P. 1
Manual Pi II

Manual Pi II

|Views: 149|Likes:
Publicado porwinddoom

More info:

Published by: winddoom on May 14, 2013
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/19/2014

pdf

text

original

UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI

Graduação Tecnológica On-line
Cursos da Área de Negócios
Normas para a redação e apresentação do Projeto Interdisciplinar II

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE

SUMÁRIO

I. II. III. IV. V.

O que é o projeto interdisciplinar ................................................................ Objetivo ....................................................................................................... Regras Gerais................................................................................................ Estrutura Básica do Trabalho (PI II) .............................................................. Entrega final do trabalho .............................................................................

4 4 4 5 5

1 1.1 1.2 1.3 2 3 4 5 6 7

Introdução ................................................................................................... Objetivo Geral............................................................................................... Objetivos Específicos.................................................................................... Metodologia da Pesquisa............................................................................. Ramo de Atuação......................................................................................... Análise dos Cenários do Macroambiente..................................................... Análise da Indústria...................................................................................... Descrição da Concorrência........................................................................... Fatores Chave para o Sucesso...................................................................... Estimativa da Demanda de Mercado...........................................................
ELEMENTOS TEXTUAIS DESENVOLVIDOS NO PI II

6 6 6 6 7 7 8 8 8 9

8 8.1 8.2 9 9.1 9.2 9.2.1 9.2.2 9.2.3 9.2.4

A Empresa..................................................................................................... Descrição da Empresa.................................................................................. Análise Mercadológica................................................................................. Plano Estratégico.......................................................................................... Objetivo e Metas ......................................................................................... Estratégias..................................................................................................... Estratégias para as Linhas de Produtos........................................................ Estratégias de Preço..................................................................................... Estratégias de Distribuição e Logística.......................................................... Estratégias de Promoção..............................................................................

11 11 11 13 13 13 13 13 14 14

2

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE 10 10.1 Planejamento das Operações....................................................................... Aspectos organizacionais estruturais........................................................... 14 14 15 15 15

10.1.1 Estruturação do organograma..................................................................... 10.1.2 Tipo de vínculo.............................................................................................. 10.1.3 Folha de pagamento ....................................................................................

10.1.4 Encargos sociais............................................................................................. 16 11 11.1 11.2 11.3 11.4 11.5 11.6 Análise de Viabilidade Econômico Financeira............................................... Investimento Inicial....................................................................................... Deduções de Vendas..................................................................................... Fluxo de caixa ............................................................................................... 16 16 17 17

Demonstrativo de Resultado do Exercício (DRE) .......................................... 18 Valor Presente Líquido (VPL) ........................................................................ Taxa Interna de Retorno (TIR) ...................................................................... Referências Bibliográficas............................................................................. 18 18 19

3

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE
I O QUE É O PROJETO INTERDISCIPLINAR Os Projetos Interdisciplinares buscam a aplicação prática dos conceitos apreendidos durante o desenvolvimento do curso sendo conduzidos em três etapas. Cada um dos projetos é conduzido por grupos de alunos formados por cinco componentes que estarão sob a orientação de um professor, que os auxiliará no cumprimento de cada etapa. A partir da aplicação de conhecimentos, habilidades e atitudes desenvolvidas no decorrer do curso, os Projetos Interdisciplinares permitem a formulação de estudos e projetos que englobam modelos de atuação e/ou soluções compatíveis com as necessidades das organizações, contemplando criatividade, empreendedorismo e visão de negócios. Os Projetos Interdisciplinares são assim disponibilizados: Projeto Interdisciplinar I – 2º Semestre Projeto Interdisciplinar II – 3º Semestre Projeto Interdisciplinar III – 4º Semestre II OBJETIVOS Os Projetos Interdisciplinares tem como objetivo: • Unificar o aprendizado proporcionado por todas as disciplinas do curso em um único trabalho de característica prática, alinhada com as atividades do profissional de gestão. • Elaborar um Plano de Negócios que irá avaliar as condições e as vantagens de um novo empreendimento. III REGRAS GERAIS • O grupo deverá desenvolver cada etapa do Projeto Interdisciplinar sob a orientação do professor responsável pelas disciplinas Projeto Interdisciplinar I, II e III. • A avaliação do desempenho dos grupos de alunos, e destes individualmente, será realizada de forma contínua ao longo de todo o processo de desenvolvimento dos projetos, observandose a participação individual e o desempenho do grupo, tanto nas etapas de elaboração do trabalho como na sua apresentação final. • A avaliação dos Projetos Interdisciplinares contemplará: o conjunto e consistência do trabalho, seu conteúdo, visão de negócio, criatividade, utilização de conteúdos multidisciplinares, embasamento teórico e a participação de cada membro do grupo no processo de desenvolvimento do trabalho. • O trabalho terá avaliação final na disciplina denominada Projeto Interdisciplinar III. As avaliações dos Projetos Interdisciplinares I e II serão realizadas com base na evolução dos trabalhos apresentados pelos grupos, de acordo com dinâmicas estabelecidas pelo professor da disciplina, em duas etapas (N1 e N2).

4

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE
• As três etapas dos Projetos Interdisciplinares deverão ser conduzidas com a mesma empresa, não sendo possível a alteração da empresa-alvo sem que as etapas anteriores à em curso sejam integralmente refeitas. • As duas primeiras etapas dos Projetos Interdisciplinares são comuns a todos os cursos. A última etapa é específica para cada curso. Assim sendo, caso algum grupo seja constituído por alunos de mais de um curso, o PI III deverá contemplar as partes correspondentes a cada curso representado no grupo. Por exemplo, caso um grupo seja formado por 2 alunos do curso de Finanças e 3 de Processos Gerenciais, o PI III deverá contemplar as partes específicas desses dois cursos. IV ESTRUTURA BÁSICA DO TRABALHO CAPA FOLHA DE ROSTO RESUMO SUMÁRIO INTRODUÇÃO CAPÍTULOS REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

V ENTREGA DO TRABALHO FINAL O trabalho deverá seguir as normas da ABNT. O grupo poderá usar o arquivo MODELO DE PROJETO INTERDISCIPLINAR II, que já está formatado conforme as normas da ABNT. Ao final do PI II deverá ser entregue o arquivo completo do trabalho, incluindo as partes prétextuais (capa, folha de rosto, resumo, sumário) e os tópicos do PI I.

5

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE

ELEMENTOS TEXTUAIS DESENVOLVIDOS NO PROJETO INTERDISCIPLINAR I
1 INTRODUÇÃO Neste capítulo, devem constar: a delimitação do assunto tratado, o campo de estudo, os objetivos da pesquisa e outros elementos necessários para situar o tema do trabalho. Nesta primeira parte, deve ser apresentado um cenário no qual são introduzidos a empresa a ser criada e seu campo de atuação. Deverá ser justificada a relevância do trabalho para a sociedade. 1.1 Objetivo Geral Neste tópico o grupo deverá apresentar a que se propõe o trabalho, qual objetivo primário busca atender e qual a pertinência da realização do projeto. Exemplo: O objetivo geral do presente projeto é desenvolver um plano de negócios para a criação de uma empresa, uma loja de moda customizada, para os diferentes públicos, que busca atender a todos os gostos e padrões econômicos. 1.2 Objetivos Específicos Neste item, os alunos deverão elencar quais as etapas intermediárias de seu projeto, e que permitirão alcançar o Objetivo Geral. Exemplo: Para atender este propósito, a pesquisa apresenta os seguintes objetivos específicos, que consistem em: • • • • • • Identificar formas de customização. Realizar um diagnóstico do ambiente. Definir o negócio. Verificar a viabilidade de customizar peças do vestuário. Definir visões de marketing. Identificar necessidades específicas do consumidor.

1.3 Metodologia da Pesquisa O grupo deve informar as referências (atividades, materiais e outros) que fundamentam o trabalho. Deve explicar a metodologia que será usada na Pesquisa que o grupo realizará (tipo de pesquisa, objetivo, método, amostra e outros dados). Dependendo do andamento do trabalho, algumas modificações podem ser necessárias na metodologia. Leitura do material “Organizando a Pesquisa” disponível no menu Metodologia.

6

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE
2 RAMO DE ATUAÇÃO Neste capítulo o grupo deve determinar qual o ramo de negócios em que a empresa objeto do trabalho pretende atuar. As partes seguintes do projeto permitirão identificar as oportunidades existentes neste mercado, bem como os desafios a serem vencidos. O sucesso de um empreendimento também depende de uma análise bem feita do ambiente em que a empresa pretende atuar. 3 ANÁLISE DE CENÁRIOS DO MACRO AMBIENTE • Cenário político-econômico: apresentar uma análise do comportamento da economia e da política atual e futura que possam representar algum impacto para o negócio. • Cenário legislativo: descrever as leis mais importantes do setor e que possam ter algum impacto no negócio estudado no projeto. • Cenário tecnológico: discutir como a tecnologia atual e futura podem impactar no negócio (inovações, avanços tecnológicos etc). • Cenário natural: deve-se apresentar no cenário a evolução de dados que demonstrem a preocupação da sociedade; empresas e governos em minimizar os impactos negativos ao meio ambiente. Quais são as preocupações do negócio frente ao desenvolvimento sustentável. • Cenário sociocultural: descreva as características da sociedade em que o projeto estará inserido. Discuta o comportamento do consumidor e sua tendência.

Cada fator ambiental afeta aos demais. Por exemplo: a preocupação da sociedade como um todo com fatores que trazem impactos negativos ao meio ambiente podem levar ao endurecimento das leis e normas existentes. Para atender tais normas, as empresas podem ser obrigadas a investir muito em equipamentos antipoluentes e em controles específicos, aumentando o custo de fazer negócio. As empresas tenderão, portanto, a buscar novas tecnologias que impactem menos no ambiente, e assim por diante.

3.1 Oportunidades e Ameaças As Oportunidades e Ameaças são identificadas analisando-se a evolução, ou a projeção, de um cenário atual com relação à suposição de como ele estará em um momento posterior. • Oportunidades: previsão de situações futuras importantes e potencialmente favoráveis para o negócio da empresa em relação às variáveis macro ambientais. • Ameaças: previsão de situações futuras importantes e potencialmente desfavoráveis para o negócio da empresa.

7

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE

4 ANÁLISE DA INDÚSTRIA Neste capítulo, devem ser descritas as variáveis previstas pela Matriz de Cinco Forças de Michael Porter: (a) a rivalidade entre as empresas componentes do segmento; (b) a ameaça de novos entrantes; (c) a ameaça de substitutos; (d) o poder de barganha dos fornecedores; (e) o poder de barganha dos consumidores.

5 DESCRIÇÃO DA CONCORRÊNCIA Neste capítulo, escolha duas empresas que atuam no mesmo mercado que a empresa alvo do projeto. Apresente o nome, endereço e as variáveis de ordem micro ambientais, tais como: produtos, serviços, preços e divulgação.

Analisar os concorrentes diretos e indiretos da empresa escolhida no projeto.

6 FATORES CHAVE PARA O SUCESSO Neste capítulo, o grupo deve destacar quais os principais fatores que uma empresa atuando no mercado escolhido necessita levar em consideração para que tenha maiores chances de sucesso.
Fatores-chave de sucesso são os pontos realmente relevantes na opinião dos clientes ou do público alvo que fazem com que eles se decidam sobre o porquê, o quê, de quem, como, quando e quanto comprar (ou aderir) aos produtos ou serviços da entidade. (ELIEZER DA COSTA)

Exemplo de fatores chave para uma padaria voltada à classe média baixa     Localização em bairro onde predomine o público alvo; Baixo preço; Bom atendimento; Pão quente em horas definidas.

8

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE
Exemplo de fatores chave para uma padaria voltada à classe alta e média alta      Localização em bairro onde predomine o público alvo; Variedade de pães e frios; Decoração do local; Vagas de estacionamento; Ambiente sofisticado.

Além dos fatores chave válidos para o mercado, descreva os fatores chave específicos, que abrangem, além do que é necessário para atender às necessidades e desejos dos clientes, outros aspectos como, por exemplo: fontes de financiamento, rol de fornecedores de classe mundial, acesso à tecnologia de ponta, equipe de vendas agressiva etc.

7 ESTIMATIVA DA DEMANDA DO MERCADO Apresentar o número estimado de clientes potenciais que a empresa poderá atingir na região de atuação. O que considerar?  Análise do macro ambiente;  Concorrência;  Potencialidades e fraquezas do negócio. Como calcular a demanda?

Demanda = consumo per capita x pela população

Exemplo: Demanda de livros de literatura por um mercado constituído por 100 mil pessoas. Demanda por ano = 5 livros/ano x 100 mil Demanda por ano = 500 mil

Para se definir a demanda total do mercado, em unidade monetária (R$): Demanda total do mercado (Q) = número de compradores no mercado (n) X quantidade comprada por um comprador médio por ano (q) X preço de uma unidade média (p)

Q=nXqXp

9

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE

Assim, em outro exemplo, se houver 10 milhões de compradores de CD’s por ano, e se cada um comprar em média cinco CD’s por ano, e se o preço médio do CD for 18 reais, então a demanda total do mercado de CD’s será da ordem de 900 milhões de reais (10.000.000 x 5 x R$ 18).

10

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE

ELEMENTOS TEXTUAIS DO PROJETO INTERDISCIPLINAR II

8 A EMPRESA _________________________________________________________________

Uma vez que a análise macro ambiental e da concorrência foram feitas, é possível determinar como será a nova empresa, que tipo(s) de produto(s) ou serviços oferecerá, etc. Neste capítulo, portanto, devem ser apresentadas as informações relevantes da empresa, como: Missão, Visão e Valores. Localização prevista e se haverá Postos de prestação de serviço. Principal Categoria de Negócio e Outras Categorias de Negócio. Estrutura. Organograma e outros. Apesar da empresa ser fictícia, a estrutura acima deverá ser justificada através de bibliografia específica, como por exemplo, o organograma sugerido deverá levar em conta o que ocorre em empresas concorrentes e adequadas às atividades previstas da empresa.

8.1 Descrição da Empresa _______________________________________________________

a) Definição e caracterização do tipo de sociedade: limitada ou individual, simples ou capital/trabalho; b) Apresentação da empresa acompanhada de identificação detalhada dos produtos e/ou serviços a serem comercializados; c) Definição da missão, visão e valores da empresa; d) Definição justificada da localização; e) Legalização da empresa: identificação dos registros e inscrições necessários; f) Detalhamento da concepção da marca e logomarca e registro pertinente;

g) Concepção das características arquitetônicas da empresa (interna e externa, pode ser em metros quadrados, não é necessários fazer o desenho da planta);

8.2 Análise Mercadológica _______________________________________________________

a) Identificação de três principais fornecedores de insumos (se aplicável), evidenciando como foram selecionados;

11

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE
b) Análise da MATRIZ DO VIGOR COMPETITIVO da empresa em relação aos dois (2) concorrentes principais dela, conforme tabela 1 abaixo. Na 1ª coluna da tabela: listar os fatores de sucesso da empresa. Cada fator tem uma determinada importância na competitividade da marca. Na 2ª coluna: atribuir um peso a cada fator. A soma da importância relativa dos fatores é igual a 100%. Nas colunas NOTA: para cada fator, a empresa deve avaliar a competitividade tanto própria quanto dos concorrentes escolhidos. Nessa avaliação as notas variam de 1 a 5, sendo 1 igual a muito fraco (pouco competitivo) e 5 igual a muito forte (muito competitivo). Nas colunas POND: para conhecer-se o índice de vigor competitivo de cada empresa avaliada, basta somar-se o produto da importância relativa dos fatores chave pela avaliação da competitividade de cada empresa. Tabela 1: Exemplo de matriz de vigor competitivo Empresa Fator-chave de sucesso
Marca forte Distribuição ampla Preço baixo Boa localização Boa equipe de vendas Forte P&D Variedade produtos

Concorrente A Nota
4 2 4 4

Concorrente B Nota
5 5 3 5

Peso
30% 15% 15% 10%

Nota
5 3 1 4

Pond
1,50 0,45 0,15 0,40

Pond
1,20 0,30 0,60 0,40

Pond
1,5 0,75 0,45 0,5

10% 12% 8% 100%

4 2 5

0,40 0,24 0,40 3,54

5 3 3

0,50 0,36 0,24 3,60

4 5 5

0,4 0,6 0,4 4,60

Fonte: Própria Pelo exemplo da tabela 1, para melhorar a posição competitiva da empresa é necessário trabalhar onde ela tem notas baixas. Não é interessante investir em fatores onde a empresa já é muito forte ou em fatores que têm peso muito baixo. No mesmo exemplo, a empresa praticamente empata com a empresa A e perde da empresa B. Para ultrapassar a empresa A bastaria melhorar o preço. Isto poderia ser obtido através de uma redução de custo advinda de melhor negociação com os fornecedores, ou alguma mudança no processo produtivo.

12

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE
c) Análise PFOA (SWOT) A matriz SWOT pode ser feita tomando-se por base a análise do macro ambiente e dos pontos fracos e fortes já identificados da empresa (exemplo de um ponto fraco: marca pouco conhecida).

9 PLANO ESTRATÉGICO _________________________________________________________

9.1 Objetivos e Metas _________________________________________________________

Neste ponto do projeto é necessário determinar os objetivos e metas a serem alcançados. O modo de se definir é com o uso de estratégias que envolvam o composto de marketing (4 P´s).

9.2 Estratégias _________________________________________________________________

Estratégias são os métodos escolhidos para se atingir os objetivos da empresa. Elas descrevem os meios (= “o que fazer”) para que os objetivos determinados sejam atingidos. Não se deve escrever como serão as ações, mas O QUE será feito em cada estratégia (produto, preço, praça e promoção).

9.2.1 Estratégias para a Linha de Produtos __________________________________________

Neste item, devem ser propostas e justificadas as estratégias para os produtos ou serviços alvos do projeto.

9.2.2 Estratégias de Preço________________________________________________________

O grupo deve apresentar as estratégias para preços dos produtos ou serviços a serem comercializados no período do plano.

13

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE
9.2.3 Estratégias de Distribuição e Logística _________________________________________

Neste item deverão ser apresentadas as estratégias de distribuição (pontos de venda). Dependendo do ramo escolhido de atuação, algumas adaptações serão necessárias neste item.

9.2.4 Estratégias de Promoção ___________________________________________________

O grupo deve contemplar as estratégias de Comunicação de Marketing, determinar o período de execução das ações e os respectivos investimentos necessários para viabilizar a sua campanha (Produção e Veiculação – no caso de Propaganda). Lembre-se de que as estratégias promocionais englobam o composto de comunicação integrada, que podem ser: promoções de vendas, relações públicas, propaganda e/ou vendas pessoais.

10 PLANEJAMENTO DAS OPERAÇÕES ______________________________________________

10.1 Aspectos Organizacionais Estruturais __________________________________________

Para o dimensionamento dos aspectos operacionais as questões mais comuns que se apresentam se referem ao número de pessoas que serão necessárias assim como de quanto será o investimento, por exemplo, em equipamentos. O dimensionamento da infraestrutura necessária é resultante das definições assumidas no posicionamento mercadológico, ou seja, definições de produtos e volume de vendas.
As definições de infraestrutura, processos e mão de obra decorrem da definição do produto ou serviço. A tecnologia a ser utilizada guarda relação com a identificação da função de cliente. A otimização do uso da infraestrutura depende do balanceamento: demanda versus capacidade instalada Após essas reflexões é possível detalhar um pouco mais os aspectos pertinentes às definições de infraestrutura, processos e mão de obra. (CECCONELLO e AJZENTAL, 2008)

14

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE

EXEMPLO: Empresa de turismo que queira oferecer serviços de recepção para turistas ingleses, de 3ª idade, na cidade de São Paulo. Neste caso a concepção de um bom serviço requer: instalações de apoio (administrativo e operacional) e transporte adequado à quantidade esperada de turistas e necessidades específicas do publico alvo; processos de recepção e acompanhamento dos turistas; mão de obra com atendentes e guias bilíngues. A partir deste exemplo é possível perceber que a quantidade de meios de transporte (vans, ônibus, etc.) decorre do volume esperado dos turistas e locais a serem visitados (pontos turísticos em São Paulo). Conforme o serviço (ou produto) equipamentos, processos de produção e mão de obra tornam-se intrinsecamente relacionados, isto é, as especificidades do serviço/produto a ser entregue ao cliente definem a tecnologia necessária a sua produção.

10.1.1 Estruturação do organograma ______________________________________________

A estrutura organizacional da empresa deve ser representada por meio do organograma, isto é, pela representação gráfica das hierarquias administrativas e suas funções.

10.1.2 Tipo de vinculo trabalhista ________________________________________________

Neste item é necessário definir o tipo de vinculo que será estabelecido com o colaborador, se pelo regime da CLT ou outro tipo de contrato de trabalho.

10.1.3 Folha de pagamento ______________________________________________________

Neste item deverá ser apresentada a folha salarial (pode ser em tabela com a lista de cargos, salários e número de pessoas em cada cargo). Para a definição dos salários sugere-se consulta as pesquisas salariais divulgadas em diversos meios, tais como, jornais, sites e revistas especializadas.

15

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE
10.1.4 Encargos sociais _________________________________________________________

Este item do trabalho contempla os encargos sociais, que representam gastos obrigatórios impostos pelas leis trabalhistas. Os encargos sociais são representados por diversos tributos sociais, a serem pagos ao governo. A tabela 2 abaixo exemplifica os percentuais de encargos sociais em relação à folha de salários. Tabela 2: Encargos sociais Encargos sociais em % Previdência social (20%) FGTS e verbas rescisórias 13º salário e 1/3 férias Salário educação (2,5%) Seguro Acidente de Trabalho (2%) Sesi ou Sesc (1,5%) Senai ou Senac (1%) Sebrae (0,6%) Incra Total de encargos sociais Fonte: Dieese, adaptado por Cecconello e Ajzental (p.211, 2008)

22,22% 11,93% 11,11% 2,78% 2,22% 1,67% 1,11% 0,67% 0,22% 53,93%

Cabe lembrar que não é necessário detalhar os encargos, mas que eles devem constar do cálculo da folha de salários.

11 ANÁLISE DE VIABILIDADE ECONÔMICO FINANCEIRA _______________________________

Os objetivos deste capítulo envolvem projeção dos resultados econômico-financeiros.

11.1 Investimento inicial ________________________________________________________

Os investimentos iniciais são compostos pelas despesas pré-operacionais, os investimentos fixos e os recursos necessários para colocar a empresa em funcionamento. Estes investimentos estão diretamente ligados ao perfil do negócio que se deseja estabelecer. Seu conteúdo está basicamente relacionado com os seguintes itens: terrenos, prédios, obras civis, máquinas e equipamentos, móveis e utensílios, informática e veículos.

16

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE
11.2 Deduções de vendas________________________________________________________

Neste item o grupo deverá apresentar as deduções de vendas, que conforme Cecconello e Ajzental (2008), na prática, se constituem de: impostos, devoluções e abatimentos (descontos comerciais). Com relação aos impostos, podem incorrer os seguintes: IPI, ICMS, ISS, PIS e COFINS. Com relação às alíquotas dos diversos impostos, sugere-se a consulta à legislação específica de cada um. A tabela 3 apresenta resumidamente a incidência de impostos sobre as atividades empresariais. Tabela 3: Impostos por tipo de atividade empresarial Imposto/empresa IPI – Imposto sobre Produto Industrializado ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias ISS – Imposto Sobre Serviço PIS – Plano de Integração Social COFINS – Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social Fonte: CECCONELLO e AJZENTAL (p. 218, 2008) X X X X Industrial X X X X X X Comercial Serviço

11.3 Fluxo de caixa _____________________________________________________________

O fluxo de caixa é a ferramenta que auxilia no controle financeiro de curto prazo e apresenta a soma das entradas financeiras, subtrai as saídas, apura e apresenta o saldo disponível que a empresa possui para pagar suas contas. Neste item, o fluxo de caixa deverá ser projetado para um período de 12 meses.

17

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE
11.4 Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE) ________________________________

O DRE é a demonstração destinada a evidenciar a composição do resultado formado num determinado período de operações da empresa. A estrutura do DRE é composta por:

Receita Originária de vendas ou da prestação de serviço. Despesa São os gastos necessários ao desenvolvimento e manutenção das atividades da empresa. Resultado Diferença entre receita e despesa podendo gerar lucro ou prejuízo. Neste item, o DRE deverá ser projetado para um período de 4 anos.

11.5 Valor Presente Líquido (VPL) _________________________________________________

O VPL é uma técnica mais avançada para análise de projetos de investimento por levar em consideração o valor real do dinheiro no tempo, no qual os fluxos de caixa de um projeto devem ser transformados em valores atuais. Se o valor presente de um fluxo de caixa futuro de um projeto for maior que seu custo inicial, o projeto é um empreendimento válido. Por definição, o Valor Presente Líquido de um projeto aceito é zero ou positivo, e o valor presente líquido de um projeto rejeitado é negativo.

VPL = VP – I

Considera-se VP o valor presente e I o investimento inicial.

10.6 Taxa Interna de Retorno (TIR)________________________________________________

A Taxa Interna de Retorno (TIR) indica, como o próprio nome diz, o retorno de investimentos em termos percentuais. O cálculo deve ser feito com base no saldo de caixa, isto é, dividindose o Lucro depois do Imposto de Renda (IR) pelo valor do investimento. Se a TIR for superior ao custo dos recursos empregados que financiam o projeto, gera um superávit depois do

18

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE
pagamento do capital, isto faz com que haja uma expansão da riqueza dos investidores. Entretanto, se a TIR for inferior ao custo de capital, a aceitação do projeto implicará uma redução desta riqueza. Para avaliar a viabilidade do projeto, usar o valor presente liquido (VPL) e a taxa interna de retorno (TIR). Para Cecconello e Ajzental (p. 225,2008) a análise de viabilidade econômico-financeira busca “a confrontação dos investimentos necessários com os lucros operacionais potenciais projetados, e geração consequente de caixa para o negócio proposto”. O resultado da análise pode ser positivo ou negativo, sendo um parâmetro que deve servir de base para o responsável decidir pela liberação ou não do investimento necessário ao plano analisado. Cabe destacar que não há relação entre a aprovação ou nota que o grupo obterá e o fato de o projeto ser, ou não, viável. O que será considerado é a correção das previsões de receitas e despesas, bem como a correção dos índices de rentabilidade apresentados.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS____________________________________________________

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 14724: apresentação de trabalhos acadêmicos. Rio de Janeiro, 2001. CECCONELLO, Antonio Renato; AJZENTAL, Alberto. A construção do plano de negócios. São Paulo: Saraiva, 2008. LIMA, M. C. Monografia: a engenharia da produção acadêmica. São Paulo: Saraiva, 2004 LIMA, Manolita Correia. Monografia: a engenharia da produção acadêmica. São Paulo: Saraiva, 2004. OLIVEIRA, S.L de. Tratado de metodologia científica: projetos de pesquisas, TGI, TCC, monografias, dissertações e teses. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002. PORTER, Michael. Vantagem competitiva: criando e sustentando um desempenho superior. São Paulo: Campus, 1998. ROESCH, S M A. Projetos de estágio e de pesquisa em administração: guias para estágios, trabalhos de conclusão, dissertações e estudos de casos. 2ª ed., São Paulo: Atlas, 1999. SAMARA, Beatriz Santos. Pesquisa em marketing: conceitos e metodologia. São Paulo: Makron Books,

19

GRADUAÇÃO TECNOLOGICA ON-LINE
UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI, Diretrizes e Normas para Apresentação de Trabalhos Acadêmicos, Dissertações e Teses, 2005 VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 3a ed., São Paulo: Atlas, 2000.

20

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->