disfarces”. Por quê? Porque Natanael pagou o preço para andar na
verdade. Ele sabia que só havia duas razões para uma pessoa mentir: 1) Ou
ela acredita que a solução temporária que a mentira traz para um problema é
melhor que a permanente solução que Deus traria com a verdade; 2) ou ela
quer ser algo que não é. Em ambos os casos, uma pessoa que exagera ou
representa a verdade de um jeito errado não tem capacidade de entender um
homem que se recusa a fazer isso, muito menos acreditar em um Deus infalível
o qual é INCAPAZ de mentir.
Este assunto começa a ficar interessante. Veja, uma vez que você
começa a pagar o preço para andar na verdade e viver como um poço de água
fresca como Natanael fez, você descobrirá que isto irá lhe custar muito. Por
exemplo, se na declaração do seu Imposto de Renda você não omitir o ajuste
de um dólar do seu salário, ainda que lhe custe cinco mil dólares, você ainda
irá declarar apenas porque você quer tirar este engano da sua vida.

Muitas pessoas dirão, “Eu posso esconder este dólar daqui. Não é legal,
mas o IR nunca irá descobrir. Mas, eu me recuso a fazer isso. O assassinato
do meu caráter custa mais do que cinco mil dólares.
“Você quer dizer que você perderia cinco mil dólares em um ajuste
salarial de um dólar?”.
Sim, eu perderia a riqueza do mundo antes de consentir com qualquer
coisa que contribuiria com o assassinato do meu caráter.

Bem, você pode ver o que Natanael quis dizer com sua declaração a
Jesus. Em essência, Natanael estava dizendo, “Nenhum homem vivo poderia
entender o que esta decisão em andar na verdade me custou. Você tem que
ser o Messias para entender isto!”.

A resposta para Natanael foi exatamente como Sua declaração em


Mateus 5:8: O puro de coração verá a Deus. Por isso, Jesus disse a Natanael,
“Em verdade, em verdade vos digo que vereis o céu aberto e os anjos de Deus
subindo e descendo sobre o Filho do Homem”.

Eu gosto disto. Jesus não disse a nenhum dos outros apóstolos exceto
a Natanael. Quero dizer, poucos dos outros puderam ter visitações celestiais
em suas vidas, mas eles não viram os anjos continuamente subindo e
descendo entre o Céu e a Terra! Por que foi permitido a Natanael ter visões
celestiais? Porque Deus sabia que este discípulo nunca as receberia e a
julgaria errado, ou exageraria, ou mentiria sobre elas. Quando Jesus disse
alguma coisa a Natanael, Ele sabia que podia confiar nele.

Jesus pode falar a mesma coisa sobre você? Você já tomou a decisão
de pagar o preço da verdade na sua vida? Você é um poço de água salgada
ou doce?

Você talvez diga, “Eu sou tão salgado, que nem acredito que possa ser
mudado”. Mas um poço de água salgada PODE crescer e ser transformado
em uma fonte de água doce. Deus lhe dará a graça para mudar – desde que
você queira se entregar à autoridade da Sua Palavra.
Mas e se uma pessoa procura graça, usando a Palavra por
conveniência, e encobre seu pecado? E se intencionalmente essa pessoa se
junta com outras ingênuas para tirar proveito delas?

Uma pessoa como essa está em problemas, pois Tiago diz em 4:6 que
Deus é CONTRA ela. Depois desta pessoa mostrar o seu caráter verdadeiro –
a água salgada que está escondida dentro dela – ela se moverá procurando
outro grupo de pessoas ingênuas. Contudo, esteja seguro – o que ela é
verdadeiramente dentro dela será conhecido. Lembre-se: um fruto de uma
árvore, seja bom ou ruim, irá aparecer em seu galho.

Esta é uma razão pela qual eu encorajo as pessoas a orarem muito no


Espírito Santo. Quando uma pessoa é diligente em fazer isto, não vai demorar
muito para a água salgada começar a ser drenada e começar então fluir doce e
livremente.

Então se humilhe diante de Deus, e fique livre da água salgada que


permanece dentro de você. Comece a se arrepender e pedir a Deus para
mudar você até que você comece a trazer fruto de arrependimento. Adore a
Deus. Ore no Espírito Santo. Medite em Sua Palavra e confesse
continuamente Sua Verdade. Recuse-se a derramar água salgada quando você
se apresentar às outras pessoas.

Sempre se lembre de que a Palavra de Deus é a sua espada de dois


gumes que divide espírito e a alma. Ela é o único agente qualificado pelo qual
você pode purificar o seu coração, pois apenas a Palavra pode discernir os
desejos do seu coração, fazendo você saber o que tirar e o que construir na
sua vida por você buscar a Deus de todo coração.

Você PODE transformar o conteúdo do seu reservatório interior, até que


apenas água pura flua dele. Você tem as armas espirituais necessárias a sua
disposição. Agora você deve fazer proveito delas, por permitir ao Espírito
Santo que transforme você em fonte de água doce, o que Deus designou a
você!.

Interesses relacionados